Quinta-feira, 13 de Junho de 2013

Luta de animais e "prática da Idade Média" – E a tourada não será, matador Vítor Mendes?

 

A propósito do despropósito do torcionário João Moura Jr., em relação ao Bull Baiting, o Correio da Manhã ouviu as declarações do matador Vítor Mendes e do torcionário Joaquim Bastinhas.

 

 

João Moura Jr. – um covarde, metido a valente, diante de um Touro já ferido de morte…  

 

«Mendes e Bastinhascondenam atitude mas realçam que é acto único»  

 

1 - «O matador Vítor Mendes condena as acções do seu colega de profissão, tanto o facto de "ter atiçado animais uns contra os outros, como ir depois publicar as imagens na Internet".

 

Identificando-se "como toureiro profissional e criador de animais", Mendes considera que o caso em questão "é uma prática da Idade Média que não tem qualquer razão de ser".

 

- O matador Vítor Mendes não tem qualquer moral para criticar o Júnior naquilo que este fez de “medieval”, pois se o matador Vítor Mendes também é mais do que medieval, é primitivo, nas suas práticas tauromáquicas.

 

2 - No entanto, o cavaleiro rejeita qualquer tentativa de generalização ou críticas que possam ser dirigidas à sua classe, alertando para que o que está em causa nesta situação "não é a Tauromaquia nem a arte de tourear. Isto é o acto de um único indivíduo e não se pode conjugar uma coisa com a outra", concluiu.

 

- Pois também aqui se engana o matador Vítor Mendes. O que está aqui em causa é uma das desprezíveis variantes da tauromaquia (luta com touros), sejam com animais não-humanos ou humanos. (É só procurar na Internet. Está lá tudo sobre a modalidade). O que interessa aqui é a TORTURA a que se submete o Touro, para gozo de psicopatas e divertimento de sádicos.

 

Além disso, este não será um “acto de um único indivíduo”. Quantos mais, às escondidas, praticam o Bull Baiting, por este Portugal fora? O acto único foi o facto de o Mourinha ter colocado as fotos no Facebook. Por isso, os tauricidas não lhe perdoam. Era algo que mantinham entre paredes. Não era para se saber. Mas sabia-se. Só que não havia provas. E o João Moura Jr. forneceu-as ao mundo.

 

Um tauricida que é capaz de esburacar um Touro por prazer, será capaz de o dar às dentadas de cães treinados para morder.

 

Como isto é crime, esperamos que a justiça funcione, desta vez.
 

Joaquim Bastinhas, que não tinha tido conhecimento do ocorrido até o CM ter procurado uma reacção do cavaleiro, revelou que "caso seja verdade, é lamentável um comportamento destes que nada tem a ver com os toureiros".

 

Bastinhas afirmou conhecer Moura Jr: "Até já estive em casa dele, e pelo que vi custa-me a acreditar numa coisa destas", diz, reforçando a ideia de não saber de nada nem ter visto ainda qualquer imagem do sucedido.

 

- Joaquim Bastinhas, não seja cínico. Logo que começámos a publicar as fotos do CRIME qual o torcionário que não tratou de saber dos pormenores? Além disso, não lamenta nada, porque esburaca Touros, e mais mordidela, menos mordidela numa vaca, que diferença faz a um tauricida?

 

E é óbvio, que o Bull Baiting tem a ver com toureiros, se são os toureiros que gostam de torturar Touros!

 

O quase desaparecimento do mundo virtual

 

Apesar de manter activa a sua conta do Twitter, sem qualquer actividade durante esta quarta-feira, João Moura Jr. suspendeu entretanto a página do Facebook onde publicou as imagens polémicas. Durante todo o dia, o jovem cavaleiro manteve-se incontactável.

 

O seu agente, que na terça-feira referiu sobre o caso "os cães estão a ladrar para assustar a vaca", disse ao CM que já não trata de nenhum assunto relacionado com João Moura Jr., excepto as corridas em que o cavaleiro participa.»

 

- Pois é bom que João Moura Jr. se tranque a quatro portas e não apareça tão cedo em lado nenhum. E o seu agente, coitado, faria melhor ter ficado calado e não pretender fazer de parvos os leitores, porque as imagens do Bull Baiting do Mourinha falam por si. Os cães só estão a ladrar… Sim! Nós até conseguimos ouvir os latidos dos cães, mas mais os berros da desventurada vaca a ser mordida por todos os lados.

 

Tenham vergonha e remetam-se ao silêncio.

 

Jamais conseguirão tapar o Sol com uma peneira. Jamais!

 

Fonte:

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/sociedade/luta-de-animais-e-pratica-da-idade-media#comentarios

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:24

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 12 de Junho de 2013

As desculpas esfarrapadas do torcionário João Moura Jr. que acha o somos todos muito parvos

 
 

 

Saiu na página da prótoiro, com o seguinte recado:

 

«Aqui deixamos o pedido de desculpas e uma imagem, que nos acabou de chegar da parte de João Moura Jr., acerca das fotografias que, apesar de nada terem que ver com tauromaquia, indignaram todos os aficionados

 

É preciso não ter carácter nem ser homem para apresentar estas desculpas onde se vislumbra uma culpa maior: a de ter tirado fotografias em vez de socorrer a vaca. E depois ter o desplante de as publicar.

 

Acidente? Certamente não! Isto foi um atentado à vida e à dignidade da desventurada vaquinha.Uma luta real.

 

E dizer que isto não tem nada a ver com tauromaquia demonstra muita ignorância.

 

Tauromaquia significa luta com touros. A semelhança das imagens não é coincidência

 

 

(Imagem de Jay Nandy)

 

Esclarecimento de João Moura Jr. relativo à publicação de fotografias retiradas do seu Facebook.

 

«Foram retiradas ontem, da minha página pessoal do Facebook, uma série de fotografias envolvendo alguns dos meus cães e uma vaca.

 

Tais fotografias geraram grande desconforto e mal-estar entre aficionados e não aficionados, pelo que me sinto na obrigação de dizer o seguinte:

 

As fotografias foram tiradas há mais de dois anos e desde então que constavam da minha página do Facebook. Tratou-se de uma situação isolada quando os cães entraram inadvertidamente no recinto onde estava a vaca, não se tratando de nenhuma luta de animais.

 

Lamento profundamente que esta situação tenha acontecido e reconheço que cometi um erro crasso ao divulgar tais fotografias. Mas, sobretudo, lamento não ter conseguido evitar que tal acontecesse.

 

Tenho perfeita consciência da gravidade desta situação e do choque que tais imagens causaram. Sei que envergonhei todos aqueles que me acompanham e que o meu comportamento não honrou a minha profissão e o respeito pelos animais que esta exige.

 

Estas imagens retratam um acontecimento isolado e não traduzem a minha postura, o meu comportamento e a minha dedicação aos animais, com os quais convivo diariamente.

 

Peço a todos as mais sinceras desculpas e dou a minha palavra em como situações como estas não se voltarão a repetir.

 

João Moura Jr

 

***

O erro crasso cometido pelo torcionário João Moura Jr. não foi divulgar as fotografias. O erro crasso foi TIRÁ-LAS (afinal se os cães entraram no recinto INADVERTIDAMENTE estavam a atacar e a ferir a vaca, e esta devia ser SOCORRIDA, NÃO FOTOGRAFADA, em todos os ângulos, e mais um.

 

Até para pedir desculpas é preciso ter talento.

 

E este "mourinha" é um verdadeiro NADA.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 20:05

link do post | Comentar | Ver comentários (10) | Adicionar aos favoritos

Tenho de explicar aos amigos do torcionário João Moura Jr. uma questão, como se eles fossem muito pancos das ideias

 
 
 
 
 
Joao Pimentel disse sobre ISTO ESTARÁ A ACONTECER EM PORTUGAL? na Quarta-feira, 12 de Junho de 2013 às 14:14:

 

«porque é que as fotos publicadas no correio da manhã não tem qualquer identificação e as publicadas no seu blog tem? porque é que as fotos do forum bulgaro são iguais às publicadas no seu forum , só que tem o nome por cima ? a Srª é contra , ja percebi, eu também naõ sou a favor, mas ao ser CONTRA há que ser como deve de ser , com provas verdadeiras e não inventadas»

 

Pois João Pimentel… ora faça-me o favor… Repare bem nas imagens: as que estão no meu Blog, tem o nome do torcionário. Certo? Não lhe ocorreu que as que aparecem no Correio da Manhã (um jornal pró-tourada) podem estar CORTADAS? Algo que se faz com muita facilidade. Mas não será o caso. Estas fotos existem também aqui (uma página do Moura Jr.):

 

http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache%3A5qsAOr53Lv4J%3Ahttps%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Falanosdejoaomourajr+&cd=1&hl=pt-PT&ct=clnk&gl=pt

 

Agora, repare bem. Se precisar, peça ajuda, e se não conseguir ver bem, utilize uma LUPA.

 
 
 
 
 

 

 

 

Já viu? Conseguiu perceber? E as do fórum búlgaro foram retiradas da mesma fonte que as minhas.

 

Quanta paciência é preciso para aturar quem não quer VER O ÓBVIO!

 

Agora LEIA com muita atenção o que diz o AGENTE do torcionário João Moura Jr. ao Correio da Manhã:

 

«Contactado pelo CM, o agente do cavaleiro João Moura Jr. desmente a promoção de lutas de animais. "Os cães estão a ladrar para assustar a vaca. Não estão a morder porque se trata de gado manso que se assusta com o ladrar dos cães", explicou.»

 

Apesar de a explicação ser bastante parva (talvez pensando que toda a gente é parva) isto quer dizer o seguinte: o tal agente ADMITE que estas fotos são do torcionário João Moura Jr, ao dizer o que disse.

 

Ali não há lutas. Ali há só “ladração” de cães.

 

Quanto mais tentam safar o safado, mais o enterram na lama.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:14

link do post | Comentar | Ver comentários (10) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 11 de Junho de 2013

Isto estará a acontecer em Portugal?

 
Não quero crer!
 
 
 
 
 
 
 
Mas quem é João Moura JR?
 
É filho do matador João Moura. O que teve este pai para ensinar ao filho senão o mal?

 

Quando pensamos que já não existe mais nada para ver no que respeita a crueldade contra animais indefesos, aparece mais uma…

 

 

 

 

O que pretendem demonstrar com esta barbaridade? Com esta loucura?

Que doidos são estes?

Que atrasados mentais são estes?

Que sádicos são estes?

Que psicopatas são estes?

 

São tudo isto e muito mais: asquerosos, imbecis, estúpidos, primitivos, broncos, tansos…

 

Já não há pachorra, depois de tudo o que se sabe sobre o Touro.

 

Por isso, agora só me resta desejar que vos aconteça o mesmo, porque estas coisas não podem existir impunemente.

 

Não aplaudo, obviamente. Mas não vou chorar, como chorei com esta imagem.

 

https://www.facebook.com/alanosdejoaomourajr/photos_stream

 

(As críticas foram tantas que, entretanto, o tal da foto já retirou este link do Facebook. Nem sequer são capazes de assumir as monstruosidades que praticam. O que não farão às escondidas, longe das câmaras fotográficas!)

***

Um comentário pertinente:

 

As cenas vistas no FB, há pouco, de cães de fila a atacarem um bovino numa arena, devem fazer parte do treino de cães, dessa raça espanhola, usados para dominarem bovinos nos campos. São práticas terríveis. É o mundo violento que temos, avalizado pelo Estado português.

 

O assunto encontra-se nos motores de busca da Internet.

 

"La importancia vital de los perros de presa españoles en la explotación de ganadería brava o salvaje ha sido la causa de la supervivencia de razas y tradiciones.

Historia del perro de presa español, captura de vacas bravas, el perro de presa en su terreno, canes y lidia, imágenes duras e impactantes, donde descubriremos la cara oculta de esta historia viva".

 

https://www.facebook.com/vmmreis/posts/464264646997254?comment_id=2971429

 

***

O link da monstruosidade foi eliminado, mas consegui resgatar estas fotos, para ficarem registadas no Livro Negro da Tauromaquia

 

 

 

 

 
 
Vejam mais aqui:
 

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.448225395272803.1073741829.305023079593036&type=1

 
 
 
 
publicado por Isabel A. Ferreira às 12:13

link do post | Comentar | Ver comentários (47) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Julho 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Luta de animais e "prátic...

As desculpas esfarrapadas...

Tenho de explicar aos ami...

Isto estará a acontecer e...

Arquivos

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt