Quinta-feira, 26 de Outubro de 2017

VEJA-SE NESTE VÍDEO A COBARDIA DOS FORCADOS AO ATACAR UM TOURO MORIBUNDO

 

Praça do campo pequeno - 31/08/ 2012.

Crueldade em directo na RTP 1

Aproveitando o facto de o Touro estar imobilizado, o forcado resolveu arrancar, cobardemente, uma farpa (a insígnia), a sangue-frio, por pura maldade e sem justificação alguma.

 

É esse o espírito dos carrascos.

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:18

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2013

ANTI-TAURINOS VERSUS PRÓ-TAURINOS OU AS BESTAS SEGUNDO O INTELECTUALIZADO HENRIQUE

 

 

É A ATITUDE VIOLENTA, PRIMITIVA, PSICOPATA, SÁDICA DESTE TAURICIDA QUE COMBATO – NÃO COMBATO O TAURICIDA EM SI, QUE PODE MARRAR COM A CABEÇA DELE NUMA LANÇA IGUAL À QUE ESTÁ A FERIR O TOURO, QUE A MIM NÃO ME DIZ NADA…

 

 

(Este texto está publicado na íntegra tal qual me chegou ao Blog)

 

 

Henrique, deixou um comentário ao post «MAIS UMA FARPA NO LOMBO DOS AFICIONADOS» às 16:32, 2013-02-22.

 

Comentário:

 

«Uma discussão entre duas "pessoas" com pensamentos difentes sobre as touradas inicia-se, nao raras vezes, com a demarcaçao relativamente àqueles a quem chamo "bestas".

 

Passo a explicar. Os taurinos demarcam-se do estereotipo do individuo mesquinho e pretensioso, de tal forma limitado pelas circunstancias culturais e socias, que se mostra completamente incapaz de construir um ensaio argumentativo que defenda o espectaculo.

 

Entre as palavroes entoados com sotaque alentejano pouco ou nada se extrai. Autenticos cepos.

Os anti-taurinos, por sua vez, demarcam-se de personagens como a Isabel A. Ferreira. Estas figuras (bestas, como lhes chamo), nao combatem ideias, instituições, conceitos, ou qualquer tipo de construção cultural: atacam-se pessoas.

 

Não discutem a substancia das opiniões, salvo honrosas excepções. Antes preferem explorar os pontos fracos dos dircursos para tentar rebaixar o outro. Entre as pessoas (taurinos e anti-taurinos) a discussao prossegue e evolui a medida que se dao a conhecer perpectivas. É aqui, hoje como sempre, que reside a esperança de evoluçao da sociedade.

 

Entres a bestas, o odio aumenta; desejam-se mortes e rogam-se pragas. Chamam-se de corruptos, violentos, ignorantes. E so nao desce o nivel ja nao o pode mais.

 

O artigos aqui escritos sobre o forcado Nuno Mata e o mais recente exemplo.

 

P.S. caso sinta a vontade de responder a este meu comentario, nao faça nos termos das repostas dadas a outros leitores. Fazer juizos sobre o meu caracter, nivel cultural ou academico nao condiz de forma alguma com o seu preechido curriculo (expressoes que aqui li como "vá estudar" e "vá instruir-se" não sao de particular elegancia, embora sejam coerentes com o perfil demonstrado

 

***

 

Pois a BESTA Isabel A. Ferreira vai responder ao INTELECTUALIZADO Henrique, porque aproveita para fazer um exercício de escrita criativa.

 

E não, não vou mandá-lo estudar, apesar de você escrever com inúmeros erros ortográficos. É quase cada palavra, cada erro. Mas enfim… Você deve ser o supra-sumo da intelectualidade aí do sítio, e quem sou eu, para o mandar estudar, não é?

 

E nem sequer adianta estar para aqui com grandes discursos porque o seu nível, apesar da pretensão, é igual ao de todos os aficionados que me escrevem, e criticam, e chamam-me nomes, porque LÊEM, LÊEM, LÊEM o que escrevo, e não percebem nada.

 

Enfim, tristes figurinhas.

 

No que respeita à tauromaquia, que alguém definiu como «uma organização criminosa cujas actividades estão submetidas a uma direcção colegial oculta e que repousa numa estratégia de infiltração da sociedade civil e das instituições» não é uma ideia, nem uma opinião, nem uma instituição, nem um conceito, ou qualquer tipo de construção cultural ou artística, sobre a qual possamos discutir “substâncias”.

 

É simplesmente a TORTURA DE SERES VIVOS PARA DIVERSÃO DE SÁDICOS que não tem discussão possível.

 

Aqui não se atacam pessoas. Aqui atacam-se as ATITUDES SÁDICAS, efectuadas por PSICOPATAS em arenas de TORTURA (e isto não sou eu que digo, são os especialistas em comportamento humano).

 

Ódios de bestas? Só se for da parte dos tauricidas. Do nosso lado não existe ódio, mas REPULSA, NOJO, por actos primitivos e extremamente desumanos perpetrados contra animais inofensivos, inocentes, tão sencientes como os animais humanos (não estou a falar do animal humano predador, que esse coitado, nem cérebro terá).

 

Por isso, Henrique não venha para cá com lições de baixa moral e de falsa intelectualidade, que comigo NÃO PEGA.

 

Para entender o que foi escrito sobre o Nuno Carvalho-Mata, tem de ir ao TEXTO PRIMORDIAL, aquele que originou todos os outros.

 

http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/225621.html

 

Quem não leu esse texto, OBVIAMENTE faz juízos de valores FALHADOS.  

 

Que é o seu caso. Mas o problema já não é meu.

 

E pode chamar-me de BESTA à vontade, porque só enfia essa carapuça quem se sente besta.

 

O que não é, de todo, o meu caso.

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 19:27

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Maio 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

VEJA-SE NESTE VÍDEO A COB...

ANTI-TAURINOS VERSUS PRÓ-...

Arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt