Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2016

TODOS OS HABITANTES DO PLANETA CONTAM

 

«Eu não sei como salvar o mundo. Eu não tenho as respostas ou A resposta. Eu não possuo o conhecimento secreto de como corrigir os erros das gerações passadas e presentes. Eu só sei que, sem compaixão e respeito por todos os habitantes da Terra, nenhum de nós vai sobreviver, nem nós o merecemos.» (Leonard Peltier)

 

LEONARD.jpg

Fonte:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10153466336773705&set=gm.10153286561903775&type=3&theater

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:29

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 6 de Agosto de 2013

E O IMPOSSÍVEL ACONTECE NA ILHA TERCEIRA (AÇORES): NA CATEQUESE OS ENSINAMENTOS DE CRISTO SÃO SUBSTITUÍDOS POR TOURADAS

 

As touradas vistas por um grupo de crianças da catequese no concelho da Praia da Vitória  

 

 

«Touros e touradas

 

Uma tradição é a transmissão de práticas ou de valores espirituais de geração em geração, o conjunto de crenças de um povo, algo que é seguido conservadoramente e com respeito através das gerações.

 

Na ilha Terceira as touradas são uma tradição muito antiga na qual as pessoas mostram-se adeptas e que respeitam os próprios elementos envolvidos nestas. Para haver apenas uma tourada envolve muita organização e dedicação, envolve licenças, polícia, fiscais, os próprios vendedores, os pastores e o animal, o touro.

 

Certas pessoas levam esta tradição a peito, pois não só divulga a nossa ilha por ser a única a ter touradas à corda apesar de outras ilhas como são Miguel já querer adaptar esta tradição, como divulga os Açores, tratam o próprio touro como respeito, as pessoas vão para contemplá-lo tirar tempo apreciar uma tourada.

 

Mas como é normal outras pessoas são contra estas touradas pois defendem que o animal é vítima de abusos, mas o touro como disse é um animal respeitado e tem cuidados antes e depois de uma tourada, desde o mato ao "alcatrão" e deste novamente para o mato.

 

Este animal tem um propósito de vida e penso que não é só estar a pastar no mato mas sim servir as pessoas, sim por vezes há pessoas que os maltratam e estes sofrem, mas é uma minoria.

 

Quem muitas das vezes discorda com as touradas são pessoas que não vivem esta tradição que não foram pessoas que foram crescendo nesta ilha ou nesta maneira de pensar.

 

Grupo de catequese, numa igreja do concelho da Praia da Vitória, Ilha Terceira

 

Maio de 2013»

 

***

 

Digam-me que isto não é verdade! Não posso crer.

 

Da Ilha Terceira não virá nada de bom?

 

Nem das crianças? Fazem-lhes lavagem ao cérebro?

 

E é permitido?

 

O que é isto? Estou completamente aterrorizada!

Onde está a Comissão Nacional de Protecção das Crianças e Jovens em Risco?

SOCORRO! É URGENTE!

Fonte:

 

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=470645516351022&set=a.224226237659619.55474.194892957259614&type=1&theater

 

 

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:41

link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2012

A TOURADA TERMINARÁ, INEVITAVELMENTE...

 

 

As gerações dos homens predadores darão lugar a gerações pacíficas, e os animais serão vistos como companheiros de uma mesma jornada...

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:00

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Março 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

TODOS OS HABITANTES DO PL...

E O IMPOSSÍVEL ACONTECE N...

A TOURADA TERMINARÁ, INEV...

Arquivos

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt