Sábado, 1 de Fevereiro de 2020

Presidente socialista da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira repudia IVA de 23% para as touradas

 

Pudera! O presidente socialista da Câmara de Vila Franca de Xira repudia o IVA de 23% para as touradas, porque a evolução ainda não chegou a Vila Franca de Xira.

 

Se tivesse chegado, o presidente socialista de Vila Franca de Xira já teria abolido esta prática cruel, violenta e sanguinária do concelho.

 

São opções. E este socialista optou pela involução.

 

Vivemos num país com um socialismo monarquista, com elevada apetência para a barbárie, como no tempo dos Reis Filipes, que a introduziram em Portugal. São 26 os presidentes de Câmara do Partido Socialista contra a subida do IVA das touradas, para 23%.

 

Alberto Mesquita.png

Alberto Mesquita (PS)

 

O socialista Alberto Mesquita fala em preconceito incompatível com a liberdade de escolha de cada um, como se torturar Touros indefesos, inofensivos e inocentes, para divertir sádicos e psicopatas, seja sinónimo de liberdade de escolha de cada um. Por essa ordem de ideias, deixemos então os bombistas-suicidas exercerem a liberdade de escolha deles: a de se rebentarem, levando com eles, pessoas inocentes, inofensivas e indefesas lá para o lugar onde vivem as tais 70 virgens, que os esperam. E não me venham dizer que não é mesma coisa.

 

Só há liberdade de escolha, quando as escolhas são compatíveis com a Ética, com a Evolução, com a Civilização.

 

Tourada BASTA.png

 

Ler notícia neste link:

https://www.jornalvalorlocal.com/presidente-da-cacircmara-de-vila-franca-repudia-iva-de-23-por-cento-para-as-touradas.html?fbclid=IwAR3bn65W7EULXHMNKrYRc3ri1Le4_oQ6ms-nDQ50fchJT0c-tFWGXsTo8z8

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:09

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Sábado, 9 de Maio de 2015

VILA FRANCA DO CAMPO (AÇORES) RECEBE A ESTRELA DE OURO POR TER RECUSADO A TOURADA À CORDA

VILA FRANCA DO CAMPO.png

 

Uma boa notícia.

Um exemplo maior.

 

A tourada à corda, agendada para o próximo dia 24 de Maio, em Ponta Garça (Açores) não irá realizar-se.

 

O presidente da Câmara de Vila Franca do Campo, Dr. Ricardo Rodrigues, do PS, indeferiu o pedido dos promotores – a Irmandade do Espírito Santo dos Aflitos (Boavista), uma vez que o Código de Posturas consignar ser proibido utilizar animais em touradas, em todo o concelho.

Fonte: 

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10205759206532955&set=a.1091593663623.14257.1639957029&type=1&theater

 

 

PCM VILA FRANCA.jpg

Dr. Ricardo Rodrigues

 

Ora aqui está uma atitude coerente, inteligente e civilizada que devia ser seguida por todo os autarcas portugueses, nas outras ilhas dos Açores e no continente.

 

Nos Códigos de Posturas camarárias devia constar esta importante alínea, para salvaguardar os municípios das investidas incivilizadas dos aficionados de selvajaria tauromáquica.

 

Esperemos que o Senhor Dr. Ricardo Rodrigues mantenha esta postura erecta, fazendo jus dos princípios e valores de um verdadeiro socialista, que não compactua com diversões irracionais, mantendo inconspurcada o município que lidera - Vila Franca do Campo.

 

Neste ano de 2015, quando se decidiu atribuir a Estrela de Ouro aos municípios que rejeitem a prática da selvajaria tauromáquica, e a Estrela de Ferro àqueles que teimam em manter este costume bárbaro e indigno de seres humanos, Vila Franca do Campo é o primeiro município a receber a Estrela de Ouro, que lhe confere o estatuto de modernidade e evolução.

 

Assim saiba Vila Franca do Campo manter esta Estrela.

 

Aproveito para me congratular com o Senhor Presidente da Câmara Municipal, Dr. Ricardo Rodrigues, que também se mostra digno desta distinção.

 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:40

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 21 de Janeiro de 2015

PRESIDENTE DA CÂMARA DE VILA FRANCA DE XIRA PREOCUPADO COM A MÁ IMAGEM DO CONCELHO DEVIDO À LEGIONELLA?

 

Vila Franca de Xira já tinha muito má imagem, devido a ser um concelho onde se pratica todo o tipo de selvajaria tauromáquica, agora se lhe juntarmos a praga da legionella, que matou doze pessoas, e mandou centenas para o hospital, a imagem fica mais denegrida ainda.

 

Mas não coloque a culpa dessa má imagem apenas na legionella, senhor presidente da CM.

 

ALBERTO MESQUITA.jpg

(Foto Emílio de Jesus)

Veja-se V. Excelência aqui a presidir a um acto de selvajaria tauromáquica

 

Realmente é para estar preocupado, senhor Alberto Mesquita presidente da Câmara Municipal, pelo PS, pois quando não se cumprem as regras em empresas que deveriam ser fiscalizadas frequentemente e funcionar perfeitamente para não colocarem em risco a saúde da população, é para ficar, deveras, preocupado.

 

Mas mais do que ficar preocupado, o dever de um autarca é fazer com que as coisas funcionem bem, para que se acautele tudo o que há a acautelar nestas circunstâncias.

 

E já agora, senhor Alberto Mesquita, presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, se na verdade quer limpar a má imagem que o concelho já tem no País e arredores, preocupe-se também em ABOLIR essa prática primitiva e bárbara que dá pelo nome de selvajaria tauromáquica, e que conspurca o nome do concelho, do povo e da autarquia que V. Excelência não governa segundo as regras da ética, da lucidez e da essência humana.

 

Enquanto essa podridão existir no concelho, ele continuará a manter uma péssima imagem, independentemente de se eliminar a legionella, no concelho.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:58

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Julho 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Presidente socialista da ...

VILA FRANCA DO CAMPO (AÇO...

PRESIDENTE DA CÂMARA DE V...

Arquivos

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt