Sábado, 18 de Maio de 2019

GARRAIADA DA ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE VISEU FOI CANCELADA

 

Num edital publicado no dia 9 de Maio, a Escola Superior Agrária de Viseu (ESAV) informou que a edição da garraiada deste ano não vai ser realizada «devido ao parecer negativo» que o evento recebeu «por parte da direcção» que alega «não estarem reunidas as condições de segurança necessárias para a realização» da garraiada.

O facto é que esta prática troglodita não se harmoniza com a “superioridade” que o nome da escola pressupõe, e sendo uma escola agrária, devem saber que os bovinos, usados e abusados nas garraiadas, não nasceram para servir de brinquedo a matulões que não evoluíram.

Sendo assim, está de parabéns a ESAV, e esperamos que continue a merecer o aplauso do mundo civilizado, per omnia saecula saeculorum

 

safe_image.jpg

Fonte da notícia e da imagem:

https://www.facebook.com/PANpartido/posts/2322205721173843

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:18

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 25 de Maio de 2016

HOJE É DIA DE PONTE DE LIMA MOSTRAR AO MUNDO O SEU ATRASO CIVILIZACIONAL COM A “VACA DAS CORDAS”

 

Hoje é dia dos limianos incultos (porque os há cultos) mostrarem ao mundo o seu monumental atraso civilizacional, com o aval da igreja católica portuguesa, ao celebrarem o Dia do Corpo de Deus, com uma prática, das mais estúpidas (porque as há mais cruéis) que existem no rol da selvajaria tauromáquica.


Deus não deve gostar que celebrem o seu CORPO deste modo tão vil. Eu, se fosse Deus, não gostaria.

 

Um bando de alcoólicos tortura um Touro que levou com uma garrafa de vinho na cabeça, AMARRADO a uma corda, pelas ruas da vila, constituindo a chacota do mundo civilizado.

 

VACA DAS CORDAS.png

 

Um touro com 450 quilos de peso chegou terça-feira a Ponte de Lima, para servir de diversão a um bando de bêbados, numa prática medieval, primitiva e muito estúpida, a que chamam “Vaca das Cordas’, para celebrarem, com o aval da igreja católica, o Santo Corpo de Deus, como se Deus aceitasse tal oferta pagã e parva.

 

Segundo o presidente da associação “Amigos da Vaca das Cordas”, Aníbal Varela, que há 35 anos organiza este ritual do tempo das trevas, o Bovino veio de uma ganadaria de Montemor-o-Velho, no distrito de Coimbra, sabe-se lá em que condições, para depois servir de diversão aos bugres.

 

O ritual macabro da ‘Vaca das Cordas’ obriga a que o desafortunado Touro saia para a rua conduzido por cerca de dezena e meia de pessoas já bastante bebidas, preso por duas cordas, e com os cornos embolados, levado até à Igreja Matriz, onde é preso à janela de ferro da Torre dos Sinos, com este detalhe patético conforme o grosseiro costume local: sendo-lhe dado um banho de vinho tinto da região “lombo abaixo, para retemperar forças”, diz o Aníbal.

E o "lombo abaixo" significa quebrar-lhe a garrafa na cabeça.
Quanta boçalidade!

 

Depois, dá três voltas à igreja, sempre com percalços e muitos trambolhões à mistura dos populares que ousam enfrentá-lo, após o que é levado para o extenso areal da vila, dando lugar a peripécias, com corridas, sustos, nódoas negras e trambolhões e até pegas de caras amadoras, tudo muito regado a vinho, cerveja e outras bebidas que tais, num ritual bem à moda dos ignorantes medievais, que junta um povo muito primitivo, que sobrevive ao redor de Ponte de Lima, e tem nisto o ponto alto das suas vidas.

 

A igreja católica abençoa e os governantes apoiam, sem saberem o que fazem, e a má fama que trazem a Ponte de Lima, uma vila onde o atraso civilizacional sai à rua neste dia.

 

Misturado com esta selvajaria, onde um pobre animal indefeso é usado e abusado como se fosse uma marioneta, não se tendo em conta que é um SER VIVO, retirado do seu habitat natural, animal como todos os animais que o atormentam pelas ruas, e já madrugada dentro, nas ruas do Centro Histórico faz-se tapetes floridos, por onde irá passar a procissão do Corpo de Deus, num acto altamente sacrílego, que a igreja católica consente.

 

E nisto consiste esta diversão de criaturas que pararam no tempo, recusando-se determinantemente a evoluir.

 

Hoje, Ponte de Lima é o caixote de lixo dos bugres.

 

Fonte:

http://bomdia.eu/hoje-e-dia-de-vaca-das-cordas/

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:46

link do post | Comentar | Ver comentários (41) | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 25 de Maio de 2015

GARRAIADA ACADÉMICA É SINÓNIMO DE CRUELDADE ANIMAL

 

As garraiadas são um jogo de crueldade e tortura contra bovinos bebés, em arenas, praticado por alguns “estudantes”. Isto também é a promoção de touradas, uma das mais cruéis práticas contra animais!

***

Estes “estudantes” não são estudantes. São simplesmente lacaios da incultura e do atraso civilizacional que ainda impera em Portugal.

Estes “estudantes” são um bando de cobardes que torturam, por prazer, indefesos seres vivos.

O mundo civilizado abomina esta prática dos broncos que já nasceram velhos e incapacitados para evoluírem.

 

 

***

The Apology Song - Anti Bullfighting (Legendado)

(Uma bela melodia onde se faz a apologia contra a tourada)

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:38

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 27 de Março de 2015

NESTA IMAGEM ESTÁ BEM PATENTE A CRUELDADE DOS QUE SE DIZEM OS “MELHORES AMIGOS” DO TOURO, UM ANIMAL SENCIENTE

 

 

Se isto é ser o “melhor amigo”, o que não seria se fossem os piores…

 

Quando por todo o mundo civilizado se sabe que a tauromaquia é a "arte" dos imbecis! É o divertimento dos broncos que já nasceram velhos, estagnados no passado, e ignoram, por completo, que o mundo evoluiu.

 

E os governantes, que compactuam com esta miséria moral e intelectual, não são melhores do que os “melhores amigos” dos Touros.

 

11046439_841145639289554_208854043898053368_n TOUR

Esta é a “arte” dos imbecis, a “tradição” dos broncos, a “identidade cultural” dos incultos… a realidade macabra que uma minoria insciente não consegue ver devido a uma cegueira mental  atávica

 

Fonte:

https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2015/03/26/uma-imagem-que-vale-por-mil-palavras/comment-page-1/#comment-234

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:27

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 1 de Junho de 2014

CARTA ABERTA AO SENHOR DOUTOR RICARDO RIO, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE BRAGA

 

Li, mas não acreditei.

Li e pasmei!

 

Braga quer retroceder no tempo e mergulhar nas trevas mais negras, recuperando o costume bárbaro da “corrida do porco preto”, pelas mãos de um tal Rui Ferreira, novo responsável máximo pelas festas do São João de Braga?

 

 

Exmo. Sr. Doutor Ricardo Rio,

 

Isto é verdade?

 

Recuperar antigas tradições das festas de São João em Braga é uma garantia deixada pelo novo responsável desta festividade, uma escolha de V. Exa., já aprovada em reunião do executivo?

Não tenho nada contra o cidadão Rui Ferreira, nem contra tradições culturais de qualidade.

 

Contudo, considero uma autêntica aberração a escolha do costume bárbaro (que de tradição nada tem) que esse cidadão quer introduzir nos festejos de São João de Braga, que eram limpos, e a ser verdade esta insólita iniciativa, passam a ser sórdidos.

 

Uma corrida de porco preto? Nos tempos que correm? Quando o mundo civilizado está a tentar fazer evoluir as terrinhas com um atraso civilizacional, devido a este tipo de iniciativas, que as colocam paradas num passado longínquo, onde proliferava a ignorância e um povo pacóvio?

 

É isso que V. Exa quer para Braga que, pensava eu, já tinha evoluído?

 

O tal cidadão Rui Ferreira não tem a mínima culpa de pretender desenterrar mortos putrefactos e tentar ressuscitá-los numa cidade, enfim, que já ganhou algum estatuto de qualidade, e que o perderá imediatamente, logo que esta barbárie, que ele considera algo verdadeiramente “minhoto”, seja recuperada.

 

A culpa será das autoridades que permitirem tal idiotice.


Numa altura em que os maus tratos aos Animais estão a ser veementemente  contestados em todo o mundo civilizado, este cidadão quer fazer corridas de porcos?

 

Saberá esse Rui Ferreira que o porco não é um alho-porro?

 

E se esse costume bárbaro estava enterrado, por algum motivo foi.

 

Não queira o município de Braga regredir…  

 

Tudo menos exploração de animais, Senhor Doutor Ricardo Rio.

 

Por isso, é muito humildemente,  que solicito a V. Exa. que não permita que a cidade de Braga (que eu tinha no coração) se conspurque e perca a sua dignidade de cidade limpa, com esse costume primitivo da corrida do porco preto, sem o mínimo interesse para a cultura de qualidade, que todos nós queremos para a cidade de Braga.

 

Até porque o Porco é um animal muito inteligente e bastante meigo, e quando é criado com carinho ele comporta-se quase como um cãozinho, seguindo os nossos passos e reconhecendo as pessoas que com ele vivem. (Falo com conhecimento de causa).

 

Esperando que V. Exa. reconsidere este meu apelo (que, afinal,  é o apelo de milhares de portugueses), apresento os meus melhores cumprimentos,

Isabel A. Ferreira
 
 
publicado por Isabel A. Ferreira às 16:51

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 4 de Fevereiro de 2014

A JUVENTUDE TAURINA PORTUGUESA DESCONHECE O CONCEITO DE LIBERDADE E DE DEMOCRACIA, O QUE É ADMISSÍVEL, DADA A POUCA OU NENHUMA FORMAÇÃO QUE RECEBEM

 

Partilho esta imagem e vou esmiuçar o seu conteúdo, porque na página do Facebook, de onde a retirei, havia uma única permissão: partilhar.

 

Juventude taurina portuguesa, é da boa prática, do bom senso e da inteligência, antes de abordar qualquer assunto, ter a certeza de que se domina esse assunto.

 

«Não concordas com as touradas…»

 

Já aqui se disse ene vezes que as touradas não são uma questão de concordar ou de gostar, mas sim uma questão de atitude ou prática reprovável aos olhos da razão, da lógica, da ética, da evolução, da inteligência, da compaixão, do saber partilhar, da sensibilidade e do bom senso.

 

Nenhum ser humano dotado do mínimo destes predicados, que acabei de mencionar, aceita a tourada como algo praticável em tempo algum, muito menos nos tempos que correm, que apesar de conturbados, já deixaram as trevas mofosas medievais e são iluminados por uma outra maneira de ver o mundo, mais condizente com a racionalidade humana.

 

«… respeita a LIBERDADE dos outros».

 

Liberdade… saberá a juventude taurina portuguesa o que é Liberdade?

 

Não! Não sabe. Confunde Liberdade com libertinagem.

 

A Liberdade implica o respeito pela vida do outro, seja qual for esse outro. A Liberdade de alguém acaba onde começa a liberdade do outro. Na condição de Liberdade não cabe a tortura.

 

Ora os que realizam o ignóbil costume de torturar seres vivos, para divertimento e ganhar dinheiro, não estão a respeitar a liberdade e a vida que todos os seres vivos têm,  e o seu direito de viver em liberdade, tranquilamente.

 

O que a juventude taurina portuguesa quis dizer foi «…respeitem a libertinagem dos outros» (ou seja deles mesmos).

 

E isso e impraticável. Impossível, em Democracia.

 

A libertinagem é perversão. Envilecimento. Expressa, entre outras, a vil prática da tortura. E essa vil prática da tortura não cabe numa sociedade civilizada. Numa Democracia.

 

«Não temos de estar todos de acordo».

 

Pois não. Lá isso é verdade. Só que neste caso, como não se trata de ideias, ou de opiniões, ou de pensamentos, mas sim de um acto de tortura, censurável em todos os cantos e recantos do mundo civilizado, as coisas não são tão lineares assim.

 

Ninguém, em seu juízo perfeito, poderá estar de acordo com a tortura.

 

Imaginemos que um jovem taurino fosse apanhado por um psicopata que gostasse de ver sofrer o outro, e de lhe dar facadas e de ver jorrar sangue e delirar com o estrebuchar de um moribundo… Isto é tortura.

 

Pela vossa lógica, teríamos de aplaudir, de respeitar a liberdade deste psicopata… Não é assim?

 

Pois... «Esta é uma dádiva da Democracia».

 

Só que a Democracia implica o respeito pela vida, seja de que ser vivo for. E isto é que é a verdadeira dádiva da Democracia.

 

E se não há respeito pela Vida, não há Democracia. Quando muito haverá nazismo.

 

«Partilho isto porque defendo a liberdade».

 

Não! A juventude taurina portuguesa não defende a Liberdade.

 

A juventude taurina portuguesa (uma vergonhosa minoria entre a verdadeira juventude portuguesa) defende a tortura, a psicopatia, o nazismo, tudo o que contradiz a Democracia e a sua dádiva: a Liberdade.

 

Estudem e reflictam antes de tornar pública qualquer coisa que vos venha à cabeça.

 

Não vos fica nada bem.


 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:46

link do post | Comentar | Ver comentários (7) | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 30 de Dezembro de 2013

VAMOS DIZER À UNIÃO EUROPEIA QUE OS EUROPEUS CIVILIZADOS NÃO QUEREM MAIS DINHEIROS PÚBLICOS A SUBSIDIAR TOURADAS

 

(Se não conseguirem entender a letra da canção do vídeo, as imagens dizem tudo)

 

BASTA!

 

O MUNDO CIVILIZADO ESTÁ FARTO DE GOVERNANTES IGNORANTES E DE BÁRBAROS PSICOPATAS

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:33

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 12 de Setembro de 2013

EL TORO DE LA VEGA ES LA VERGÜENZA DE ESPAÑA Y DE LA HUMANIDAD

 

Esta es la idea sobre el valor que tienen en Tordesillas. Un energúmeno mofándose de un toro tumbado y agonizando. Así se expresan en esta web partidaria del torneo del Toro de la Vega. Que cada cual saque sus propias conclusiones.

 
 

 

La imagen de un cobarde

 

***

Es fácil ser un valeroso lancero de Tordesillas. Acosando, torturando y asesinando a una joven criatura.

 La imagen es de un tentadero de acoso. Práctica habitual en las ganaderías españolas.   

 

 

Tres bestias  irracionales torturando a un pequeño ser más racional que sus carrascos.

 

***

Os dejamos el elenco de catedráticos que han firmado el apoyo al toro de la vega. También podéis ver el manifiesto que han firmado defendiendo la tortura y muerte del más débil.

Este sábado 14/09 tienes la oportunidad de dejar claro a esta gente que la barbarie no merece ningún respeto.

MIGUEL ÁNGEL QUINTANA PAZ (Universidad Europea Miguel de Cervantes – España);

JAVIER HERNANZ PILAR (Universidad de Valladolid España);

JESÚS GONZÁLEZ REQUENA (Universidad Complutense de Madrid- España);

LUÍS CAPUCHA (Instituto Universitário de Lisboa - ISCTE-IUL- Portugal);

JULIO. CESAR GOVES NARVÁEZ (Universidad Nacional de Colombia- Bogotá- Colombia);

GABRIEL ARTURO CASTRO Universidad del Tolima, Ibagué – Colombia);

AMAYA ORTIZ DE ZÁRATE (Universidad Complutense de Madrid-España);

LORENZO J. TORRES HORTELANO (Universidad Rey Juan Carlos-España);

TECLA GONZÁLEZ HORTIGÜELA (Universidad de Valladolid-España);

BASILIO CASANOVA VARELA (Universidad Complutense de Madrid- España);

LUIS MARTIN ARIAS (Universidad de Valladolid-España)

 

 

 Manifiesto universitario pro Toro Vega – Una demonstración de una grande ignorancia, escasez de inteligencia y un carácter débil, inmoralidades que estos universitarios heredaran de sus primitivos antepasados, y la universidad no hace milagros.

 

http://bousalcarrer.com/?p=3338

 

***

Ahí están los valientes de Tordesillas. Ocultando la desgracia. Tapando lo pútrido de sus almas.

 Mientras su víctima agoniza la esconden, pues no contentos con cercenar su vida, le arrancan los testículos como trofeo, mientras el animal agoniza.

 Estos son los valores altos y virtuosos de Tordesillas y el festejo del Toro de la Vega.

                       

 

Fonte:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=715278805152859&set=a.481009175246491.124320.477602222253853&type=1&theater

 

***

Por todo esto, el mundo civilizado tiene el DEBER de EXIGIR la PROHIBICIÓN del Toro de La Vega

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:57

link do post | Comentar | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 11 de Setembro de 2013

NO, AL TORO DE LA VEGA (TORDESILLAS)

 

Este torneo es cruel, primitivo y ejecutado por ogros qué no han salido de la Edad Media.

 
 
 

 

 

  

El Torneo del Toro de la Vega se celebra todos los años en la localidad de Tordesillas (Valladolid), una tierra de ogros.

 

Este torneo declarado de Interés Turístico Regional (una aberración gubernamental), viene celebrándose desde hace siglos y es considerado como uno de los rituales taurinos más antiguos y únicos de España, un ritual de gentío primitivo que non han salido de las covachas.

 

La primera referencia escrita a los festejos taurinos en la Vega aparece hacia el año 1534 en el libro de la Cofradía del Santísimo Sacramento de Santiago Apóstol de Tordesillas, una prueba de que la iglesia española también es primitiva y cruel, como siempre fue.

 

Este torneo es el horror de España y debe ser extinguido pronto.

 

Muera Tordesillas y su torneo de La Vega

 

Este es el grito de todo el mundo civilizado.

 

***

 

 CUATRO OGROS QUE NO SABEN LO QUE DICEN

 

NECESITAN DE INTERNAMIENTO PSIQUIÁTRICO

 

Ver aquí:

 

http://bousalcarrer.com/?p=3338

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:28

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 18 de Julho de 2013

OLIVEIRA DO BAIRRO QUER FICAR PARA A HISTÓRIA COMO UMA LOCALIDADE QUE EM 2013 (ANO DA ABOLIÇÃO DAS TOURADAS) APOIOU A TORTURA DE BOVINOS?

 

Não posso acreditar, e de certeza que este cartaz é falso

 

 

Exmo. Senhor Presidente da Câmara de Oliveira do Bairro, Sr. Mário João Oliveira

 

Exmo. Senhor Vice-Presidente, Sr. Joaquim Manuel Santos Alves de Jesus

 

Exmo. Senhor Presidente da Assembleia Municipal, Sr. Manuel Nunes Simões dos Santos

 

Tive conhecimento da realização de uma tourada inserida na FIACOBA 2013.

 

Será verdade?  

 

Quando o mundo civilizado sabe que a tauromaquia é uma prática cruel e obsoleta, que goza de um incompreensível regime de excepção na legislação portuguesa, dado que permite, em escandalosa contradição com a restante legislação que regula o bem-estar animal, a inflicção sistemática de sofrimento a bovinos, antes, durante e depois do espectáculo - apesar de rodeada de um ambiente de suposta festa, o que para algumas pessoas tende a fazer desvalorizar ou negar esse sofrimento…?

 

Quando o mundo civilizado sabe que com origem em tempos passados, e entretanto proibida em Portugal, a tauromaquia não tem lugar numa sociedade que se quer evoluída e civilizada e só subsiste ainda à custa de múltiplas formas de subsídios públicos, o que, sobretudo em tempos de crise económica, é particularmente revoltante e insultuoso…?

 

Quando o mundo civilizado sabe que a oposição à tauromaquia e outras práticas em que se inflige sofrimento inútil a animais sencientes baseia-se também no aviltamento e degradação do próprio Homem, já que cria insensibilidade perante o sofrimento de outrem…?

 

Quando o mundo civilizado sabe que o percurso evolutivo da humanidade mostra-nos que costumes que trazem consigo sofrimento inútil devem ser abolidos, enquanto se mantém e enaltecem costumes positivos que enobrecem e orgulham um povo…?

 

Quando o mundo civilizado sabe que foi assim que ficaram enterrados nas páginas mais negras da história da humanidade costumes e actividades como os circos romanos, as execuções públicas e a escravatura, entre outras aberrações impostas pelos ditos humanos…?

 

Quando o mundo civilizado sabe que existem inúmeras formas de entretenimento saudável e a prová-lo está o extenso programa da FIACOBA 2013, do qual, a ser verdade, venho sugerir seja excluída a tourada, e que não voltem a incluir em edições futuras ou de outros eventos a realizar em Oliveira do Bairro, todos os outros costumes bárbaros ligados à tauromaquia, para que esse município não passe a figurar no rol das terras incultas do meu país…

 

Como não acredito que esta iniciativa, que o cartaz aponta para o dia 21 de Julho, seja verdade, quero crer que V. Exas. têm como objectivo zelar pelo desenvolvimento saudável do concelho, fazendo de Oliveira do Bairro uma localidade na vanguarda da evolução, oferecendo aos munícipes e visitantes eventos e actividades condizentes com a evolução e o progresso, portanto este cartaz só pode ser falso e a inclusão da tourada um erro crasso.

 

E se acaso, não for falso, sendo V. Exas. pessoas bem formadas, inteligentes, lúcidas, civilizadas e cultas naturalmente que excluirão da FIACOBA 2013 uma prática de tão baixo nível cultural, que só trará desprestígio ao município.

 

Com os meus melhores cumprimentos,  

 

Isabel A. Ferreira

 

Fonte:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=573033009413854&set=a.182419525141873.56304.182378538479305&type=1&theater

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:29

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

GARRAIADA DA ESCOLA SUPER...

HOJE É DIA DE PONTE DE LI...

GARRAIADA ACADÉMICA É SIN...

NESTA IMAGEM ESTÁ BEM PAT...

CARTA ABERTA AO SENHOR DO...

A JUVENTUDE TAURINA PORTU...

VAMOS DIZER À UNIÃO EUROP...

EL TORO DE LA VEGA ES LA ...

NO, AL TORO DE LA VEGA (T...

OLIVEIRA DO BAIRRO QUER F...

Arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt