Terça-feira, 19 de Março de 2013

Uma rectificação que se impõe, em relação ao Nuno de Carvalho-Mata

 

 

Ao que parece, o Nuno saiu da arena carregado por gente não especializada, o que poderia ter provocado o agravamento da sua situação clínica. Nestes casos, pode ser fatal o modo como se transporta o ferido. E não nos parece que nenhuma equipa médica fosse chamada à arena, para imobilizar adequadamente o Nuno (como devia ser) para depois o retirar do local onde foi colhido pelo Touro, Touro esse que apenas se defendeu da investida cobarde do forcado.  

 

NUNO TETRAPLÉGICO.jpeg

 

No início deram-me a informação de que o Nuno de Carvalho teria ficado PARAPLÉGICO, na sequência de se ter metido à frente de um Touro moribundo, para o massacrar ainda mais, depois de o animal já ter sido sobejamente torturado.

 

Os textos que escrevi, sobre esta matéria, colocavam o Nuno PARAPLÉGICO, até porque as notícias que iam saindo nos jornais, ora referiam “paraplégico”, ora referiam “tetraplégico”.

 

Como eu não podia acreditar que um jovem que ficou TETRAPLÉGICO num jogo estúpido como o da forcadagem, pudesse dizer que FARIA TUDO OUTRA VEZ (pareceu-me um tanto irracional, esta afirmação) fiquei-me no “paraplégico” pois seria mais razoável.

 

Até que recebi o seguinte comentário ao texto: «O Ex-forcado Nuno Carvalho-Mata vendeu-se por cem mil euros».

 

«De Maria do Carmo Silva a 16 de Março de 2013 às 12:57

 

Realmente não ajuda nada a causa anti -tourada este tipo de posts em que nem se procura confirmar informações. O Nuno está TETRAplégico. Não mexe os braços e pernas. Respira sozinho assim parece, tem mobilidade dos ombros.

 

Não sei qual a vértebra partida mas parece ter sido umas das cervicais, claramente. A colhida também mostra isso. Tem sorte de ainda estar vido ou não. Respeito pela desgraça alheia é um princípio que não abandonarei só porque o jovem cresceu no meio de tarados que nem sentem que o touro sofre e tornou-se num deles, infelizmente

 

***

 

Ora fiquei deveras perplexa.

 

E respondi, o seguinte, à senhora:

 

Se o Nuno está tetraplégico, ainda é pior do que o que se diz por aí, e do que eu pensava. Obrigada pela informação. É que circulam as duas versões. EU tinha esperança de que fosse apenas paraplégico.

Mas se a Maria do Carmo Silva diz que é TETRAPLÉGICO, passarei a usar este termo (muito mais triste, muito pior).



E o Nuno não aprendeu NADA.

Continua a contribuir para que outros possam ficar tetraplégicos ou mesmo morrer.



Eu não aplaudo o que aconteceu ao Nuno, como os sádicos fazem quando aplaudem os toureiros e forcados feridos e mortos nas arenas, tal como aplaudem o que acontece aos TOUROS, QUE SÃO TÃO ANIMAIS COMO EU OU COMO O NUNO, E SOFREM DE IGUAL MODO.

Eu apenas LAMENTO que um governo permita que jovens fiquem nesse estado, por interesses económicos obscuros.

Eu LAMENTO que o Nuno tivesse ficado TETRAPLÉGICO, e que esse FACTO não tivesse EFEITO ALGUM na sua mente.

Eu LAMENTO que ele diga que se pudesse FARIA TUDO OUTRA VEZ.

Eu LAMENTO que o Nuno depois de ter ficado TETRAPLÉGICO diga alto que se pudesse candidatava-se novamente a FICAR TETRAPLÉGICO.

É esta mente distorcida que EU LAMENTO no Nuno. Entende Maria do Carmo Silva?

Não estou no rol dos sádicos para aplaudir o que de mal aconteceu ao Nuno, ainda que por livre e espontânea vontade dele.

Lamento o que acontece aos Touros, que vão para a arena FORÇADOS por energúmenos trogloditas.


***

E a Maria do Carmo Silva respondeu-me:

 

«De Maria do Carmo Silva a 18 de Março de 2013 às 19:40

 

Estamos de acordo em tudo. A minha informação sobre o estado do Nuno vem de ter visto um documentário da TVI, salvo erro, uma reportagem feita no Alcoitão onde estavam a fazer a recuperação para lhe proporcionar maior autonomia.

 

Tudo isto é muito triste, mas há muita vida à frente do Nuno. Daqui a uns anos, depois de verificar quem está ainda com ele, quando entrar no esquecimento dos media, talvez mude de opinião e se junte àqueles que não querem torturar animais. Tenho esperança, com a experiência que teve, vindo de meios pró tourada ou seja pró tortura, a opinião dele seria decisiva, ele poderia salvar vidas, as de toureiros e as dos touros e cavalos.»

 

***

Eis a minha resposta:

 

Exactamente, Maria do Carmo Silva.

 

É triste, muito triste, tudo o que aconteceu com o Nuno, e o que acontece com os desventurados animais, que sofrem tanto como nós, e como o Nuno sofreu. Os Touros só não ficam tetraplégicos, porque os MATAM a sangue frio, depois de barbaramente torturados.

 

É bem verdade que quem nasce nestes meios não conhece mais nada. Mas se tentamos mostrar-lhes outro caminho, se tentamos mostrar-lhes a verdade, não aceitam. E isso é muito lamentável.

 

Um dia, talvez, quando se vir só, o Nuno caia em si. Mas entretanto, para ganhar dinheiro, permite que seres magníficos sejam torturados, e outros jovens como ele, se candidatem a ficar tetraplégicos também.

 

Tudo isto me incomoda, Maria do Carmo Silva.

 

***

Tristemente, já rectifiquei o que estava mal nos meus textos:

 

O Nuno, afinal, está TETRAPLÉGICO, e não paraplégico, mas se ficasse bom, voltaria a candidatar-se ao mesmo.

 

E é que ser tetraplégico é muito, muito mais grave do que ser paraplégico. Muito mais triste. Muito mais penoso.

 

***

 

Para terminar, deixo-vos com uma reflexão do Carlos Ricardo, que me chegou hoje, para o texto «Amanhã vai haver festival taurino…»

 

«De Carlos Ricardo a 19 de Março de 2013 às 04:10

 

O aproveitamento dum "infeliz" aleijado (por culpa própria) feito pelos aficionados é de revoltar, REVOLTAR qualquer um !!! Menos os facínoras aficionados que não olham a meios para encher os bolsos!! E o Nuno não vê isso!! Ou por outro lado, NÃO QUER VER !! Porque a sua sede de sangue que já lhe custou a normalidade física, é superior ao seu amor-próprio...!!!

 

O "acidente" do Nuno deve ter sido, para os aficionados e promotores de touradas, como uma mina de ouro da qual, em nome da solidariedade e caridade (a que o povinho ignorante, cheiinho de pena, adere), continuam a facturar sem dó nem piedade por um animal que apenas pede para viver em paz.»

***

E deixar que os Touros e Cavalos vivam  em paz é só o que pedimos

 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:56

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 15 de Março de 2013

AMANHÃ VAI HAVER FESTIVAL TAURINO “SOLIDÁRIO” NA MOITA PARA “HOMENAGEAR” O EX-FORCADO NUNO CARVALHO-MATA

 
 
 
 

Não podia deixar passar em branco mais este evento de falsa caridade.

 

Uma coisa chamou-me a atenção neste cartaz:

 

O preço dos bilhetes muito “convidativo” em tempo de crise.

 

Dizem que há muita fome por aí…

 

Mas também dizem que o campo da Moita vai estar cheio.

 

E o IVA é só de 13%.

Produtos alimentícios levam com 23% de IVA.

 

Mas a tortura é tortura. É um bem ESSENCIAL.

 

Será por uma boa causa?

 

A resposta a esta pergunta, saberemos daqui a uns tempos.

 
 
 

 

 

 

E a tortura de seres vivos, o ritual macabro e cruel,  uma vez mais, servirá para fazer caridadezinha.

 

O ex-forcado nada aprendeu, e lá vai contribuindo para a história macabra que se vai desenhando ao redor dele.

 

Um dia, lá muito para diante, o Nuno lembrar-se-á das minhas palavras, com toda a certeza absoluta. E dirá, demasiado tarde, porém: «Aquela ignorante (que é assim que me tratam) tinha razão».

 

Pois é, sei que tenho razão, Nuno, lamento é que ainda não tenhas conseguido vê-la.

 

 

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:45

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2013

«A fatalidade do menino na flor da idade»

 

 

 

ana pereira, deixou um comentário ao post O EX-FORCADO NUNO CARVALHO-MATA DEIXOU-SE VENDER POR CEM MIL EUROS às 21:42, 2013-02-26.

 

Comentário:

 

«quando alguém publica um estado destes , não pode dever muito à inteligência, é de uma racionalidade comparada à dos animais. pode não gostar de touradas mas isso não lhe dá o direito de de se gloriar de uma fatalidade de um menino na flor da sua vida

 

***

 

Ana Pereira, em duas frases você conseguiu definir-se, sem precisar dizer nada sobre si, do género: “eu sou…”.

 

Pois se compara a minha racionalidade à dos animais, está muito bem comparada, pois EU SOU UM ANIMAL. Coisa que vocês, aficionados, tauricidas, ganadeiros, forcados, etc., pelos vistos não são.

 

Serão ervas daninhas, logo, não tendo cérebro, não conseguem raciocinar.

 

E fique sabendo que existem animais não-humanos com muito mais racionalidade do que os aficionados da barbárie tauromáquica.

 

Quer coisa mais irracional do que aceitar ajuda proveniente da tortura de seres vivos?  

 

Quer coisa mais irracional do que aplaudir a tortura de seres vivos?  

 

Um Touro, um Cavalo, um Cão, um Gato, uma Minhoca, uma Galinha nunca aplaudiria a tortura de um ser vivo.

 

Pela milionésima vez: as touradas não têm nada a ver com gostos, mas com atitudes irracionais, primitivas e sanguinárias, provenientes de mentes que sofrem da síndrome de touradice aguda.

 

E se você não sabe ler, aprenda, porque em lado nenhum me regozijei com a fatalidade de um menino na flor da idade.  Só se eu fosse da vossa espécie, que se vangloria com o sofrimento dos Touros e Cavalos, e aplaudem a desgraça dos tauricidas nas arenas, porque são os vossos aplausos que os levam à morte e a ficarem tetraplégicos. Mas não sou, nem de perto, nem de longe, da vossa espécie.

 

Um menino. Pois!

 

Se está a referir-se ao Nuno de Carvalho Mata, pois este terá a mentalidade de um menino a quem não souberam dar um futuro digno, sim, para fazer o que faz, e para dizer o que diz.

 

E uma vez que falou em FATALIDADE, foi o “menino na flor da idade” que escolheu o caminho dele, por livre e espontânea vontade, logo, essa “fatalidade” deixa de ser fatalidade. Fatalidade foi a do Touro que não escolheu ser torturado por cobardes, numa arena.

 

Quem semeia ventos, pode colher tempestades. Quem anda à chuva, pode molhar-se. E quem não sabe isto, não sabe nada.

 

Se alguém quiser saltar para um abismo, porque é isso que quer fazer, e chega lá abaixo e esborracha-se, isto não é fatalidade. Isto é VONTADE de se espatifar.

 

E pelo que se vê, o “menino na flor da idade” quis ser forcado (ninguém o forçou), e ficou  tetraplégico. Mas se tornasse a andar, escolheria ser forcado novamente, logo, ficar tetraplégico não diz nada a este "menino na flor da idade".

 

Isto é a narrativa de FACTOS concretos. Não são ideias minhas. Consegue ver a diferença? Fui clara?

 

Não me parece.

 

Vocês não percebem o óbvio, e nem sei porque perco o meu tempo a explicar-vos.

 

(E para aqueles que me enviaram e-mails a pedir para eu deixar o Nuno em paz, eu bem que gostaria, mas esta gente não me deixa. Estão a ver? E vem aí mais tortura a favor do Nuno. E ele vai aceitar. E estará novamente na berlinda).

 

***

 E a propósito deste meu texto, eis um comentário, que recdebi do Jay Nandi:

 

Jay Nandi disse sobre «A FATALIDADE DO MENINO NA FLOR DA IDADE» na Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2013 às 15:57:

 

«Infelizmente há pessoas que não aprendem com as lições da mãe natureza. Pelos vistos ao Nuno Carvalho não bastou ter ficado paraplégico. Agora anda entretido a organizar touradas onde, muito provavelmente, outros forcados serão feridos, correndo o risco de ficar também paraplégicos ou mesmo morrer

 

Jay Nandi disse sobre «A FATALIDADE DO MENINO NA FLOR DA IDADE» na Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2013 às 15:58:

 

«A associação do forcado Nuno Carvalho não é uma associação de solidariedade coisa nenhuma. O objectivo dessa associação é apenas organizar mais touradas e ajudar o negócio das touradas. O forcado paraplégico transformou-se em mais um empresário tauromáquico que quer ganhar dinheiro com a tragédia de animais e humanos.»

 

***

Eu diria mais: o Nuno não só quer ganhar mais dinheiro com a tragédia de animais e humanos, como se aproveitou da sua própria tragédia, para fazer dinheiro.

 

E isto não só é deplorável, como condenável! 

 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 12:03

link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2013

HÁ DUAS ESPÉCIES DE ANIMAIS: OS ANIMAIS PROPRIAMENTE DITOS, E OS ANIMAIS HUMANOS PREDADORES

 

Como hoje estou com pachorra, vou responder ao comentário deste Luís, porque tenho sempre a esperança de que alguma coisa ENTRE nas cabeças DURAS dos aficionados… 

 

 

 

Eu pertenço a esta espécie de animais

 

 

Luís, deixou um comentário ao post O EX-FORCADO NUNO CARVALHO-MATA DEIXOU-SE VENDER POR CEM MIL EUROS às 13:54, 2013-02-21.

 

Comentário:

 

«Devo dizer que fico incomodado, realmente incomodado quando alguém se diz tão defensor dos animais e no final despreza os próprios animais humanos

 

RespostaVamos lá a ver Luís: eu sou defensora dos DIREITOS dos Animais Humanos e dos Animais ditos não Humanos; mas ABOMINO o animal humano predador, ao qual os tauricidas, torcionários, forcados, ganadeiros, aficionados e afins pertencem. Não me sinto obrigada a defender quem NÃO RESPEITA os DIREITOS DOS ANIMAIS HUMANOS E NÃO HUMANOS.

 

«Ao fim e ao cabo são estes que são da mesma espécie que a Srª, não se esqueça disso. Estes a quem a Srª ofende, chamando-lhes "cobardes", "tauricidas", isto e aquilo, numa chuva de impropérios sem fim

 

Resposta: está muito ENGANADO. Atirava-me da Ponte Vasco da Gama e afogava-me, se pertencesse à mesma “espécie” dos covardes, dos tauricidas, dos torcionários, dos forcados e de todos os que têm forma humana e são os piores PREDADORES do Planeta, não tendo respeito algum pela vida. E o que lhes chamo não são impropérios. É o que eles são na realidade.

 

«Não é isso também ofensa a animais, mas neste caso humanos

 

Resposta: Para se ser HUMANO, não basta ter a forma humana. Tem de se ter ESSÊNCIA humana, que é algo que vocês desconhecem. Logo, não ofendo os animais humanos, nem os não humanos. Mas não tenho a mínima consideração pelos animais humanos predadores. Se querem respeito, CONQUISTEM esse respeito. Deixem de ser PREDADORES.

 

«É a vida de um animal mais valiosa do que a de outro animal, mas neste caso, humano (tal como os apoiantes da "causa" teimam em chamar-lhe)?»

 

Resposta: Porque não sou hipócrita, digo-lhe que respeito mais um animal dito não humano, do que um animal humano PREDADOR. Que respeito merecem aqueles que TORTURAM UM SER VIVO por PRAZER? Muito mais valiosa é a vida de um ser inofensivo e inocente do que a de um torturador e matador. Isso não tenha a menor dúvida. Poderia ajudar um humano predador, se ele estivesse em perigo, mas apenas por uma imposição da minha humanidade. Nada mais do que isso.

 

«Desconfio que agora me vá chamar inculto, me vá mandar estudar, ler e informar-me. Acredito e assim o farei

 

Resposta: Pois desconfia mal. O que disse até aqui, tem a ver com uma visão errada do ser humano. O “homem” comum sempre esteve errado acerca da humanidade. Dizem-se os “donos do mundo” e não passam de uns seres insignificantes, diante das FORÇAS DA NATUREZA.

 

«Como a aconselho a si a fazer o mesmo acerca da Tauromaquia. Procure ter a certeza daquilo que diz, não entre em demagogias bacocas e fáceis como por exemplo: "[os toiros] também ficariam paraplégicos (com a tortura que sofrem na arena), se não os matassem.". Não raros são os casos em que aos toiros é poupada a vida e que recuperam normalmente, não ficam paraplégicos como a Srª afirma».

 

Resposta: Não tente tapar o sol com a peneira. Sei muito bem, porque sei ler e VEJO os vídeos, do estado horroroso em que ficam os Touros antes e depois de “lidados”. E se não ficam paraplégicos (sim, paraplégicos, tal como outros mamíferos ficam) é porque são ABATIDOS SEM DÓ NEM PIEDADE, pelos tais humanos predadores.

 

 


Veja um Porquinho paraplégico, numa cadeirinha-de-rodas. Se não matassem os Touros, quantos ficariam assim?


 

«Comparações de aficionados com Hitler, argumentando que Hitler tinha a vantagem de ser vegetariano, que gostava de animais e não os matava? Está, por acaso, esquecida dos mais de 6 milhões de animais humanos (também conhecidos por pessoas) que o citado matou? Mas então estamos perante uma incompatibilidade lógica no seu raciocínio

 

Resposta: o que disse aqui, fora do contexto daquilo que escrevi, parece o que é, MAS NÃO É. Isto foi escrito dentro de um determinado contexto. Se não perceberam, o problema é VOSSO. É o que faz a iliteracia. Mas quer saber? Uma vez que falou nisso, os tauricidas são os hitlers dos Touros e dos Cavalos. Acham que estes animais magníficos não são animais, tal como Hitler achava que os judeus não eram seres humanos, por isso os tratava como LIXO. É o que vocês fazem aos Touros e Cavalos: tratam-nos como lixo. Qual a diferença entre o nazista e o tauricida? NENHUMA.

 

«Defende animais, mas não se importa com os animais da sua espécie? Cumprimentos LS»

 

Resposta: defendo os animais da MINHA ESPÉCIE. Não me importo nada com os animais da espécie humana predadora, que NÃO SÃO, DE TODO, DA MINHA ESPÉCIE.

 

Como este:

 

 

Será esta uma expressão “humana”?... 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:40

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2013

NÃO SEI SE HEI-DE RIR, SE HEI-DE CHORAR COM ESTE COMENTÁRIO “AFICIONADO” – O QUE ME DIZEM?

 

 

Publico-o aqui, porque das três, uma: ou esta catia marinheiro (que pode ser um “catio”) tem problemas de linguagem, e se tem, fica logo, à partida, ilibada da tatice que para aqui vai, ou é uma aficionada das “boas”, daquelas que sabem “ler, escrever e comunicar” com a “mestria” própria da “raça” torcionária, ou então está a gozar com a situação. De qualquer modo ficamos com mais este registo da “excelência cultural” desta gente, o que vem acrescentar uns pontos mais à Causa da Abolição das Touradas.

 

 

 

catia marinheiro, deixou um comentário ao post O EX-FORCADO NUNO CARVALHO-MATA DEIXOU-SE VENDER POR CEM MIL EUROS às 12:24, 2013-02-19.

 

Comentário:

«triste as senhoras defensoras o prato a vossa mesa talvez mude e de certo sao muito fracas de amigos e claro que o nuno volaria a fazer e amor a camisola nao ignoracia das senhoras que so defendem o quanto nao cevem e de amigos falem por vos os vossos abandonam fiquem sabendo que o nuno esta bem rodeado o contario de voces parolas...»

 

***

 

Obrigada, catia marinheiro.

 

Ficámos a perceber perfeitamente a sua boa intenção.

 

O Nuno está, de facto, bem rodeado de gente muito competente, muito instruída e muito culta.

 

Que sorte, a dele!

 

Nós, sim, somos muito, muito parolas à sua beira… Parolíssimas!

 

 

http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/225621.html

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:23

link do post | Comentar | Ver comentários (14) | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2013

O ex-forcado Nuno Carvalho-Mata deixou-se vender por cem mil Euros

 

Um apelo ao ex-forcado Nuno Carvalho, em nome da Humanidade

Consultar aqui:

http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/225621.html

 

Farias tudo de novo, não é Nuno? Não te arrependeste de nada...? Então é porque valeu a pena teres ficado confinado a uma cadeira-de-rodas...  

 

 

 

 O Nuno ficou tetraplégico, muito pior do que imaginávamos.

 

 

O Nuno ficou TETRAPLÉGICO, de livre e espontânea vontade, quando TORTURAVA um Touro MORIBUNDO, no campo pequeno, um lugar sangrento, envolto em odores medievais, no meio de LISBOA, uma capital europeia, que envergonha o mundo civilizado, ao ser cúmplice de uma Lei que promove a CRUELDADE.

 

O Touro, com toda a legitimidade que lhe assiste, e reunindo todas as suas derradeiras forças, tentou defender-se daquele “abraço” COBARDE, e apanhou, em cheio, o seu carrasco.

 

O Nuno estava naquela arena por vontade própria, e o pior, depois de tudo o que lhe aconteceu, foi ele dizer:  «Tornava a fazer o mesmo». 

 

Isto é que é ser inteligente! É a inteligência podre dos tauricidas.

 

Como se isto não bastasse, os seus cúmplices, com uma verdadeira devoção manhosa, decidiram torturar mais Touros e Cavalos, para HOMENAGEAREM e angariarem dinheiro manchado de sangue, para o ex-forcado.

 

O Nuno Carvalho-Mata deixou-se vender barato. Não aprendeu nada.

 

O campo pequeno (o nome apropria-se bastante ao que lá se passa) encheu-se de aficionados, torcionários, sádicos, forcados, e toda a espécie de animais humanos-predadores, que o ovacionaram (à maneira do circo romano, quando aquela gente alienada e inculta se punha em pé, e gritava histericamente, diante de um gladiador estraçalhado), como se ele, o Nuno, tivesse salvado a humanidade, evitando que um louco premisse um botão e uma potente bomba atómica despedaçasse o Planeta Terra.

 

O que se passou no campo pequeno, numa LISBOA medieval, capital de Portugal, ontem, dia 17 de Fevereiro de 2013, diz bem da IGNORÂNCIA, da ESTUPIDEZ, da SELVAJARIA, da INCULTURA que o governo português promove.

 

Os coitados, que participaram neste festival sangrento, para homenagear alguém que tornaria a ficar tetraplégico, mil vezes, se fosse preciso, e por livre vontade, pois faria tudo outra vez... não tem culpa da pobreza mental demonstrada, e que a medievalesca RTP1 noticiou, como se o Nuno estivesse a receber o Prémio Nobel da Inteligência

 

A culpa, é de um governo que não tem a mínima noção do RIDÍCULO e é absolutamente SERVIL ao grupo de pressão tauromáquico que o ESCRAVIZA.

 

Este acontecimento macabro, ficará para a História, no «Livro Negro da Tauromaquia», que está a ser escrito, para perpetuar o tempo em que criaturas das trevas deambulavam por aí, em pleno século XXI depois de Cristo.

 

Assim, tal e qual.

 

***

 

E o que aconteceu ao António Costa, o tal director de um Blogue chamado “Sortes de Gaiola”, o qual incorreu em vários crimes tornados públicos, a propósito da manifestação anti-tourada?

 

Alguma autoridade o abordou para que pagasse pelo que fez?

 

Por muito menos já vi gente a ser “engaiolada”. Mas não este.

 

Querem que acreditemos nas autoridades portuguesas?

 

A lista de crimes a denunciar a instâncias superiores é longa.

 

A Ministra da Justiça anda sempre com o FIM DA IMPUNIDADE na boca, mas ao que parece, não passa de palavras mal ditas.

 

Vamos esperar para ver o que acontece.


A propósito do Nuno, leiam mais aqui:

 

http://pelostourosvivos.blogspot.pt/

 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:36

link do post | Comentar | Ver comentários (50) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Maio 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Uma rectificação que se i...

AMANHÃ VAI HAVER FESTIVAL...

«A fatalidade do menino n...

HÁ DUAS ESPÉCIES DE ANIMA...

NÃO SEI SE HEI-DE RIR, SE...

O ex-forcado Nuno Carval...

Arquivos

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt