Comentários:
De O apartidário a 2 de Julho de 2023 às 17:07
"Ao longo deste processo, pelo que se sabe, alguns ou todos se portaram mal, abusaram de poder e de funções, mentiram, esconderam, ameaçaram, agrediram, roubaram, destruíram, quebraram, negaram, tentaram liquidar, apagaram documentos, “limparam” telemóveis e computadores, sonegaram provas, esconderam fontes e acusaram falsamente outras pessoas. Todos? Só alguns? Quem?

Raramente, nestas décadas que levamos de democracia, se atingiu um ponto tão baixo de miséria moral, de atentado político, de vilania, de imoralidade e de sem vergonha! Há gente que, por bem menos, reside actualmente na penitenciária, em Custóias ou em Pêro Pinheiro. Raramente como agora a justiça portuguesa esteve tanto em causa. Raramente como agora o Estado de direito esteve tão ameaçado." ---------- Ora aí está o que se devia dizer todos os dias(de manhã à noite) até que a maioria da população acordasse para a realidade.
De Isabel A. Ferreira a 2 de Julho de 2023 às 17:41
Apartidário, aqui está um comentário com o qual concordo plenamente.

É preciso que o POVO PORTUGUÊS ACORDE!!!!!!
De O apartidário a 3 de Julho de 2023 às 10:28
Infelizmente (ou felizmente dirão alguns ) já há bastante tempo que não há um povo português , está tudo dividido em capelas e clubes de várias cores e feitios.
De Isabel A. Ferreira a 3 de Julho de 2023 às 14:40
O Apartidário, no meu caso, devo dizer que INFELIZMENTE que assim é...

Comentar post