Quinta-feira, 26 de Março de 2015

CTT CONFUNDE CONCERTOS DE MÚSICA E ESPECTÁCULOS DE DANÇA COM SELVAJARIA TAUROMÁQUICA

 

Assim estamos mal. Muito mal.

 

CTT - Copy.jpg

Aqui fica a primeira “Estrela de Ferro” atribuída a uma empresa que apoia a selvajaria tauromáquica

 

Na sequência do seguinte texto enviado aos CTT

PEDIMOS AOS CTT PARA NÃO VENDEREM BILHETES PARA TOURADAS

(ver este link)

http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/pedimos-aos-ctt-para-nao-venderem-522608

recebi a seguinte mensagem:

 

«Exma. Senhora

Isabel Ferreira,

 

Gostaríamos, desde já, de agradecer o seu contacto, que mereceu a nossa melhor atenção.

 

No seguimento do seu contato, informamos que os CTT vendem bilhetes para espectáculos de Tauromaquia como para qualquer outro espectáculo como concertos de música, dança, circo, entradas para museus e KidZania entre outros.

 

Lembramos que, para qualquer informação ou esclarecimentos mais detalhados, poderá consultar o nosso site www.ctt.pt ou ligar para a Linha CTT, disponível dias úteis e sábados das 8h às 22h, através do 707 26 26 26.

 

Com os melhores cumprimentos,

 

Jeanine Estrela»

 

***

Surpreendeu-me bastante o facto de os CTT confundirem Cultura com selvajaria, e enviei-lhes a seguinte nota:

 

Exma. Senhora D. Jeanine Estrela,

 

Agradeço a gentileza da sua resposta.

 

Mas gostaria de acrescentar que ao vender bilhetes para concertos de música e dança, e entradas para museus, os CTT estão a contribuir para a Cultura Culta, o que é de louvar.

 

Porém, ao vender bilhetes para touradas e circos, onde seres vivos são usados e abusados e torturados, para divertir sádicos, os CTT estão a contribuir para o alastramento da violência e da crueldade contra animais sencientes escravizados, indefesos, inocentes e inofensivos, e para a divulgação da cultura dos broncos, o que nada dignifica essa empresa.

 

Os CTT, ao serem cúmplices da barbárie, não servem um País que se quer civilizado e evoluído.

 

Sinto muito ter de vos colocar no rol dos que pugnam pelo atraso de vida implantado em Portugal, como uma praga.

 

Com os meus cumprimentos,

 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:57

link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 10 de Abril de 2014

ASSIM VAI “LA FIESTA”

Rumo à abolição!

 

«Enfim, assim vai “la fiesta” dos touros, e penso que, a ser assim, estará perto do fim…» disse Pedrito de Portugal

 

 

 Portanto, o Pedrito devia retirar-se e ir plantar batatas para o quintal dele (profissão muito digna, aliás, mais digna e inteligente do que ser “bailarina” enfiada em collants cor-de-rosa, a saltaritar numa arena).

 

Fazia muito pela humanidade, e principalmente libertava os bovinos de uma praga que já dura há demasiado tempo, simplesmente porque não houve evolução mental.

 

Como poderia? Se todos os envolvidos possuem mentes tão insanas?

 

Fonte da Foto:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=747493158614826&set=a.472890756075069.108951.143034799060668&type=1&theater

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:31

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 9 de Abril de 2014

MARCHA ANIMAL 2014

 

Às Associações de Protecção de Animais, Grupos e Plataformas formais ou informais, e Cidadãs/os:

 

Mais um ano, mais uma marcha pela protecção dos animais em Portugal.

 

A ANIMAL juntamente com outras associações começou a fazer as marchas em 2000 e este ano não será excepção.

 

A concentração terá início pelas 15h no Campo Pequeno e a Marcha começará às 16h em direcção ao Parlamento.

 

Chegados ao Parlamento teremos alguns eventos musicais e também uma stand up comedy.

 

Pedimos a vossa presença e o vosso esforço apenas um dia por ano para nos ajudarem a dar voz aos animais e mostrar ao resto do país - principalmente a quem menoriza esta Causa - que somos cada vez mais pelos animais.

 

Tragam também os vossos cartazes e banners e promovam assim o vosso Grupo/Associação.

 

***

 

OPINIÃO SOBRE MANIFESTAÇÕES, NOMEADAMENTE, A “MARCHA ANIMAL” A 12 DE ABRIL DE 2014

 

Por Dr. Vasco Reis (Médico Veterinário)

 

Um BRAVO SOLIDÁRIO a quem tem a possibilidade de se manifestar contra a exploração e massacre de animais e o faz.

 

Comprova consciência, compaixão, sentido de ética, convicção, coragem, frontalidade, espírito de missão, disponibilidade.

 

Demonstra ali a quem passa e aos MEDIA, ao país e ao mundo, que se está contra tal barbaridade.

 

Alerta os, até então, distraídos, distantes, indiferentes a tomarem atenção e a aderirem à causa.

 

Até, quem sabe, pode conseguir iluminar ignorantes ou empedernidos e fazê-los arrepiar caminho, ou não são eles, afinal, também seres pensantes com algum poder de sentir e de raciocinar?

 

Manifestações são ponto de encontro de gente solidária e generosa e fortalecem e elevam o espírito de missão.

 

Talvez seja prudente optar-se por manifestações relativamente silenciosas, em frente de locais onde e quando se realizam touradas.

 

Se forem silenciosas junto a aficionados, não devem exacerbar tanto a agressividade dessa gente, podem provocar menos críticas do público e serão bem-vindas das autoridades.

 

Devem ser apresentados cartazes também com afirmações concisas de ordem científica, logo irrefutáveis e didácticas.

 

Convém serem cartazes de muito impacto e importa esmerar-se no comportamento pacífico.

 

Noutras manifestações para o público, para entidades e para divulgação pelos MEDIA, aí sim, convém soarem muitas mensagens, também por vozes bem audíveis.

 

A luta abolicionista da tauromaquia desenvolve-se por imperativo de consciência, por compaixão contra o massacre de touros e cavalos, que são seres sencientes, conscientes, inteligentes, emotivos, com sentimentos, seres susceptíveis ao sofrimento psicológico e físico, de modo muito semelhante ao dos humanos. 

 

Visa também aliviar as imensas pessoas que se indignam e sofrem solidariamente com os animais.

 

Pretende acabar-se com essa enorme vergonha nacional.

 

A desculpa de que seja tradição nalgumas regiões, não pode justificar a aceitação de uma actividade tão cruel e tão degradante.

 

A luta abolicionista é muito forte na vizinha Espanha e no sul da França, também muito atingidas por esta praga.

 

É grande a solidariedade destes movimentos pela luta que se trava em Portugal.

 

Desejam-nos um grande sucesso e esperam que muitos milhares de pessoas conscientes estejam nesta MARCHA.

 

Vamos mostrar o que queremos e do que somos capazes?

 

“Eia avante Portugueses, eia avante sem temer... “, repetindo o entusiasmo de outros tempos e de outras lutas?

 

Vamos mostrar que, mesmo em tempos muito difíceis, portugueses são capazes de expressar a sua vontade em recuperar o respeito pelos animais e pela ética e em acabar com a sua tortura?

 

Eu alinho com a ANIMAL e demais animalistas em manifestações pacíficas e vou estar na Marcha ANIMAL deste 12 de Abril às 15 horas no Campo Pequeno em Lisboa.

 

Um abraço animalista e abolicionista!

 

Vasco Reis

 

 

http://youtu.be/jbEk0WzUk4w

 

 

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:27

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

CTT CONFUNDE CONCERTOS DE...

ASSIM VAI “LA FIESTA”

MARCHA ANIMAL 2014

Arquivos

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

DIREITOS

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

ACORDO ORTOGRÁFICO

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

COMENTÁRIOS

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

CONTACTO

isabelferreira@net.sapo.pt