Sexta-feira, 13 de Setembro de 2019

Tauromaquia: em Albufeira "be a hero" significa "sê cobarde"

 

«Com a Natureza agonizante, celebrar essa mesma agonia é digno de um monstro, o Monstro Humano desumano em festa. A vossa extinção, taurinos, é que será uma festa, sim, simbólica da libertação da Natureza.»

 

Uma análise que diz da deformação mental dos tauricidas.

 

BE A HERO.jpg

 

Texto de Ricardo Silva

 

"Be a hero"... "laugh"... por acossar, zombar, maltratar, ferir uma cria de animal. O esterco da espécie humana no seu pior. Ao fim de 30.000 anos ainda não conseguiram livrar-se do trauma de terem encontrado na Península Ibérica uma espécie animal que lhes fez frente, que se opôs à invasão humanóide.

 

Dizimaram os então poderosos auroques, numa demonstração do que viria a ser o corrente extermínio em massa de espécies animais, a ignóbil "vitória humana sobre a bestialidade da natureza".

 

Continuam a celebrar hoje essa vitória, numa obscena velhacaria troçando da moribunda natureza às mãos desta única espécie que se diz a mais evoluída. Fazem-no com requintes narcísicos de malvadez e falsidade, demonstram e repetem exaustivamente a perversidade das suas vitórias cobardes. Chegam ao cúmulo de continuar a recriar esta modificada espécie a seu bel-prazer apenas para poderem continuar o gozo das suas acções, quando na verdade não estão sequer focados na não extinção da "raça taurina de lide" mas sim na perpetuação dos objectos simbólicos da sua "vitória e dominação da natureza".

 

Com a Natureza agonizante, celebrar essa mesma agonia é digno de um monstro, o Monstro Humano desumano em festa. A vossa extinção, taurinos, é que será uma festa, sim, simbólica da libertação da Natureza.

 

Fonte:

https://www.facebook.com/algarve.pan/photos/a.1465612643674586/2448654568703717/?type=3&theater&ifg=1

Comentário:

«A bestialidade humana contraria e conspurca a evolução que a espécie teve em tantos campos, como na ciência, nas artes, na tecnologia, em diversos outros saberes e também na elevação do espírito com princípios que se tornaram pilares de convivência nas sociedades. Pois, há uma parte da humanidade que, infelizmente, não é pequena e mancha a outra parte. Aqui temos em imagens, exemplos dessas manchas...» (José Costa)

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:00

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 20 de Junho de 2014

NÃO É PRECISO SER JURISTA PARA ANALISAR A INSENSATA SENTENÇA QUE BENEFICIOU O MONTADOR ACUSADO DE ABALROAR MANIFESTANTES ANTITOURADAS

 

Basta ser-se lúcido.

 

Eis uma análise perfeita a esta injustiça (mais uma) que envergonha os Poderes Judicial e Policial

 

 

(Origem da foto: http://www.tugaleaks.com/marcelo-mendes.html)

 

Carlos Ricardo, deixou um comentário ao post JUSTIÇA À PORTUGUESA: MONTADOR ACUSADO DE ABALROAR MANIFESTANTES ANTITOURADA NÃO VAI A JULGAMENTO às 02:44, 2014-06-20.

 

 Comentário:

 

«Na altura deste incidente, enviei um e-mail á "Animal" (04 Setº 2012) e que abaixo transcrevo e que gostava que analisassem. Chamo também a atenção para uma entrevista que o Tauricida M. Mendes deu na TV (neste momento não me lembro em que canal, mas que o disse, disse) e que transcrevo no ponto 7.

 

Não sei se esta declaração do M. M. (Marcelo Mendes) na entrevista foi tida em conta pelo juiz ou apenas aceitou a 2ª versão de que não conseguiu dominar o cavalo (extraordinariamente desmontada por Vasco Reis).

 

Desconheço o teor das queixas feitas pela "Animal" e outras pessoas, mas espero que conste o que alertei na altura (a seguir):

 

"Visionado o vídeo com atenção, verifiquei que a acção da polícia foi MUITO NEGATIVA e não foi acautelado nem cumprido por esta, a missão de que estava incumbida (manutenção da ordem pública). Se não vejamos:

 

1. A posição dos elementos policiais numa situação destas, SÓ podia ser, colocarem-se entre os manifestantes (MANIF.) e os taurinos; Caso tenham recebido ordens diferentes, é absolutamente contra uma estratégia PREVENTIVA.

 

2. Ora, se estivessem nos seus correctos postos, a polícia estaria virada para os manif, ou para os taurinos (estar metade virada para os manif. e a outra metade para os taurinos, não me parece que fosse o caso, mas também vou analisar essa possibilidade)

 

3. SE ESTIVESSEM VIRADOS PARA OS MANIF. não veriam a 1ª investida do M. M., mas CERTAMENTE VERIAM os manif. atirar pedras ao cavalo (como estupidamente acusa o M. M. na entrevista na TV). E, se tal vissem, ninguém me convence que não actuariam de imediato, quiçá, batendo ou pelo menos prendendo quem atirou pedras!!! Se viram (impossível, porque isso não aconteceu) e nada fizeram, então não acautelaram a ordem pública nem cumpriram eficazmente a missão para que foram destacados. E a prova da sua ineficácia, desleixo e NÃO PROTECÇÃO DOS CIDADÃOS PACÍFICOS foi que permitiram uma 2ª investida. E, tratando-se de uma tentativa de agressão, utilizando uma arma (o cavalo) superior á dos "adversários" (a lei proíbe isso) O M. M. DEVERIA TER SIDO IMEDIATAMENTE DETIDO, POR FLAGRANTE DELITO.

 

4. SE ESTIVESSEM VIRADOS PARA OS TAURINOS, poderiam não ver "as pedras" mas VERIAM CERTAMENTE A INVESTIDA DO M. M. ! E, neste caso, também não actuaram como profissionais de prevenção e defesa da integridade física dos cidadãos. E que a polícia não venha dizer que foi tudo muito rápido e que não foram a tempo de impedir que o M. M. investisse. Se NÃO FORAM A TEMPO É PORQUE ESTAVAM MAL POSICIONADOS e então terá que se culpar QUEM LHES DEU ORDENS!!

 

5. SE ESTIVESSEM METADE VIRADOS PARA UNS E METADE VIRADOS PARA OUTROS, então, com mais forte razão, verificavam os actos de ambas as partes!!

 

6. O tempo que a polícia levou a actuar e quando o fez DESEMBAINHOU OS BASTÕES e FOI DIREITA AOS MANIF. e SÓ DEPOIS FORAM "FALAR" com o bandido, MOSTRA BEM COM QUE ORDENS FORAM ALI COLOCADOS!!

 

7. Sobre as acusações do M. M. na TV, quando diz que o cavalo se assustou com as pedras e recuou para cima dos Manif., isso é simplesmente anedótico... Dizer que, na 2ª investida, foi para capturar um manif. que o ofendeu, isto é tentar fazer justiça pelas próprias mãos pondo em risco a vida das outras pessoas !! Ter em atenção que o M. M. diz que perseguiu o manif. para o entregar á polícia "QUE NA ALTURA NÃO ESTAVA ALI" !!!! Então onde estava?"

 

Se perante todos estes factos o juiz decidiu como decidiu, só pode ser má fé ou incompetência desse juiz.!!!»

***

Dispenso acrescentar alguma coisa a esta análise.

Está aqui tudo.

Um excelente trabalho de jurista, sem o ser, Carlos Ricardo.
***

 

ESCLARECIMENTO:

A Carla Ferreira enviou-me este esclarecimento:

«Só para esclarecer, a propósito do que escreveu no blog: a Polícia estava posicionada ao lado, mas um pouco afastada. Onde estavam, conseguiam ter alcance visual para ambos os lados. Se só agiram depois da 2.ª investida, não foi porque não tivessem visto nada. E mesmo quando agiram, demoraram até criarem uma barreira de segurança».

Obrigada, Carla Ferreira.

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:41

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 12 de Julho de 2013

UMA VERDADE INCONTORNÁVEL: A ESMAGADORA MAIORIA DOS PORTUGUESES NÃO SE INTERESSA POR TOURADAS

 

 

Dos 308 municípios portugueses apenas 39 são taurinos, uma insignificância, até porque são localidades pequenas, excepto Lisboa (a vergonha do Sul) e Póvoa de Varzim (a vergonha do Norte).

 

 

 

 

«Os números não enganam - SOMOS A ESMAGADORA MAIORIA!

Durante anos ouvimos dizer que a tauromaquia faz parte do quotidiano e da identidade nacional, mas as estatísticas oficiais são claras em relação à importância que os cidadãos portugueses dão às touradas. Segundo os dados oficiais da IGAC (Inspecção Geral de Actividades Culturais) 94,2% dos portugueses não assistem a touradas.

 

Nos últimos 10 anos o número de touradas em Portugal caiu mais de 30%.»

PARTILHE ESTA INFORMAÇÃO. AJUDE A DESMISTIFICAR UM MITO E A ESCLARECER A OPINIÃO PÚBLICA.

 

 

Fonte:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=605711359459674&set=a.491496697547808.113302.143034799060668&type=1&theater

 

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:57

link do post | Comentar | Ver comentários (10) | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 13 de Maio de 2013

TOURADAS NA ILHA TERCEIRA (AÇORES)

 

Eis um extracto de um programa da RTP-Açores, onde uma cidadã denuncia o desvio de dinheiro para as touradas, num programa em que o convidado era o Presidente da Associação de Mordomos (ou de Consumidores de Touradas à Corda)

 

 
 

 

 



Os terceirenses taurinos continuam a conspurcar a Ilha Terceira com a sua ignorância.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:10

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 13 de Julho de 2012

O ARCO DE ALMEDINA FOI PROMOVIDO A “ARCO DA GRAÇA” PELOS TAURICIDAS

 

 

ARCO DA GRAÇA (LISBOA)

 

 

Eis um texto com muita piada, e que transcrevo no meu Blog porque é uma preciosidade e serve a Causa da Abolição da Tourada em Portugal e no Mundo, porque diz tudo, ou quase tudo, sobre a perversão da mentalidade daqueles que fazem da TORTURA DE SERES VIVOS a sua profissão.

Houve um tempo em que os intelectuais portugueses, tais como Eça de Queiroz, Camilo Castelo Branco, Ramalho Ortigão, entre outros, esgrimiam nos jornais uns com os outros, gerando grandes polémicas, por vezes bastante azedas e acesas, e ao mesmo tempo deixando grandes textos literários.

 

Existe um filme com o grande actor António Silva, em que ele, já não me recordo em que circunstância, educadamente, com muita classe e elegância, e com aquele ar nobre que ele tinha, dirige ao seu opositor esta frase, da qual eu gosto muito: «V. Exa., é uma besta

 

Isto para dizer que eu poderia deixar passar em branco esta mascarada de um tauricida, até porque não estamos ao mesmo nível cultural, e dizer-lhe simplesmente o que António Silva disse ao seu opositor.

 

Acontece que tal como Eça, Camilo, ou Ortigão (mas naturalmente sem o talento destes grandes nomes da nossa Literatura) eu gosto de esgrimir com as palavras e embora não tenha um adversário à altura, não posso deixar passar em branco esta oportunidade para enviar um recado a TODOS OS TAURICIDAS, através dos dichotes do Carlos Patrício Álvares, mais conhecido por Chaubet, um forcado amador, que já passou da idade das diabruras, mas nada aprendeu com a VIDA, pois passou-a entranhado na MORTE.

 

Vejamos o que diz o Chaubet.

 

ALGUNS COMENTÁRIOS AO ARCO DA “GRAÇA”

Publicado em 3 de Julho de 2012 por carlosalvares

 

Um dos blogues que pretende ser do “contra”, anti taurino, diverte-me tanto, dá-me tanta vontade de rir, que resolvi dar-lhe este nome - ARCO DA GRAÇA.

 

(ANTES RIR DO QUE CHORAR, CHAUBET. FAZER HUMOR É UMA ARTE TÃO DIFÍCIL, QUANTO NOBRE. DEVO DEDUZIR QUE ESTOU DE PARABÉNS).

 

Na verdade, a agressão e conflitualidade que procura imprimir às suas opiniões, não são mais que um refúgio à falta de convicção, de estrutura, de que enferma. É mesmo o que faz estar sempre a apelar a eventuais colaborações, de forma a poder manter o blog.

 

(ESTE PARÁGRAFO NÃO MERECE COMENTÁRIO ALGUM, PORQUE FICOU BEM CLARA A FALTA DE CONHECIMENTOS DO CHAUBET, QUANTO À MANEIRA COMO SE GERE UM BLOG. NÃO ADMIRA.)

 

Em desespero de causa também lhe serve o insulto, a mentira, o empolamento e deformação de situações, de molde a poderem dar-lhe alguma credibilidade. Analisemos alguns dos seus dislates.

 

(DESCONHECENDO O CHAUBET O SIGNIFICADO DE PALAVRAS COMO “ILSULTO”, “MENTIRA”, “EMPOLAMENTO” e “DEFORMAÇÃO” AGORA É QUE VAI COMEÇAR A VERDADEIRA “TOURADA”. ATENÇÃO!)

 

Dando-se importância: “pobreza do ensino em Portugal, que há tanto tempo combato”. Imaginem! E, pelos vistos, ninguém tem aproveitado as suas sapientes observações. Estúpidos! Ingratos! Pensará o blog enraivecido e frustrado. (O ridículo da pretensão dá, ou não, vontade de rir?)

 

(ESTE PARÁGRAFO, NA REALIDADE, DIZ TUDO SOBRE A POBREZA DO ENSINO EM PORTUGAL, QUE HÁ TANTO TEMPO COMBATO, SIM. SE OS TAURICIDAS QUE VÊM LER O MEU BLOG NÃO FOSSEM TÃO ESTÚPIDOS JÁ TERIAM APRENDIDO ALGUMA COISA. MAS SÓ SE RIEM. O QUE JÁ NÃO É MAU DE TODO!)

 

“Nosso sistema de ensino é a pobreza. O Povo não sabe distinguir o trigo do joio. Estéreis intelectos das autoridades deste nosso País”. Aqui, implicitamente, reivindica, pretensiosamente, um lugar de excepção para si. O não ser estéril (no sentido literário, claro) estou completamente de acordo. O muito que escreve assim o prova. Porém, já não concordo que seja produzido pelo intelecto. Antes sim, pela vaidade. Pelo desejo de protagonismo e, usando palavra utilizada pelo Arco da Graça, alarvice. A confirmar esta opinião, a auto valorização dos excertos que se seguem:

 

(NEM SEQUER SABE CITAR, CHAUBET. QUANDO SE CITA ALGUÉM COLOCAM-SE AS FRASES CONTEXTUALIZADAS E COMPLETAS, TAL QUAL ESTÃO ESCRITAS. O QUE NÃO É O CASO. NÃO ADMIRA. PARA CITAR É PRECISO SABER. MAS VAMOS LÁ VER, O QUE SE SEGUE)

 

“Com o modo nu e cru como digo as coisas, consigo picá-los”. (Orgulho pretensioso). “Estavam a ser TOUREADOS (que elegância, digo eu…) sem se darem conta”. “Mundo da Tauromaquia uma alarvice”. Nem a Igreja escapa. Devido a uma tourada à corda na ilha de S. Miguel: “Nossa Senhora da Luz não aprova”. Depois, de forma categórica, profética: «Doutra forma não seria Santa». Só para rir.»

 

(PRIMEIRO, EU NÃO ESCREVO “DOUTRA”. SEGUNDO, AS FRASES TIRADAS DO SEU CONTEXTO DEMONSTRAM A IGNORÂNCIA DO CITADOR; MAIS IGNORÂNCIA AINDA QUANDO NÃO ESTÃO CITADAS CORRECTAMENTE. ISTO SÃO FRASES À CHAUBET. SE QUER CRITICÁ-LAS, PELO MENOS TENHA A ELEGÂNCIA DE COLOCÁ-LAS TAL QUAL AS ESCREVI, E NOS SEUS CONTEXTOS. ASSIM DÁ VONTADE DE RIR, DÁ. MAS APENAS AOS PARVOS).

 

Mas as sentenças continuam, comprovando a fertilidade desta risível prosa anti taurina. Que, aliás, pelo seu tom deselegante e malcriado, patenteia o estertor em que se encontra. Se os taurinos não lhe ligarem, acaba por morrer de morte natural, visto não ter capacidade para criar argumentos novos. Os que utiliza, por tão repetitivos, já cheiram a mofo.

 

(ESTA É DAS BOAS. É A TAL PERVERSÃO DA MENTALIDADE DOS TAURICIDAS. POR ELES MEDEM A COMPETÊNCIA DOS OUTROS. E DEPOIS DÁ ISTO: UMA ANÁLISE COMPLETAMENTE IMBECIL E SEM QUALQUER RIGOR ANALÍTICO).

 

Ainda, em comentário/censura elitista/paternalista: “Mais que uma vez alertámos (sobre os malefícios das touradas já se vê), mas o Zé Povinho que come ovas de sardinha pensando que é caviar” ….Os deputados não ligam e o Arco da Graça não perdoa tal desconsideração e, vai daí: “ Que as musas da lucidez inspirem os deputados. Chega de ignorância. Os portugueses merecem serem governados por gente civilizada”. (Ora tomem lá!..

 

(POIS O ARCO DA GRAÇA EM DOIS DIAS FOI VISITADO POR MAIS DE SEIS MIL PESSOAS. NÃO É POR ACASO QUE ALGUNS DOS SENHORES DEPUTADOS ME BLOQUEARAM NO FACEBOOK; BEM COMO OS TAURICIDAS. REPITO: CHEGA DE IGNORÂNCIA! OS PORTUGUESES MERECEM A MORTE DAS TOURADAS E GOVERNANTES MAIS EVOLUÍDOS!)

 

Para terminar, não imitar o A. da G. com a sua interminável, arrevesada e tendenciosa controvérsia, este “admirável” trocadilho, que identifica e define bem os princípios e nível intelectual do A. da G.

 

(GOSTEI ESPECIALMENTE DESTE PARÁGRAFO QUE DIZ TANTO! E MUITO, MUITO DO A. da G. É ALTAMENTE GIRO.)

 

Por os aficionados dizerem que têm o direito fundamental de irem aos toiros: -“Com que então querem ter o direito fundamental da liberdade de ir aos toiros. Pois quem tem esse direito são as vacas. Quem quer ter essa liberdade só pode ser gente pervertida”. Veja-se bem a baixaria que tem esta afirmação. Mas prossegue: “Estou a ver os tauricidas a fazerem filinha ….e as vacas, ciumentas, a clamarem múuuuuu…..os toiros são nossos”. (garanto que isto está lá. No blogue que me faz rir pelo seu patético desvairamento”.

 

(ESTE TEXTO GOSTEI DE ESCREVER. É O QUE VOCÊS MERECEM. RESPEITEM OS TOUROS E OS CAVALOS SE QUISEREM SER RESPEITADOS. RIU-SE, CHAUBET, AINDA QUE FOSSE PELO PATÉTICO DESVAIRAMENTO? A MINHA INTENÇÃO ERA ESSA MESMA: FAZÊ-LOS RIR. MISSÃO CUMPRIDA).

 

Depois digam que são os taurinos, que insultam, provocam, são malcriados e ordinários.

 

Carlos Patrício Álvares (Chaubet)»

 

(POIS, OS TAURICIDAS NÃO INSULTAM (POUCO), NEM PROVOCAM (POUCO), NEM SÃO MALCRIADOS (POUCO), NEM ORDINÁRIOS (POUCO). SÃO MUITO PIORES DO QUE ISSO: SÃO TORCIONÁRIOS. SENTEM UM PRAZER MÓRBIDO, QUASE NECRÓFILO, EM TORTURAR SERES VIVOS. POR ISSO O BLOG DA GRAÇA IRÁ CONTINUAR A FAZER-VOS RIR. COM MUITO GOSTO.)

 

VENHAM MAIS DESTAS. OS ABOLICIONISTAS AGRADECEM. E OS TOUROS E CAVALOS TAMBÉM.

 

http://citedelargo.wordpress.com/2012/07/03/alguns-comentarios-ao-arco-da-graca/

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:59

link do post | Comentar | Ver comentários (5) | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 10 de Maio de 2012

UMA MENSAGEM MAGNÍFICA DO ALBERTO, SOBRE A ABOLIÇÃO DA TORTURA E MATANÇA DE ANIMAIS

 

 

Quando tu respeitares os animais, eu deixarei de interferir no que fazes...

 

 

Uma mensagem muito interessante para aqueles que teimam em considerar a tourada algo que representa um “património cultural” a preservar e a aplaudir.

 

Veio da Argentina.

 

Escreveu-o o Alberto.

 

Não sei quem é o Alberto.

 

Mas faço minhas, as palavras dele. Magníficas!

 

***

 

Toureiros – Taurinos e Todos os que Praticam Tradições Arcaicas baseadas no Sofrimento de um animal, digo-vos:

 

Quando tu respeitares os animais, eu deixarei de interferir no que fazes. Entretanto, ter-me-ás pela frente.

 

Não o duvides.

 

Sei que te incomodo muito, mas na verdade, essa é uma das minhas pretensões: perturbar o mais possível esse teu repugnante modo de te divertires.

 

Porque entre a tua “diversão” e a minha repulsa, há um ser vivo, ao qual não disseste, como dizes a mim: «se não gostas de vê-lo morrer na arena ou ver como o torturo, não vejas!»

 

Ele não pode escolher, não é verdade? Pois embora o touro não tenha a oportunidade de o fazer, tu tão-pouco terás a liberdade de o matar sem que eu e milhões de pessoas, como eu, tratemos de evitá-lo.

 

Da Argentina – Abolição de tortura e matança de animais – Alberto

 

Contra el Maltrato Animal.

publicado por Isabel A. Ferreira às 20:08

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Tauromaquia: em Albufeira...

NÃO É PRECISO SER JURISTA...

UMA VERDADE INCONTORNÁVEL...

TOURADAS NA ILHA TERCEIRA...

O ARCO DE ALMEDINA FOI PR...

UMA MENSAGEM MAGNÍFICA DO...

Arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt