Quarta-feira, 4 de Janeiro de 2017

IGREJA CATÓLICA PORTUGUESA COMEÇA O ANO A CELEBRAR A SENHORA DAS CANDEIAS COM TORTURA DE NOVILHOS…

 

novilhos… que já não são “coisas” no Código Civil, e que no Código Divino são criaturas de Deus…

 

O atraso civilizacional continua a progredir em Portugal. A falta de vergonha na cara também continua a alastrar.

 

Enchem a boca com António Guterres na ONU e envergonham Portugal no mundo, com estes actos trogloditas.

 

Começamos o ano de 2017 de candeias às avessas

 

SENHORA.png

Mantendo a famigerada tradição, a festa em honra de Nossa Senhora das Candeias, em Mourão (Évora) vai realizar-se com a colaboração da Paróquia, como não podia deixar de ser, e o programa inclui uma sessão de tortura de seis novilhos… ou seja, seis inocentes, inofensivos e indefesos touros/crianças… Algo muito cristão…

 

A época taurina em Portugal, ou seja, a época de terror para os bovinos e cavalos, abre no dia 1 de Fevereiro, em Mourão, no distrito de Évora, com a realização do (que eles chamam) festejo taurino, que reúne cobardes carrascos tauromáquicos portugueses e espanhóis, ou não fossem Portugal e Espanha dois países que vivem ainda no obscuro tempo de uma ignorância, agora optativa.

 

Esta sessão selvática está inserida nas tradicionais festas em honra de Nossa Senhora das Candeias, que contará com uns tantos tauricidas que torturarão seis indefesos novilhos da ganadaria de Calejo Pires, e com um grupo de cobardes forcados.

 

Como se isto não bastasse para insultar Nossa Senhora das Candeias, no dia 4 de Fevereiro realizar-se-á o que chamam de um festival onde actuarão matadores de touros, espanhóis e um português, e isto tudo em honra de Nossa Senhora das Candeias.

 

E agora repare-se no requinte de malvadez: no que diz respeito ao toureio a cavalo, as honras da “arte marialva” (isto esmiuçado significa arte da tortura de bovinos e cavalos indefesos) estará a cargo de um tal Filipe Gonçalves, cabendo as pegas aos touros/crianças da ganadaria (do que se diz veterinário) Murteira Grave aos cobardes forcados amadores, oriundos daquela terrinha onde matam touros às escondidas, nas barbas das autoridades, que todos nós sabemos qual é…

 

A temporada da barbárie tauromáquica, do derramamento de sangue de seres vivos sencientes e indefesos, da loucura colectiva de um pequeno grupo de alienados mentais, psicopatas e sádicos, abre todos os anos no dia 1 de Fevereiro em Mourão (uma localidade a boicotar) para celebrar a Senhora das Candeias, e encerra a 1 de Novembro com uma sessão de selvajaria no Cartaxo (distrito de Santarém), outra localidade a boicotar.

 

Num rasgo delirante, o presidente da associação portuguesa de empresários tauromáquicos (apet), Paulo Pessoa de Carvalho, afirmou que em 2016, a temporada taurina em Portugal decorreu "normalmente" face ao contexto económico do país, apesar de uma “pequena reduçãono número de sessões de selvajaria.

 

Pequena redução????? Uma redução notória, é preciso dizer-se. Praças quase vazias, onde nem as moscas lá entram. E os que lá vão, são sempre os mesmos. Um grupinho que percorre as arenas de tortura do país, à custa dos impostos dos portugueses.

 

Ao campo pequeno, vão os “vipes” sedentos de protagonismo e de sangue, quando a RTP1 transmite a selvajaria em directo, à custa dos nossos impostos.

 

Dinheiros públicos esbanjados na diversão de um pequeno grupo de trogloditas para outro pequeno grupo de trogloditas, apoiada pelo governo português e pela igreja católica portuguesa, para vergonha de Portugal e da esmagadora maioria dos portugueses, que não se revê nestes “festejos” sangrentos e cruéis.

 

E muito menos se revêem as Nossas Senhoras que são celebradas em Portugal, com a tortura das mais inocentes criaturas de Deus.

 

Até quando Portugal continuará na senda desta miséria cultural, moral, social e humana?

 

Termino com uma prece a Nossa Senhora das Candeias:

 

Nossa Senhora das Candeias, não te peço que perdoes estes algozes, porque eles não merecem perdão, além de que não é a ti que eles terão de prestar contas dos seus actos infames. Peço-te apenas que ilumines as mentes diabólicas que infestam Portugal, para que, ao menos, se aproximem da senciência, da sensibilidade, da racionalidade e da inteligência que caracteriza os seres que tão barbaramente essas criaturas do mal torturam por mero prazer. É que isto não é um acto cristão. Tu bem o sabes. E se os iluminares e eles conseguirem aproximar-se da humanidade dos bovinos e dos cavalos já será meio caminho andado para a sua humanização. Amém.

 

Não é verdade, Senhor Cardeal-Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente?

 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:07

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 7 de Abril de 2015

SE JESUS CRISTO FOI TORTURADO E CRUXIFICADO, POR QUE NÃO SACRIFICAR NOVILHOS PARA DIVERTIR OS TAURICIDAS “CATÓLICOS”?

 

«Será este o motivo pelo qual, na Páscoa da Ressurreição de Cristo, um povinho ainda muito atrasado que vive em Abiúl, uma terrinha também com um desmedido atraso civilizacional, se diverte a torturar novilhos em nome da “tradição” dos broncos?

 

E assim vai este nosso país cada vez mais retrógrado, com o aval da igreja católica e do estado português» (I.A.F.)

 

NOVILHADA.jpg

Foto: http://farpasblogue.blogspot.pt/2015/04/fotos-impressionantes-da-cornada-de.html

 

Tudo Errado!!! Incluindo a continuação da novilhada após ter “terminado”…

 

Domingo de Páscoa, houve uma novilhada em Abiúl. Foi organizada pela Junta de Freguesia! Parte do valor dos bilhetes vendidos reverteu a favor dos Bombeiros Voluntários de Pombal!

 

Como se não bastasse, depois do espectáculo tauromáquico, continuou a ânsia de torturar animais. Pelo menos um jovem novilheiro torturou, à porta fechada, mais um jovem bovino! A coisa não correu bem. O novilheiro ficou ferido. Não havia nenhuma ambulância no local. Por acaso, ainda estava uma médica na enfermaria da praça que suturou o jovem (o jovem dito humano, claro está). Mas ainda há mais!

 

Os blogues tauromáquicos não param de publicar imagens dos ferimentos do novilheiro, a maioria das quais muito mais chocantes do que aquela que seleccionámos. Alguns blogues já publicaram a notícia 4 (quatro) vezes! Parece que quanto mais sangue melhor! O dos novilhos não impressiona?

 

Então, toca a publicar fotos de pessoas feridas! É este o “mundo” da tauromaquia! Um “mundo” de sangue e violência!

 

Um “mundo” em que a sede de sangue é de tal ordem que, como se pode comprovar, os maus-tratos aos animais não acabam quando o público sai da praça!!!

 

Felizmente, a tauromaquia é cada vez mais contestada socialmente e, em breve, será abolida.

 

 

Marinhenses Anti-touradas - Depois de terem sido torturados os novilhos do programa de acordo com o que estava no cartaz da novilhada, e de o público que pagou bilhete ter deixado a praça, ficaram algumas pessoas e novilheiros a continuar a "festa".

 

Enquanto um deles cravava uns ferros num novilho, este deu-lhe uma cornada. E assim, à conta da notícia da cornada, ficámos a saber que a novilhada continuou (à porta fechada, só para algumas pessoas e não para as que pagaram bilhete), sabe-se lá com que contornos.

 

Foi o espírito da Páscoa. Deviam estar todos fartos da família e não lhes chegaram as muitas horas que já tinha durado a novilhada; precisaram de ver mais sangue.

 

Só que também viram sangue de um animal humano!

 

Fonte:

https://www.facebook.com/antitouradas/photos/a.215152191851685.58389.215151238518447/944007115632852/?type=1&theater

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:55

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 5 de Novembro de 2014

COBARDEMENTE ENTRE PORTAS A TORTURA DE BOVINOS BEBÉS CONTINUA…

 

Os psicopatas não tiram férias da sua psicopatia. São psicopatas a tempo inteiro, obviamente

 

A temporada da barbárie sofre um interregno, mas eles continuam cobardemente a dar aso à sua doença mental, entre os muros das suas herdades

 

COBARDEMENTE ENTRE PORTAS.jpg

 

Origem da imagem:

http://farpasblogue.blogspot.pt/2013/10/os-novos-craques-de-marcos-bastinhas.html

 

E o que fazem é bárbaro.

 

É crime.

 

É selvático.

 

Aproveitam-se da fragilidade dos novilhos que nunca darão bons “touros” e treinam nesses inocentes e indefesos seres, ainda bebés.

 

Espetam-lhes farpas.

 

Sangram-nos até à morte, cobardemente.

 

Sem dó nem piedade, como é da natureza patológica dos carrascos.

 

Milhares de novilhos e outros animais são sacrificados às mãos desses cruéis verdugos.

 

Isto é uma demonstração vil da debilidade mental dos que fazem da tortura e da violência e da crueldade o sangue de cada dia, que eles sorvem avidamente como vampiros sequiosos.

 

Abençoados pela igreja católica.

 

Apoiados pelos governantes.

 

Avalizados pela ordem dos médicos veterinários.

 

Em arenas privadas.

 

Cobardemente entre portas.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:32

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 2 de Abril de 2014

“EL JUANITO” OU O TRIUNFO DA ESTUPIDEZ NA ARENA DE VILLA NUEVA DEL FRESNO (ESPANHA)

 

Filho do bandarilheiro Hugo Silva, “El Juanito” é uma criança nascida em Portalegre (Portugal), que depois de ter frequentado a escola de toureio do Agrupamento de Escolas de Alter do Chão, ingressou na Escola de Toureio José Falcão, em Vila Franca de Xira, e agora, ainda com 14 anos, anda por terras de Espanha a matar novilhos, para se divertir a si e a uns poucos sádicos, como se matar novilhos fosse uma tarefa muito educativa e adequada a crianças.

 

 

Repare-se nas bancadas a “abarrotar” de sádicos… A criança, coitada, que não sabe jogar à bola, mas é bom a cortar orelhas de touros mortos, torturou um ser vivo para uma arena vazia…

 
 

 Eis o momento da colhida do Juanito

 
 

Vista de outro ângulo, reparem na “enchente” nas bancadas… E mata-se um Bovino inocente, para ninguém ver… e ainda por cima é colhido, depois de golpear de morte o desventurado animal.

 

Isto é a glória da estupidez…

 

E então noticia-se tal façanha macabra dizendo-se que o jovem diestro português, João Silva, "El Juanito", cortou as duas orelhas a um novilho que enfrentou na praça espanhola de Villanueva del Fresno, num espectáculo de juventude, mas sofreu aparatosa colhida quando entrava a matar… O que no entanto (desta vez) não deu para ficar nem paraplégico, nem tetraplégico, nem morto no meio da arena.

 

Será preciso que tal aconteça para que se ponha fim a tais descalabros?

 Na sua página  do "Facebook" esta criança  publicou  as fotos do acidente e escreveu que "o toureio é a única arte em que se brinca com a morte", que é uma brincadeira que um menino costuma praticar normalmente.

 

Já não vou falar de um pai que é bandarilheiro e o que quer é que o filho lhe siga as pegadas, ainda que possa tornar-se num monstrinho…

 

Mas as autoridades terão de ser responsabilizadas por estas transgressões às leis que existem para proteger (ou deviam proteger) as crianças.

 

Isto tem de acabar.

 

E acabará. Quer queiram, quer não queiram.

 

Origem das fotos: http://farpasblogue.blogspot.pt/2014/03/el-juanito-triunfo-e-colhida-em.html

 

***

Nestes links podemos ver como são torturados novilhos, e como são sangrados… Estes também não são considerados animais pela lei portuguesa.

 

http://diariotaurino.blogspot.pt/2011_12_01_archive.html

 

http://farpasblogue.blogspot.pt/2013/04/el-juanito-2-orelhas-no-debute-de-luces.html

 

http://diariotaurino.blogspot.pt/2011/12/el-juanito-na-escola-de-toureio-de-vila.html

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:40

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 10 de Janeiro de 2014

CRIANÇAS PORTUGUESAS EM RISCO NAS ESCOLAS DE TAUROMAQUIA = ANTROS DE CRUELDADE, VIOLÊNCIA E DESUMANIDADE

 

Qual o papel das Comissões de Protecção de Crianças e Jovens nesta área? E o dos “pais”? E o do Governo Português?

 

(Foto: DR - http://diariotaurino.blogspot.pt/2011/12/el-juanito-na-escola-de-toureio-de-vila.html

 

Depois de ter frequentado a escola de toureio de Alter do Chão, esta criança, bezerrista, que dá pelo nome de "El Juanito", filho do bandarilheiro Hugo Silva, ingressou na Escola de Toureio José Falcão, em Vila Franca de Xira. Agora, tem como orientador um tal de Vítor Mendes, e dizem que o pequeno Juanito (pois, é pequeno na idade) sonha em tornar-se um torcionário. Isto lá é sonho de criança?

 

***

Em Portugal existem vários organismos que foram criados para supostamente protegerem as crianças e jovens portugueses que estão em risco, por muitos e variados motivos, entre eles quando são obrigados a actividades (…) inadequadas à sua idade, dignidade e situação pessoal ou prejudiciais à sua formação ou desenvolvimento, como é o caso dos que são enviados para escolas tauromáquicas (antros de crueldade, violência e desumanidade) altamente prejudiciais a um desenvolvimento psíquico saudável e de acordo com as normas da ética e dos valores humanos que regem as sociedades contemporâneas.

 

Podemos confirmar no Portal http://www.cnpcjr.pt/left.asp?11

 

O que são as CPCJ?

 

Nos termos do disposto na Lei n.º 147/99, de 1 de Setembro, as Comissões de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) são instituições oficiais não judiciárias com autonomia funcional que visam promover os direitos da criança e do jovem e prevenir ou pôr termo a situações susceptíveis de afectar a sua segurança, saúde, formação, educação ou desenvolvimento integral.

 

Pois o que fazem estas comissões em relação às crianças e jovens que estão expostos à violência que eles próprios exercem sobre bezerros e novilhos, nas várias escolas onde se ensina a torturar seres vivos para diversão?

 

Deixo a pergunta para quem tiver uma resposta positiva.

 

Conceito de perigo

 

Segundo podemos ler no referido Portal, considera-se que a criança ou o jovem está em perigo quando, designadamente, se encontra numa das seguintes situações (para o caso só nos interessa o que está sublinhado)

 

1- Está abandonada ou vive entregue a si própria;

 

2- Sofre maus tratos físicos ou psíquicos ou é vítima de abusos sexuais;

 

3- Não recebe os cuidados ou a afeição adequados à sua idade e situação pessoal;

 

4 - É obrigada a actividade ou trabalhos excessivos ou inadequados à sua idade, dignidade e situação pessoal ou prejudiciais à sua formação ou desenvolvimento;

 

5 - Está sujeita, de forma directa ou indirecta, a comportamentos que afectem gravemente a sua segurança ou o seu equilíbrio emocional;

 

6 - Assume comportamentos ou se entrega a actividades ou consumos que afectem gravemente a sua saúde, segurança, formação, educação ou desenvolvimento sem que os pais, o representante legal ou quem tenha a guarda de facto lhes oponham de modo adequado a remover essa situação.

 

***

Posto isto, devemos acrescentar que os maiores responsáveis depois do Governo Português, o qual permite a existência destes antros de crueldade, de violência e de desumanidade, são os que se dizem “pais”, que deviam zelar por um desenvolvimento saudável dos seus filhos, e atiram-nos sem o mínimo de consciência, para a toca de carrascos, onde aprendem a torturar bovinos bebés (bezerros e novilhos).

 

Por muito menos, já vi  comissões e magistrados a retirarem os filhos aos “pais”.

 

Estas crianças correm riscos tanto ou mais danosos que os maus tratos físicos (exceptuando a pedofilia e abusos sexuais pelos próprios pais, que é dos crimes mais asquerosos que existem, e as penas para tais crimes são tão leves como as penas das aves…) ou uma pobreza que poderá ser minimizada com a ajuda de instituições existentes para esse efeito.

 

Com tantas instituições de caridade que existem por aí, e assistentes sociais em todas as Câmaras Municipais, nenhuma família pobre em Portugal tem necessidade de passar fome. E se passa é porque as instituições não funcionam.

 

Alguma vez estes organismos pretensamente “protectores” de menores de 6 anos até aos18 anos se dignaram a fazer alguma coisa em prol da saúde mental destes negligenciados pelos próprios “pais”, pelas autoridades e pela sociedade?

 

Quando vem um Ministro da Educação dizer que é preciso investir na educação, é a este “tipo de educação” que está a referir-se? Sim, porque para a educação pedagógica, pelo que vemos, não há verbas para nada, mas para as escolas de toureio, os $$$$$$$$ nunca falham. Nem que se deixe famílias a passar fome, com os cortes de salários.

 

Para touradas e afins… o dinheiro nunca falta. Enfim, são opções de alienados…

 

E os “professores” de toureio. Nomeadamente os que leccdionam em escolas públicas? Esses, envergonham os verdadeiros professores que trabalham em prol de uma educação para a cidadania, seguindo a ética e os valores humanos.

 

A dessensibilização sistemática destas crianças e jovens nestes antros de tortura, onde o desrespeito pela vida de seres sencientes é hediondo e transmitido como algo aceitável e não condenável, está a formar uma geração de monstros, igual à que hoje ainda vamos tendo nessas terrinhas taurinas, onde se verifica um atraso civilizacional desmedido.

 

Isto vai contra todas as leis (que existem em Portugal apenas para constar) de protecção de crianças e jovens.

 

Por isso é premente exigir o fim destas escolas tauromáquicas.

 

É urgente proteger as crianças e jovens de hoje.

 

Não podemos deixar que o futuro venha já a cair de podre. 

 

E principalmente é urgente responsabilizar os “pais” destes inocentes, para que não sejam transformados em corpos sem sensibilidade, sem qualquer empatia pelos outros e sem alma.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:57

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 16 de Julho de 2012

ERA UMA VEZ UM NOVILHEIRO MEXICANO, CHAMADO MIGUELITO, QUE MATOU SEIS NOVILHOS NUMA SÓ TARDE...

 

 

Achando isto muito nobre, quiseram colocar o Miguelito no Guiness, mas o Guiness não reconheceu o recorde deste pequeno matador de Touros, que completou onze anos no passado mês de Dezembro.

 

Este organismo disse, na sua página da Internet, que desconhecia esta “proeza” e que não reconhecerá o resultado, porquanto não aceita recordes baseados na morte ou no ferimento de animais.

 

Miguelito, na verdade, ultrapassou a marca, ao matar seis novilhos numa só tarde, mas não entrará para o Livro Guiness dos Recordes Mundiais.

 

De acordo com a Associação Nacional de Matadores do México, Michel Lagravere, mais conhecido por Miguelito, ultrapassou o recorde mundial para a sua idade, numa novilhada a que assistiram mais de 3.500 pessoas.

 

Miguelito, perante tal recusa, observou que para ele tanto fazia, porque no mundo tauromáquico o seu recorde já passou à história, ainda que não vá para o Guiness.

 

 O torturadorzito, que mede 1 metro 35, e pesa 35 quilos, já enfrentou touros de mais de 350 quilos.

 

No ano passado, quando actuou em França, os activistas anti-touradas denunciaram que o toureirito arriscava a sua vida na arena.

 

 

 http://www.eluniversal.com.mx/notas/572887.html

 

 ***

 

Se me contassem isto eu não acreditava.

 

Mas li no link que aqui deixo.

 

No México, assim como nos outros sete países terceiromundistas (incluindo o nosso) onde estes rituais bárbaros ainda acontecem, os organismos de Protecção a Menores não funcionam. Por outro lado, não há nenhuma organização mundial (UNESCO, UNICEF) que tenha a coragem de assumir MUNDIALMENTE um compromisso CONTRA esta atrocidade.

 

Neste caso não é apenas a tortura e a morte dos novilhos ou dos touros que está em causa, é a VIOLÊNCIA a que uma criança é sujeita, para DIVERTIR OS SÁDICOS E OS NECRÓFILOS, e ENCHER OS BOLSOS de ENERGÚMENOS.

 

O mundo está doente. Os governantes dos países, onde estes rituais sanguinários são permitidos, estão doentes. Estão mentalmente cegos. São surdos aos apelos dos SERES HUMANOS RACIONAIS.

 

A IGREJA CATÓLICA está no seu canto, calada e cúmplice.

 

ISTO VAI ACABAR, PORQUE É ABSOLUTAMENTE IRRACIONAL.

 

E A IRRACIONALIDADE NÃO PODERÁ DURAR ETERNAMENTE.

 

http://community.guinnessworldrecords.com/_GWR-Official-Statement/blog/5824061/7691.html?as=7691

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:21

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Julho 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

IGREJA CATÓLICA PORTUGUES...

SE JESUS CRISTO FOI TORT...

COBARDEMENTE ENTRE PORTA...

“EL JUANITO” OU O TRIUNFO...

CRIANÇAS PORTUGUESAS EM R...

ERA UMA VEZ UM NOVILHEIRO...

Arquivos

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt