Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2013

O DELÍRIO DE UM AFICIONADO DESESPERADO

 

Bem, lá terei de praticar mais uma obra de caridade espiritual…

 

 

 

O Diogo vê uma pessoa a assistir à tourada e diz que são milhares…

 

Diogo, deixou um comentário ao post TAUROMAQUIA - A OPINIÃO DE UM MÉDICO VETERINÁRIO VERDADEIRO (PORQUE OS HÁ A FINGIR) às 00:23, 2013-02-27. Comentário:

« ‘Bla bla bla whiskas saquetas... bla bla bla bla bla whiskas saquetas’.

Pegando neste conhecido anúncio de comida para gato, comparo o que o gato ouve da conversa da sua dona com ignorância e falta de inteligência que é característica de qualquer animal irracional, com aquilo que a sua pessoa ouve e interioriza de quem realmente está por dentro do mundo dos toiros e tenta ensinar-lhe alguma coisa.»

 

Resposta: primeiro, a ignorância é apenas sua, pois todos sabemos, que além do gato, outros animais não humanos são BASTANTE INTELIGENTES. O porco é tido como o terceiro animal mais inteligente. Portanto se aqui alguém é ignorante ou lhe falta inteligência é ao Diogo.   

 

«Os seus discursos falam de cobardia, falta de inteligência, falta de civismo, falta de educação e instrução, desrespeito ao animal.

 

Pois olhe que se engana. De todos os que conheço que praticam a ''cobardia'' que fala pelo forcado, que eu chamo de valentia, amizade, culto ao toiro...; 90% são formados com curso superior ou estão ainda a formar-se.»

 

Resposta: engano-me? Ai sim? Diz-me que 90% tem curso SUPERIOR? Tirado aonde? Ou como? Comprado naturalmente, porque se me diz que os forcados (que não passam de COVARDES), têm cursos superiores, o ensino em Portugal anda nivelado muito por BAIXO, pois não é SUPERIOR divertir-se sadicamente com seres vivos. Isso é covardia, falta de inteligência, falta de civismo, falta de educação, de cultura e de instrução, e principalmente desrespeito pelo animal. Não tenha a mínima dúvida. E não sou só eu que o digo. São formados em CRUELDADE, esses 90%.

 

«No meu caso, espero que tenha habilitaçoes literárias tão boas quanto as minhas, pois assim poderá provavelmente estar bem na vida.»

 

Resposta: estava tramada, se as minhas habilitações fossem “tão boas” quanto as suas, que nem sequer sabe usar correctamente a Língua Portuguesa.

 

«Já quanto ao civismo, não creio que seja falta dele que se tome a opção de se querer manter preservada uma tradição e marca tão nossa quanto o nome do nosso país. E acho de louvar quem tenha não só a coragem de enfrentar um toiro de frente, como também lutar contra uma oposiçao ''verdoca'' que no século XXI despertou para lutas que no fundo não são primárias à sociedade.»

 

Resposta: se pensa que a tourada traz prestígio a Portugal, engana-se. Lá fora somos tidos como um país terceiromundista que ainda preserva “tradições” primitivas raiando a ESTUPIDEZ. E se acha «de louvar quem tenha não só a coragem de enfrentar um toiro de frente, como também lutar contra uma oposição ''verdoca''  (seja lá o que isto for) que no século XXI despertou para lutas que no fundo não são primárias à sociedade» permita-me que lhe diga que nunca vi um raciocínio tão parvo e estúpido quanto este. Você tem a certeza de que é da nossa época. Não será um troll da Idade Média, que sobreviveu num buraco qualquer por aí, e agora anda pelo mundo a dizer disparates fenomenais?  

 

«Lutar contra a fome, doença, guerra, até extinção de espécies como o lince ibérico, para isso ja não se mexe...?? Acho que seria melhor para a sociedade do que andar com estes activismos contra a tauromaquia!»

 

Resposta: pois, você acha, mas não tem de achar nada. Isso é o que vocês querem. Que nos calemos. Você tem é de se civilizar e de ser ÚTIL à sociedade. Eu neste momento estou a lutar pela Causa dos Animais (que implica os Humanos e TODOS os Não Humanos). E você? Está a lutar contra a fome, a doença, a guerra, e até a extinção de espécies como o lince ibérico? Está? Ora diga lá qual é a CAUSA que abraçou para deixar aos seus descendentes uma sociedade melhor?  É a da VIOLÊNCIA contra seres vivos?

 

«Quanto à Tauromaquia estar ''com os pés na cova e só faltar o empurrãozinho final'', tenho que discordar novamente. À bem pouco tempo um estudo provou que os ''anti'' representam uma baixíssima parcela de 11% da população portuguesa: LINK Sondagem ''Público'':

 

http://www.publico.pt/sociedade/noticia/maioria-dos-portugueses-defende-que-touradas-favorecem-imagem-do-pais-no-exterior-1489793

 

Resposta: «À bem pouco tempo?»… (Olhe o seu Português!) Pois… Isto já tem barbas brancas, e NUNCA, NUNCA, NUNCA  CORRESPONDEU À VERDADE. NUNCA!

 

"A verdade é que tem havido muita manipulação dos números e estes demonstram que apenas 11 por cento dos portugueses são contrários aos espectáculos taurinos", refere. Para além do facto de afirmarem contra a verdade de serem muito mais do que aquilo que são:

 

Resposta: a VERDADE é que 89 % dos portugueses SÃO CONTRA AS TOURADAS. Essa é que é a verdade. Todas as sondagens recentes dizem que os DEFENSORES DOS ANIMAIS são a ESMAGADORA MAIORIA. Os predadores estão em minoria. Uma minoria ridícula, e estas contas até são fáceis de fazer. Nem eram necessárias sondagens.

 

«'O presidente da APET e responsável pela Protoiro, grupo que inclui não só os empresários, mas ainda as associações de forcados, toureiros e criadores de touros de lide, comentando os resultados da sondagem - onde 32,8 por cento dos inquiridos referem não ser aficionados, mas nada terem contra os que gostam dos espectáculos tauromáquicos -, diz ainda que grupos como a Animal "são muito proactivos, quase a roçar o extremismo e capazes de argumentar que esta percentagem de pessoas é contra os touros".'' (ora, ir contra a verdade (mentir), com fim de demover as pessoas a juntarem-se a movimentos ''anti-taurimos'', é uma das coisas pela qual eu não fui educado.»

 

Resposta: fale-me de gente SÉRIA. Todos os portugueses de bem sabem quem são os indivíduos da prótoiro, que não tem nenhum, mas nem o mais pequeno vestígio de respeitabilidade e credibilidade na sociedade portuguesa (tal como os políticos que os apoiam, por isso vão ser todos corridos brevemente). Pois eu sei, você lá foi educado para a VERDADE? Claro que não! Foi educado para a MENTIRA, para a VIOLÊNCIA, para a CRUELDADE, por isso não sabe o que diz.

 

«Para além disto, é facto que houve proíbições em certos e determinados sítios, como na Catalunha - isto durante um/dois anos, pois já se prevê o retrocesso dessa mesma proibição, o que demonstra que talvez esteja enganada quanto a força que o Protaurino tem, que tem muita! 27/02/2013 Diogo»

 

Resposta: como estão ENGANADOS. DESINFORMADOS. Em pleno DELÍRIO. AS TOURADAS jamais REGRESSARÃO à Catalunha. E em Portugal e nos restantes países tauricidas, elas estão por um fio de aranha. Não se ILUDAM. Comecem é a comprar lençóis para enxugar as lágrimas que derramarão brevemente, no ENTERRO DA TAUROMAQUIA.


 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:19

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Julho 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

O DELÍRIO DE UM AFICIONAD...

Arquivos

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt