Domingo, 16 de Outubro de 2016

“VETERINÁRIO” DIZ QUE OS DEFENSORES DOS TOUROS SÃO UMA “ESCUMALHA”

 

 

Quem o disse foi um “veterinário”, que não tendo serventia alguma para prestar serviços médicos aos animais, como seria próprio da profissão que diz ter (terá um diploma tirado ao fim-de-semana e não é médico?) foi para comentador da RTPReles Televisão Portuguesa (como li no Blogue que me serve de fonte, e tenho a confessar que adorei a designação, porque é tal e qual isso!).


«Josef Mengele, médico Nazi conhecido por anjo da morte, usou o seu curso de medicina para torturar seres humanos e fazer experiências científicas com eles. Este veterinário está para os animais não humanos assim como Mengele estava para os seres humanos.» (A. D.)

 

Agora, como é que nós, defensores dos Touros, devemos designar este “veterinário” que não o sendo, vai comentar a selvajaria tauromáquica, em directo, insultando e envergonhando a classe dos Médicos Veterinários e pisando, com os sapatos sujos do sangue derramado dos infelizes touros torturados no campo pequeno, no passado dia 13, o Código Deontológico da Medicina Veterinária?

 

Não preciso dizer alto. Todos nós sabemos o que são os aficionados de tortura de bovinos.

Não sabemos? Adjectivos científicos não nos faltam...

 

VETERINÁRIO.jpg

 

Fonte:

https://protouro.wordpress.com/2016/10/15/veterinario-tauromafioso-insulta-abolicionistas/

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:01

link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
Domingo, 29 de Maio de 2016

ADVOGADOS ATACAM PROJECTO DO PS PARA PROTEGER ANIMAIS DE COMPANHIA

 

Ordem dos Advogados diz que a informação científica disponível “não sustenta” que um gato ou um cão sejam mais sensíveis do que um porco, um cavalo, um bovino ou um corvo.

 

GATOS.jpg

 

Texto de Ana Henriques  

29/05/2016 - 08:15

 

A Ordem dos Advogados aponta várias fragilidades aos projectos de lei destinados a aumentar a protecção dos animais, em discussão na Assembleia da República. No que às propostas dos socialistas diz respeito, os advogados falam não apenas numa oportunidade perdida como, nalguns aspectos, em retrocessos legislativos – em linha, de resto, com as críticas já feitas à competência legislativa dos deputados quer pelo Conselho Superior da Magistratura, quer pelo Conselho Superior do Ministério Público.

 

Em causa estão alterações ao Código Civil para mudar o estatuto jurídico dos animais, por forma a que deixem, por fim, de ser vistos pela justiça como coisas, alcançando um estatuto jurídico intermédio entre os objectos e as pessoas. Mas também várias correcções que os parlamentares querem fazer ao Código Penal para sanar as múltiplas deficiências da lei que, há perto de dois anos, criminalizou os maus tratos e o abandono – e que, segundo a Ordem, conduziram ao arquivamento inapelável de muitos processos.

 

A principal objecção relaciona-se com o facto de o grupo parlamentar socialista se recusar a alargar a protecção contra maus tratos a outros animais que não os de companhia. “A informação científica hoje disponível não sustenta que um gato ou um cão sejam mais sencientes [sensíveis] e tenham maior capacidade para experimentar dor e sofrimento do que um porco, um cavalo, um bovino ou um corvo”, assinalam as advogadas incumbidas de redigir o parecer, Alexandra Reis Moreira e Sónia Cristóvão.

 

“Aliás, as evidências científicas apontam que, até em matéria de faculdades cognitivas, as capacidades de um cão ou um gato têm sido suplantadas por porcos em experiências que testam o índice de inteligência, situando-se ao nível dos resultados dos chimpanzés”, prosseguem. “Perder, mais uma vez, a oportunidade de conformar a lei penal, na parte respeitante à protecção dos animais, com a Constituição (…) é insistir no erro e eternizar parte dos problemas” criados pela legislação em vigor.

 

As autoras do parecer criticam também o projecto do PAN – Partido Pessoas, Animais, Natureza – por ser maximalista, alargando a protecção até aos invertebrados: “Animais como as moscas ou vermes receberiam tutela penal contra maus tratos físicos (…), o que iria detonar generalizado repúdio social. A sociedade não está preparada para uma tal mudança de paradigma civilizacional”.

 

E os maus tratos psicológicos?

 

A Ordem dos Advogados considera, porém, lamentável que nenhum dos dois projectos, que ainda terão de ser votados, contemple os maus tratos psicológicos e os danos à saúde, “repetindo o erro” da legislação em vigor. O stress intenso e as deficientes condições de alojamento são responsáveis por patologias graves e comportamentos anómalos como a automutilação, recordam. A punição do recurso a animais para práticas sexuais – que já é crime em países como a Espanha, França, Alemanha, Reino Unido, Suécia, Holanda e Noruega – também não está prevista.

 

Aliadas às alterações do Código Civil, destinadas a alterar o estatuto jurídico dos bichos, também preconizadas pelos socialistas, as alterações previstas para o Código Penal podem ter o efeito perverso de desproteger todos os animais que não sejam domésticos, o que representaria, dizem as duas juristas, um retrocesso face ao actual regime: “Vão deixar-se impunes actos de violência contra animais na posse de humanos que não sejam de companhia. A morte causada dolosamente [com intenção] a animais utilizados na actividade pecuária deixaria sequer de constituir crime de dano, ficando os autores dessas atrocidades impunes.”

 

O projecto do PS estipula ainda uma pena entre seis meses a dois anos, substituível por multa, para quem matar um animal de companhia – punição que a Ordem entende ser excessivamente branda, tendo em conta que a moldura penal pelo crime de mero dano vai até aos três anos.

 

Analisada de forma global, a proposta do partido do Governo “fica muito aquém das expectativas sociais e das necessidades de censura e violência gratuita”. Até porque cada vez mais a ciência tem vindo a associar os maus tratos de animais à psicopatia e à sociopatia.

 

E até a alteração do estatuto jurídico dos animais não escapa às críticas das duas juristas, que explicam que o projecto do PS nesta matéria se inspirou na lei francesa – que, apesar de recebida de forma entusiástica quando foi aprovada, no início do ano passado, “não teve, afinal, qualquer utilidade prática”. A solução passará por criar legislação especial para regular a matéria, uma possibilidade que o grupo parlamentar socialista, de resto, também preconiza.

 

Não é possível proibir já o abate, sustentam veterinários

 

No Parlamento está também em discussão um projecto apresentado pelo PAN a proibir o abate indiscriminado de animais nos canis municipais. Para a Ordem dos Veterinários é cedo demais para isso, uma vez que, quando existem, os centros de recolha das autarquias têm uma capacidade limitada.

 

“Não há, por enquanto, condições para proibir o abate”, reconhece uma dirigente da Ordem, Sónia Miranda. O projecto prevê que os animais vadios sejam devolvidos à rua. Para os veterinários, o facto de os cães se poderem organizar em matilhas é um dos entraves a tal solução.

 

in

https://www.publico.pt/sociedade/noticia/ha-erros-e-retrocesso-no-projecto-do-ps-para-proteger-animais-alertam-advogados-1733384?page=-1

***

ACHEGA DO MÉDICO VETERINÁRIO DR. VASCO REIS

É fundamental serem revelados amplamente os conhecimentos da ciência relativamente à senciência de todos os animais. Isso contribui para a evolução de mentalidades e é motivador da protecção a todos os animais, o que deve acelerar a feitura de legislação respeitadora, seguida de prática proteccionista. Se "a sociedade não está preparada para uma tal mudança de paradigma civilizacional", há que a esclarecer melhor, debater o assunto, pressionar essa preparação, apelar à ética, sugerir alternativas alimentares salutares e que não sacrifiquem animais, pugnar pelo fim da exploração animal, etc. Se não se apresentam grupos que defendam tais estratégias abertamente, ao menos que alguns indivíduos o façam.

CANDEIA QUE VAI ADIANTE...

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:31

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 6 de Maio de 2014

EM SEVILHA OS MÉDICOS VETERINÁRIOS SAEM À RUA PELA ABOLIÇÃO DAS TOURADAS, E EM PORTUGAL OS VETERINÁRIOS (QUE DE MÉDICOS NADA TÊM) FAZEM TERTÚLIAS TAUROMÁQUICAS

 

Que diferença de postura!

 

Será a distância que vai da Terra à Lua… Ou ainda mais longe…

 

 

Manifestação pela Abolição da Tauromaquia em Sevilha a 20 de Abril de 2014

 

Ver mais fotos neste link:

https://www.facebook.com/124887904208110/photos/pcb.770751052955122/770750989621795/?type=1&theater

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:24

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 6 de Março de 2014

A ORDEM DOS ”MÉDICOS” VETERINÁRIOS PORTUGUESES TERÁ ALGUMA NOÇÃO DE BIOLOGIA PARA REJEITAR A ÚNICA MEDIDA POSSÍVEL EM RELAÇÃO ÀS TOURADAS?

 

Quando se esperava que a Senhora Bastonária enviasse ao governo (ou mais precisamente à Inspecção-Geral das Actividades Culturais) um parecer assente nos estudos biológicos que, naturalmente, teriam de ter feito para receberem o título de “médicos”, no sentido da abolição das touradas, não, enviou uma recomendação que deixa muito a desejar quanto ao profissionalismo dos “veterinários”…

 

ooo

Isto não dói nada num animal morfologicamente semelhante ao homem e que possui um sistema nervoso central?
Podemos experimentar estas ferramentas num homem, para tirar as dúvidas?

 

Deixo-vos com o depoimento de um verdadeiro médico veterinário:

 

BEM PREGA FREI TOMÁS…  

 

Por Dr. Vasco Reis

 

«Dá para pensar quando se conhecem profissionais com responsabilidades e actividades na tauromaquia, na caça, etc….

 

 

O percurso violento de extrema tortura que a tauromaquia provoca ao touro de lide vai ser encurtado com o abate libertador breve, a seguir a todo o sofrimento infligido.

 

Segundo o recentemente aprovado Regulamento, vão ser médicos veterinários que irão fazer o disparo que deverá atordoar e paralisar relativamente a vítima. Este acto é algo de grande violência para o animal e para o executante.

 

Na minha opinião, o Regulamento correcto seria o que proibisse todas as actividades tauromáquicas em público e em privado!

 Código Deontológico do Médico-Veterinário

 

CAPÍTULO I

 

DISPOSIÇÕES GERAIS

Artigo 1.º

 

O presente Código integra um conjunto de regras de natureza ética e deontológica que, com carácter de permanência e a necessária adequação aos princípios universais contemporâneos, o Médico Veterinário deve observar no exercício da sua actividade profissional.

 

Artigo 2.º

1. O presente Código prossegue a salvaguarda da honestidade, dignidade e consciência profissionais, como garantia do serviço a prestar.

 

2. Os princípios afirmados no número anterior impõem aos Médicos Veterinários, o dever de exercer a sua actividade com os adequados conhecimentos científicos e técnicos, o respeito pela vida e bem-estar animal, a prossecução da sanidade animal, a conservação, o melhoramento, e a gestão do património animal, incluindo o da fauna selvagem, a salvaguarda da saúde pública e a protecção do meio ambiente.

 

3. No exercício da sua actividade profissional, o Médico Veterinário deve escrupuloso respeito às normas legais, éticas e deontológicas a ela aplicáveis, e técnica e deontologicamente independente, e responsável pelos seus actos, devendo agir com competência, consciência e probidade

 

***

Sinto vergonha de no meu País existir uma ordem de “médicos” veterinários que não zela pelo bem-estar dos Touros e dos Cavalos, que uma lei parva, ilegal e bastarda exclui do Reino Animal.

 

Será que esses “veterinários” que apoiam a tauromaquia também não consideram os Touros e os Cavalos animais como nós?

 

Gostaria de ver respondida esta pergunta, Senhora Bastonária.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:12

link do post | Comentar | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 14 de Maio de 2013

«EU QUERO UM PAÍS DE GENTE QUE SEJA GENTE COM ALMA»

 

 

 

«Quero um país de gente que não atira cães e gatos para o lixo. Quero um país onde gente que atira cães e gatos para o lixo vá para a prisão.

 

Quero um país de gente que não atira cães de muros altos para dentro de jardins e associações. Quero um país onde gente que atira cães de muros altos para dentro de jardins e associações vá para a prisão.

 

Quero um país de gente que não abandona os seus animais porque estão doentes, porque nasceu um bebé, porque chegaram as férias ou porque se mudou a cor do sofá. De gente que não os abandona rua, na estrada ou num monte presos a uma árvore para morrerem. Quero um país onde gente que abandona os seus animais na rua, na estrada ou num monte presos a uma árvore para morrerem vá para a prisão e fique cadastrado de modo a nunca mais poder ter um animal.

 

Quero um país de gente que não atira os animais pela janela nem os enterra vivos. Quero um país onde quem atira os animais pela janela e os enterra vivos não se safe com alegação de ‘insanidade temporária’ e vá para a prisão.

 

 Quero um país de gente que não envenena animais nem coloca armadilhas. Quero um país onde gente que envenena animais e coloca armadilhas vá para a prisão.

 

Quero um país de gente que não maltrata, viola, rouba, mata animais por puro prazer, interesse ou malvadez. Quero um país onde gente que maltrata, viola, rouba, mata animais por puro prazer, interesse ou malvadez vá para a prisão.

 

Quero um país onde espetar ferros em touros e pagar para os ver serem humilhados e torturados seja ilegal. Quero um país onde quem espeta ferros, humilha e tortura touros vá para a prisão e onde quem quer pagar para ver tortura tenha de cumprir serviço público em associações e canis. Um país onde as touradas acabem e o orçamento público destinado a essa barbárie seja direccionado para associações da causa animal.

 

 Quero um país onde não se matem animais nos canis. Onde sejam esterilizados e colocados para adopção responsável.

 

Quero um país onde os veterinários se recusem a eutanasiar animais saudáveis.

 

Quero um país de gente que não vira a cara quando vê um animal necessitado na rua, de gente que quando pede ajuda a uma associação tenha noção que as associações não vivem do ar e que é necessário contribuir. Com dinheiro, com ração, com mantas, com medicamentos ou com trabalho voluntário.

 

Quero um país onde os animais tenham direitos. E onde haja penas pesadas para os infractores. Um país que seja um exemplo. Um país de gente que seja gente com alma!

 

(C.P.)

 

Por: Dono, para que te quero

 

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=364252540346471&set=a.232392056865854.42467.228396373932089&type=1&theater

 

 

***

 

EU TAMBÉM QUERO UM PAÍS ASSIM...

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:25

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 15 de Janeiro de 2013

REPAREM NA TRISTEZA PROFUNDA NO OLHAR DESTE MAGNÍFICO TOURO

 

 

NÃO É DE DOER A ALMA?

 

DESTROÇAR-LHE A VIDA É A TAREFA DOS SÁDICOS E DOS TORCIONÁRIOS E DAS AUTORIDADES E DA IGREJA CATÓLICA E DE VETERINÁRIOS SEM ESCRÚPULOS, CÚMPLICES DE UM CRIME QUE DEVIA SER SEVERAMENTE PUNIDO, MAS É APLAUDIDO, É APOIADO…

ISTO NÃO É COMPATÍVEL COM OS VALORES HUMANOS NEM COM A EVOLUÇÃO.

 

 POR QUE PERSISTE?

 

PORQUE A IGNORÂNCIA AINDA EXISTE, E PORQUE OS GOVERNOS SÃO LACAIOS DE MERCENÁRIOS…

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:29

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2012

MENSAGEM DE NATAL À PRÓTOIRO, AOS AFICIONADOS, AOS GOVERNANTES PORTUGUESES E À IGREJA CATÓLICA E AOS VETERINÁRIOS QUE APOIAM A TORTURA DE TOUROS E CAVALOS

 

 

 

NESTE NATAL, OS TOUROS E CAVALOS ESPERAM QUE OS SEUS CARRASCOS, UMA VEZ QUE SÃO MUITO CATÓLICOS, SIGAM OS ENSINAMENTOS DE CRISTO E SE LIVREM, DE UMA VEZ POR TODAS, DO ESCONJURO QUE O MUNDO LANÇOU SOBRE ELES (CARRASCOS)...

 

Natal de 2012

 

O Mundo não será um lugar de Paz, nem de Amor…

 

Mas algures no coração de cada um de vós deverá viver essa Paz e abrigar-se esse Amor que queremos para o Mundo.

 

Que o Espírito do Menino Deus esteja convosco neste Natal.

 

E que 2013 seja o ano da fraternidade entre todos os seres vivos, que fazem parte da Criação Divina…

 

Por todos os Touros e Cavalos, meus irmãos, sacrificados à ganância do homem predador,

 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:21

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 11 de Novembro de 2012

A VERDADE SOBRE O TOURO DE LIDE

 
 

AFICIONADOS, TAURICIDAS, GANADEIROS, FORCADOS, GOVERNANTES, APOIANTES DA TORTURA DE TOUROS E CAVALOS, PADRES CATÓLICOS, "VETERINÁRIOS” TAURICIDAS E OS INDIFERENTES: VEJAM ESTE VÍDEO E APRENDAM.

 

COM TANTA INFORMAÇÃO A IGNORÃNCIA PASSA A SER UMA OPÇÃO.

 

NÃO TÊM MAIS DESCULPA PARA DIZEREM: “NÓS NÃO SABÍAMOS”…

 

  
publicado por Isabel A. Ferreira às 10:50

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 8 de Novembro de 2012

O QUE ESTÁ A PASSAR-SE EM IDANHA-A-NOVA É FRUTO DA CULTURA DA MORTE, PROMOVIDA EM PORTUGAL PELOS GOVERNANTES E POR ALGUNS QUE SE DIZEM “VETERINÁRIOS”...

foto Carlos Pimentel / Global Imagens

  

Álvaro Rocha, autarca de Idanha-a-Nova, ponha a mão na consciência (se é que a tem)... Um dia terá de prestar contas por todos os actos nocivos que cometeu na sua vida... E a Lei do Retorno é infalível.

 

 

A VOZ DO POVO REVOLTADO COM O ABATE DE TOUROS EM IDANHA-A-NOVA

 

A SELMA disse: Os animais não apareceram ali do nada, certamente foi irresponsabilidade de alguns ignorantes deixar a situação chegar a esse nível! E os animais que não têm culpa de nada é que pagam o pato. FRANCAMENTE!!!!! Será que não exista ninguém que tenha uma proposta mais inteligente?????????? CHEGA DE VIOLÊNCIA CONTRA OS ANIMAIS!

 

O ANTÓNIO disse: As autoridades e os senhores que arrancaram as vedações é que são os culpados desta situação, abater a tiro, vão espalhar os animais por vários Km e não conseguem matar todos e vai haver muitas pessoas feridas.

 

SHIRLEY MOTA disse: Animais em estado selvagem e a solução mais fácil é mata-los!!!!! Por que não transferi-los para uma área mais propícia ??????

 

J.A disse: Neste país, para problemas difíceis há sempre uma solução fácil! Se é esta a única solução, porque foi preciso esperar anos!? Ficaram todos à espera que o problema ganhasse dimensão, que se tornasse notícia de jornal. Entretanto morreu o pastor, outro homem ficou incapacitado, ficou ferido o caçador e muito pior poderia ter acontecido. E agora "voilá!" a solução - tiro ao touro. O ganadeiro que abandonou os animais ainda vai receber algum subsidio pelo abate? As máfiofamílias tauromáquicas recebem todos os anos muitos milhões de dinheiro público para financiar as suas actividades "culturais" e engordar o seu património. Não poderiam ter acolhido estes animais nas suas imensas herdades?

 

J. ALVES disse: São os bastidores da tauromaquia em Portugal... É o maravilhoso mundo rural que um tal de Moita Flores tanto enaltece "em defesa da festa brava". Já agora aproveite-se o evento e faça-se disto uma "fiesta" com caçadores a pagar para fazer tiro ao touro e muitos idiotas a pagar para assistir. Convide-se o Paulo Portas, a ex-ministra Canavilhas, o Jorge Sampaio, o Rei de Espanha... E OLÉ!

 

O JOÃO disse: Cambada de animais é o que esta gente é. Não se podia esperar mais de um povo medieval como o português. Os verdadeiros animais aqui são os que dão as ordens e os que vão premir o gatilho. A DGVA tem muito que se lhe diga. Pareceres ridículos, onde vai tudo logo para o abate. Vergonha de ter nascido neste país...

 

O LUÍS ONOFRE disse: Façam um abate selectivo é do governo, esses sim, selvagens. Com um tiro na nuca Made in China.

 

ALICE SANTOS disse: esses animais, matam os próprios filhos, matam as mães, matam a família toda, esses animais possivelmente mataram porque se sentiram ameaçados, tem que haver alternativas, vocês presidentes municipais só pensam em matar, é incrível como algumas pessoas só pensam em assassinar animais indefesos, um dia todos vocês acabarão por ser mortos por os animais racionais, chegará o dia, em que os homens conhecerão o íntimo dos animais e nesse dia, um crime contra um animal será ser considerado um crime contra a humanidade (Leonardo da Vince).

 

O FRANCISCO SILVA disse: Ao que chega a irresponsabilidade e a impunidade destes e de outros desleixos que são silenciados... que culpa têm os animais da imbecilidade humana? A quem pedir responsabilidades (?)...um país do vale tudo, um país eternamente adiado...

 

***

 

O QUE DIZER MAIS SE FICOU AQUI BEM VINCADA A REVOLTA DE UNS TANTOS PORTUGUESES QUE SÃO A VOZ DA MAIORIA?

 

VIVEMOS, SIM, NUM PAÍS ADIADO. NUM PAÍS EM QUE A MORTE SE SOBREPÕE À VIDA, PORQUE A IGNORÂNCIA É TANTA QUE ASFIXIOU A INTELIGÊNCIA E O BOM SENSO.

 

Fonte:

http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Castelo%20Branco&Concelho=Idanha-a-Nova&Option=Interior&content_id=2861042

 

***

 

Touros selvagens estão infectados com tuberculose???????????????????

Os cerca 250 touros selvagens, que andam à solta em Segura, em Idanha-a-Nova, estão infectados com tuberculose e a BSE (doença das vacas loucas)???????????????????, afirmou (...) o director-geral de Alimentação e Veterinária, Nuno Brito.

 

AFIRMOU?
ENTÃO VAI TER DE PROVAR.

QUE GOLPE MAIS BAIXO, Ó SENHOR NUNO BRITO!

 

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/sociedade/touros-selvagens-estao-infectados-com-tuberculose

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:25

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 4 de Novembro de 2012

ESTA É DEDICADA ÀQUELES “VETERINÁRIOS” PORTUGUESES QUE APOIAM A TAUROMAQUIA, E A TODOS OS COVARDES QUE MALTRATAM ANIMAIS, DENTRO OU FORA DAS SUAS PROFISSÕES

OUÇAM O QUE DIZ LUIZ CARLOS PRATES – UM HOMEM DOS VERDADEIROS

 

 

Luiz Carlos Prates é um jornalista, radialista e Psicólogo brasileiro, conhecido pelas suas participações como comentarista em jornais locais da Rede Globo e do SBT.

 

Prates faz críticas políticas e sociais relacionadas com os acontecimentos nacionais.

 

ESTE É CÁ DOS MEUS!

 

POR QUE É QUE EM PORTUGAL NÃO EXISTEM JORNALISTAS ASSIM?

 

E COMO ELE, TAMBÉM ME APETECE GRITAR QUE NENHUM COVARDE, QUE MALTRATE ANIMAIS, SE ATREVA A CRUZAR O MEU CAMINHO, DE HOJE EM DIANTE!

 

ATÉ AGORA FUI PACIENTE.
DAQUI EM DIANTE: TOLERÂNCIA ZERO!

 

CHEGA DE ESTUPIDEZ!

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:10

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Outubro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
17
18
24
25
31

Posts recentes

“VETERINÁRIO” DIZ QUE OS ...

ADVOGADOS ATACAM PROJECTO...

EM SEVILHA OS MÉDICOS VET...

A ORDEM DOS ”MÉDICOS” VET...

«EU QUERO UM PAÍS DE GENT...

REPAREM NA TRISTEZA PROFU...

MENSAGEM DE NATAL À PRÓTO...

A VERDADE SOBRE O TOURO D...

O QUE ESTÁ A PASSAR-SE EM...

ESTA É DEDICADA ÀQUELES “...

Arquivos

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt