Sexta-feira, 13 de Março de 2015

O QUE ME TIRA O SONO É A TRISTEZA DE VER O MEU PAÍS ATOLADO NA LAMA DA IGNOMÍNIA

 

Hoje celebra-se o Dia Mundial do Sono

(E eu nem sabia)

 

Dizem que, a partir de hoje, os portugueses com problemas de sono vão ter uma nova ferramenta de apoio que visa melhorar a qualidade do sono. A Linha do Sono é assegurada por psicólogos especializados durante 5 horas por dia, 5 dias por semana.

 

Mas para o que me tira o sono, a mim, nenhum psicólogo terá paliativo…

 

TRISTEZA.jpg

Origem da imagem: http://www.isleep.pt/wp-content/uploads/2015/01/Tristeza.jpg

 

São tantas as coisas que me tiram o sono, que nem sei por onde começar.

 

Talvez seja melhor começar pela coisa mais óbvia: pela tristeza profunda que me causa o estado caótico a que chegou o meu País, governado por uma classe política totalmente desacreditada e desqualificada, talvez a pior que Portugal já teve nos últimos 40 anos.

 

Não há sector nenhum da sociedade portuguesa que esteja bem ministrado e em que possamos confiar.

 

Começando pelos Ministérios das Finanças, da Justiça, da Saúde, da Economia, do Ambiente, da Agricultura e Mar, da Educação e Ciência (porque da Cultura nem sequer existe), da Solidariedade, Emprego e Segurança Social…

 

Qual destes Ministérios funciona plenamente e dá segurança aos portugueses?

 

Que credibilidade têm os ministros ou os deputados da Assembleia da República e os autarcas portugueses que andam a “brincar” aos políticos, e fazem-que-fazem, obrigando os jovens mais qualificados a sair de Portugal, e mergulhando o País em constantes crises financeiras, económicas, culturais, educacionais, morais?

 

Não existe nenhum órgão do poder em quem possamos confiar plenamente.

 

Não confiamos no poder judicial, nem no poder legislativo, nem no poder local, nem no poder policial.

 

Não confiamos no presidente da República.

 

Não confiamos nas leis, porque elas não funcionam, nem há quem as faça cumprir.

 

Até a Língua Portuguesa estão a tentar destruir, por decreto, obrigando, ditatorialmente, a função pública e os estudantes a utilizarem uma aberração que dá pelo nome de Acordo Ortográfico 1990, que além de estropiar a Língua, apenas interessa àqueles que não têm capacidade de aprendizagem e aos bolsos de alguns editores.

 

É o descalabro total.

 

A corrupção e a ladroagem são o prato do dia em todos os sectores da sociedade portuguesa, atingindo os cargos de topo. Não vemos operários da construção civil ou sapateiros (profissões muito mais dignas do que as de “político”) envolvidos em fraudes fiscais, actos de corrupção ou branqueamento de capitais.

 

E o maior corrupto e ladrão dos últimos tempos anda por aí à solta, porque se o prenderem terão de prender muita gente “graúda” e não convém…

 

Para além de tudo isto, que já daria para tirar o sono a uma manada de milhares de elefantes, acrescente-se a onda de violência, ignorância e insanidade mental que arrasta o mundo para a demência total, onde a Vida Humana não tem qualquer valor; onde as crianças são lançadas a uma brutalidade insana, e roubadas da infância a que têm direito; onde todos os dias os Direitos Humanos são violados, nas barbas das autoridades e ninguém faz nada; onde milhões de mulheres ainda vivem sob o jugo de mentecaptos; um mundo onde se mata em nome de nada; onde se tortura e mutila em nome de tradições…

 

Que mundo será este?

 

O meu País e o Planeta estão nas mãos de doidos.

 

O meio ambiente está a ser destruído por doidos.

 

Os seres vivos, humanos e não humanos, estão a ser massacrados por doidos, em nome de absolutamente nada.

 

Senhores psicólogos da Linha do Sono… é tudo isto que me tira o sono.

 

O que podem fazer por mim?

 

O que podem fazer pela Humanidade?

 

O que podem fazer pelo mundo?

 

O que podem fazer pelos dementes que governam o mundo?

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:06

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2015

UM CASO DE IRRESPONSABILIDADE DOS GOVERNANTES E VIOLAÇÃO DOS MAIS BÁSICOS DIREITOS DAS CRIANÇAS

 

INACREDITÁVEL!

 

Senhores deputados, senhores governantes, senhores responsáveis (?) pela educação e desenvolvimento físico e mental saudável de menores de idade, se o que se segue vier a concretizar-se, o Estado português poderá ser responsabilizado pelo maior retrocesso do século XXI, quando os países civilizados avançam para a construção de um futuro sem violência para as crianças.

 

Crianças na tourada (34)[1].png

 Estas imagens dispensam comentários

Origem da foto: http://pelostourosvivos.blogspot.pt/?view=sidebar)

 

Senhores governantes,

Ouvi dizer que a Assembleia da República Portuguesa está prestes a cometer a iniquidade de incluir menores de 16 anos numa lei em que lhes é permitido torturar bovinos para não só se divertirem a eles próprios, como para divertirem os que os geraram e mais uns poucos incultos e sádicos que ainda andam por aí a espalhar a sua podridão de espírito…

 

É verdade?

 

Ouvi dizer que os deputados da Assembleia da República Portuguesa vão permitir que crianças sejam “educadas” para a violência, para a crueldade, para a perversidade de considerarem os bovinos umas “coisas” que podem ser torturadas e dilaceradas cruelmente, sem dó nem piedade, fazendo delas os futuros monstros da sociedade.

 

É verdade?

 

Ouvi dizer também que os deputados da Assembleia da República Portuguesa andaram a ouvir em audiência, e a propósito de uma proposta de lei de um tal de acesso à “profissão” de “artista” tauromáquico, uns incultos que foram unânimes em dizer que o que chamam “profissão” de “artistas” tauromáquicos, ou seja, os carrascos tauromáquicos não devem ter limites de idade.

 

É verdade?

 

Se é verdade, e tendo em conta o que também ouvi dizer acerca de uns algozes portugueses, torturadores e matadores de seres vivos indefesos, inocentes e inofensivos, os quais começaram a sê-lo aos 7 anos de idade, estamos perante um caso gravíssimo de negligência dos progenitores, que a tão desprezível vida lançaram os filhos, e de irresponsabilidade e ignorância dos governantes que o permitiram.

 

Em vez de os deputados da Assembleia da República Portuguesa andarem a dar ouvidos a gente inculta, primitiva e ignorante, leiam, por favor, o que diz o psicólogo Vítor Rodrigues acerca desta violência cometida contra crianças, a quem esmagam a inocência e aniquilam o direito à infância, para as transformarem em monstros.

 

«Da Violência nas Touradas à Educação Violenta: uma perspectiva psicológica».

 

Abram o link e leiam, por favor:

http://vitorrodriguespsicologo.weebly.com/uploads/3/5/9/1/3591670/touradas-psi.pdf

 

Com a minha mais veemente indignação e estupefacção, por em pleno século XXI, ainda andarem a discutir algo com contornos bastante nefastos para as crianças, e que devia estar banido da legislação portuguesa, há muito.

 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:58

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 12 de Março de 2014

«NUNCA EM TEMPO ALGUM TIVEMOS TANTO PODER PARA MUDAR O MUNDO COMO HOJE»

 

 

 

Por Sérgio Ferreira

 

«Hoje, como nunca, a tua voz pode ser ouvida nos quatro cantos do mundo, milhares colocam opiniões em Blogs que são vistos por milhões, vídeos, imagens, frases, mensagens e tu continuas a achar que és pequeno?

 

Todos nós temos um poder enorme, sabemos que sozinhos não temos o poder de mudar o mundo, mas temos o poder de mudar o nosso mundo, de sermos o exemplo de como queremos que o mundo seja. Se te mantiveres firme e convicto nesse teu caminho é certo que terás seguidores.

 

E se continuares a ser um exemplo, outros seguirão passando a mensagem, resta-me  perguntar-te, que exemplo queres dar tu ao mundo?

 

Que queres tu ser alguém que movimenta multidões numa manifestação ou alguém que cria soluções e as implementa, mesmo que isso te faça parecer desfasado da realidade dos demais?

 

Alguém que faz as coisas acontecer ou alguém que critica os outros pelos resultados deles?

 

Alguém que tolera que nem todos tenhamos a mesma opinião, mas que sabe que todos temos algo de bom no nosso coração.

 

Quem queres ser?

 

Queres criar o teu caminho ou continuar a deixar as decisões nas mãos de outros?

 

Queres ser responsável pelos teus resultados ou preferes continuar a deixar o teu destino na mão dos outros e quando as coisas não te correm de feição continuar a deitar as culpas em cima dos outros?

 

Só tu podes decidir, então decide!!!

 

O que é que tu queres? Só tu o podes saber!!!»

 

***

Ora isto vem a propósito do seguinte comentário:


RH deixou um comentário ao post OS ANIMAIS SÃO SERES MÁGICOS... às 19:46, 2014-03-11.


Comentário:

 

«E porque prefere só ver esse lado? A sua sanha "anti-humanos" chega a ser doentia. Na verdade, o seu pensamento de fundo não é muito diferente daquele que presidiu a atrocidades cometidades ao longo da História. Já pensou nisso? Os regimes totalitários sempre tiveram um grande desprezo pela Humanidade.

 

Alguns valorizaram até mais os animais. Já reparou? E já reparou também que o ser humano tem a compaixão, a clemência e a misericórdia, algo que nenhum animal tem? E mais o conceito de justiça que nenhum animal tem? E a capacidade de ajudar conscientemente outras espécies que os animais em geral não têm? Olhe para animais e humanos no mesmo plano, sem essa raiva toda pela sua própria espécie. Conhece algum animal que a tenha? É essa a visão acertada. Pense um pouco nisso...»

 

***

 

Esta é a minha resposta ao comentário bizarro deste “psicólogo” de fim-de-semana.

 

Não entendeu nada das minhas anteriores mensagens. Mas não me admira.

 

Envio-lhe esta outra. Veja se consegue perceber alguma coisa agora.

 

E ainda que fosse verdade o que disse: que o ser humano tem a compaixão, a clemência e a misericórdia, algo que nenhum animal tem... E mais o conceito de justiça que nenhum animal tem... E a capacidade de ajudar conscientemente outras espécies que os animais em geral não têm... (ainda que isto fosse verdade (MAS NÃO É) não justifica que se torture cruelmente os animais não humanos... 

 

E PARA QUE SAIBA, ESTE É O MEU MUNDO:  

 

 
 

 

 

 

 

 

 

 

(Abrir o link)

 

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=807467109267383&set=a.147893271891440.28283.100000123032483&type=1&theater&notif_t=like

 

ESTA É A HUMANIDADE QUE AMO E RESPEITO

 

E OBVIAMENTE SOU ANTI-HOMEM PREDADOR

OBVIAMENTE NÃO O TORTURARIA NUNCA

OBVIAMENTE MATÁ-LO-IA APENAS EM LEGÍTIMA DEFESA

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:34

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 3 de Janeiro de 2014

ENQUANTO EM PORTUGAL OS GOVERNANTES E OS TRIBUNAIS NADA FAZEM PARA DEFENDER AS CRIANÇAS DA VIOLÊNCIA DAS TOURADAS, NA VENEZUELA DÁ-SE UM PASSO DE GIGANTE

 

Excelente notícia

 

 

Veja-se a reacção desta criança ao ver torturar barbaramente um ser vivo que ela, com certeza, aprendeu a amar, nos desenhos animados que existem em abundância para incutir nos mais pequenos a empatia e a sensibilidade necessárias para um desenvolvimento emocional e psicológico saudável.

 

ABRINDO CAMINHOS…

 

17 de Dezembro de 2013 às 1:17

 

O Tribunal de Protecção a Crianças e Adolescentes do Círculo Judicial do Estado de Carabobo determinou medidas firmes e definitivas de protecção, aprovando a solicitação da Defensoria do Povo, a qual proíbe o ingresso de menores de 18 anos a assistirem a corridas de Touros, não só em Valencia, como em todo o Estado de Carabobo, em qualquer tipo de praça.

 

Além disso, os organizadores destes eventos estão obrigados a assinalar a referida advertência em qualquer tipo de publicidade (…)

 

Algumas pessoas que pensam que a abolição das corridas se consegue apenas pela intensidade dos nossos desejos ou das mensagens no Facebook, seguramente dirão «isto não tem importância».

 

Pois tem, e muita… Vejamos porquê.

 

Primeiro – As crianças naturalmente têm um comportamento compassivo para com os animais e geralmente choram ou sentem-se mal perante a tortura de touras, nas corridas. Só através de um processo de dessensibilização sistemática, os adultos responsáveis por elas conseguem que as crianças aceitem esta atrocidade posteriormente e cooperem.

 

Assim se formam os novos aficionados para dar continuidade a este cruel negócio.

 

Portanto, o facto de as crianças e adolescentes não terem acesso a corridas, em idades em que podem ser influenciáveis para os acostumar a esta violência, é um duro golpe para a continuidade da tauromaquia.

 

Segundo – Há muitas famílias que, na sua ignorância, assistem às corridas de touros, pensando que são uma diversão como outra qualquer, e à qual vão vários membros da família, pelo que ao impedir-se a entrada a menores de 18 anos, naturalmente já não poderão ir, reduzindo, desse modo, a assistência (já em decadência) de público a este sangrento espectáculo, e portanto diminui o lucro do negócio da tauromafia. 

 

Terceiro – Uma das estratégias dos taurinos e dos governantes cúmplices é que as instituições do Governo (geralmente câmaras municipais e outras governações) adquirem entradas que logo são distribuídas gratuitamente a escolas para garantir a assistência de crianças.

 

Com esta decisão judicial, isto não será mais possível. 

 

Quarta – Obviamente pode ser um golpe definitivo para as Escolas Taurinas e o seu objectivo de perpetuar a formação de assassinos (toureiros).

 

Quinto – A declaração das corridas como um espectáculo violento, impróprio para ser presenciado por menores de 18 anos, obviamente contradiz (com base legal) todos os argumentos que pretendem considerar isto como “cultura” ou “desporto” e, por conseguinte, abre as portas a outras acções futuras.

 

Sexto – Para quem tenha dúvidas, isto afecta a tauromafia, basta lerem as páginas taurinas e verão como estão furiosos contra a Defensória, devido a estas acções, e isto é sem dúvida porque eles sabem dos prejuízos que esta medida lhes causa.   

 

Para quem tem muitos anos nesta dura luta, sabemos que só venceremos e poderemos celebrar a abolição definitiva das corridas de touros, dando pequenos passos, concretizando medidas que vão afectando económica e socialmente este aberrante negócio, pelo que estamos felizes por esta vitória, alcançada graças à persistente actuação dos advogados da

Defensoria e da valiosa participação profissional do psicólogo Alberto Barradas e de Roger Pacheco Eslava…

 

A eles o nosso agradecimento por este novo passo em prol de uma sociedade menos violenta, tanto entre humanos como entre não humanos.

 

Fonte:

https://www.facebook.com/notes/fundaci%C3%B3n-asoguau/excelente-noticia-abriendo-caminos-/10152027018352770

 

***

E EM PORTUGAL? O QUE FAZEM OS GOVERNANTES?

 

E OS TRIBUNAIS O QUE FAZEM EM RELAÇÃO ÀQUELES 

 QUE INJECTAM NAS CRIANÇAS O VÍRUS DA VIOLÊNCIA, DEFORMANDO-LHES AS MENTES, EM VEZ DE AS FORMAR?

 

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:56

link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Julho 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

O QUE ME TIRA O SONO É A ...

UM CASO DE IRRESPONSABILI...

«NUNCA EM TEMPO ALGUM TIV...

ENQUANTO EM PORTUGAL OS G...

Arquivos

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

DIREITOS

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

ACORDO ORTOGRÁFICO

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

COMENTÁRIOS

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

CONTACTO

isabelferreira@net.sapo.pt