Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017

«O PLANETA TERRA ÉS TU…»

 

Uma ideia, guião e voz de Carlos Chavira.

Este vídeo foi produzido com o único propósito de agitar a consciência do nosso Planeta.

Humanos. Que palavra incrível!

Somos considerados a espécie mais inteligente do Planeta. No entanto…

 

 

… somos a pior de todas as espécies.

 

O que fazemos neste mundo? Quem nos trouxe aqui? Qual a nossa missão no Planeta? Talvez nunca possamos entender, mesmo quando parece que a nossa única missão é acabar lentamente com ele e com as suas espécies.

 

Já pensaste que talvez este Planeta não nos pertence, e ainda assim cuidar dele está nas nossas mãos?

 

Os outros animais estavam aqui muito antes de nós. Somos apenas os seus convidados. Temos vindo a invadir o seu território e estamos a destruir o seu habitat.

 

Eles suportaram-nos durante séculos, perdoaram-nos inúmeras vezes e continuamos a ignorar a situação deles.

 

Temos sido os seus sequestradores, os seus assassinos. Ainda assim aceitam-nos como seus donos.

 

Somos a única espécie que ataca, destrói, aniquila, contamina e extingue por ambição ou só para viver um pouco melhor.

 

O mundo é teu, é nosso, é de todos nós. Ainda assim, lembra-te que o mundo também é deles e temos de entender que eles não nada podem fazer para se salvarem e muito menos para salvar o Planeta.

 

O planeta Terra está a morrer, estamos a destruí-lo de forma vertiginosa e ele está faminto de amor. Não lhe sobra muitas forças e apesar de tudo, continua generosamente a dar-nos os melhores espectáculos desde que cá chegámos.

 

O Planeta tem sido o melhor anfitrião da nossa espécie. Não merecerá o nosso reconhecimento?

 

Se nos foi dada a capacidade de falar, pensar, criar, construir e ajudar, porque simplesmente nos calamos, ignoramos, destruímos e matamos?

 

Abre os olhos, tu também estás a morrer junto com o seu Planeta, o único planeta no nosso sistema solar onde nos foi dado o privilégio de viver.

 

Somos milhares de milhões neste Planeta, somos uma espécie pensante, racional, dominante, por que não nos damos conta disso?

 

Somos capazes de conquistar países, a Lua, e inclusive planetas. Ainda assim não somos capazes de conquistar os nossos próprios corações.

 

Toca o teu coração, sente o que está a dizer, ouve aquilo que ele pede de forma gritante e entendamos que precisamos de coexistir no mesmo planeta.

 

Começa por te mudares a ti mesmo. Faz essa proposta a ti mesmo, faz com que os teus filhos saibam e entendam, e que os mais velhos se lembrem que no dia em que a Humanidade deixar de existir e alguma outra espécie encontrar o nosso planeta, verão que fomos uma espécie que se equivocou, que caiu, porém, levantou-se e corrigiu os seus erros.

 

O Planeta já não é o mesmo e já não podemos esperar mais. Todos sabemos o que precisamos de fazer. O tempo urge. O futuro do planeta está nas tuas mãos. Ajuda-o, porque o planeta Terra és tu.

 

Que a indiferença não te vença.

 

Partilha-o agora mesmo, ainda vais a tempo…

 

Carlos Chavira

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:14

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 31 de Março de 2015

POR QUE GOSTO DOS ANIMAIS NÃO-HUMANOS...

 

 

417892_332486713462226_1401357821_n[1].jpg

 

Texto de Josefina Maller

 

Todos sabem (os meus leitores, claro!) que eu sou uma defensora acérrima dos animais (de qualquer animal, seja doméstico ou selvagem, do cão, do gato, da formiga ao hipopótamo), dos seus direitos, e de como os considero meus irmãos, porque somos seres da mesma Criação, com quem partilho o mesmo Planeta e a mesma Vida: respiramos o mesmo ar; bebemos da mesma água; alimentamo-nos do que a Natureza nos dá; temos as mesmas necessidades vitais, fome, sede, sono; sofremos as mesmas dores; somos fustigados pelo mesmo Vento; ilumina-nos o mesmo Sol; vela-nos a mesma Lua; abrasa-nos o mesmo Fogo; somos atingidos pelos mesmos flagelos da Natureza, pelas mesmas doenças, pelos mesmos martírios que nos infligem os animais humanos.

 

Porém, nem todos saberão porquê.

 

in «A Hora do Lobo», livro de Josefina Maller

 

Gosto dos animais não-humanos porque:

 

- São-nos fiéis em qualquer circunstância: nos bons e nos maus momentos; na fartura e na miséria; na saúde e na doença. 

 

- Não têm vícios, não se embebedam, não se drogam...

 

- Não são rancorosos.

 

- Não usam da violência para maltratar os da sua espécie, a não ser em legítima defesa ou por uma questão de sobrevivência...

 

- Não matam por prazer.

 

- Não são cruéis.

 

- Não sentem ódio, nem escárnio.

 

- Não massacram.

 

- Não são terroristas.

 

- Não desprezam os seus.

 

- Não poluem as águas, o ar, o solo, o ambiente...

 

- Não fazem guerras.

 

- Não são bombistas suicidas.

 

- Não destroem o seu meio ambiente.

 

- Não inventam armas mortíferas.

 

- Não sequestram os seus.

 

- Não violam os seus.

 

- Não torturam os seus.

 

- Não impingem o seu modo de vida a ninguém.

 

- Não são intolerantes.

 

- Não mentem nunca.

 

- São afectuosos.

 

- São pacifistas.

 

- Não são hipócritas, nem cínicos.

 

- São amorosos, perspicazes, laboriosos, inteligentes.

 

- Não agridem, se não os agredirem.

 

- Não são ladrões.

 

- Não são corruptos.

 

- Não são vigaristas.

 

- Não são traficantes de droga, nem de armas, nem dos seus.

 

- Respeitam as leis da Natureza e da Sobrevivência.

 

- Não andam no mundo só por ver andar os outros: intuem o verdadeiro sentido da vida, porque a vivem de acordo com a Lei Natural... que é forma mais inteligente de viver...

 

QUE MOTIVOS TEREI EU PARA NÃO RESPEITAR OU NÃO GOSTAR DOS ANIMAIS NÃO-HUMANOS OU DE CONSIDERÁ-LOS INFERIORES A MIM?

 

Josefina Maller

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:36

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 3 de Março de 2015

O HOMEM PREDADOR ESTÁ AO NÍVEL DOS VÍRUS E DAS BACTÉRIAS QUE FLAGELAM A VIDA NO PLANETA TERRA

 

Uma das razões de achar o ser Humano inviável como “espécie”, é porque somos uma das poucas e rara, entre as demais, que precisa destruir para evoluir. O ser humano mata, sacrifica e destrói tudo por onde passa na sua busca pela evolução, desejo, ganância e ambição... É uma espécie única entre os milhares de criaturas existentes sobre a face da terra, excepto parecido com os vírus e bactérias, que também agem da mesma forma!

 

HOMEM PREDADOR1.jpg

Fonte:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=254663257935032&set=a.231292166938808.52391.100001740791934&type=1&theater

***

PEGADA HUMANA

 

O impacto destruidor das nossas acções é visível no nosso Planeta.

 

A situação da Terra é desesperante. Um número reduzido de habitantes deste Planeta vai causando um dano potencialmente irreversível ao Planeta, esgotando os seus recursos e colocando em risco o futuro de todas as espécies, humanas e não humanas.

 

Os cientistas dizem que se cada um de nós, não reduzir de forma significativa o impacto no meio ambiente, em duas décadas ultrapassaremos o ponto de não retorno, além do qual o planeta mudará irreversivelmente, a despeito de todas as medidas.

 

O grande problema é que a vida não será nada agradável ou sustentável para a espécie humana. O estrago que estamos a fazer é resultado do nosso estilo de vida. Todas as nossas acções exercem um impacto sobre o mundo natural. Assim, qualquer mudança de rotina, desde que acordamos até à hora de voltarmos para a cama é uma oportunidade para podermos cuidar do planeta.

 

HOMEM PREDADOR2.jpg

 

Fonte:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=254356554632369&set=a.231292166938808.52391.100001740791934&type=1&theater

 

HOMEM PREDADOR3.jpg

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:35

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

OS “WALKING DEADS” DA TAUROMAQUIA

 

Eles não sabem que já estão mortos. Deambulam por aí. Sedentos de sangue e de carne trespassada. Embriagados pelo cheiro da morte.

Eles não sabem, mas quando aparecem em público e na televisão, é assim que os vemos…

 

Horrendos. Desintegrados. Hediondos.

WALKING DEAD Zonbies-On-Walking-Dead-zombies-32977Fonte da imagem: http://mkalty.org/walking-dead/

 

 

Eles não sabem que morreram no dia em que nasceram com aqueles maus instintos, que os impedem de ver a luminosidade do Sol, que se debruça delicadamente sobre todas as criaturas vivas do Universo.

 

Eles não sabem que a fealdade que transportam nas suas já putrefactas entranhas se reflecte na fisionomia deles, quando olham com olhos, que ficaram num passado longínquo, toldados pela nuvem do pó dos tempos, as vidas que são destruídas diante deles…

 

Eles não sabem que da boca deles, disforme e descarnada, escorre a baba dos sôfregos por sangue de seres vivos, que lentamente sucumbem á tortura atroz a que são submetidos para deleite deles.

 

Eles não sabem que estão mortos, porque desprezam a Vida com a força dos raios.

 

Eles não sabem que são os walking deads da tauromaquia.

 

Monstros horrendos que aplaudem a morte, simplesmente porque estão mortos por dentro…

 

TOURO COMPLACENTE.jpg

 

Eles não sabem que o Touro moribundo os olha complacente, por ser de uma espécie muito superior à deles…

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:15

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 21 de Maio de 2013

JOAQUIM MURTEIRA GRAVE: DIZEM QUE É UMA "ESPÉCIE" DE VETERINÁRIO

 

«O perito tauromáquico que não sabe classificar biologicamente os touros» 

 

A entrevistadora não teve o mínimo sentido crítico, o entrevistado mostrou  que não vale nada...  E a revista "Caras" demonstrou estar ao serviço do lobby tauromáquico 

 

 

Leiam mais sobre este fenómeno neste link:

 

http://pelostourosvivos.blogspot.pt/2013/05/o-perito-tauromaquico-que-nao-sabe.html

 

***

Ó ORDEM DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS, DE QUE ESTÃO À ESPERA PARA BANIR DA ORDEM QUEM ASSIM É UMA “ESPÉCIE” DE VETERINÁRIO?

 

QUE VERGONHA!

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:24

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 6 de Março de 2013

PARA OS AFICIONADOS QUE NÃO SABEM O QUE ANDAM A FAZER NO MUNDO, AQUI DEIXO ESTA MENSAGEM DE VIDA

 

 

(Espero que a compreendam… de uma vez por todas, para não ter que andar sempre a dizer o mesmo…)

 

 

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:08

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2013

HÁ DUAS ESPÉCIES DE ANIMAIS: OS ANIMAIS PROPRIAMENTE DITOS, E OS ANIMAIS HUMANOS PREDADORES

 

Como hoje estou com pachorra, vou responder ao comentário deste Luís, porque tenho sempre a esperança de que alguma coisa ENTRE nas cabeças DURAS dos aficionados… 

 

 

 

Eu pertenço a esta espécie de animais

 

 

Luís, deixou um comentário ao post O EX-FORCADO NUNO CARVALHO-MATA DEIXOU-SE VENDER POR CEM MIL EUROS às 13:54, 2013-02-21.

 

Comentário:

 

«Devo dizer que fico incomodado, realmente incomodado quando alguém se diz tão defensor dos animais e no final despreza os próprios animais humanos

 

RespostaVamos lá a ver Luís: eu sou defensora dos DIREITOS dos Animais Humanos e dos Animais ditos não Humanos; mas ABOMINO o animal humano predador, ao qual os tauricidas, torcionários, forcados, ganadeiros, aficionados e afins pertencem. Não me sinto obrigada a defender quem NÃO RESPEITA os DIREITOS DOS ANIMAIS HUMANOS E NÃO HUMANOS.

 

«Ao fim e ao cabo são estes que são da mesma espécie que a Srª, não se esqueça disso. Estes a quem a Srª ofende, chamando-lhes "cobardes", "tauricidas", isto e aquilo, numa chuva de impropérios sem fim

 

Resposta: está muito ENGANADO. Atirava-me da Ponte Vasco da Gama e afogava-me, se pertencesse à mesma “espécie” dos covardes, dos tauricidas, dos torcionários, dos forcados e de todos os que têm forma humana e são os piores PREDADORES do Planeta, não tendo respeito algum pela vida. E o que lhes chamo não são impropérios. É o que eles são na realidade.

 

«Não é isso também ofensa a animais, mas neste caso humanos

 

Resposta: Para se ser HUMANO, não basta ter a forma humana. Tem de se ter ESSÊNCIA humana, que é algo que vocês desconhecem. Logo, não ofendo os animais humanos, nem os não humanos. Mas não tenho a mínima consideração pelos animais humanos predadores. Se querem respeito, CONQUISTEM esse respeito. Deixem de ser PREDADORES.

 

«É a vida de um animal mais valiosa do que a de outro animal, mas neste caso, humano (tal como os apoiantes da "causa" teimam em chamar-lhe)?»

 

Resposta: Porque não sou hipócrita, digo-lhe que respeito mais um animal dito não humano, do que um animal humano PREDADOR. Que respeito merecem aqueles que TORTURAM UM SER VIVO por PRAZER? Muito mais valiosa é a vida de um ser inofensivo e inocente do que a de um torturador e matador. Isso não tenha a menor dúvida. Poderia ajudar um humano predador, se ele estivesse em perigo, mas apenas por uma imposição da minha humanidade. Nada mais do que isso.

 

«Desconfio que agora me vá chamar inculto, me vá mandar estudar, ler e informar-me. Acredito e assim o farei

 

Resposta: Pois desconfia mal. O que disse até aqui, tem a ver com uma visão errada do ser humano. O “homem” comum sempre esteve errado acerca da humanidade. Dizem-se os “donos do mundo” e não passam de uns seres insignificantes, diante das FORÇAS DA NATUREZA.

 

«Como a aconselho a si a fazer o mesmo acerca da Tauromaquia. Procure ter a certeza daquilo que diz, não entre em demagogias bacocas e fáceis como por exemplo: "[os toiros] também ficariam paraplégicos (com a tortura que sofrem na arena), se não os matassem.". Não raros são os casos em que aos toiros é poupada a vida e que recuperam normalmente, não ficam paraplégicos como a Srª afirma».

 

Resposta: Não tente tapar o sol com a peneira. Sei muito bem, porque sei ler e VEJO os vídeos, do estado horroroso em que ficam os Touros antes e depois de “lidados”. E se não ficam paraplégicos (sim, paraplégicos, tal como outros mamíferos ficam) é porque são ABATIDOS SEM DÓ NEM PIEDADE, pelos tais humanos predadores.

 

 


Veja um Porquinho paraplégico, numa cadeirinha-de-rodas. Se não matassem os Touros, quantos ficariam assim?


 

«Comparações de aficionados com Hitler, argumentando que Hitler tinha a vantagem de ser vegetariano, que gostava de animais e não os matava? Está, por acaso, esquecida dos mais de 6 milhões de animais humanos (também conhecidos por pessoas) que o citado matou? Mas então estamos perante uma incompatibilidade lógica no seu raciocínio

 

Resposta: o que disse aqui, fora do contexto daquilo que escrevi, parece o que é, MAS NÃO É. Isto foi escrito dentro de um determinado contexto. Se não perceberam, o problema é VOSSO. É o que faz a iliteracia. Mas quer saber? Uma vez que falou nisso, os tauricidas são os hitlers dos Touros e dos Cavalos. Acham que estes animais magníficos não são animais, tal como Hitler achava que os judeus não eram seres humanos, por isso os tratava como LIXO. É o que vocês fazem aos Touros e Cavalos: tratam-nos como lixo. Qual a diferença entre o nazista e o tauricida? NENHUMA.

 

«Defende animais, mas não se importa com os animais da sua espécie? Cumprimentos LS»

 

Resposta: defendo os animais da MINHA ESPÉCIE. Não me importo nada com os animais da espécie humana predadora, que NÃO SÃO, DE TODO, DA MINHA ESPÉCIE.

 

Como este:

 

 

Será esta uma expressão “humana”?... 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:40

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012

ABENÇOADA LOUCURA DO AMOR A TODOS OS SERES VIVOS...

 

 
 
publicado por Isabel A. Ferreira às 11:58

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

«O PLANETA TERRA ÉS TU…»

POR QUE GOSTO DOS ANIMAIS...

O HOMEM PREDADOR ESTÁ AO ...

OS “WALKING DEADS” DA TAU...

JOAQUIM MURTEIRA GRAVE: D...

PARA OS AFICIONADOS QUE N...

HÁ DUAS ESPÉCIES DE ANIMA...

ABENÇOADA LOUCURA DO AMOR...

Arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt