Terça-feira, 25 de Junho de 2019

PORTUGAL | BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE CAMARATE ORGANIZAM GARRAIADA

 

⛔️ A associação de Bombeiros Voluntários de Camarate está a organizar uma garraiada ⛔️

Que VERGONHA! Dispam a farda, porque não a merecem!

Que bombeiros salva-vidas são os bombeiros de Camarate?

A organizar GARRAIADAS? Foram curvar-se aos trogloditas, e transformaram-se em trogloditas também?

Deixo aqui a minha mais veemente REPULSA por esta atitude indigna de "Soldados da Paz"!

Mancharam a vossa corporação com esta INDIGNIDADE.

Mas ainda vão a tempo de retrocederem.

bOMBEIROS65007350_2768873703142667_157726747749724

 

A SOS Animal apela aos seus seguidores que exijam o cancelamento deste evento bárbaro e cruel, que infelizmente já vai na terceira edição, para o e-mail

comunicacaoahbvc@gmail.com

 

ou directamente na sua página: Bombeiros Voluntários de Camarate

 

Não podemos deixar de manifestar o nosso profundo desapontamento e perplexidade de uma Corporação de Bombeiros organizar um evento que implica o sofrimento de seres vivos, para angariação de fundos. Este evento antagoniza com a missão dos Bombeiros, em toda e qualquer parte do mundo!

 

SOS Animal – Portugal

Pela Defesa de TODOS os Animais

 

Fonte:

https://www.facebook.com/sosanimal.ong.pt/photos/a.221731621190234/2768873676476003/?type=3&theater

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:52

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016

AINDA A QUESTÃO DA TOURADA PARA ANGARIAR FUNDOS PARA OS BOMBEIROS DA REGIÃO DE SANTARÉM…

 

ESTE SIM, É UM VERDADEIRO BOMBEIRO

 

BOMBEIRO.jpg

Um BOMBEIRO administra oxigénio a um filhote de hamster que estava dentro de uma rulote que se incendiou. A este tipo de BOMBEIROS, eu curvo-me e reverencio.

Mais imagens de BOMBEIROS salvadores de vidas neste link:

http://misteriosdomundo.org/10-imagens-de-bombeiros-que-arriscaram-suas-vidas-para-salvar-animais/

 

***

EM SANTARÉM TORTURAM-SE TOUROS PARA ANGARIAR UMA ESMOLINHA PARA OS bombeiros DA REGIÃO

(E querem que eu fique calada?)

 

SANTARÉRM.jpg

 

A propósito da INDIGNAÇÃO (à qual tenho direito) que demonstrei no texto que escrevi sobre esta macabra iniciativa, que encheu os bolsos de algum ganadeiro, das santas casas da (falsa) misericórdia, mas não os COFRES das corporações, em nome das quais esta carnificina se realizou, recebi este comentário, ao qual respondi.

 

João Forte, deixou um comentário ao post DISPAM A FARDA, BOMBEIROS DA REGIÃO DE SANTARÉM, PERDERAM A DIGNIDADE AO ACEITAREM DINHEIRO SUJO DO SANGUE DE INOCENTES BOVINOS SACRIFICADOS às 13:50, 2016-09-29.

 

 

Comentário:

Não lhe reconheço moral para dizer que os bombeiros têm de ser como você acha que têm de ser. Considero lamentável arrastar o nome dos bombeiros voluntários para a lama, de uma forma populista e demagógica. Não são os bombeiros que têm de decidir, mas sim as direcções. Isto é uma questão civilizacional, não "bombeirística". Como saberá, Santarém é uma região onde, infelizmente, isto se faz, portanto não confunda alhos com bogalhos sff. E, finalizando, não me leve a mal, mas não lhe reconheço qualquer autoridade para afirmar que "isto também é ser bombeiro", ou mesmo " dispam a farda. Não são dignos dela". A senhora não sabe o que é ser-se bombeiro/bombeira e os horrores e as dificuldades que passamos. Pode imaginar, mas daí a saber vai um passo muito grande. Resumindo, não confunda uma questão civilizacional com bombeiros.

 

***

 

João Forte, então estamos quites.

 

Eu também não lhe reconheço nem moral, nem cultura, nem qualquer outra virtude, para pretender fazer dos bombeiros, uns carniceiros, e aceitar esmolinhas manchadas do sangue e do SOFRIMENTO ATROZ de seres vivos inocentes, inofensivos, sencientes e indefesos. Certo?

 

É que é preciso que fique bem claro: NÃO SOU EU que aplaudo a tortura de seres vivos para angariar fundos para os bombeiros.

 

E como já disse, um bombeiro, que é BOMBEIRO e SOLDADO DA PAZ não se presta ao papel de carniceiro. E se se presta, é porque concorda. E deixa de ser Soldado da Paz.

 

E atenção! Quem arrasta os bombeiros voluntários para a LAMA também não sou eu. São eles próprios, ao ACEITAR entrar neste jogo SUJO, onde o único animal HONESTO é o TOURO. Certo?

 

E vá aprender o significado de “populista” e demagógica” junto aos governantes e às direcções de bombeiros, pois não sou EU que faço política SUJA.

 

Também já disse e vou repetir alto:

 

OS BOMBEIROS (OS VERDADEIROS BOMBEIROS) NÃO TÊM OBRIGAÇÃO DE CUMPRIR ORDENS PARVAS DAS DIRECÇÕES PARVAS. HÁ DUAS OPÇÕES CHAMADAS “OBJECÇÃO DE CONSCIÊNCIA” E “DESOBEDIÊNCIA CIVIL”, PREVISTAS NA CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA PORTUGUESA, ÀS QUAIS OS CIDADÃOS CONSCIENTES PODEM RECORRER QUANDO OS OBRIGAM A FAZER ALGO CONTRA A PRÓPRIA CONSCIÊNCIA CÍVICA.

 

Certo?

 

A sua ignorância abeira o ridículo. Quando é que OBEDECER a uma DIRECTIVA ESTÚPIDA é uma questão CIVILIZACIONAL? Jamais, nem no tempo da ditadura.

 

Sei muito bem que SANTARÉM é uma região TAURICIDA e CIVILIZACIONALMENTE ATRASADÍSSIMA, mas lá por ser uma região TAURICIDA e CIVILIZACIONALMENTE ATRASADÍSSIMA não significa que todos tenham de o ser, e muito menos os SOLDADOS, que se dizem da PAZ, mas aplaudem a VIOLÊNCIA e a CRUELDADE, cometidas COBARDEMENTE contra seres vivos indefesos.

 

VOLUNTARIAMENTE, sem interesses económicos, até são capazes de ir salvar cães e gatos, para ficarem bem na fotografia. Mas também VOLUNTARIAMENTE, mas já com INTERESSES ECONÓMICOS, deixam que bovinos indefesos sejam barbaramente torturados para receberem uma ESMOLINHA.

 

Diga lá qual o montante da FORTUNA que os bombeiros da região de Santarém receberam com a TORTURA DE BOVINOS?

 

E aqui não se confunde alhos com bUgalhos. Aqui DEFENDE-SE a VIDA de TOUROS INDEFESOS. Coisa que os bombeiros da região de SANTARÉM deviam ter feito e não fizeram.

 

Pois pouco me importa que me reconheça autoridade ou não. Estou-me nas tintas para a “avaliação” de alguém que não tem a mínima elevação moral, nem cultural nem social para discernir entre ANGARIAR FUNDOS CIVILIZADAMENTE e ANGARIAR FUNDOS MANCHADOS DE SANGUE INOCENTE, para as corporações locais.

 

Eu sou uma cidadã livre, com sentido cívico e cultura crítica. Tenho a autoridade que tudo isto me concede, para repetir isto bem alto:

 

SER BOMBEIRO TAMBÉM É SALVAR A VIDA DOS ANIMAIS CHAMADOS TOUROS, TÃO ANIMAIS COMO OS CÃES E GATOS, COMO OS BOMBEIROS, COMO EU, E COMO TODA A HUMANIDADE.

 

Certo?

 

Bem como, desprezando todos aqueles que não SABEM HONRAR UMA FARDA, tenho a autoridade cívica de lhes dizer: DISPAM A FARDA! NÃO SÃO DIGNOS DELA, UMA VEZ QUE NÃO SABEM HONRÁ-LA. É o mínimo que podem fazer para se ressarcirem do mal que provocaram.

 

SEI muito bem o que é SER BOMBEIRO, e as dificuldades por que as corporações passam. E por saber disso, todos os anos, contribuo com o MEU DINHEIRO (e não é pouco) para que os bombeiros se comportem como SOLDADOS DA PAZ, e não para que se comportem como CARNICEIROS.

 

E NENHUMA NECESSIDADE justifica ter de TORTURAR ANIMAIS SENCIENTES para angariar fundos, quando há mil e uma maneiras de angariar fundos HONESTAMENTE. CIVILIZADAMENTE. Ou não?

 

Agora gostaria que me EXPLICASSE essa sua última frase: «não confunda uma questão CIVILIZACIONAL com bombeiros».

 

Como disse? O que é isto? O que é que eu confundo? Que questão CIVILIZACIONAL é esta?

 

Quem parece estar a confundir as questões é você, pois em nenhuma parte do mundo, é da CIVILIZAÇÃO torturar seres vivos para angariar fundos. Só mesmo num país terceiro-mundista como Portugal, onde ainda existem localidades, como Santarém, com um COLOSSAL ATRASO CIVILIZACIONAL, e onde bombeiros que enchem a boca a exigir RESPEITO, desrespeitam a VIDA de INFELIZES BOVINOS, para receberem uma ESMOLINHA, que nem dá para as garrafas de água de um só dia.

 

Olhe que não sou eu que preciso de lições de CIVILIDADE, João Forte. Pode crer.

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:45

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 28 de Setembro de 2014

TORTURA DE TOUROS PARA APOIAR “bombeiros” DE ARRUDA FOI UM FIASCO

 

Como é possível, indivíduos que querem fazer-se passar por Soldados da Paz, mas não são mais do que meros carniceiros, permitirem que se torture bovinos para bancadas vazias?

Aplaudimos as bancadas cada vez mais vazias, para assistir a esta selvajaria, praticada, aplaudida, promovida e apoiada por gente da mais bronca que existe por aí…

 

 

 

É URGENTE A ABOLIÇÃO DESTA SELVAJARIA

 

Fonte da imagem:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10202693425123763&set=gm.1473117706298829&type=1&theater

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 12:09

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 11 de Junho de 2014

JOAQUIM SIQUENIQUE, ORGANIZADOR DO FUT-TOURO DOS BOMBEIROS DA MALVEIRA, INDIGNOU-SE COM A INDIGNAÇÃO DO ARCO DE ALMEDINA

 

 

Então enviou um comentário para o Blog e um e-mail (com o mesmo conteúdo, mais este recado:

 

«Venho por este meio transcrever o que publiquei no meu perfil no Facebook! Não peço que me respeite, mas que respeite os BOMBEIROS!!!»

 

 

 

 

Joaquim Siquenique, deixou um comentário ao post OS BOMBEIROS DA MALVEIRA PRETENDEM JOGAR FUT-TOIRO NAS INSTALAÇÕES DO QUARTEL? às 01:08, 2014-06-10.

 

«INDIGNAÇÃO

 

Sendo eu, Joaquim Siquenique um dos responsáveis pela organização da Garraiada dos Bombeiros Voluntários da Malveira, não posso ficar calado com a difamação do bom nome desta casa da qual faço parte, e que com muita honra visto esta farda!

 

- Senhor Joaquim Siquenique, se alguém está a difamar os Bombeiros da Malveira, são os organizadores de um evento idiota que não dignifica nem dá bom nome sequer à mais baixa das instituições que possam existir por aí, muito menos a uma Corporação de Bombeiros.  E não sou eu que estou a organizar esse evento.

 

Vão os Bombeiros da Malveira levar a efeito uma garraiada como tem sido habitual desde à 3 anos atrás, garraiada esta que serve para angariar fundos para a Associação.

 

- Angariar fundos com garraiadas, isto é, através do sofrimento e da humilhação de um ser vivo, não é digno de Bombeiros Voluntários, Soldados da Paz, Vida por Vida. Ou acham que um bovino não tem uma vida?

 

E é bom que fique a saber o seguinte: «Qualquer modalidade tauromáquica, seja ela não cruenta (sem derramamento de sangue) ou cruenta (com derramamento de sangue), implica sempre sofrimento psicológico e físico dos animais envolvidos, logo é sempre cruel. Portanto, não pode ser aceite, nem tolerada e muito menos pactuada por qualquer indivíduo, grupo ou associação. A tourada trata-se de uma infame e covarde malfeitoria importada de Espanha. O maltrato começa pela violência da captura e do transporte dos inocentes bovinos em pânico e claustrofobia e prossegue na tourada e no pós tourada de um animal deprimido, acabrunhado, ferido, dorido, infectado, posto doente.Quem organiza isto, quem colabora, quem assiste demonstra, pelo menos, ignorância e insensibilidade e é corresponsável pela tortura". Dr. Vasco Reis - Médico Veterinário - Aljezur).

 

Isto, como reparou, não sou eu que o digo. É um Médico Veterinário. Mas qualquer pessoa que tenha sensibilidade e bom senso sabe do sofrimento dos bovinos, nestas festas de broncos.

 

NUNCA foi nossa intenção MAGOAR animais mas sim promover uma das atividades que é CULTURA PORTUGUESA e tentar angariar fundos para a sobrevivência da Associação!

 

- De boas intenções anda o inferno cheio. Como não tem intenção de MAGOAR? Retirar um bovino do seu habitat é já uma crueldade, e transformá-lo num brinquedo é de quem não tem um mínimo de inteligência. Os bovinos não são para brincar. Sabia?

Além disso, utilizar animais para divertimento faz parte da INCULTURA. Andaram anos a ouvir mentiras, e agora fazem delas verdades. Da CULTURA PORTUGUESA fazem parte o fado, os Ranchos Folclóricos… mas não a TORTURA DE ANIMAIS. É preciso que também saiba disto.

 

Se querem angariar fundos para a sobrevivência da Associação, angariem com eventos CIVILIZADOS: concertos, quermesses, jogos, música… Tanta coisa pode ser. Não com manifestações de BRONCOS, que só dão má fama aos bombeiros.

 

Não queremos com isto desrespeitar ninguém!!! Tentamos agradar a todos, fazendo várias atividades ao longo do ano para aproximar a população a nòs e não a afastar, porque nòs precisamos da população!!!

 

 - O pior DESRESPEITO fazem os bombeiros da Malveira a si próprios. E quem não se respeita a si próprio, como pode pretender ser respeitado?

 

A tortura de bovinos não aproxima ninguém de bom senso dos bombeiros. Só os afasta de vós.

Respeitem-se a vós próprios, respeitem a FARDA, respeitem o juramento que fazem, e não façam figura de parvos, organizando actividades parvas, dignas apenas de gente primitiva e tosca.

 

 Sendo eu um dos responsáveis da organização da garraiada não posso permitir que a Sra. Isabel A Ferreira responsável do blog (http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/os-bombeiros-da-malveira-pretendem-431545), ofenda os meus colegas e o bom nome desta associação!

 

- Sendo eu uma cidadã portuguesa tenho o DEVER CÍVICO de denunciar estes insultos à inteligência das pessoas de bem, e a crueldade contra seres sencientes, animais como nós, com que uma organização de bombeiros envergonha os portugueses, as Corporações dos Soldados da Paz, Portugal, e viola os Direitos dos Animais.

Fique sabendo, senhor Joaquim Siquenique, que quem tem aqui motivos para estar indignada SOU EU, e não quem organiza um evento cruel, de baixo nível e indigno de seres humanos.

 

Se quer que respeitem a sua opinião, RESPEITE quem está disposto a ajudar os outros e por vezes a dar a própria vida!!!

 

Respeito a sua opinião, mas não me posso calar perante esta ofensa...

 

- A minha indignação não tem nada a ver com opiniões ou gostos. Tem a ver com Ética, com Bom Senso, com Civilização, com Evolução, com Cultura Culta, tudo aquilo que os organizadores deste evento idiota não têm.

 

Quem não respeita a vida do outro, não merece respeito. Ou pensa que o outro não é um bovino também?

 

E eu não desrespeitei os BOMBEIROS. Eu apenas me indignei com um punhado de indivíduos que se dizem bombeiros, por estarem a organizar um evento cruel, que faz parte de um passado onde imperava a ignorância.

 

Hoje em dia só é ignorante quem quer. Informação não falta.

E se depois do que aqui se disse os bombeiros da Malveira continuarem a pretender dizer que o Fut-Touro faz parte da Cultura Portuguesa… então devo dizer que optaram por continuar na ignorância. E a culpa é toda vossa.

"Não têm vergonha? Não sabem fazer nada mais civilizado? É preciso divertirem-se à moda dos broncos? Logo os bombeiros, que deviam zelar pela vida de todos os seres vivos?

 

Que raça de bombeiros são os da Malveira?

 

Falsos bombeiros. Carniceiros.

 

Deixem os bovinos em Paz, se querem ser considerados soldados da Paz.

 

De outro modo, dispam a farda, porque não a sabem honrar. "

 

Atenciosamente,

 

Joaquim Siquenique»

- Pois repito tudo aquilo que já disse:

 

Não têm vergonha? Não sabem fazer nada mais civilizado? É preciso divertirem-se à moda dos broncos? Logo os bombeiros, que deviam zelar pela vida de todos os seres vivos?

 

Que raça de bombeiros são os da Malveira?

 

Falsos bombeiros? Carniceiros?

 

Deixem os bovinos em Paz, se querem ser considerados soldados da Paz.

 

De outro modo, dispam a farda, porque não a sabem honrar.

 

Mas a culpa é das autoridades maiores que regem as corporações dos Bombeiros, que deviam desautorizar estes eventos que não dignificam, nem honram a classe.

 

Angariar fundos através do sofrimento de um ser vivo é digno apenas de carrascos.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:01

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 1 de Abril de 2014

“BOMBEIROS” DE ELVAS REGISTADOS COMO EMPRESA TAUROMÁQUICA?

 

Isto é uma vergonha. Uma afronta, um insulto aos verdadeiros BOMBEIROS, aos verdadeiros SOLDADOS DA PAZ

 

Mas a culpa é da Associação Portuguesa dos Bombeiros Voluntários que permite esta vergonhosa aliança entre a carnificina e a nobre missão de salvar vidas, sejam elas humanas ou não humanas

 

 
IMAGEM VERGONHOSA , ESTA!

 

E lemos algures que os “bombeiros” de Elvas organizaram novamente um festival taurino no coliseu de Elvas (continuam a utilizar o termo “coliseu” que servia para designar o recinto das carnificinas romanas, de má memória).

 

E dizem que os aficionados terão oportunidade de presenciar um festival bem montado.

 

Não seria mais digno de uma corporação de bombeiros organizarem um festival de música, com os muitos artistas portugueses que, com certeza, não se negariam a ajudar os SOLDADOS DA PAZ, em vez de andarem preocupados a “montar” um espectáculo triste, sangrento, horrendo, grosseiro, imbecil, onde seres vivos irão ser massacrados para gozo de uns poucos sádicos ignorantes?

 

Os “bombeiros” de Elvas ainda não se aperceberam de que estão a ser marginalizados (por isso não vendem os bilhetes)?

 

Quem no seu juízo perfeito vai assistir à tortura de seres vivos, nos dias de hoje?

 

O que o povo quer é entretenimento salutar, alegre, bom, que predisponha para o bem e não para o mal.

 

Para tristeza e tormento basta o quotidiano da vida.

 

 

Os “bombeiros” de Elvas não arriscam a vida por ninguém.

 

Os “bombeiros” de Elvas não merecem o apoio de ninguém.

 

Os “bombeiros” de Elvas não são Bombeiros, são uns carniceiros, torturadores de Touros e Cavalos.

 

 NINGUÉM AJUDARÁ OS “bombeiros” de Elvas

 

NINGUÉM COMPRARÁ BILHETES PARA A TORTURA A NÃO SER QUE SEJA SÁDICO E IGNORANTE

 

NINGUÉM IRÁ AO COLISEU NO PRÓXIMO DIA 6 DE ABRIL   

 

ESTA INICIATIVA SERÁ MAIS UM FIASCO A JUNTAR A TODOS OS OUTROS NESTE ANO DE 2014

 

APRENDAM A SER HUMANOS PARA MERECEREM O RESPEITO DOS SERES HUMANOS

 

ACABEM COM ESTA FARSA PERVERSA.

 

Fonte:

http://www.elvasnews.com/actual/587-elvas-bombeiros-apelam-a-ajuda-da-populacao-dada-a-qescassaq-venda-de-bilhetes

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:52

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 26 de Julho de 2012

A DIRECÇÃO DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DA PÓVOA DE VARZIM NÃO ABDICA DA AJUDA QUE IRÁ RECEBER DA TORTURA DE TOUROS E CAVALOS

 

 

Apesar das muitas tentativas que, ao longo destes dias, se têm encetado, para evitar que os Bombeiros Voluntários da Póvoa de Varzim caiam na ARMADILHA que os empresários tauricidas lhes montaram, para “branquear” o dinheiro sujo da TORTURA DE TOUROS E CAVALOS, que irá realizar-se no próximo dia 18 de Agosto, na arena de morte daquela cidade, a Direcção desta Corporação não vai abdicar da “ajuda” nem que essa ajuda seja uma ninharia.


A nossa tentativa de aconselhar a Direcção a mudar de ideias foi infrutífera.


O argumento foi que a tourada é LEGAL, logo, sendo legal, por que não aceitar a ajuda? Tudo o que vier para os Bombeiros é bem-vindo.

 

Contrapusemos que nem sempre a legalidade anda a par da moralidade, e é imoral os Soldados, que se dizem da PAZ, aceitarem uma ajuda proveniente da tortura de seres vivos, o que não condiz nada com a “nobre missão” que é a de “salvar vidas”. No juramento que fazem (não sei se fazem) não estará especificada qual o género de “vida” que devem salvar.


Porém, ficará implícito que VIDA é um conjunto de fenómenos comuns aos animais (humanos e não humanos) e vegetais que contribuem para o seu desenvolvimento e conservação, constituindo o seu modo de actividade desde o nascimento até à morte.

 

Ora os Bombeiros, na sua grandiosa missão, devem defender vidas humanas, vidas não humanas e vidas vegetais (o caso dos incêndios nas florestas). Porque VIDA é isto. Não é TORTURA.

 

Contudo, a Direcção dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Varzim decidiu DESPREZAR a MISSÃO a que estão sujeitos os seus SOLDADOS DA PAZ, e teimosamente, simplesmente porque a tourada é LEGAL, aceitar este presente envenenado, arrastando na lama o BOM-NOME (que agora ficará MANCHADO) desta Corporação.


Ainda tentámos apelar para a MORAL, para a ÉTICA, dizendo que um RITUAL SANGUINÁRIO não dignifica o ser humano, mas nada demoveu a Direcção dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Varzim, que conta com o apoio de José Macedo Vieira, presidente do município poveiro, nesta empreitada sanguinária.

 

Posto isto, a “mui nobre” Associação de Bombeiros Voluntários da Póvoa de Varzim irá SUJAR o seu nome, em nome de uma ninharia.

 

Lamentamos pelos “voluntários” (com certeza muitos deles nem concordarão), que se escreva uma PÁGINA NEGRA na História desta Associação.

 

Em nome de quê?

 

Da legalidade da tourada, foi o argumento principal.


A Moral, a Ética, a VIDA, que dizem defender, não contou para nada.


Saberá a Direcção dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Varzim, que uma tourada não passa da TORTURA de SERES VIVOS, que vão sangrar e sofrer horrores para divertir sádicos, e para que a Corporação receba uma esmolinha?


Isso será digno de SOLDADOS DA PAZ?


Com certeza que não.

 

Muito menos será de directores que não se vergam à MORAL, mas sim à CARNIFICINA, à TORTURA, à CRUELDADE.

 

Mais uma VERGONHA a juntar a muitas outras, no município da Póvoa de Varzim, onde cada vez mais não é bom viver.

 

Isabel A. Ferreira

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:20

link do post | Comentar | Ver comentários (7) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Julho 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

PORTUGAL | BOMBEIROS VOLU...

AINDA A QUESTÃO DA TOURAD...

TORTURA DE TOUROS PARA AP...

JOAQUIM SIQUENIQUE, ORGAN...

“BOMBEIROS” DE ELVAS REGI...

A DIRECÇÃO DOS BOMBEIROS ...

Arquivos

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt