Segunda-feira, 6 de Julho de 2015

EM 1926 JÁ ÉRAMOS O «REINO CADAVEROSO, O REINO DA ESTUPIDEZ»

 

Em 1926, António Sérgio já dizia: «Não nos iluda a existência de portugueses excepcionais, que se educaram nos laboratórios e nas leituras dos estrangeiros. A cultura crítica não impera ainda em Portugal. Somos o Reino Cadaveroso; somos o Reino da Estupidez.»

 

Em 2015, a cultura crítica ainda continua a não imperar em Portugal. Continuamos a ser o Reino Cadaveroso, o Reino da Estupidez tal como o classificou António Sérgio, um iluminado pensador, pedagogo e político português (1883-1969).

A cultura crítica dá-nos legitimidade de utilizar as palavras certas de acordo com as circunstâncias. Por isso, António Sérgio aplicou os vocábulos "cadaveroso" e "estupidez" para designar o "reino" de Portugal da época em que viveu... 

Não se admirem, pois, os leitores do Arco de Almedina, que a sua autora utilize palavras rudes para dizer da imbecilidade que é a selvajaria tauromáquica...

 

Isto aconteceu em Portugal, durante a Feira de Maio 2011, na Azambuja: a violenta colhida de uma criança. Apesar da gravidade do acidente, a festa prosseguiu normalmente e o caso foi abafado. Em 2015 já ninguém se lembra da criança gravemente ferida, e continuam a divertir-se do mesmo modo imbecil

 

***

Isto acontece em Azambuja, mas também em outros municípios portugueses (felizmente uma minoria, num universo de 308) que têm um atraso civilizacional acentuadíssimo, e acoitam uma dita “festa” que durante séculos foi “brava” e hoje é simplesmente parva, e nos quais vagueia uma parcela de população ainda muito primitiva e bronca, marcada por uma ignorância arreigada, e a qual se recusa a evoluir.

 

Esses municípios são os seguintes: Alandroal, Albufeira, Alcácer do Sal, Alcochete, Almeirim, Alter do Chão, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Barrancos, Beja, Benavente, Cartaxo, Coruche, Cuba, Estarreja, Fronteira, Golegã, Lagoa, Lisboa, Moita, Monforte, Montijo, Moura, Pombal, Portalegre, Ponte de Lima, Póvoa de Varzim, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Sabugal, Salvaterra de Magos, Santarém, Setúbal, Sousel, Tomar, Vagos, Velas, Viana do Alentejo, Viana do Castelo, Vila Franca de Xira, Vila Nova da Barquinha, Vila Nova de Poiares.

 

Isto em Portugal continental.

A Ilha da Madeira está limpa.

 

O Arquipélago dos Açores é a vergonha das Ilhas do Atlântico, com vários municípios ainda bastante atrasados, e que recusam a civilização: Angra do Heroísmo (Ilha Terceira), Calheta, Praia da Vitória e Santa Cruz da Graciosa.

 

***

As "pessoas" que nestes municípios defendem a TORTURA de um animal para se divertirem, não podem ser consideradas GENTE. Se fossem GENTE não se divertiriam com a tortura de um animal. Obviamente.

 

E a tortura de uma animal começa logo com a retirada dele dos pastos. Ponto final. Tudo o resto que se segue é do foro da insanidade mental.

 

Essas “pessoas” não passam de fósseis, que nasceram com cérebros mirrados, onde nada do que pertence à modernidade jamais entrará.

 

Não se dão conta da figura de IDIOTAS que fazem.

 

Vivem na Idade do CALHAU, e acham que a Festa Parva, a que eles chamam ”brava” (designações do meu amigo Arsénio Pires, com as quais concordo), é “cultura”, e nesse estado primitivo e insano morrerão.

 

O que não sabem é que terão de pagar muito cara a crueldade que cobardemente derramam pelas ruas e nas arenas, contra seres vivos totalmente indefesos.

 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:16

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 25 de Maio de 2015

QUE PAZ TEM SALVATERRA DE MAGOS PARA OFERECER AOS JOVENS QUANDO O POVO SE DIVERTE, NA RUA, A TORTURAR BOVINOS INDEFESOS E AMARRADOS?

 

A violência começa precisamente aqui.

Que exemplo de paz será este?

Depois admiram-se que jovens assassinem outros jovens…

É que a crueldade e a violência estão nas ruas de Salvaterra de Magos, e animais, somos todos nós...

 

SALVATERRA DE MAGOS.jpg

Origem da foto:

https://www.facebook.com/messages/abel.pacheco.125

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:57

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 14 de Abril de 2015

VÁRIAS CENTENAS DE DEFENSORES DOS ANIMAIS JUNTARAM-SE NA PRAÇA DO COMÉRCIO PARA DAR VOZ AOS QUE NÃO TÊM VOZ PARA SE DEFENDEREM DOS SEUS ALGOZES

 

Aconteceu em Lisboa, no passado Sábado, dia 11 de Abril, um facto ocultado pelos “grandes” media, vassalos do lobby tauromáquico, constituído por parasitas que vivem à tripa forra à custa dos impostos dos portugueses.

 

CORDÃO HUMANO ANIMAL.jpg

Eis um panorama do cordão humano pelos animais não humanos, realizado na Praça do Comércio, em que podemos ver, não 50 pessoas (como os da prótoiro apregoaram, não surpreendendo, pois a matemática não é o forte dessa “gente”), e também não dezenas de pessoas (como noticiaram dois diários online) mas algumas centenas de Seres Humanos que exercem o superior dever cívico de defender os indefesos.

 

Estiveram presentes vários grupos e associações e cidadãos a título individual, clamando melhor protecção para os animais em Portugal, e alterações legislativas que permitam alcançar esse objectivo.

 

Esta iniciativa teve o propósito de mobilizar a sociedade civil para esta causa, que também é nobre, e «educar e sensibilizar a população para o tema, embora essa tarefa devesse competir ao Estado. Porém, são as associações de protecção dos animais que estão a assumir esse papel do Estado, apesar de terem parcos recursos», salientou Rita Silva, presidente da Associação Animal, promotora desta acção.

 

Ora acontece que só se mobiliza a sociedade civil e se educa e sensibiliza a população se estes acontecimentos chegarem a todos os portugueses, e essa é uma tarefa dos órgãos de comunicação social, que aqui falharam redondamente, por estarem ao serviço não das populações, como é da ética jornalística, mas do abetesgado lobby tauromáquico.

 

Rita Silva esclareceu ainda que a Associação Animal «continua a condenar as touradas, não porque os Touros e Cavalos sejam mais importantes do que os outros animais, mas porque Portugal é um país em que muita gente, inclusivamente o legislador, ainda aceita que se barbarizem animais, cobrando bilhetes e ainda por cima dando subsídios encapotados, que são pagos pelos contribuintes, o que é inaceitável.»

 

Por sua vez, Ricardo Oliveira afirmou ter ido propositadamente de Vila Franca de Xira a Lisboa, acompanhado dos seus amigos, para participar nesta iniciativa e defender, entre muitas outras coisas, que «em Portugal é urgente acabar com as touradas, onde se maltratam seres vivos»; e Sheila Cristiano, com um dos seus cães ao colo, referiu «ser altura de agravar as penas para quem maltrata os animais e criticou o comportamento de certos criadores que maltratam as fêmeas e os machos unicamente a pensar no lucro da venda dos animais

 

Entre a multidão que, entretanto se foi avolumando, encontrava-se o deputado do PSD, Cristóvão Norte, um dos autores da lei de criminalização de maus tratos e abandono de animais de companhia, que confirmou «ainda haver um longo caminho a percorrer, em termos legislativos, nomeadamente em alterar o estatuto jurídico dos animais, de modo a distinguir os animais das coisas, o que lhes daria maior protecção, fazendo votos para que a Assembleia da República continue a legislar no sentido de uma protecção jurídica mais ampla para os animais, naquilo que seria um «passo civilizacional significativo».

 

Ora no passado Sábado, dia 11 de Abril, deu-se um passo significativo na luta pelos Direitos dos Animais, de todos os animais, não excluindo, como os legisladores portugueses excluem, os Touros e Cavalos, os animais utilizados nos circos e os que servem para a alimentação dos humanos, os quais são barbaramente, cobardemente, cruelmente torturados, uns para diversão de uma minoria inculta, e outros por mera maldade.

 

Esperemos que a Assembleia da República também dê o mais depressa possível, o passo civilizacional que é necessário dar, para que Portugal entre no rol dos países civilizados e evoluídos.

 

Até lá seremos o que somos: o Portugal das mentes pequeninas.

 

Fonte:

Agência Lusa

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:44

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 17 de Março de 2015

NÃO, AO MALTRATO ANIMAL

 

O vídeo é muito esclarecedor, mas as autoridades portuguesas não o entenderão.

 

Além de faltar-lhes sensibilidade, não perceberão Castelhano, nem Inglês, nem qualquer outra Língua excepto a da cobarde crueldade e violência contra seres tão indefesos e inofensivos, que permitem que aconteça.

Porquê?

 

 

Fonte:

https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2015/03/07/no-al-maltrato-animal/comment-page-1/#comment-214

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:38

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 19 de Agosto de 2014

BAIÃO CLASSIFICADA ABAIXO DE LIXO POR PERMITIR NO SEU TERRITÓRIO A SELVAJARIA DA TORTURA DE BOVINOS

 

BASTA! TOLERÂNCIA ZERO PARA ESTAS AUTARQUIAS QUE SE VERGAM A UM LOBBY INFECTADO COM A PEÇONHA DA CRUELDADE.

 

Que pobreza moral! Que baixeza de espírito!

Que perversidade!

 

 

 

CARTA ABERTA AO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE BAIÃO, JOSÉ LUÍS CARNEIRO

CC/

Exmo. Senhor Vice-Presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira

Exmo. Senhor Presidente da Assembleia Municipal de Baião, José Fernando Silva

Exmos. Senhores Deputados à Assembleia Municipal de Baião

 

Está a ser anunciada para o dia 23 de Agosto, em Baião mais uma iniciativa que prima por uma IGNÓBIL SELVAJARIA, apesar do FIASCO das anteriores.

 

Vossas Excelências, como autarcas, deveriam saber que a tauromaquia é uma prática cruel e obsoleta que tem suscitado enorme repúdio e indignação na sociedade civil portuguesa e mundial.

 

TORTURAR seres vivos inofensivos, indefesos, inocentes e sensíveis em nome de uma diversão patética, incivilizada, patológica, não é próprio de sociedades evoluídas e ENVERGONHA a esmagadora maioria dos portugueses face a uma Europa que já se DISTANCIOU há muito (excepto três tristes países ainda mergulhados nas trevas medievais – Portugal, Espanha e França) destas práticas bárbaras, que causam um ATROZ sofrimento a seres sencientes, com um ADN semelhante ao humano.

 

Todos sabemos que a tauromaquia está em franco declínio – mesmo nos locais onde esta prática é usual, as praças tem cada vez menos espectadores (inclusive a praça de touros do campo pequeno (ex-libris da tauromaquia e a nódoa negra de Lisboa) a qual se encontra em situação de insolvência.

 

Como consequência desse declínio, a indústria tauromáquica tem vindo a tentar implementar estas práticas imbecis em locais que não têm qualquer tradição de touradas (ou se tiveram abandonaram-nas por motivos óbvios, ou seja EVOLUÇÃO), mas onde existem autarcas vergáveis às INVESTIDAS dos bárbaros, acabando por acolher estas práticas cruéis.

 

Todos sabemos que a tauromaquia só subsiste, nos dias de hoje, graças a apoios do Estado, quer através do poder central, quer através das autarquias, algumas endividadas e com populações em situações de carências várias, o que causa nos cidadãos, munícipes e contribuintes, a mais veemente indignação.

 

As autarquias, por se encontrarem numa situação vantajosa de proximidade das populações, têm um papel fundamental na construção de uma sociedade mais civilizada, evoluída e distante de práticas que deveriam ter ficado no passado, e os executivos municipais têm por obrigação associar-se a eventos que promovam a evolução das pessoas e das regiões, ligando o seu nome a práticas positivas e construtivas de avanço civilizacional que o século XXI impõe.

 

Assim, junto-me a tantos outros nesta solicitação à Câmara Municipal, para que não licencie e se demarque de todas as actividades tauromáquicas no concelho de Baião, incluindo oferta de recordações aos intervenientes nesta prática sórdida e o fim imediato da atribuição de quaisquer verbas públicas para este tipo de condutas que infligem sofrimento a animais não humanos indefesos, inocentes e sencientes.

 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:37

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 15 de Julho de 2014

MAIS OUTRA VITÓRIA! A AGÊNCIA STA TRAVEL NÃO FARÁ MAIS ROTEIROS TURÍSTICOS A SAN FERMÍN (PAMPLONA)

 

Aconteceu uma grande vitória!

 

A Agência de Viagens STA Travel cancela as viagens para as actividades taurinas de Pamplona!

 

BRAVO!

 

http://bit.ly/STAantiencierros

 

Bom exemplo! Agora mais agências se seguirão e apenas viagens de prazer, negócios ou cultura se realizarão.

 

Não as de barbárie ou massacre.

 

A STA Travel une-se agora a várias das maiores organizações mundiais que já abandonaram o patrocínio e a promoção do festival de Pamplona e das corridas de touros, incluindo: EasyJet, Thomas Cook, Britanny Ferries Ryan Air, Ben & Jerry’s y British Airways, depois da sugestão do organismo de defesa dos animais.

 

Fonte

https://www.facebook.com/AnimaNaturalisEs/photos/a.193381630686263.46267.187629584594801/802348609789559/?type=1&theater

 

***

QUARENTA E OITO INDEFESOS E INOCENTES BOVINOS FORAM TORTURADOS ATÉ À MORTE, EM PAMPLONA, PARA SATISFAZER OS INSTINTOS MAIS PRIMITIVOS E IRRACIONAIS DE UM BANDO DE ALUCINADOS

 

MAS NÃO POR MUITO MAIS TEMPO

 

 

 
publicado por Isabel A. Ferreira às 19:12

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

UM PÉSSIMO EXEMPLO DE APROXIMAÇÃO DAS CRIANÇAS À PSICOPATIA IMPLÍCITA NA TAUROMAQUIA

 

Segundo os da prótoiro, as palavras-chave para este atentado à integridade moral, social e física das crianças são: touradas, crianças e pedagogia.

 

Só mesmo gente encalhada das ideias é que se lembraria de incluir aqui a palavra “pedagogia”, cujo significado manifestamente desconhecem.

 

 

Um novilho a ser torturado por torturadorzinhos…

 

Fonte:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10152033073442045&set=pcb.10152033079717045&type=1&theater

 

Dizem eles (os da prótoiro) que a herdade da Algramassa recebeu os meninos do Centro Educativo (como?) Alice Nabeiro!

 

Dizem também que aquela foi uma tarde divertida que fez as delícias dos mais pequenos, em que Marcos Tenório, Joaquim Bastinhas e toda a família proporcionaram, no tentadeiro, verdadeiras aventuras com um novilho (à tortura chamam “aventura”)! Montaram póneis, enfim, usaram e abusaram de jovens animais, tiraram algumas fotos (que podem ver-se no link indicado) e prometeram repetir…  

 

Mas antes que repitam, aqui fica este alerta.

 

***

Pedagogia é a ciência que tem por objecto de estudo o processo de ensino e aprendizagem, e a Educação para a Cidadania, que visa contribuir para a formação de pessoas responsáveis, autónomas, solidárias, que conhecem e exercem os seus direitos e deveres em diálogo e no respeito pelos outros (incluindo nestes “outros” todos os seres vivos), com espírito democrático, pluralista, crítico e criativo, tendo como referência os direitos e deveres humanos.

 

Ora os prótoiros têm o hábito de exigir o que entendem por seus “direitos”, liberdade” e “cultura”, apelando à democracia, desconhecendo, por completo, o significado de cada um destes conceitos, e não falam nos deveres que têm pelo simples facto de “respirar” o ar do Planeta Terra.

 

Então, para não morrerem ignorantes, e para que não digam que não vos informo, aqui deixo esta carta da autoria de uma Grande Senhora da Cultura Culta, esperando que sirva para subirem uns tantos degraus na evolução pessoal.

 

«CARTA DOS DEVERES DO SER HUMANO»

 

Por Filomena Marta

 

Considerando que existe, e muito bem, uma Declaração Universal dos Direitos do Homem, que deverá sempre ser defendida e cumprida;

 

Considerando que o Homem é um ser imperfeito e muitas vezes inquinado pela maldade, mesquinhez de espírito e ignorância;

 

Considerando que o Homem é o maior responsável pela destruição do Planeta e das espécies que nele habitam, com os mesmos direitos à vida do próprio Homem;

 

Considerando que o Homem tem a capacidade e habilidade de matar e torturar por prazer, quer sejam elementos da sua própria espécie ou de outras espécies habitantes do Planeta;

 

Considerando que o direito à existência deve estar intimamente ligado à dignidade e excelência de carácter;

 

Considerando que toda a vida animal e vegetal deve ser respeitada e protegida, independentemente da espécie;

 

Considerando que o ser humano é o factor de maior destruição e desequilíbrio ambiental à face da Terra;

 

Considerando que o Homem se considera supostamente um Ser Superior e dotado de racionalidade, deve essa superioridade e racionalidade impor também os seguintes deveres:

 

1. É dever do Homem ser uma criatura digna, consciente e compassiva

 

2. É dever do Homem evoluir e tornar-se todos os dias um ser humano melhor

 

3. É dever do Homem erradicar de si próprio e da sua sociedade humana a maldade, a tortura e o terror

 

4. É dever do Homem cuidar da sustentabilidade do Planeta e de todas as criaturas que nele habitam

 

5. É dever do Homem não destruir florestas

 

6. É dever do Homem recuperar e reflorestar as áreas destruídas por si ou por catástrofes, quer sejam naturais ou infligidas por humanos sem escrúpulos

 

7. É dever do Homem manter vivos e saudáveis os oceanos, rios e lagos

 

8. É dever do Homem recuperar e limpar todos os cursos de água por si prejudicados e destruídos

 

9. É dever do Homem respeitar os habitats de outras espécies animais do Planeta

 

10. É dever do Homem não colocar em risco a existência e sobrevivência de outras espécies animais, que consigo partilham o Planeta Terra

 

11. É dever do Homem garantir que as espécies animais, colocadas em risco pelo aumento e avanço do território humano, possuem meios e locais suficientes para sobreviver e florescer, sem ser colocada em perigo a sua existência

 

12. É dever do Homem não maltratar, perseguir, caçar e matar outros animais por desporto, prazer individual ou de grupo, por maldade ou para obter benefícios económicos com a morte ou exploração de outros animais, de todas as espécies

 

13. É dever do Homem proteger e cuidar de todos os animais, tanto da sua espécie como de outras espécies, domésticas ou selvagens

 

14. É dever do Homem prestar assistência a todos os seres doentes ou feridos

 

15. É dever do Homem proteger e cuidar das espécies que domesticou, quer para sua companhia, quer para utilização no trabalho ou na sua alimentação

 

16. É dever do Homem tratar todos os animais com a consciência de que todos os animais são seres vivos, que como o Homem têm cérebro e coração, sangram, sentem dor, medo, angústia e alegria, e que como o Homem têm a capacidade de amar e como ele morrem

 

17. É dever do Homem punir outros seres humanos que se revelem indignos da sua espécie, provocando sofrimento e morte a outros seres vivos, de todas as espécies animais

 

18. É dever do Homem proteger e tratar os fracos e os indefesos, sejam humanos ou não

 

19. Todos os seres humanos que não cumpram estes deveres colidem com a Declaração Universal dos Direitos do Homem

 

20. Para ter direito à vida e à dignidade é preciso cumprir o dever de dar a todas as espécies, igualmente, o direito à vida e à dignidade»

 

Fonte:

http://animasentiens.com/index.php?option=com_content&view=article&id=72&Itemid=68&lang=pt

 

***

 NESTA CARTA ESTÁ IMPLÍCITO O ESPÍRITO DO “25 DE ABRIL”, QUE FICOU POR CUMPRIR…

 

MAS AINDA PODEMOS IR A TEMPO DE SALVAR ESSE ESPÍRITO.

 

 BASTA ENCONTRAR A LUCIDEZ ENTRE CAOS.

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:59

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 17 de Março de 2014

TOURADA EM VILA VIÇOSA FOI UM FIASCO, APESAR DA BÊNÇÃO DA IGREJA CATÓLICA

 

São os aficionados que o dizem: poderia ter sido um sucesso. Mas não foi.

 

E Vila Viçosa perdeu o viço. É uma  localidade que está no rol das terrinhas atrasadas.

 

Este ano, todas as actividades tauromáquicas, tanto em Portugal como nos pobres países estrangeiros, que ainda não se viram livres desta peste negra, foram um autêntico fracasso.

 

E continuarão a ser, per omnia saecula saeculorum

 

Aconteceu no passado sábado. Passeia-se a Santa pela arena da morte, aos ombros de torcionários. Faz-se uma espécie de procissão profana, com os cobardes atrás. E as poucas pessoas que vemos na imagem a assistir… assistem…

 

Simplesmente assistem…

 

Uma imagem que constará no Livro Negro da Tauromaquia. Quando esta estiver na prateleira do circo romano, os descendentes desta gente envergonhar-se-ão dos seus antepassados tão primitivos!

 

Foto: http://farpasblogue.blogspot.pt/2014/03/moura-marcou-diferenca-esta-tarde-em.html

OOO
ooo

Aqui outra imagem, que o Papa Francisco irá gostar de ver… Um padre católico (entre o cordão vermelho) alinha nesta fantochada pagã, onde vão ser torturados seres vivos, usando a imagem de uma Santa Católica, como se não tivesse (o padre) de prestar contas a Deus, por esta profanação… Mas também os torcionários, que terão de pagar a maldade que cometeram contra seres vivos indefesos e inocentes..

 

Este padre está a violar as normas da Igreja, nomeadamente a Bula do Papa Pio V, que ainda está em vigor.

 

 Nesta Bula “De Salute Gregis Dominici “ o Papa proibe as corridas de touros, assim como nega uma sepultura católica e excomunga todos aqueles que participem em festivais taurinos em todos os territórios administrados pela Igreja Católica.

 

Mais tarde essa mesma Bula foi rectificada sendo excomungados apenas os clérigos que participem em espectáculos taurinos ou onde sejam lidados outro tipo de animais.

 

Ora, este padre pode considerar-se, desde já, excomungado.

 

***

A igreja católica, em cada acto destes, afasta do seu rebanho os verdadeiros cristãos, que conhecem o valor da Vida e o Respeito a ter por todas as criaturas de Deus.   

 

Ao ser cúmplice desta tortura, a igreja católica não cumpre os ensinamentos deixados por Jesus Cristo.

 

Que legitimidade terá para actuar como representante de Deus na Terra?

 

Para ver mais imagens desta blasfémia é só abrir este link:

http://www.solesombra.net/festival-radio-campanario-em-imagens/

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:08

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Domingo, 22 de Setembro de 2013

MAIS UM HORROR CONTRA BOVINOS, DESTA VEZ EM ALGEMESÍ (ESPANHA)

 

Quando pensamos que já vimos tudo, há sempre algo que ainda está por ver - as HEDIONDAS “BECERRADAS” de Algemesí, um jogo macabro, realizado à noite, onde bezerros, soltos com um ano ou menos, são torturados até à morte, das formas mais cruéis.

 
 
 

 

 

Como não podia deixar de ser, esta “coisa” monstruosa é realizada por BÊBADOS, que saltam para a arena, podendo utilizar qualquer objecto cortante para, sem qualquer conhecimento de toureio, cravar nos corpos destes inocentes e indefesos animais.  

 

Se isto te revolta, escreve para: ajuntament@algemesi.net

 

É nosso DEVER ajudar a banir os costumes bárbaros que só envergonham  a Humanidade.

 

Fonte:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=634409786580109&set=a.245025578851867.59159.228029200551505&type=1&theater

 

 
 
publicado por Isabel A. Ferreira às 17:31

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 17 de Junho de 2013

UM TRIBUTO AOS MILHARES DE POMBOS ASSASSINADOS NA PÓVOA DE VARZIM, PARA GOZO DE COVARDES MATADORES

 
 
 

Centenas de covardes matadores, apoiados pelo Presidente da Câmara da Póvoa de Varzim, José Macedo Vieira, caçador e aficionado de touradas, foram até àquele município com o propósito de libertar o instinto primitivo e cruel que os afasta da ESPÉCIE HUMANA.

 

Mataram, por prazer, milhares de inocentes e indefesos pombos, enquanto voavam para o que poderia ser a liberdade.

 

Chamaram-lhe “copa do mundo”

 

Como é belo o voo de um pombo.

 

Como é monstruosa e rude, esta prática de tiro aos pombos.

 

Aqui deixo o meu tributo aos pombos assassinados, e o meu mais veemente repúdio pelo acto repugnante das carcaças de gente sem alma, que os mataram por puro prazer.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:40

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Novembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Posts recentes

EM 1926 JÁ ÉRAMOS O «REIN...

QUE PAZ TEM SALVATERRA DE...

VÁRIAS CENTENAS DE DEFENS...

NÃO, AO MALTRATO ANIMAL

BAIÃO CLASSIFICADA ABAIXO...

MAIS OUTRA VITÓRIA! A AGÊ...

UM PÉSSIMO EXEMPLO DE APR...

TOURADA EM VILA VIÇOSA FO...

MAIS UM HORROR CONTRA BOV...

UM TRIBUTO AOS MILHARES D...

Arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt