Sábado, 14 de Março de 2015

EM PORTUGAL SAM SIMON SERIA CONSIDERADO POR UM DEPUTADO DO CDS/PP (JCR) COMO UM FANÁTICO

 

Os que pugnam pelos Direitos dos Animais (sejam eles humanos ou não humanos) são passíveis de terem de receber tratamento psiquiátrico, de acordo com o “pensar” do centrista JCR.

 

Depois não gostam que os critiquemos.

 

Mas os nossos heróis são todos os Sam Simon do mundo, e não deputados do CDS/PP, como o JCR, que projectam nos outros as suas frustrações…

SAM SIMON.jpg

Este, sim, é um verdadeiro HOMEM, que prova que quem pugna pelos Direitos dos Animais, obviamente, também pugna pelos Direitos dos Homens. Só os idiotas é que não percebem isto.

 

«Sam Simon, argumentista e co-autor dos famosos Simpsons, morreu este domingo aos 59 anos devido a complicações relacionadas com o cancro terminal do cólon que lhe havia sido diagnosticado em 2012. A morte de Simon foi confirmada esta segunda-feira pela família.

 

Simon casou-se duas vezes mas nunca teve filhos. Perante a notícia da morte eminente, o produtor decidiu tornar-se um filantropo e começar a doar a fortuna avaliada em €80,2 milhões. Para isso criou a Sam Simon Foundation, através da qual doou dinheiro para ajudar os animais mas também famílias carenciadas.

 

Entre as organizações de defesa dos direitos dos animais que ajudou encontram-se a PETA ou a Sea Shepherd Society, contra caça às baleias. O dinheiro que foi canalizado para a sua fundação serviu ainda para disponibilizar cães de ajuda a pessoas portadoras de deficiências, com especial atenção aos veteranos de guerra.

 

Simon comprou ainda uma quinta de fabrico de pêlo, para salvar 400 chinchilas, recolheu cães vadios da rua, ajudou a resgatar vários ursos pardos e foi protestar a Taiji, no Japão, contra a matança anual de golfinhos, escreve o Dodo

 

Foto: francescamigliano / Creative Commons

Fonte:

http://greensavers.sapo.pt/2015/03/10/morreu-criador-dos-simpsons-que-doou-e80-milhoes-para-ajudar-os-animais/

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:55

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 8 de Março de 2015

TOUREAR NUMA PRAIA PÚBLICA? COM A PERMISSÃO DE QUEM? DO PRIMEIRO-MINISTRO? DA PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA? DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA? DA SENHORA MINISTRA DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA? OU DO VICE-PRIMEIRO-MINISTRO?

 

Que autoridades são estas que permitem uma prática bárbara e grosseira num lugar público, como é uma praia?

 

Só na Moita do Ribatejo, um lugarejo onde não entrou a civilização, nem a racionalidade!

 

Mas os cidadãos portugueses, na posse de todas as suas faculdades mentais, podem e devem pedir às autoridades competentes uma explicação lógica e racional para tal degradação moral, cultural e social.

 

Ou não teremos autoridades competentes em Portugal?

 

TOUREIO NA PRAIA.jpg

 

Origem da foto:

https://protouro.wordpress.com/2015/03/08/a-pulhice-da-tauromafia-nao-conhece-limites/

 

Reza a crónica que ontem, no areal da Praia do Rosário, junto à Moita do Ribatejo (em território de Portugal, não estamos a falar de algures numa praia deserta e bravia do Planeta) realizou-se o que os adeptos da selvajaria tauromáquica chamam de um "acosso e derriba", que significa um “tormento e abate,” ao que se seguiu lides a cavalo e toureio a pé, que torturaram barbaramente e cobardemente bovinos e cavalos (como podemos ver na imagem).

 

Diz que os cobardes eram “reconhecidos” nomes das respectivas “especialidades, só não diz que as especialidades eram cobardia e tortura de bovinos e cavalos.

 

Para completar a crónica, o cronista diz que tudo aconteceu num «cenário maravilhoso que se recomenda a quem nunca tenha visitado o local. Enquadramento propício a desfrutar de saberes e sabores, entre as artes de bem montar e bem tourear

 

Ora esmiucemos isto:

 

Cenário maravilhoso que foi conspurcado por algo horroroso, tenebroso, asqueroso

 

Os saberes são inequivocamente os da crueldade e violência.

 

Os sabores são os do vinho. Muito vinho.

 

As artes são as de bem torturar cavalos montados e esporeados, e as de bem golpear bovinos indefesos e inofensivos.

 

E o cronista continua a insultar a inteligência de todos nós:

 

«Iniciativa do Clube Taurino da Moita que é de aplaudir, oportuna promoção da Tauromaquia, numa vertente muito peculiar. A Festa de Toiros tem destas riquezas, onde a Natureza é parceira de referência.»

 

Atente-se na verborreia do cronista.

 

Aplaude-se a tortura, na vertente peculiar do requinte da malvadez.

 

A festa de “toiros” é tão-só a festa dos broncos, por que para os touros é a tortura, é a morte certa, num qualquer matadouro, sem dó nem piedade.

 

As riquezas, que aqui são aludidas, são única e exclusivamente a posse de uma ignorância e imbecilidade atávicas, que vêm dos tempos mais obscuros da história da humanidade, anterior ao tempo dos humanóides.

 

A Natureza, coitada, tal como os bovinos e os cavalos, não tem voz para dizer da imensa repugnância que sentirá por esta imensurável ofensa à Vida Planetária.

 

E por fim, temos o mais aviltante, porque falamos de crianças abandonadas pelo Estado Português:

 

«Se em Olivença quatro mil crianças assistiram na praça a uma tenta de Alexandro Talavante, no Rosário podem os nossos jovens tomar contacto com as realidades do campo, desta vez, à beira do rio, na certeza de que importa reconhecer na festa de toiros a sua biodiversidade

 

Realidades do campo?

 

Quais? A violência, a crueldade e a tortura de bovinos e cavalos?

 

Será essa a realidade do campo que pretendem transmitir às crianças?

 

Biodiversidade?

 

Esta “gente” fala de quê?

 

Da biodiversidade ou diversidade biológica, que compreende a totalidade de variedade de formas de vida que podemos encontrar na Terra: plantas, aves, mamíferos, insetos, micro-organismos?

 

Ou será da diversidade de biocídios que esta “gente” comete impunemente, ao abrigo de uma lei?

 

***

AUTORIDADES PORTUGUESAS, ISTO ULTRAPASSA TODOS OS LIMITES DA RACIONALIDADE

 

De uma só penada, viola-se os Direitos Humanos, os Direitos das Crianças e os Direitos dos Animais, cuja proclamação Portugal HIPOCRITAMENTE assinou, apenas para constar...

 

Até quando têm os portugueses de ser agredidos moralmente, psicologicamente, espiritualmente, culturalmente, por estas desprezíveis chicotadas?

 

Fonte desta crónica de miséria moral, cultural e social:

http://www.cmjornal.xl.pt/opiniao/colunistas/mauricio_do_vale/detalhe/hoje_tourear_na_praia.html

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:33

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

EM PORTUGAL SAM SIMON SER...

TOUREAR NUMA PRAIA PÚBLIC...

Arquivos

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt