Sexta-feira, 12 de Julho de 2013

A TAUROMAQUIA ESTÁ MESMO MORTA E A APODRECER

 

Depois do "olé" da SIC, realmente nada mais será igual na “arte” de torturar bovinos. Será o descrédito total, para os tauricidas, para a estação de Carnaxide e principalmente para os forcados.

 

 

E se os forcados já tinham a reputação abaixo de zero, agora com este forcado, que dá pelo nome de José Castelo Branco, a situação vai ultrapassar o ridículo, e ainda mais zeros vão juntar-se aos outros.

 

São pontos, muitos pontos a favor da Abolição das Touradas.

 

E se não fosse pelos bovinos, que irão ser torturados inutilmente, para um bando de mentecaptos se divertirem, a iniciativa poderia ser positiva a 100%, porque se a intenção foi ESCARNECER da prática da forcadagem… a SIC conseguiu plenamente os seus objectivos, deixando os forcados de rastos…

 

***

Por Prótouro

 

«Afinal a Júlia é uma Menina Muito Marota

 

Depois de ter defendido o programa “Olé” como sendo uma homenagem a um património nacional: os forcados, algo totalmente inadmissível e inaceitável, insurgimo-nos contra as suas palavras, porque pensámos que a menina falava a sério e acreditava piamente nisso, mas depois de vermos a foto que segue, chegámos à conclusão que a Júlia é uma brincalhona.

 

 

 

O objectivo deste programa, é afinal, demonstrar ao país que os forcados se resumem a um grupo de ridículos, que gostam de humilhar animais praticamente moribundos.

Depois deste programa, nada será como antes, porque na retina de todos os portugueses ficará para sempre a imagem do extraordinário forcado José Castelo Branco.

A Júlia, essa, vai rebolar a rir durante todo o programa.

 

Prótouro

Pelos touros em liberdade»

 

 

Fonte:

http://protouro.wordpress.com/2013/07/12/afinal-a-julia-e-uma-menina-muito-marota/comment-page-1/#comment-1595

 

 

***

 

E porque este comentário diz na perfeição tudo o que deve ser dito, aqui fica o seu registo:

 

Arsénio Pires, deixou um comentário ao post A TAUROMAQUIA ESTÁ MESMO MORTA E A APODRECER às 16:50, 2013-07-12.
 

Comentário:

 

«Coitados dos novos "forcados"! Todos sabemos que eles estão em "insolvência pessoal" e, portanto, são capazes de tudo para receberem uns míseros euritos em tempo de carestia.

 

A SIC explora assim a miséria alheia neste e noutros programas como: O Prostíbulo a que chamam Big Brother. A parolice sem gosto nem jeito do mergulho a que dão o nome de "Splash".

 

Faltava o gozo com animais para a parvalheira ser completa! E aí estão eles, os mendigos, em tempo de crise! Os forcados, broncos e torturadores de touros moribundos, estão bem representados por este conjunto de "monetariamente diminuídos" .

 

Para compor o boneco não podia faltar a homenagem à bichanagem de collants e poses alternativas de parada gay com que os ditos cujos torcionários se arrastam pela arena desafiando o touro agonizante.

 

Tal "tradição" e "património cultural" só a "senhora que berra" poderia apadrinhar! Tudo de acordo!»

 
publicado por Isabel A. Ferreira às 09:43

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 8 de Julho de 2013

A “Querida Júlia” perdeu o norte e o prestígio: em vez de evoluir regressou à Idade Média

 

Ó Senhora Doutora, o que foi fazer...

 

A SIC apimbalhou-se, e a Júlia Pinheiro não sabe o que é “tradição”, nem “património nacional”, nem “nobreza” nem “coragem»

 

Os forcados são os maiores cobardes da tourada, não pertencem a qualquer “tradição portuguesa”, nem têm honra, nem o mínimo brio viril…

 

Júlia Pinheiro, escusava de sujar o seu nome por tão pouco…

Isabel A. Ferreira

 

 

Legenda da imagem: «Ó o que eu fui dizer! Não estava em mim, com certeza!»

 

 

Por Prótouro

 

«Ai Júlia Quem a Viu e Quem a Vê

 

Júlia Pinheiro, directora de produção da SIC, afirmou ao Jornal de Notícias, a propósito do programa “Olé” e passamos a citar:

 

Este é um programa em que pretendemos homenagear uma tradição que é absolutamente única no mundo: os forcados. As pegas de caras são um património nacional importante. São de uma nobreza e de uma coragem extremas e representam a coragem no seu estado mais puro”.

 

Oh Julinha, o Sati (cerimonial da queima de uma viúva hindu (viva) junto ao corpo de seu falecido marido), também era uma tradição absolutamente única no mundo, será que a devemos homenagear?

 

Júlia, desde quando é que as pegas de caras são um património nacional? Já agora, só as de caras? Então e as de cernelha, de costas e de cadeira?

 

 Se a senhora não sabe, deveria saber que património nacional é tudo o que se relacione com arte e cultura, não com barbaridade e tortura. Nobreza! Coragem! Uns quantos energúmenos pegarem um touro exausto, sangrando abundantemente depois de ter sido enfraquecido por farpas e bandarilhas é nobre e corajoso?

 

Não, “querida”, ao que você chama nobreza e coragem, nós chamamos baixeza e cobardia.

 

Não se esqueça rica, que ao contrário das “celebridades” a quem a SIC paga para figurarem no programa, os animais, além de não serem pagos não pediram para estar nesse mesmo programa. O passar dos anos não lhe ensinou nada nem lhe deu mais sapiência, mas nós até entendemos porquê, porque o dinheiro e as supostas audiências falam mais alto. Na verdade, quando o dinheiro fala mais alto, muitas pessoas perdem a capacidade de discernir entre o que é moral e imoral.

 

Júlia, você até poderia ter sido uma brilhante jornalista, ao invés de ter escolhido o pior caminho, ou seja apresentar programas que mostram a podridão humana de certos seres que não hesitam em se ridicularizarem a si próprios por dinheiro.

 

Se esses seres, querem mostrar a sua podridão como uma forma de ganharem dinheiro, é um direito que lhes assiste. Se a SIC se aproveita disso, também é um direito que lhe assiste, mas daí a usarem e brutalizarem animais com o único objectivo de aumentar audiências, aí alto e pára o baile.

 

O programa e as suas declarações Julinha são a prova de que a SIC bateu no fundo.

 

Prótouro

 

Pelos touros em liberdade»

 

Fonte: http://protouro.wordpress.com/2013/07/08/ai-julia-quem-a-viu-e-quem-a-ve/

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:49

link do post | Comentar | Ver comentários (25) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Junho 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
16
17
19
21
23
24
25
26
27
28
29
30

Posts recentes

A TAUROMAQUIA ESTÁ MESMO ...

A “Querida Júlia” perdeu ...

Arquivos

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt