Terça-feira, 23 de Agosto de 2016

CANCELADAS TOURADAS EM BAIÃO

Baião era a vergonha do Norte de Portugal.

 

Numa arena amovível, que não cumpria o RET, torturavam-se Touros para sádicos satisfazerem os seus desejos mais mórbidos.

 

Mas este ano, devido às muitas denúncias que se fizeram, foram canceladas as touradas.

 

E assim como em Baião, todas as outras arenas amovíveis não cumprem as regras do RET, por isso, ATENÇÃO IGAC, há que cancelar todas as touradas. Inclusive as que se realizam nas arenas fixas, quase sempre contra a lei.

 

Ou para que servirão as regras e as autoridades?

 

BAIÃO.jpg

Origem da foto:

https://www.facebook.com/antitouradas/photos/a.215152191851685.58389.215151238518447/1228278593872368/?type=3&theater

 

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:52

link do post | Comentar | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 13 de Julho de 2016

MANIFESTAÇÃO ANTI-TOURADA EM OLIVEIRA DO BAIRRO (AVEIRO)

 

No próximo dia 17 de Julho, a partir das 16 horas, realizar-se-á uma manifestação contra uma tourada que decorrerá em Oliveira do Bairro (a vergonha do Norte de Portugal), por ocasião da ExpoBairrada.

 

TOURO TORTURADO.jpg

 

A manifestação está a ser organizada por um grupo de cidadãos que decidiu arregaçar mangas e mostrar que não concorda com estes eventos cruéis contra seres sencientes, indefesos, inocentes e inofensivos.

 

Todos têm o direito de se manifestar contra a crueldade, e quando vêem o dinheiro dos contribuintes a ser esbanjado neste tipo de eventos.

 

É chegado o tempo de unir esforços em prol de um mundo melhor. Se não concordam com estas práticas de tortura, adiram a esta manifestação, porque todos juntos faremos a diferença e é mais do que altura de acabar com esta prática primitiva e bárbara.

 

Se não puderem estar presentes, por favor, divulguem!

 

Neste link encontram todas as informações sobre esta manifestação:

 

https://www.facebook.com/events/1255088564531579/

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:47

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 16 de Agosto de 2014

A TOURADA EM VIANA DO CASTELO NÃO VAI REALIZAR-SE PORQUE NÃO CUMPRIRÁ TODOS OS REQUISITOS LEGAIS EXIGIDOS PELO REGULAMENTO TAUROMÁQUICO

 

Logo, o socialista José Maria Costa terá o dever de indeferir o pedido de licenciamento para esta selvajaria.

 

No Norte mandam os Nortenhos.

 

Em Viana do Castelo mandam os Vianenses.

 

Repudiamos os falsos vianenses.

 

Aqui fica o link para consulta do regulamento tauromáquico vigente:

 

https://dre.pt/pdf1sdip/2014/06/11100/0308003096.pdf

 

E agora digam-me se a tourada poderá ser licenciada sem se cometer uma violação da lei.

 

 

Este é o cartaz da selvática iniciativa, mandado elaborar pelos bárbaros do sul, e a frase que é obrigatória ler-se nele está praticamente invisível a olho nu.

 

E o que diz a frase (escrita no lado direito na vertical – quem a conseguir ler ganha um prémio)?

 

«Este espectáculo pode ferir a susceptibilidade dos espectadores».

 

Como????

 

Mas que estupidez é esta? Mais outra?

 

Isto é pornografia mental? Violência pura e dura?

 

E os espectadores que vão assistir a esta SELVAJARIA lá têm susceptibilidade para ser ferida?

 

Só os sádicos entram numa arena de tortura. Só os insensíveis. Só os inumanos. Só os psicopatas. Só os irracionais.

 

Que ferir susceptibilidade?

 

Quem tem susceptibilidade não vai a “isto”.

 

Eu nem acredito!

 

A que ponto chegou a alienação mental dos legisladores do meu País!

 

Esta obrigatoriedade é mais uma PARVOÍCE LEGAL para fazer de conta.

 

Francamente!

 

 Socorro! Lucidez! precisa-se urgentemente!

 

Tenham vergonha, senhores autarcas e governantes e políticos e legisladores de Portugal!

Tenham vergonha!

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:34

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 29 de Abril de 2014

ESTUDANTES EXIGEM EXTINÇÃO DA GARRAIADA ACADÉMICA NO PORTO

 

Novamente a peste negra a pairar sobre a Academia portuense

 

Não aprenderam nada os pseudo-estudantes do ensino superior?

 

E os autarcas da Póvoa de Varzim? Continuam primitivos e sanguinários?

 

Haja então alguém com inteligência… que impeça tal imbecilidade.

 

 

Um herói (o Touro) entre cobardes.

 

Origem da foto:

http://quasefotografia.blogspot.pt/2011/05/queima-dia-8-garraiada.html

 

Quatro associações de estudantes da Universidade do Porto estão contra a realização da garraiada académica. Como é já habitual, o evento praxista encerra a Queima das Fitas do Porto. Este ano, está marcado para o dia 11 de maio. 

 

Os estudantes do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) estão «veementemente contra a existência e realização da Garraiada Académica», que se realiza tradicionalmente no último dia da Queima das Fitas do Porto. 

 

A actividade praxista «não dignifica o estudante» e «vai contra as ideias de Ciência, tolerância, promoção da vida, abertura e progresso», defende Pedro Ribeirinho Soares, presidente da AEICBAS, em declarações ao Canal Superior.

 

Também as associações de estudantes das faculdades de Psicologia e de Ciências da Educação, de Direito e de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) subscrevem a posição tomada pela AEICBAS, ou seja, estão contra a realização da garraiada académica.

 

A posição, agora publicamente assumida, foi levada à Assembleia Geral da FAP, em Fevereiro, mas foi nessa altura reprovada pela maioria das associações presentes. Rúben Alves, presidente da FAP, sublinha o facto: «A maioria das associações presentes acabou por aprovar a realização da actividade e esse é o resultado da discussão tida em assembleia».

 

(ESTA MAIORIA É NITIDAMENTE RETRÓGRADA, PRIMITIVA E IGNORANTE POR OPÇÃO)

 

Ainda assim, as estruturas estudantis apoiantes da moção esperam «levar as associações que compõem a Federação Académica do Porto (FAP), a seguir o exemplo», explica Carlos Coelho, presidente da AEFCUP, ao Canal Superior. Por sua parte, Pedro Ribeirinho Soares garante que «outras associações de estudantes do país estão a fazer chegar a mesma opinião» junto da Federação Académica de Medicina Veterinária.

 

O presidente da AEICBAS defende ainda que a «própria relação entre a FAP e as entidades praxistas deve ser regulamentada e reflectida».

 

«É necessário que as actividades sejam para todos os estudantes, não existam estudantes excluídos», remata o estudante do ICBAS.

 

A Queima das Fitas do Porto arranca na próxima semana, a 4 de Maio.

 

Como é já habitual, a Garraiada Académica decorre no último dia do evento (11 de maio), na Praça de Touros da Póvoa do Varzim.

 

Fonte:

http://informacao.canalsuperior.pt/noticia/17706#anchor

 

A Póvoa de Varzim continua a ser uma cidade sanguinária e a grande vergonha do Norte.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:18

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 8 de Julho de 2013

A “Querida Júlia” perdeu o norte e o prestígio: em vez de evoluir regressou à Idade Média

 

Ó Senhora Doutora, o que foi fazer...

 

A SIC apimbalhou-se, e a Júlia Pinheiro não sabe o que é “tradição”, nem “património nacional”, nem “nobreza” nem “coragem»

 

Os forcados são os maiores cobardes da tourada, não pertencem a qualquer “tradição portuguesa”, nem têm honra, nem o mínimo brio viril…

 

Júlia Pinheiro, escusava de sujar o seu nome por tão pouco…

Isabel A. Ferreira

 

 

Legenda da imagem: «Ó o que eu fui dizer! Não estava em mim, com certeza!»

 

 

Por Prótouro

 

«Ai Júlia Quem a Viu e Quem a Vê

 

Júlia Pinheiro, directora de produção da SIC, afirmou ao Jornal de Notícias, a propósito do programa “Olé” e passamos a citar:

 

Este é um programa em que pretendemos homenagear uma tradição que é absolutamente única no mundo: os forcados. As pegas de caras são um património nacional importante. São de uma nobreza e de uma coragem extremas e representam a coragem no seu estado mais puro”.

 

Oh Julinha, o Sati (cerimonial da queima de uma viúva hindu (viva) junto ao corpo de seu falecido marido), também era uma tradição absolutamente única no mundo, será que a devemos homenagear?

 

Júlia, desde quando é que as pegas de caras são um património nacional? Já agora, só as de caras? Então e as de cernelha, de costas e de cadeira?

 

 Se a senhora não sabe, deveria saber que património nacional é tudo o que se relacione com arte e cultura, não com barbaridade e tortura. Nobreza! Coragem! Uns quantos energúmenos pegarem um touro exausto, sangrando abundantemente depois de ter sido enfraquecido por farpas e bandarilhas é nobre e corajoso?

 

Não, “querida”, ao que você chama nobreza e coragem, nós chamamos baixeza e cobardia.

 

Não se esqueça rica, que ao contrário das “celebridades” a quem a SIC paga para figurarem no programa, os animais, além de não serem pagos não pediram para estar nesse mesmo programa. O passar dos anos não lhe ensinou nada nem lhe deu mais sapiência, mas nós até entendemos porquê, porque o dinheiro e as supostas audiências falam mais alto. Na verdade, quando o dinheiro fala mais alto, muitas pessoas perdem a capacidade de discernir entre o que é moral e imoral.

 

Júlia, você até poderia ter sido uma brilhante jornalista, ao invés de ter escolhido o pior caminho, ou seja apresentar programas que mostram a podridão humana de certos seres que não hesitam em se ridicularizarem a si próprios por dinheiro.

 

Se esses seres, querem mostrar a sua podridão como uma forma de ganharem dinheiro, é um direito que lhes assiste. Se a SIC se aproveita disso, também é um direito que lhe assiste, mas daí a usarem e brutalizarem animais com o único objectivo de aumentar audiências, aí alto e pára o baile.

 

O programa e as suas declarações Julinha são a prova de que a SIC bateu no fundo.

 

Prótouro

 

Pelos touros em liberdade»

 

Fonte: http://protouro.wordpress.com/2013/07/08/ai-julia-quem-a-viu-e-quem-a-ve/

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:49

link do post | Comentar | Ver comentários (25) | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 21 de Junho de 2012

JÁ NÃO VAI HAVER TOURADA EM CHAVES

 

 

 

A famosa Ponte de Trajano, sobre o Rio Tâmega, é um monumento romano que ainda persiste, emprestando a Chaves uma atmosfera extremamente romântica...

 

Acabámos de saber que a tourada prevista para o mês de Julho, na cidade de Chaves, já não vai realizar-se.

 

Por que haveria uma terra, tranquila e bela, como Chaves, ir conspurcar-se com um espectáculo degradante, que só lhe traria má fama?

 

Felicitamos os responsáveis por esta atitude INTELIGENTE, que salvaguardou o prestígio que sempre teve a Aquæ Flaviæ, designação romana da actual cidade de Chaves, que teve uma importância relevante na província romana da Galécia. Foi centro administrativo de um vasto território que ia do Douro até às nascentes do Rio Tâmega, dominando a exploração de importantes jazidas de ouro.

 

A cidade terá sido fundada a partir de uma mansio (edifícios construídos à margem das estradas romanas para albergar os oficiais), da via XVII do Itinerário de Antonino e ligava Bracara Augusta (actual cidade de Braga) a Asturica Augusta, (actual Astorga) tendo-se desenvolvido em torno de um importante balneário termal e centro religioso dedicado às Ninfas.

 

Foram encontrados vestígios deste balneário termal, no Largo do Arrabalde, que, pela sua monumentalidade, demonstram a importância deste centro religioso e terapêutico, que terá persistido até aos finais do século IV d.C.

 

A famosa Ponte de Trajano, sobre o Rio Tâmega, é um monumento romano que ainda persiste, emprestando a Chaves uma atmosfera extremamente romântica.

 

Claramente, uma tourada realizada num lugar com uma História tão rica como Chaves possui, seria desonrar os antepassados, que tanto fizeram para que a cidade mantivesse o prestígio de outrora.

 

O povo do Norte NÃO QUER ser invadido por rituais primitivos, programados por gente inculta, que como está a perder terreno no Sul, anda a “esticar-se” por terras nortenhas, numa tentativa de introduzir o TAURICÍDIO, onde ele não tem o mínimo cabimento.

 

CHAVES poderá, deste modo, continuar a ser uma cidade límpida e bela como sempre foi, erguida nas margens do Rio Tâmega, onde correm águas tranquilas...

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:17

link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Março 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

CANCELADAS TOURADAS EM BA...

MANIFESTAÇÃO ANTI-TOURADA...

A TOURADA EM VIANA DO CAS...

ESTUDANTES EXIGEM EXTINÇÃ...

A “Querida Júlia” perdeu ...

JÁ NÃO VAI HAVER TOURADA ...

Arquivos

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt