Sexta-feira, 1 de Agosto de 2014

MAIS TOURADAS NOS AÇORES EM NOME DE SANTOS, SENHOR BISPO DOM ANTÓNIO DE SOUSA BRAGA?

 

INCONCEBÍVEL!

 

Desta vez em São Miguel, na freguesia de Água de Pau, concelho de Lagoa, em nome de Nossa Senhora dos Anjos que, com Nossa Senhora de Guadalupe e tantas outras Santas devem estar a chorar lágrimas de sangue no Céu…

 

Não serve de desculpa escudarem-se na lei irracional que permite esta selvajaria.

 

As leis parvas não são para cumprir. Nunca.

 

 

Exmo. Reverendíssimo Senhor Dom António de Sousa Braga

 

Eis-me novamente a apelar à racionalidade da Igreja Católica.

 

No próximo dia 9 de Agosto, vai realizar-se uma vacada na freguesia de Água de Pau, Concelho de Lagoa, nos Açores, para Nossa Senhora dos Anjos…

 

Isto será uma iniciativa cristã ou satânica?

 

Deixo esta pergunta à consideração do Senhor Bispo.

 

Não aceito que V. Reverendíssima se desculpe e se escude atrás de uma lei irracional que legaliza esta selvajaria.

 

A Igreja Católica deveria dar o exemplo e repudiar publicamente estas iniciativas, que Jesus Cristo condenaria veementemente.

 

Deus não criou os bovinos para servirem de diversão a sádicos.

 

Uma vez mais apelo a V. Reverendíssima para que intervenha junto do pároco local e da comissão de festas para que a referida vacada não se realize.

É dever da Igreja Católica contribuir para a cristianização e evolução moral deste povo ainda tão ignorante, que vive num passado medieval.

O tempo da “santa” Inquisição já lá vai. Mas se existisse, estes que ultrajam o nome dos Santos, em nome da estupidez, não iriam parar à fogueira?

 

Com o meu mais veemente repúdio, aguardo que V. Reverendíssima tome em conta estas linhas,

 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:34

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 1 de Maio de 2013

POBRE DE ESPÍRITO, AQUELE QUE VÊ OS ANIMAIS COMO SERES INFERIORES E NÃO DIGNOS DE SEREM AMADOS E RESPEITADOS!

 

 

 

No dia de São Francisco de Assis, um padre italiano comoveu o mundo com este gesto simbólico…


Lamento que a esmagadora maioria dos padres católicos portugueses não sinta este apelo franciscano, obviamente cristão, e permita que os animais não humanos sejam torturados barbaramente, com a sua bênção.

 

E pior ainda: que permita que os Santos e Santas da Igreja sejam festejados com as mais grosseiras e sanguinárias variantes da tauromaquia.

 

ABSOLUTAMENTE DEPLORÁVEL!

 

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:43

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 27 de Março de 2013

IAM FAZER TOURADAS EM TEMPO DE PÁSCOA?

 

 

 

 

SE NÃO FOSSEM CANCELADOS OS “FESTIVAIS TAUROMÁQUICOS”, OU SEJA, A TORTURA DE TOUROS E CAVALOS, DO PRÓXIMO FIM-DE-SEMANA, EM SERPA, PÓVOA DE SÃO MIGUEL E SÃO MANÇOS, ERA MAIS UMA DENÚNCIA PARA APRESENTAR AO PAPA FRANCISCO.

SE A IGREJA CATÓLICA PORTUGUESA NÃO FAZ NADA, PARA PÔR TERMO A ESTES INSULTOS A JESUS CRISTO, ALGUÉM TEM DE O FAZER.

E TODAS AS TOURADAS QUE SE REALIZAREM ESTE ANO EM NOME DE SANTOS CRISTÃOS, SERÃO TAMBÉM DENUNCIADAS AO PAPA.

E ATENÇÃO PONTE DE LIMA!

 

O VOSSO “DIVERTIMENTO DA VACA DAS CORDAS” PARA COMEMORAR O DIA DO CORPO DE DEUS, SEGUIRÁ COM A DENÚNCIA DO INSULTO DO CARTAZ A DESEJAR BOA PÁSCOA DA ATCT – ASSOCIAÇÃO DE TRADIÇÕES E CULTURA TAUROMÁQUICA, PARA O PAPA FRANCISCO.   

 

ALIÁS, TUDO O QUE SE RELACIONAR COM TORTURA DE TOUROS, APOIADA PELA IGREJA CATÓLICA PORTUGUESA PARA FESTEJAR SANTOS OU SANTAS OU ALGO QUE ESTIVER LIGADO A DEUS, SERÁ DENUNCIADO AO PAPA FRANCISCO E AO «OSSERVATORE ROMANO”.

 

BASTA DE ESTUPIDEZ E DE INSULTOS ÀS COISAS SAGRADAS!

 

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 19:22

link do post | Comentar | Ver comentários (8) | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 30 de Novembro de 2012

TORTURA À PORTUGUESA, NA MARINHA GRANDE…

 
 
 
 
 

Antes deste Touro entrar na arena esteve 24 horas sob tortura.

 

No momento desta filmagem, além do desventurado animal já estar trespassado com ferros e a sangrar abundantemente, tem uma perna partida.

 

E digam-me lá se é de GENTE QUE ESTÁ NO SEU JUÍZO PERFEITO continuar a TORTURAR o animal naquele estado.

 

A TORTURAR UM SER EM AGONIA.

 

A APLAUDIR O ENORME SOFRIMENTO EM QUE SE ENCONTRA AQUELA INOCENTE CRIATURA.

 

A SABOREAR A DOR IMENSA DE UM SER VIVO.

 

Não terá isto a ver com PSICOPATAS?

 

Está nos livros de Psiquiatria e Psicologia.

 

Um dia, estes torcionários terão de prestar contas de tanta CRUELDADE.

 

E não haverá Santo nem Santa que os valha.

 

Mas são tão ignorantes que nem sabem que eles próprios, também são animais, de carne e osso, e têm pernas e sangue… Mas não têm cérebro, nem coração, nem sentimentos, e isso fá-los ser muito INFERIORES ao Touro que estão a torturar, porque o Touro tem EMOÇÕES, que estes psicopatas nem sabem o que é.

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 12:11

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Sábado, 1 de Setembro de 2012

O QUE DIZ A IGREJA, NO QUE RESPEITA A TOURADAS? EIS UM COMENTÁRIO PRECIOSO QUE ME ENVIOU O CHARLY

 

 

Olhe bem para esta imagem, charly, e diga-me se os Santos gostarão de ser celebrados com tamanha barbaridade!

 

 

charly, deixou um comentário ao post QUERIDÍSSIMOS AFICIONADOS, DEPUTADOS DA NAÇÃO E MEMBROS DA IGREJA CATÓLICA PORTUGUESA, PEÇO-VOS PERDÃO PELA MINHA GRANDE IGNORÂNCIA E ARROGÂNCIA... às 14:51, 2012-09-01.

 

Estava à espera de um comentário assim, faz tempo. Esta é uma oportunidade valiosa para DIALOGAR com a Igreja Católica.

 

Mas vamos ao comentário:

 

 1 - «Esta Senhora, fala com uma leviandade que impressiona. Em nome de uma verdade - o mau trato dos animais -, incita ao ódio religioso, ao ódio à Igreja Católica, invocando Fátima levianamente, malevolamente até, como se Fátima tivesse algo que ver com o mau trato dos animais, neste caso a tauromaquia.

 

2 - «Jesus então lhes replicou. Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus. E admiravam-se dele». (Mc 12,17) A responsabilidade de haver touradas é do Governo e não da Igreja.

 

3 - A Igreja “Instituição” pode e deve chamar à atenção a todos os homens que praticam obras de impiedade, neste caso a tauromaquia. O artigo que acabei de ler é uma falácia de Satanás. Uma meia-verdade. Um ataque à “Instituição” Igreja - sim, porque Igreja somos todos - movida por um cego e gratuito ódio à Igreja. Se há deputados membros da Igreja Católica, esses não representam a Igreja de Cristo.

 

4 - Se há Alguém a quem deve pedir perdão não é a esses “católicos” de nome, que fazem touradas em nome dos Santos da Igreja. Esses serão julgados por Deus, e não são esses que constituem a IGREJA, mas sim a Deus, por fazer chacota da fé, citando Fátima várias vezes de forma odiosa e com sarcasmo.

 

5 - O QUE DIZ A IGREJA? A 1 de Novembro de 1567, o Papa Pio V publicou a bula “De salute gregis dominici”, ainda em vigor: “ (…) Nós, considerando que estes espectáculos que incluem touros e feras no circo ou na praça pública não tem nada a ver com a piedade e a caridade cristã, e querendo abolir estes vergonhosos e sangrentos espetáculos, não de homens, mas do demônio, e tendo em conta a salvação das almas na medida das nossas possibilidades com a ajuda de Deus, proibimos terminantemente por esta nossa constituição (…) a celebração destes espetáculos (…)”».

 

****

 

Esmiucemos este comentário, parágrafo por parágrafo:

 

1 - «Esta Senhora, fala com uma leviandade que impresiona. Em nome de uma verdade - o mau trato dos animais -, incita ao ódio religioso, ao ódio à Igreja Católica, invocando Fátima levianamente, malevolamente até, como se Fátima tivesse algo que ver com o mau trato dos animais, neste caaso a tauromaquia.»

 

Caro charly, com certeza não leu com olhos de ler o meu texto.

Diga-me exactamente onde INCITO AO ÓDIO RELIGIOSO, ou à Igreja Católica ou estou contra Fátima?

 

O menino charly não leu o texto com o raciocínio. Mas com maldade no coração, vendo punhais onde estão apenas “farpas” (no sentido de sarcasmo).

 

Contudo, uma vez que falou em Fátima, deixe-me que lhe diga, que se Fátima não tem nada a ver com a tauromaquia (não tem, realmente ainda não me apercebi de que tivessem realizado uma tourada em honra de Nossa Senhora de Fátima) quanto a maus-tratos a animais... ai, ai, ai... temos a história triste dos cães de rua que, em Fátima, são bastante maltratados. Isso todos sabem.

 

Mas adiante...  

 

2 - «Jesus então lhes replicou. Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus. E admiravam-se dele». (Mc 12,17). A responsabilidade de haver touradas é do Governo e não da Igreja.

 

Pois engana-se, caro charly. As touradas são da responsabilidade do Governo, porque o Governo as apoia, dando-lhes subsídios, e até tem uma lei, que é a vergonha das vergonhas, que não considera os Touros e os Cavalos ANIMAIS, mas também da Igreja Católica, cujos representantes de Deus na Terra, ou sejam, os padres, vão ABENÇOAR os torcionários, antes destes irem para as arenas, torturar as pobres criaturas de Deus. Portanto, ambos têm a sua quota-parte de CULPAS. E que CULPAS!

 

3 - A Igreja “Instituição” pode e deve chamar à atenção a todos os homens que praticam obras de impiedade, neste caso a tauromaquia. O artigo que acabei de ler é uma falácia de satanás. Uma meia-verdade. Um ataque à “Instituição” Igreja - sim, porque Igreja somos todos - movida por um cego e gratuito ódio à Igreja. Se há deputados membros da Igreja Católica, esses não representam a Igreja de Cristo.

 

Meu caro charly, por amor de Deus! O que é que eu ando aqui, neste Blog, a pregar há tanto tempo? Que a Igreja “Instituição” TEM O DEVER de chamar à atenção a todos os homens que praticam obras de impiedade, neste caso a tauromaquia.

 

Mas sabe o que faz a IGREJA? NADA.

 

CALA-SE. MANTÉM-SE CÚMPLICE DA BARBÁRIE.

 

Ou melhor, manda padres ABENÇOAR os torcionários tauricidas.

 

E não só. Veja este Padre Franciscano (isto é, um seguidor de São Francisco de Assis), o Padre Vítor Melícias (o do meio) que é um aficionado (não perde uma tourada) a deliciar-se com a TORTURA DE UM TOURO. Um grande exemplo de franciscanismo.

 

Este PADRE não representará a Igreja de Cristo? É um PADRE.

 

 

 

Pois acho que falácia de Satanás (personagem na qual não acredito, mas poderá ser um qualquer torcionário tauricida) tem mais a ver com esta imagem, do que com aquilo que eu escrevi, charly.

 

Além de que não destilo ÓDIO por coisa nenhuma. O ÓDIO é um sentimento MENOR, para gente menor. Não para mim.

 

ÓDIO pareceu-me o charly destilar pelo meu texto, do qual não entendeu uma linha.

 

4 - Se há Alguem a quem deve pedir perdão não é a esses “católicos” de nome, que fazem touradas em nome dos Santos da Igreja. Esses serão julgados por Deus, e não são esses que constituiem a IGREJA, mas sim a Deus, por fazer chacota da fé, citando Fátima várias vezes de forma odiosa e com sarcasmo.

 

Bem, como não percebeu nada do que escrevi, o que tenho a dizer deste parágrafo é que os PADRES DAS IGREJAS CATÓLICAS permitem celebrar SANTOS E SANTAS com a TORTURA DE TOUROS E CAVALOS, e eu é que faço CHACOTA DA FÉ?

 

Já reparou no disparate que disse?
 
Cito Fátima de forma odiosa e com sarcasmo? Isso está na sua cabeça, não no meu texto. Sinto muito.

 

E se quer saber, não sou cúmplice da TORTURA. Combato-a com todas as minhas forças, dou voz aos Touros e aos Cavalos, e não TENHO MEDO DO JULGAMENTO DE DEUS, por ter escrito o que escrevi. Ele está comigo. Não com os TAURICIDAS. Disso tenho certeza absoluta. Não me pergunte como.

 

5 - O QUE DIZ A IGREJA? A 1 de Novembro de 1567, o Papa Pio V publicou a bula “De salute gregis dominici”, ainda em vigor: “ (…) Nós, considerando que estes espectáculos que incluem touros e feras no circo ou na praça pública não tem nada a ver com a piedade e a caridade cristã, e querendo abolir estes vergonhosos e sangrentos espetáculos, não de homens, mas do demônio, e tendo em conta a salvação das almas na medida das nossas possibilidades com a ajuda de Deus, proibimos terminantemente por esta nossa constituição (…) a celebração destes espetáculos (…)”».

 

Ora chegámos onde eu queria.

 

Na verdade o Papa Pio V publicou esta bula que, como bem disse, ESTÁ AINDA EM VIGOR.

 

E eu pergunto: ONDE? Em que país? Em que paróquias?

 

Em Portugal NÃO É, com toda a certeza.

 

A Igreja Católica Portuguesa faz letra morta desta bula.

Por tudo o que eu já aqui referi.

 

Principalmente, por ABENÇOAR OS TORCIONÁRIOS TAURICIDAS.

 

Por manter-se CALADA e CÚMPLICE a respeito das Touradas.

 

Onde vive o charly?

 

Não neste mundo. Não em Portugal, com certeza.

 

E eu é que escrevi um artigo que é falácia de Satanás?

 

Esta é muito boa!

 

O que é que o charly chama à CUMPLICIDADE DA IGREJA CATÓLICA, QUE PERMITE CELEBRAR OS SANTOS COM O SANGUE DA TORTURA DE SERES VIVOS PARA DIVERTIR SÁDICOS E BÊBADOS?

 

FALÁCIA DE DEUS?...

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:55

link do post | Comentar | Ver comentários (12) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 21 de Agosto de 2012

A PROPÓSITO DE A IGREJA CATÓLICA SER CÚMPLICE DAS CELEBRAÇÕES DE SANTOS E SANTAS COM TORTURA DE TOUROS E CAVALOS

 

 
É DESTA BARBÁRIE QUE A IGREJA CATÓLICA PORTUGUESA É CÚMPLICE

 

 

Rfof, deixou um comentário ao meu texto UMA VEZ MAIS A IGREJA CATÓLICA PORTUGUESA DE MÃOS DADAS COM A TORTURA DE SERES VIVOS PARA CELEBRAR SANTOS E SANTAS às 14:34, 2012-08-21.

 

Como o meu comentário ao comentário do Rfof se alargou (porque tinha de ser, pois já veio na sequência de um outro, que está publicado no post) não coube no quadradinho a ele destinado, por isso, transcrevo-o aqui. Pode também servir para algo mais.

 

Disse o Rfof:

 

«Minha cara Isabel A. Ferreira,

 

Estou espantado como não consegue, obviamente, viver num meio de seres humanos e levar às últimas consequências aquilo que a mesma senhora defende: que as pessoas são iguais aos animais.

 

Deixe-me partilhar consigo que a senhora é um excelente exemplar. Contudo, nem todos os humanos - sim, aqueles que procuram viver como humanos e não apenas numa situação puramente natural(!) - pretendem viver como animais.

 

A grande questão de fundo que aqui se põe é sempre a mesma: podemos discutir infinitamente sobre se a alma (ímpeto) vital dos animais é igual à alma racional do ser humano.

 

A senhora não quer aceitar os dados que vêm da própria experiência, quanto mais os argumentos filosóficos mais agudos! Não há, enfim, uma discussão possível na medida em que a senhora coloca certos dogmas que são insuperáveis para si...

 

Não deixa de ser interessante o grande desprezo que tem pela espécie humana em relação com os animais. Eu arriscaria quase a afirmar que a senhora é a favor do aborto e da eutanásia. Se não for, ainda bem! O que acontece a maior parte das vezes é que muitos dos grandes defensores dos direitos dos animais são os primeiros a defender a morte de criaturas indefesas da mesma espécie, se quiser reduzir o discurso a um nível puramente naturalista.

 

É com muita pena que assisto ao seu fechamento em termos de discussão e a não deixar qualquer porta aberta a um diálogo frutífero. Como disse o Gonçalves: «Não aceito e repugna-me que não aceite o legítimo direito de quem tem opinião diferente, no que se refere à argumentação apresentada». Por fim, fica a esperança que na era apocalíptica, tal como descrita pelo profeta Isaías, em que o cordeiro estará junto do lobo, também a senhora consiga encetar uma paz verdadeira com quem se aproxima de si para a fazer compreender que a realidade do mundo é muito mais que o meio metro que está à sua volta ou que a senhora constrói na sua cabeça.

 

Ah, e já agora, tente aprofundar um pouco mais os seus conhecimentos bíblicos para não dizer tal número de babuzeiras quando se referiu às passagens bíblicas sobre a criação. É mais uma prova da sua soberba diante de um texto antiquíssimo que diz muito mais sobre o que é o ser humano do que a senhora parece suspeitar. Com os melhores cumprimentos, Espero que compreenda as minhas invectivas, mas continuo a ter igual respeito por si. Rfof»

 

***

 

Caríssimo Rfof:

 

Não sei o que o levou a pensar que NÃO CONSIGO VIVER NO MEIO DE SERES HUMANOS. Será porque não me considero SUPERIOR a um animal não humano?

 

É verdade. NÃO ME SINTO SUPERIOR A UM ANIMAL NÃO HUMANO.

 

Porque eu também sou um animal, e estou de acordo com São Francisco de Assis: eles são MEUS IRMÃOS, e tenho o DEVER de os respeitar e de PARTILHAR o PLANETA com eles (até porque foram eles que chegaram primeiro, e nós mal chegámos, começámos a matá-los, a comê-los a DESTRUIR o mundo que era deles.

 

Pois também acho que sou um EXCELENTE EXEMPLAR DE ANIMAL HUMANO: não faço mal a uma mosca, literalmente.

 

Sigo uma página no Facebook, intitulada «Dentro do Padrão Divino» em inglês (Inside the Divine Pattern), que recomendo, a qual vem ao encontro da minha filosofia de vida. Um destes dias li, num dos belíssimos posts que lá são publicados, esta fantástica frase: «Eu não tenho de provar que os outros animais (os não humanos, naturalmente) têm uma alma, muitos já me mostraram a alma deles» (frase de Anthony  Douglas Williams).

 

 É isso. Os animais com quem partilhei e partilho a minha vida, já me mostraram a alma deles. E digo-lhe que há gente que se diz “humana” muito menos racional e desalmada do que qualquer um dos meus amigos não humanos.

 

Eu ACEITO os dados que me vêm da MINHA experiência; os filósofos, nem sempre me dizem o que SEI e SINTO. Tenho uma intuição apurada, e isso basta-me para saber da VIDA.

 

Não há discussão possível, tem razão. Eu estou noutra dimensão. Não sou um ser humano comum. Já ouviu falar nos “seres índigos”? Pois sou um deles.

 

Não sei de onde foi tirar a BARBARIDADE que disse: «Não deixa de ser interessante o grande desprezo que tem pela espécie humana em relação com os animais. Eu arriscaria quase a afirmar que a senhora é a favor do aborto e da eutanásia».

Não admira. Não conhece nada do meu trabalho. Dos meus escritos. Dos meus artigos. Dos meus livros. Das minhas lutas. NADA. De outro modo não se atreveria a dizer essa ATROCIDADE que disse.

 

Apenas desprezo os animais humanos PREDADORES, que não me merecem qualquer consideração. De resto, até as prostitutas merecem o meu respeito.

 

Sou ABSOLUTAMENTE CONTRA O ABORTO. Quanto à eutanásia cada um saberá de si. Se me pedissem para eutanasiar um ser humano, EU TALVEZ NÃO TIVESSE CORAGEM DE O FAZER.

 

Mas já tive de utilizar a eutanásia nos meus GRANDES AMIGOS NÃO HUMANOS, que morreram tranquilamente, sem sofrer os horrores de doenças terminais, nos meus abraços. Bem abraçadinhos a mim. Sem sofrimento algum. O que me fez doer a alma, e estraçalhá-la aos pedacinhos.

 

O que diz a seguir, no seu comentário é absolutamente descabido.

 

Eu não estou aqui a discutir IDEIAS ou OPINIÕES. Cada um tem as suas, e eu aceito-as.

 

Estou aqui a DISCUTIR ATITUDES. ACTOS PRIMITIVOS. RITUAIS CRUÉIS CONTRA SERES VIVOS, PARA DIVERTIR SÁDICOS E BÊBADOS. E nesta matéria SOU ABSOLUTAMENTE INTRANSIGENTE: NENHUM SER, DITO HUMANO,TEM O DIREITO OU A LIBERDADE DE TORTURAR UM SER NÃO HUMANO, SEJA PARA O QUE FOR, MUITO MENOS PARA SE DIVERTIR.

 

Neste aspecto não há nada que discutir. Não vamos argumentar quando se trata de TORTURAR OU MATAR PRISIONEIROS DE GUERRA. Ou vamos? NÃO TEMOS O DIREITO DE TORTURAR OU MATAR PRISIONEIROS DE GUERRA, que são ANIMAIS HUMANOS. Ponto final.

 

O mesmo se passa com os ANIMAIS NÃO HUMANOS. Ponto final.

 

Meu caro Rfof, poderia colocar-me neste momento, diante de Deus, para ser julgada pelos meus actos na Terra, e não teria medo algum desse julgamento. Se é que Deus tem olhos, olharia bem fundo nos Seus olhos e sorriria.

 

O mundo não gira à volta do meu umbigo. O mundo gira à volta de TODOS OS SERES VIVOS, DE TODAS AS COISAS, ANIMADAS E NÃO ANIMADAS QUE EXISTEM NO NOSSO PLANETA, e pelas quais me bato.

 

A mim, o Rfof não me vem falar de “conhecimentos bíblicos”, porque sobre a Bíblia eu TENHO A MINHA PRÓPRIA INTERPRETAÇÃO. E BABOSEIRAS sobre a criação, diz quem lê a Bíblia nas LINHAS. Eu leio-a nas entrelinhas, que é onde eventualmente poderá estar a verdade.

 

Como se engana, Rfof, sobre o que diz no seu último parágrafo: «É mais uma prova da sua soberba diante de um texto antiquíssimo que diz muito mais sobre o que é o ser humano do que a senhora parece suspeitar».

 

Esse texto antiquíssimo foi escrito numa época antiquíssima, quando os homens eram antiquíssimos e tinham evoluído pouquíssimo. Apenas a partir do NOVO TESTAMENTO, já com a presença de Jesus Cristo, é que se pode vislumbrar algo da nova humanidade, que ainda assim ficou muito aquém daquela que Jesus preconizou.

 

Evoluiu-se tecnologicamente. Mas a mentalidade de certos animais humanos ficou nessa época antiquíssima de que fala, e o mundo é o caos que é.

 

Só mais um pormenorzinho: EU SIGO A MINHA CONSCIÊNCIA. E tenho ESPÍRITO CRÍTICO.

 

Não sou Maria vai com as outras.

 

E SÓ PRETENDO QUE DEIXEM OS ANIMAIS NÃO HUMANOS EM PAZ.

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:26

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

MAIS TOURADAS NOS AÇORES ...

POBRE DE ESPÍRITO, AQUELE...

IAM FAZER TOURADAS EM TEM...

TORTURA À PORTUGUESA, NA ...

O QUE DIZ A IGREJA, NO QU...

A PROPÓSITO DE A IGREJA C...

Arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt