Segunda-feira, 27 de Junho de 2016

EM ALBUFEIRA ANDARAM A TORTURAR BEZERROS PARA O NADA VER…

 

Até quando vai durar esta demência dos promotores de tal coisa?

Vejam com os vossos próprios olhos como as bancadas estão cheias… de nada...

Isto não é de DOIDOS?

 

ALBUFEIRA.jpg

 Fonte:

https://www.facebook.com/CidadeDeAlbufeiraAntiTourada/photos/a.153407721513343.1073741828.153401928180589/544483239072454/?type=3&theater

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 19:32

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 9 de Dezembro de 2015

O TOURO QUE SE DEFENDEU COM VALENTIA

 

Eis a ESTUPIDEZ no seu estado mais puro.

 

É tempo de acabar com este tipo de "divertimento" BÁRBARO.

 

Lamento pelo Touro, que foi torturado e abatido cruelmente, e pelo Cavalo que sofreu horrores nesta "lide" de doidos.

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 12:10

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 22 de Maio de 2015

CADELINHA ABANDONADA, DOENTE E RETIDA NUMA VARANDA EM CONDIÇÕES COMPLETAMENTE DEPLORÁVEIS FOI RESGATADA

 

Os “donos” deveriam ir para a prisão. Sabemos disso.

Mas se estamos à espera que a lei funcione… nunca mais se faz justiça. Ver e resgatar é mais eficiente do que a lei.

 

Reparem bem no olhar de tristeza deste ser quase humano...

 

 

***

Alguns dias depois de ter sido retirada do inferno...

 

 

***

E deixo no ar estas questões:

Por que é que quem não gosta de animais, tem animais para os torturar deste modo?

Serão sádicos? Doidos? Monstros?

Ou tudo isto?

Deverão ser considerados como pertencentes à espécie humana?

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:49

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 8 de Agosto de 2013

A SIC, VENDIDA AO LOBBY TAUROMÁQUICO, ENVERGONHOU O PAÍS COM UMA REPORTAGEM ONDE VALORIZA A CAPEIA RAIANA PROTAGONIZADA POR CRIANÇAS E BEZERRINHOS

 

O programa «viagem na minha terra» levou a SIC à aldeia de Lageosa da Raia, na Serra da Estrela, para divulgar um costume bárbaro daquela terra, denominado “capeia raiana”.

 

Trata-se de uma variante imbecil da tourada, que inclui uma pega colectiva com um forcão, uma grade de madeira que serve de obstáculo entre o touro (que neste caso é um bezerrinho) e o grupo (que neste caso são crianças), o  que normalmente deixa o animal ferido.

 

 

Note-se a linguagem utilizada pela jornalista para “caracterizar” algo que é absolutamente inimaginável e aberrante. Só num país onde os doidos andam à solta, como se fossem lúcidos…

 

Ver aqui a reportagem:

http://sicnoticias.sapo.pt/programas/naminhaterra/2013/08/07/capeia-para-criancas-no-sabugal

 

***

Por Prótouro

 

Crianças Maltratam Bezerros em Capeia Arraiana

 

«Aldeia de Lageosa, tourada ao forcão com crianças a maltratar bezerros.

As criancinhas a quem fizeram uma lavagem cerebral, afirmam que é importante manter a tradição, ainda que uma afirme que se o bezerro fere o focinho não são eles que o magoam! Pobres crianças que são educadas a não respeitarem os animais e a acreditarem que porque é tradição tem que ser feito.

 

E ainda temos um senhor com provecta idade a afirmar que nos anos quarenta não havia pão para comer, mas mesmo que estivessem sem comer dois ou três dias, as touradas tinham que se fazer.

 

Pelos vistos, nesta aldeia perdida nos confins do Portugal profundo, os tempos não mudaram, continuam a não ter nada, mas as touradas continuam e como há que perpetuar a chamada tradição, há que incutir nos menores que a tradição é fixe, como é afirmado por uma das miúdas no vídeo.

 

Prótouro

Pelos touros em liberdade»

 

Fonte:

http://protouro.wordpress.com/2013/08/08/criancas-maltratam-bezerros-em-capeia-arraiana/

 

***

Onde estão os responsáveis pela EDUCAÇÃO e PROTECÇÃO das crianças, neste país?

 

Por que os pais destas crianças NÃO SÃO RESPONSABILIZADOS por estes MAUS TRATOS PSICOLÓGICOS?

 

Que LOUCURA COLECTIVA será esta?

 

VIVEMOS NUM PAÍS DE DOIDOS?

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:43

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Domingo, 4 de Agosto de 2013

A CARNIFICINA TAUROMÁQUICA (E NÃO SÓ) CONTINUA A CONSPURCAR A CIDADE DA PÓVOA DE VARZIM

 
DESTA VEZ COM O AVAL DOS COMERCIANTES POVEIROS (IMAGINE-SE!)
 
 
 
 

No passado dia 3 de Agosto, foi uma. Pouca gente, como o costume. Até a tourada da RTP não encheu como enchia outrora.

 

Agora, seis TERRORÍFICOS BRONCOS irão torturar seis magníficos BOVINOS para DIVERTIR os COMERCIANTES POVEIROS que, como já têm poucos clientes, querem ficar com menos ainda. Nem sequer pensaram no BOICOTE de que vão ser vítimas.


Nunca mais estes comerciantes poderão dizer que ESTÃO LIMPOS!

 

Como foram cair na conversa de carniceiros, não sabemos.

 

Mas o facto é que na Póvoa de Varzim, irá acontecer TORTURA pela primeira vez para os comerciantes locais.

 

Fado e touradas À LUZ DAS VELAS? Que coisa mais PIROSA!

 

 

Além de que misturar FADO com TORTURA é um SACRILÉGIO. É de quem não RESPEITA O FADO, e não sabe que o fado é PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL DA HUMANIDADE, que não combina, de modo algum com a bronquice da TORTURA.


Mas não só de tortura de bovinos para divertir SÁDICOS, vive a Póvoa de

Varzim, nesta época onde os doidos andam à solta.

 

De um lado a tortura de Touros e Cavalos.

 

Do outro a tortura de animais ESCRAVIZADOS do circo macabro de Victor Hugo Cardinali.

 

Outro HORROR.

 

  

Vejam: Camelos num circo? E a expressão do “artista” o que sugere?… Isso mesmo, o que estão a pensar. Curável num manicómio.

 

E entre estes dois eventos que transformam a cidade num antro medieval, a Feira do Livro é esmagada como um pequeno insecto.

 

E o carniceiro-mor do Concelho, ainda se atreve a dizer em público que a cidade da Póvoa de Varzim está ao nível das cidades mais evoluídas da Europa, quando o povo é agredido por estes cartazes, passo sim, passo não.  

 

Isto é ou não é um sinal de absoluta DECADÊNCIA INTELECTUAL, MORAL E SOCIAL?

 

A continuar assim, nem as MOSCAS quererão pousar numa terra que cheira a mofo, a suor, a urina, a bosta, a ranço, a álcool…

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:29

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Sábado, 13 de Julho de 2013

QUANDO O INSTINTO DE SOBREVIVÊNCIA SE SOBREPÕE À IRRACIONALIDADE GANHAM OS TOUROS

 
 

O que será isto senão a loucura colectiva?

 

É esta a Espanha inferior, que os aficionados portugueses tanto gostam de citar e de imitar…

 

Estropiam-se, mas para o ano há nova dose, e a estupidez regressa às ruas

 

 
 
 
«Este vídeo representa a estupidez humana em vários níveis... Fizeram um muro humano na entrada para a arena, ou seja, por onde os touros deviam entrar... Escusado será dizer que quando tentaram entrar...
 
"Viveram-se momentos dramáticos, este sábado de manhã, em Pamplona, Espanha. Em mais uma tradicional largada de touros das festas de San Fermin, um dos portões de madeira da praça taurina fechou-se e estreitou o acesso. A multidão que tentava entrar acabou por se acumular e formar um "muro" humano que bloqueou a passagem dos touros. Há 23 feridos, um em estado muito grave.
 
O acesso à praça de touros de Pamplona converteu-se, este sábado de manhã, numa "ratoeira", segundo o jornal "El Mundo". Após mais uma tradicional largada de touros das festas de San Fermin, um dos portões de acesso à a...rena da praça taurina fechou-se involuntariamente entre o rebuliço da multidão em fuga, encurtando a passagem.
 
Sucederam-se as quedas. Dezenas de pessoas amontoaram-se e, entre pisadelas e empurrões, todos tentavam escapar à fúria dos touros, que embateram naquele muro de gente. Muitos tentaram puxar os que estavam caídos, presos e amontoados, num cenário dramático e de aflição.
 
Um total de 23 pessoas foram hospitalizadas (16 já tiveram alta). Entre os feridos está um espanhol de 19 anos, em estado muito grave, com um traumatismo torácico e síndrome de asfixia. O jovem está internado na unidade de cuidados intensivos.
 
Um outro paciente, irlandês, de 28 anos, também apresenta síndrome de asfixia, mas de menor gravidade." (Mário Lavrador)
 
 

 

 

 
publicado por Isabel A. Ferreira às 17:18

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Domingo, 7 de Julho de 2013

VILA FRANCA DE XIRA, A CAPITAL DA VILANAGEM

 
Isto é lindo de se ver! É cultural. É arte. É tudo o que há de melhor no mundo. É mais sublime do que uma Sinfonia de Beethoven.
 
 
 
(Foto retirada do Facebook)
 

 

 
A marrada no Fernando Rocha (foto retirada do Facebook)
 

E até eles gostam. Gostam de ver torturar os Touros e Cavalos (que chegam a morrer), mas também gostam de ver o Touro marrar nos doidos, e aleijá-los e estropiá-los para o resto da vida E até matá-los, porque para o ano, HÁ MAIS…

 

E quem se importa com as consequências que pode trazer esta “coisa” chamada festa do colete encarnado, onde o álcool jorra a rodos?

 

Até o comediante Fernando Rocha, que ali estava ao serviço da SIC, foi ontem colhido por um Touro, e gostaram tanto, mas tanto, que hoje a SIC lá estará a dar cobertura a esta estupidez, transformada na estação televisiva dos broncos. Sim, porque só os broncos, que felizmente são a minoria, vão estar sintonizados.

 
  

Este, o Fernando Rocha, foi parar ao hospital…

 

Ler mais sobre este assunto aqui:

 

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=594721587224855&set=a.469874876376194.107042.466818870015128&type=1&theater

 

http://videos.sapo.pt/jcOcEodMjWkQBhrI3Mdg#share

 

http://www.youtube.com/watch?v=iZexSAYj53I

 

http://www.youtube.com/watch?v=HOSZ78nz5fM

 

 

***

Quem são os responsáveis, pelos mortos e feridos num “evento" de tão baixo nível cultural, numa terra que parou na Idade Média, e pior do que isso, RECUSA-SE A EVOLUIR?

 

Quem poderia ser?

 

Os autarcas vilafranquenses, obviamente, os quais deveriam ir a tribunal responder por incentivar, apoiar e ser cúmplice de festejos, onde pessoas e animais são gravemente feridos e outros morrem, sem o mínimo constrangimento, numa orgia de álcool, marradas e morte…

 

E viva a festa do colete encarnado, onde se bebe, mata e esfola com o aval das autoridades locais!

 

 

 
publicado por Isabel A. Ferreira às 15:36

link do post | Comentar | Ver comentários (140) | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 12 de Junho de 2013

A VERDADE NUA E CRUA, COM SOM, DO SOFRIMENTO DOS TOUROS NAS GANADARIAS

 

 

 

https://www.facebook.com/photo.php?v=483551098394290&set=vb.100002182112086&type=2&theater

 

 

BASTA! BASTA! BASTA!

 

É PRECISO PÔR UM BASTA NESTA LOUCURA.

 

É PRECISO INTERNAR OS DOIDOS!

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:19

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 11 de Junho de 2013

ISTO ESTARÁ A ACONTECER EM PORTUGAL?

 
Não quero crer!
 
 
 
 Mas quem é João Moura JR?
 
É filho do matador João Moura. O que teve este pai para ensinar ao filho senão o mal?

 

 Quando pensamos que já não existe mais nada para ver no que respeita a crueldade contra animais indefesos, aparece mais uma…

 

 

 

 

O que pretendem demonstrar com esta loucura?

Que são doidos?

Que são atrasados mentais?

Que são sádicos?

Que são psicopatas?

Se é isso, conseguiram.

 

São tudo isso e muito mais: asquerosos, imbecis, estúpidos, primitivos, broncos, tansos…

 

Já não há pachorra, depois de tudo o que se sabe sobre o Touro.

 

Por isso, agora só me resta desejar que vos aconteça o mesmo.

 

Não aplaudo, obviamente. Mas não vou chorar, como chorei com esta imagem.

 

https://www.facebook.com/alanosdejoaomourajr/photos_stream

 

(As críticas foram tantas que, entretanto, o tal da foto já retirou este link do Facebook. Nem sequer são capazes de assumir as monstruosidades que praticam. O que não farão às escondidas, longe das câmaras fotográficas!)

 

 

 

***

Um comentário pertinente:

 

 

As cenas vistas no FB, há pouco, de cães de fila a atacarem um bovino numa arena, devem fazer parte do treino de cães dessa raça espanhola usados para dominarem bovinos nos campos. São práticas terríveis. É o mundo violento que temos.

 

O assunto encontra-se com motores de busca da Internet.

 

"La importancia vital de los perros de presa españoles en la explotación de ganadería brava o salvaje ha sido la causa de la supervivencia de razas y tradiciones.

 

Historia del perro de presa español, captura de vacas bravas, el perro de presa en su terreno, canes y lidia, imágenes duras e impactantes, donde descubriremos la cara oculta de esta historia viva".

 

https://www.facebook.com/vmmreis/posts/464264646997254?comment_id=2971429

 

 

***

O link da monstruosidade foi eliminado, mas consegui resgatar estas fotos, para ficarem registadas no Livro Negro da Tauromaquia

 

 

 

 

 
Vejam mais aqui:
 

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.448225395272803.1073741829.305023079593036&type=1

 
 
 
publicado por Isabel A. Ferreira às 12:13

link do post | Comentar | Ver comentários (47) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Novembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Posts recentes

EM ALBUFEIRA ANDARAM A TO...

O TOURO QUE SE DEFENDEU C...

CADELINHA ABANDONADA, DOE...

A SIC, VENDIDA AO LOBBY T...

A CARNIFICINA TAUROMÁQUIC...

QUANDO O INSTINTO DE SOBR...

VILA FRANCA DE XIRA, A CA...

A VERDADE NUA E CRUA, COM...

ISTO ESTARÁ A ACONTECER E...

Arquivos

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt