Domingo, 26 de Julho de 2015

TODAS AS FORMAS DE VIDA SÃO SAGRADAS

 

"A única coisa que distingue a criança do animal, aos olhos dos que defendem que ela tem direito à vida, é o facto de ser, biologicamente, um membro da espécie Homo Sapiens, ao passo que os chimpanzés, os cães e os porcos não o são. Mas utilizar esta distinção como base para conceber o direito à vida à criança e não aos outros animais é, claramente, puro especismo. É exactamente este o tipo de distinção arbitrária que o racista mais cruel e assumido utiliza para tentar justificar a discriminação racial."

Peter Singer, Libertação Animal (pág. 17)

Via Óptima

 

QUEBRA DO SILÊNCIO.jpg

 

Fonte:

http://grito-silenciado.blogspot.pt/2015/07/todas-as-formas-de-vida-sencientes-sao.html?showComment=1437908081670#c7885623068207383769

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:02

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 27 de Junho de 2015

AINDA SOBRE O RITUAL DA QUEIMA DO GATO EM MOURÃO (BRAGANÇA)

 

O que aqui se diz é o resultado da ESTUPIDEZ no seu estado mais puro…

 

RITUAL PARVO.jpg

 

Nestes comentários, relata-se exactamente a triste e lamentável realidade deste nosso tão incivilizado país.

 

Vejamos o que diz o meu amigo Cândido Coelho sobre esta matéria:

 

«O sistema tenta vender a ideia de que somos um país evoluído, mas as realidades demonstram exactamente o contrário, como exemplo, temos os políticos que temos, as leis que temos e exemplos vergonhosos e lamentáveis como este (a notícia do estúpido ritual da queima do gato) que já deu a volta ao mundo, e a imagem que fica na mente das pessoas é realmente a de que somos um povo cruel, inculto e atrasado.

 

Inclusivamente li esta notícia ontem num jornal americano, onde o próprio jornalista recomendava aos seus compatriotas a nunca visitarem Portugal.

 

Gente destas e actos destes envergonham qualquer pessoa normal em qualquer ponto deste mundo.»

 

***

É triste, amigo Cândido Coelho.

É muito triste o que leu nessa notícia, num jornal americano.

 

É URGENTE FAZER PORTUGAL EVOLUIR!

QUE VERGONHA!

QUE VERGONHA!

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:27

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 20 de Março de 2015

TOURADA, REALIDADE CRUEL E BÁRBARA EM PORTUGAL

 

Os indivíduos que torturam e aplaudem a tortura de animais indefesos só podem ser psicopatas e portadores de distúrbios mentais graves, egoístas e sem carácter.

 

E não somos nós que o dizemos.

 

 

Fonte:

https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2015/03/19/tourada-realidade-cruel-e-barbara-em-portugal/

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:27

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 17 de Novembro de 2014

MEDINACELI (ESPANHA) UM LUGAR DEMONÍACO, ONDE VIVEM MONSTROS E OS GOVERNANTES DOS MONSTROS

 

Como é possível existir em Espanha um ritual tão cruel como este de queimar vivo um bovino indefeso?

 

Mas isto é real.

 

E dizem, que a Espanha é um país que pertence à Europa.

E dizem que a Espanha é um país moderno.

E dizem que a Espanha é um país católico.

 

10801501_10152845086532272_4029510441046101853_n[1

 

Veja-se o que os monstros de Medinaceli são capazes de fazer…

Um dia a vez deles chegará…

Como poderemos ser condescendentes com tais abortos da natureza?

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 19:33

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 25 de Setembro de 2014

SOFRIMENTO DO TOURO EM TODA A TAUROMAQUIA

 

 

O sofrimento do touro ao ser retirado da campina ou onde quer que se encontre no grupo, sempre com violência, apartado, impulsionado, dirigido, empurrado, transportado, confinado, "preparado", confrontado com situações desconhecidas, estranhas, ser provocado, ser ludibriado, ser ferido, ficar exausto, não pode ser ocultado ou ignorado.

 

 Isto acontece aproximadamente em todos os eventos com touros, sejam sem cordas, com cordas, com acrobatas e etc.

 

Qualquer modalidade tauromáquica, seja ela não cruenta (sem derramamento de sangue) ou cruenta (com derramamento de sangue), implica sempre sofrimento psicológico e físico dos animais envolvidos, logo é sempre cruel.

 

Não deve ser aceite, nem tolerada e muito menos pactuada por qualquer indivíduo, grupo ou associação animalista.

 

 Digno é deixarem-se os animais em paz no seu meio natural.

 

 Vasco Reis, Médico Veterinário

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:53

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

RIO MAIOR, OUTRO MUNICÍPIO CLASSIFICADO ABAIXO DE LIXO, POR ADERIR À SELVAJARIA TAUROMÁQUICA

 

Portugal está cheio de autarcas que se deixam manipular como marionetas nas mãos de bárbaros primitivos e ignorantes.

 

Como é que isto ainda é possível, em pleno século XXI depois de Cristo, senhora Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais?

 

 

Esta é a imagem que queremos perpetuar do ser senciente e belo, que é o Bovino.

 

Está prevista para o dia 30 de Agosto, em Rio Maior, uma sessão de selvajaria tauromáquica, junto ao Pavilhão Multiusos.

 

Esta localidade (que nem merece o nome de cidade) não realiza tal barbárie, há vários anos, e foi com o habitual enorme repúdio que tomei conhecimento do regresso deste costume bárbaro, herdado de um tempo em que predominava uma ignorância perversa, que ao que parece, a “senhora” autarca de Rio Maior pretende recuperar.

 

Como todos sabem, excepto o executivo camarário de Rio Maior, qualquer iniciativa tauromáquica é uma ofensa ética e moral que degrada socialmente, moralmente e psicologicamente quem pratica, quem aplaude e quem apoia tal imbecilidade.

 

Exma. Senhora Isaura Morais, Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior,  

 

Manifesto deste modo, a minha mais profunda indignação e o meu mais veemente repúdio, como cidadã portuguesa, que tem o dever, consignado na Constituição Portuguesa, de denunciar as impolíticas dos que foram eleitos para fazer progredir as localidades, e fazem-nas recuar séculos, enterrando-as nos charcos de águas fétidas de antanho.

 

É que torturar animais sencientes, inofensivos, inocentes e indefesos em nome de uma diversão tão parola quanto cruel, é uma prática eticamente condenável e repudiada por milhões de seres humanos em todo o mundo civilizado.

 

A imagem negativa a nível ético, moral, social e até mesmo educativo que liga Rio Maior à selvajaria tauromáquica está a ser transmitida, por várias vias, a todo esse mundo, que tem os olhos postos nos oito países terceiro-mundistas que ainda mantém este rebotalho do passado.

 

Por isso, senhora Isaura Morais, penso que seria o momento oportuno de reflectir bem na sua posição em relação à permissão desta barbárie em Rio Maior, uma vez que ao permitir tal “coisa” estará a dar aval à violência, à crueldade e à incultura que os rio-maiorenses não querem.

 

E tendo em conta que a ciência reconhece inquestionavelmente os animais mamíferos, incluindo Touros e Cavalos (pois ao contrário do que diz a lei portuguesa estes são também animais) como seres sencientes, capazes de sentir dor e prazer, tanto físicos como psicológicos, bem como sentimentos de medo, angústia, stress e ansiedade, a selvajaria tauromáquica, vulgo tourada, ofende gravemente os sentimentos e a sensibilidade, e insulta a inteligência da esmagadora maioria da população portuguesa, e contribui para a degradação moral de quem obtém prazer estético e psicológico com o sofrimento dos animais;


Tendo em conta que esta selvajaria expressa uma cultura envolvida na insensibilidade e na violência que degrada quem a pratica, aplaude e promove: vários estudos e especialistas concordam que a prática e a aceitação da violência contra os animais predispõe para a prática e a aceitação da violência contra os Homens (e em Portugal temos demasiados exemplos dessa violência gratuita sobre pessoas indefesas, crianças, velhos, mulheres…)


Tendo ainda em conta que o progressivo abandono de costumes retrógrados e opostos a um sentido humanista de cultura, como o que contribui para nos tornar melhores seres humanos, é o que caracteriza a evolução mental e civilizacional das sociedades e melhor corresponde à sensibilidade contemporânea;


Venho sugerir à senhora presidente da Câmara de Rio Maior, Isaura Morais, o cancelamento desta iniciativa selvagem (no mau sentido da palavra, porque na selva nem tudo é mau), bem como não haja mais incentivos e apoios para a continuidade destas práticas violentas e anormais contra animais sencientes, as quais tanto rebaixam todos os que nela estão envolvidos. 


Com a minha mais veemente indignação,

 

Isabel A. Ferreira

 

***

Abram este link, por favor, e adiram:

www.facebook.com/events/506724246129631

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:07

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 31 de Julho de 2014

CARTA ABERTA AO SENHOR BISPO DOS AÇORES, DOM ANTÓNIO DE SOUSA BRAGA

 

Exmo. Reverendíssimo Senhor Dom António de Sousa Braga:

 

Está prevista a realização de duas touradas à corda na Ilha Graciosa, nos próximos dias 2 e 3 de Agosto, integradas nas festividades de Nossa Senhora de Guadalupe (que deve estar a chorar lágrimas de sangue).

 

Considerando que a Igreja Católica deveria ter uma posição clara relativamente às touradas, que foram condenadas e proibidas, numa Bula ainda em vigor, pelo Papa Pio V, que as considerava «espectáculos alheios de caridade cristã»;

 

Considerando a crise socioeconómica em que os Açores estão mergulhados, à qual não ficam imunes as paróquias que se debatem com falta de recursos, e onde até se passa fome;

 

Considerando que a «tauromaquia é a terrível e venal arte de torturar e matar animais em público, segundo determinadas regras; traumatiza as crianças e adultos sensíveis; agrava o estado dos neuróticos atraídos por estes espectáculos e desnaturaliza a relação entre o homem e o animal, afrontando a moral, a educação, a ciência e a cultura» UNESCO, 1980;

 

Considerando que as touradas em nada contribuem para educar os cidadãos e cidadãs para o respeito a ter com todos os seres da criação divina, além de causarem sofrimento aos mesmos e porem em risco a vida dos adeptos de tal selvajaria;

 

Considerando que as touradas em nada promovem o turismo culto e de qualidade, que se quer para a Graciosa e para o Arquipélago dos Açores;

 

Venho manifestar a V. Reverendíssima, o meu mais veemente repúdio pela inclusão de uma “diversão” selvagem e cruel, como é a das touradas, sejam em que modalidade for, num programa de uma festividade da Igreja Católica, “diversão” essa que origina sofrimento, sem qualquer justificação, aos animais, e ferimentos e mortes aos adeptos dessa selvajaria, e repudiar também o mau uso de dinheiros da comunidade católica da Graciosa.

 

Esperando que V. Reverendíssima leve em conta estas linhas, que dizem do sentimento da esmagadora maioria dos açorianos, dos portugueses em geral e de milhões de cidadãos do mundo civilizado, e contribua para a evolução moral, cultural e religiosa desse Arquipélago, fico com a esperança de que elimine destas festividades e do território açoriano, definitivamente, este costume bárbaro e cruel, que não dignifica os Santos e as Santas em nome dos quais se tortura um animal, que esteve presente no Nascimento de Jesus Cristo, naquele estábulo, em Belém… há 2014 anos...

 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:15

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 26 de Junho de 2014

A TAUROMAQUIA É UMA ACTIVIDADE FEIA, CRUEL, SANGRENTA E INÚTIL PRATICADA POR COBARDES

 

A tauromaquia é uma actividade feia, cruel, sangrenta e inútil. Não é um desporto.

 

As touradas são consideradas um crime violento na maioria dos países do mundo e os poucos que se envolvem e dedicam às touradas são uns cobardes...

 

Uma actividade criminosa onde os touros são esmiuçados e humilhados, antes de serem mutilados, sacrificados ou até mortos em frente de uma plateia de gente sequiosa por sangue.

 

Os cobardes precisam ter uma vantagem antecipada para realizar e executar os seus crimes.

 

Os cobardes lutam contra touros cujas pontas dos chifres foram cortados para mantê-los fora de equilíbrio e se defenderem a si próprios.

 

Os cobardes lutam contra touros, cujos olhos foram esfregados com vaselina para dar aos covardes uma vantagem, visto que o touro já não pode ver correctamente devido à visão turva.

 

Os cobardes enfraquecem os touros durante a luta, espetando-lhe as bandarilhas no pescoço e nas costas, originando uma perca enorme de sangue e dores, e com lesões como estas, eles não podem levantar a cabeça para se defenderem.

 

O público idiota só quer ver sangue para ter emoções fortes, torce e clama “olé” a cada gesto que o cobarde executa contra o indefeso animal.

 

O cobarde finalmente retorna para dar a estocada final ao animal, uma vez enfraquecido, já não tem forças para se defender, impróprio para continuar a alimentar este ritual cruel, sádico e que só gente incivilizada pode apoiar.

 

Estes rituais cobardes e cruéis, podem durar horas.

 

Fonte:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=562011080533580&set=a.458611217540234.1073741827.100001740791934&type=1&theater

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:13

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 23 de Maio de 2014

COMUNICADO OFICIAL DA ESCOLA DE TROPAS PARAQUEDISTAS RELATIVO AO CANCELAMENTO DA TOURADA PREVISTA PARA HOJE, DIA DA UNIDADE

 

Imperou a lucidez, e não se sujou o nome da Unidade com um evento ignóbil e cruel.

Estão de parabéns pela decisão tomada.

 

Comunicado:

http://www.exercito.pt/sites/ETP/Noticias/Paginas/COMUNICADO.aspx

 

 

 

Fonte

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=636724536415256&set=a.104235282997520.13771.104217029666012&type=1&theater

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:20

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 7 de Maio de 2014

«A EXISTÊNCIA DE TOURADAS É O ESPELHO DE UMA SOCIEDADE RETRÓGRADA»

 

É um acto sangrento, bárbaro, cruel e desumano, para com um ser que não pode defender-se.

 

Como cidadã do mundo, sinto-me envergonhada por estes massacres de animais para entretenimento de alguns. Profundamente envergonhada.  

 

(Fiz minhas as palavras de Cândido Coelho, um abolicionista, acérrimo defensor dos direitos dos animais humanos e não humanos)

 

 

E além de envergonhada, sinto-me esmagada na minha sensibilidade, mas o que vejo nesta imagem, é-me indiferente, porque ali não vejo um ser humano. Vejo um monstro a ser agredido por um animal não humano, que tem todo o direito e legitimidade para se defender do seu carrasco.

Como qualquer um de nós o faria. 

 

Fonte:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=626713447396676&set=a.118685031532856.19225.100001740791934&type=1&theater

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:46

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

TODAS AS FORMAS DE VIDA S...

AINDA SOBRE O RITUAL DA Q...

TOURADA, REALIDADE CRUEL ...

MEDINACELI (ESPANHA) UM L...

SOFRIMENTO DO TOURO EM TO...

RIO MAIOR, OUTRO MUNICÍPI...

CARTA ABERTA AO SENHOR BI...

A TAUROMAQUIA É UMA ACTIV...

COMUNICADO OFICIAL DA ESC...

«A EXISTÊNCIA DE TOURADAS...

Arquivos

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt