Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2019

«HOMEM MORRE DEPOIS DE ENTRAR EM JAULA DE LEÕES NUM JARDIM ZOOLÓGICO DA ÍNDIA»

 

Um homem morreu após ser atacado por leões quando saltou o muro de um jardim zoológico e entrou na jaula dos animais, no norte da Índia, informaram hoje as autoridades indianas.

Não foi o leão que atacou o homem, foi o homem que atacou o leão, ao entrar na JAULA (os leões NÃO estavam no seu HABITAT). O leão limitou-se a defender-se de uma "raça" que o enjaula, portanto, é um INIMIGO a abater.

Eu fazia o mesmo, se fosse leão.

Estes "homens" acham que isto é uma coisa normal: enjaular leões num zoológico, ainda que seja uma espécie em extinção (precisamente por causa do "homem"). E depois queixam-se.

 Mas os leões são os únicos que têm o direito e motivos para se queixarem...

 

LEÃO.jpgEPA/NEIL HALL

 

«No domingo, o homem escalou um muro de seis metros e entrou na área restrita, onde se encontravam quatro leões do Jardim Zoológico de Chhatbir, no estado de Punjab.

 

De acordo com o jornal Hindustan Times, o homem foi avistado pelas equipas de patrulha quando estava a escalar o muro, tendo estas advertido o sujeito para não entrar para dentro do jardim zoológico. Este terá ignorado o aviso, aterrando na jaula dos leões.

 

Segundo Kuldeep Kumar, chefe do departamento de vida selvagem do Punjab, o alerta foi dado seis minutos depois do (depois de o) homem entrar, mas não terá sido a tempo. Ao entrar na jaula, o homem foi imediatamente avistado por dois dos quatro leões - um leão e uma leoa - que se encontram nesta secção do parque, apenas acessível aos visitantes através de viagens de autocarro.

 

Kumar, um especialista em vida selvagem, explicou ao diário indiano que estes dois estavam fora dos seus abrigos para os turistas poderem vê-los e que, dada a "natureza curiosa das leoas", a espécimen fêmea, chamada "Shilpa", "viu algo cair de uma grande altura no seu território". Reagindo imediatamente, a leoa "viu uma presa e atacou o homem, visando o seu pescoço e arrastando-o" para junto do leão, que se junto no ataque.

 

Este ataque, que durou 10 minutos, deu-se em frente a vários dos visitantes do jardim zoológico, antes de uma equipa de resposta afastar os animais. A vítima foi levada para um hospital, mas foi declarada morta à chegada. Por enquanto as autoridades não conseguiram entrar em contato (em PORTUGUÊS, contaCto) com a sua família, já que o homem não possuia (possuía, em PORTUGUÊS) documentos de identificação.

 

A segurança deste jardim zoológico tem sido colocada sob escrutínio, principalmente depois do (depois de o) jornal Times of Índia demonstrar que existem várias falhas ao longo da vedação que permitem que alguém entre dentro das áreas dos animais. As autoridades já aumentaram os avisos de perigo e recomendaram aos visitantes que sempre estejam acompanhados de um guia.

 

A jaula dos leões do Jardim Zoológico de Chhatbir encontra-se, para já, fechada a termo indefinido.

 

O leão asiático que atacou o homem é uma espécie em risco de extinção. Já só existem cerca de 500 espécimens (em PORTUGUÊS, espécimes) na natureza, e todos vivem no Parque Nacional de Gir, considerado um santuário de vida animal, localizado no oeste da Índia, no estado de Gujarat.

 

Fonte a Notícia:

https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/homem-morre-depois-de-entrar-em-jaula-de-leoes-num-jardim-zoologico-da-india

 

Nota: já farta de ver a Língua Portuguesa ser maltratada em PORTUGAL, ousei fazer as devidas correCções a este texto.

 

Isael A. Ferreira

 

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:12

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 27 de Julho de 2015

SÓ UM CAÇADOR PODERIA TER ASSASSINADO O LEÃO CECIL

 

 

E não me venham dizer que foi um caçador “ilegal”.

 

Nenhum ser racional mata por desporto.

 

Todos os caçadores são predadores com instintos cruéis e primitivos.

 

 

Este era CECIL, o magnífico Leão do Zimbabué, amado por tantos e odiado pelos caçadores.

 

Não me surpreende que tenha sido um caçador americano, a assassiná-lo cobardemente.

 

CECIL não merecia morrer, deste modo hediondo.

 

Morrer merece quem matou CECIL, e esperemos que seja apanhado e severamente punido.

 

Um dia, os caçadores serão caçados, porque a Lei do Retorno é infalível e implacável.

 

Esta raça ignóbil dos caçadores já deveria estar extinta, desde que o homem se tornou sedentário, mas o mundo dos animais ditos humanos não é perfeito…

 

Apenas o mundo dos animais ditos não humanos segue a Lei Natural.

 

Que a morte de CECIL não tenha sido em vão.

***

Assinem a petição para que Walter James Palmer, o dentista norte-americano que matou o leão Cecil, possa ser julgado e condenado

http://animalpetitions.org/115193/punish-hunter-who-illegally-murdered-cecil-the-lion/?utm_source=Animal+Petitions

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:51

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 1 de Abril de 2013

PRÓTOIRO NO SEU PIOR: «UM POR TODOS E TODOS POR UM…»

 

Vejam o que eles consideram “amizade” e “camaradagem”


 

 

E o que vemos nós aqui? Um bando de covardes contra um inocente, debilitado e indefeso tourinho.

 

Além de grandes covardes, os conceitos deles são nivelados pelo que de mais baixo existe à face do planeta Terra.

 

Valentia, mas valentia a sério, era ver esta espécie de “homens” numa arena a enfrentar o maior leão da selva esfomeado.

 

Isso é que demonstrava a valentia deste grupelho.

 

Agora, tantos, para um só tourinho fragilizado?

 

Tenham vergonha nessas caras!|

 

Vão brincar com carrinhos e bolinhas de sabão.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:42

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Posts recentes

«HOMEM MORRE DEPOIS DE EN...

SÓ UM CAÇADOR PODERIA TER...

PRÓTOIRO NO SEU PIOR: «UM...

Arquivos

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt