Sábado, 5 de Maio de 2018

PELO FIM DA GARRAIADA NA QUEIMA DAS FITAS DE ÉVORA

Évora, último bastião da barbárie “estudantil”?

A garraiada não é um divertimento; é a manifestação mais pura do atraso moral, civilizacional e cultural de quem a pratica, de quem a aplaude, de quem a apoia.

Digam NÃO a esta prática violenta e cruel, e dêem um passo de gigante em direcção à LIBERDADE.

Ninguém é livre quando carrega às costas o peso da iniquidade.

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:38

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 28 de Dezembro de 2013

DENÚNCIA: ACONSELHAR VIOLÊNCIA A CRIANÇAS É CRIME

(Fonte da foto)

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=581007341948255&set=a.477731208942536.100808.476814619034195&type=1&relevant_count=1

 

A 3 de Novembro de 2013 enviei ao Grupos Parlamentares a seguinte mensagem:

 

«Senhores Deputados, é urgente pôr fim a estes crimes que se alastram por várias escolas neste nosso país pobre em mentalidade e em quase tudo.

 

O Estado Português tem uma palavra a dizer sobre a PROTECÇÃO A MENORES.

 

O que estão a fazer quanto a este assunto grave?

 

Que crianças estão a FORMAR para o futuro? Psicopatas?

 

Peço desculpa pela “agressividade", mas já estou farta destes desmandos, e quem DE DIREITO NADA FAZ.

 

Não posso ser cúmplice, ficando calada.

http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/349250.html

 

Com os meus cumprimentos,

 

Isabel A. Ferreira»

 

***

Desta vez, e para já, apenas respondeu o Grupo Parlamentar «Os Verdes”, numa mensagem com o seguinte teor: 

 

 «26 de dez (2 dias atrás)

 para mim

 

Exmo. Senhor,

Acusamos a receção da sua mensagem eletrónica, que mereceu a nossa melhor atenção.

Sem mais de momento, apresentamos os melhores cumprimentos,

 

Joana Silva

Chefe de Gabinete»

 

***

Como podemos verificar, a mensagem é um protótipo. (Eu não sou senhor).

Este assunto não interessa aos parlamentares porque as crianças NÃO VOTAM.

 

Os animais também NÃO VOTAM.

 

Em Portugal só se ouve quem DÁ VOTOS.

 

O que realmente preocupa quem está atento ao que se passa em relação aos mais desprotegidos, NÃO INTERESSA discutir no Parlamento Português.

 

Fiz esta denúncia, porque naturalmente o forcado em questão não foi àquele infantário da Moita falar de como NÃO SE DEVE TORTURAR TOUROS.

 

O forcado foi falar da “GLÓRIA” que é ser forcado e de como é pegar um Touro mais morto do que vivo e sair dali um “HERÓI” tetraplégico. 

 

Falar de violência e tortura a crianças inocentes e de tenra idade não será um crime, isto é, uma transgressão às mais elementares regras de um projecto educativo? Uma iniquidade no que se refere ao que uma escola pré-primária deve incutir às crianças?

 

Temos de saber do que estamos a falar.

 

“Crime” é tudo aquilo que transgride as regras sociais e morais que regem uma sociedade.

 

Incutir às crianças a ideia de violência e de tortura contra animais indefesos não será uma transgressão social e moral, que poderá levar a uma deformação de comportamentos futuros?

 

E O QUE É QUE ISTO INTERESSA AOS GOVERNANTES?

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:39

link do post | Comentar | Ver comentários (22) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Julho 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

PELO FIM DA GARRAIADA NA ...

DENÚNCIA: ACONSELHAR VIOL...

Arquivos

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

DIREITOS

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

ACORDO ORTOGRÁFICO

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

COMENTÁRIOS

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

CONTACTO

isabelferreira@net.sapo.pt