Sexta-feira, 4 de Dezembro de 2020

As palavras são uma arma, podem ferir mais do que punhais

 

E no Arco de Almedina, aplicadas adequadamente às circunstâncias toscas da tauromaquia, INCOMODAM. E é esse o principal objectivo: incomodar e agitar as mentes entorpecidas.

 

 

Esta imagem vale mais do que mil palavras, mas se utilizar as palavras terei de dizer que quem fez isto é um cobarde, psicopata, tauricida, mau carácter, com muito maus instintos.

 

Há gente que critica a linguagem directa que utilizo para dizer das coisas rastaqueras da tauromaquia.

 

Confundem OPINIÃO com FACTOS.

 

Não percebem o que está escrito nas linhas, muito menos o que vai nas entrelinhas (o mais importante).

 

Falar sobre a COBARDIA DA TAUROMAQUIA não é falar de opiniões. É falar de FACTOS, comprováveis pelas imagens degradantes que existem aos milhares, e dizem mais do que mil palavras.

 

Opiniões, cada um tem as suas. Podemos concordar ou não com elas.

 

Já a TORTURA DE TOUROS E CAVALOS perpetrada por COBARDES foge ao âmbito das opiniões, porque ninguém tem o direito de torturar ninguém, e isto não é uma opinião, é um facto INDIGNO de seres humanos. Logo, quem o pratica será tudo menos humano, e tem de ser classificado com as palavras certas.

 

A forma correcta de lidar com a ESTUPIDEZ é chamá-la pelo próprio nome, ou seja, ESTUPIDEZ, para que quem leia compreenda o que se quer dizer. E mesmo assim, é uma desgraça. Impera por aqui uma iliteracia estarrecedora.

 

Agora vou usar um jargão de aficionado: quem não gosta do que lê neste Blogue, não LEIA.

 

Não vou mudar a minha linguagem quanto a algo que envergonha a Humanidade, só porque os aficionados e meia dúzia de falsos moralistas não gostam.

 

Aprendi que as palavras são para ser utilizadas conforme as circunstâncias. Se elas existem no dicionário são para classificar atitudes desprezíveis e adjectivar criaturas que andam no mundo a atormentar seres que não têm culpa da psicopatia de que sofrem os seus carrascos (poderia dizer algozes, agressores, verdugos, carrasqueiras).

 

Uma vez que se incomodam tanto com a linguagem que utilizo, digam-me como se adjectiva um cobarde (poderia dizer, medroso, poltrão, fraco); um torcionário (poderia dizer torturador); um psicopata (poderia dizer indivíduo clinicamente perverso com desvio comportamental); um sádico (poderia dizer cruel, depravado, mau, malvado); um bronco (poderia dizer, tosco, grosseiro, rude, obtuso); um bêbado (poderia dizer borrachão, ébrio); um tauricida (poderia dizer matador de touros) enfim… Digam-me como classificar toda esta gente que faz parte do mundo imundo e rasca (poderia dizer sujo, sebento, surrento, reles, ordinário) da tauromaquia, com palavras poéticas?  

 

Se não estavam habituados a esta linguagem sem papas na língua, paciência! Ela reflecte simplesmente a realidade da tauromaquia, que é assim mesmo. Não há outro modo de qualificá-la.

 

Já chega de DOURAR A PÍLULA.

 

Os que vêm a este Blogue, já tiveram mil e uma oportunidades de aprender alguma coisa sobre este mundo medíocre (poderia dizer rasca, reles, ordinário) da tauromaquia, com textos que apenas denunciam as crueldades tauromáquicas, com provas científicas e vídeos que valem mais do que mil palavras.

 

Mas não aprenderam nada.

 

E já não há pachorra.

 

O pior ignorante é aquele que tendo oportunidade de deixar de ser ignorante, NÃO QUER.

 

As palavras são uma ARMA. Podem ferir mais do que punhais. Estamos numa “guerra” e é legítimo utilizá-las.

 

Dentro do dicionário, elas não servem para nada.

 

Aqui, aplicadas ADEQUADAMENTE às circunstâncias toscas da tauromaquia, INCOMODAM. E é esse o meu principal objectivo: incomodar e agitar as mentes entorpecidas.

 

E está a resultar.

 

Por exemplo, os forcados não sabiam que eram grandes COBARDES.

Agora já sabem.

 

Isabel A. Ferreira

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:50

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 23 de Julho de 2018

TAUROMAQUIA: RESPONDENDO A TOINO MAKO

 

Não sei quem é Toino Mako, só sei que Toino Mako, num comentário a um texto inserido neste link

http://basta.pt/aplataforma/?fb_comment_id=140726072788416_518409248353428&comment_id=352695198258168&reply_comment_id=518409248353428#f34e2a59cc9a02a

quis que lhe respondessem a três perguntinhas, aliás muito “inocentezinhas”, sobre coisas das touradas:

 

TOURO.jpg

 

Toino Mako

 

Olá gostaria por favor de saber a resposta a 3 perguntinhas apenas:

# quantos toiros bravos existem em Portugal?

# os toiros bravos são comestíveis? a carne é "comercial"?

# se acabarem as toiradas quantos toiros bravos sobreviverão?

 

 ***

 

Como ninguém se prestou a responder-lhe, respondi-lhe eu:

 

Toino Mako, eu respondo-lhe às suas três perguntinhas tão singelinhas:

 

  1. Não existem touros bravos na Natureza. Na Natureza existem bovinos mansos, que carrascos mal-intencionados e sem carácter algum torturam desde que nascem, para os tornar "bravos", ou seja, DEFENSIVOS para poderem defender-se dos seus carrascos.

 

  1. Touros bravos, como não existem, não podem ser comestíveis nem comerciáveis. Aliás a "carne" humana é que é comerciável. Se é que me entende...

 

  1. Se acabarem as touradas, os bovinos mansos (a que chamam indevidamente touros bravos) continuarão a existir pacificamente, alegremente, por toda a eternidade, livres dos tóinos. Quem não sobreviverá são os carrascos que, aliás, já estão em vias de extinção.

 

A propósito, sabe o que é um “toino”?

 

De acordo com o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, é uma pessoa com falta de habilidade, sensatez ou desembaraço = IDIOTA, PALERMA, TOTÓ.

 

***

Mas se quiserem saber mais sobre esta matéria, sugiro a leitura deste artigo:

«A TOURADA, RAZÃO DA EXISTÊNCIA DO TOURO BRAVO?» OU A QUEDA DE UM MITO

 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:37

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

ESTA É A IMAGEM DE COBARDES QUE ATACAM BEZERRINHOS

 

São assim os cobardes tauricidas: atacam touros moribundos, atacam bezerrinhos, espetam-lhes picos, ferem-lhes as carnes, sem dó nem piedade, gozam com o atroz sofrimento deles, e depois ofendem-se quando dizemos que não são seres humanos, não são homens, não são nada, não merecem o mínimo respeito, nem tolerância alguma…

E pensar que existem outros cobardes que num hemiciclo e dentro de templos cristãos dão aval a esta barbaridade, que nem o mais primitivo homem das cavernas cometia!

Grandes cobardes! Cruéis trogloditas! Repugnantes criaturas das trevas, amantes da brutalidade!

COBARDE.jpg

 Fonte da imagem:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=464076296945120&set=a.463412173678199.107608.100000282613126&type=3&theater

 

COBARDIA.jpg

Origem da imagem:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=464076343611782&set=a.463412173678199.107608.100000282613126&type=3&theater

 

Esta cobardia acontece logo que os bezerros nascem. É assim que passam de crias de bovinos a candidatos a touros bravos, ou seja, a bovinos defensivos, que aprendem a defender-se dos seus carrascos e dão a ilusão de "bravos", mas "bravo" também significa corajoso, destemido, e apesar de todas as torturas que sofrem antes, durante e depois da lide, existem Toros que reúnem as derradeiras forças e mandam desta para melhor os seus carrascos. 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:25

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 22 de Junho de 2018

21 DE JUNHO DE 2018 - A CRUELDADE AVASSALOU OS POUCOS SÁDICOS QUE NO campo pequeno ASSISTIRAM A UMA SESSÃO DA MAIS BAIXA SELVAJARIA

 

«Algozes. Sedentos de sangue. Carrascos.

Um Touro, sacrificado, caiu na praça depois de ser espetado por um arpão que lhe atingiu um ponto nervoso. Os torturadores tentam levantá-lo, cansado e ensanguentado. A recusa. A dor.

E o "espectáculo" continua para gáudio dos tauricidas que aplaudem esta barbárie.

21 de Junho, Praça de Touros do Campo Pequeno, quase vazia.»

(Abolição Tauromaquia)

 

É esta barbárie que o governo socialista apoia e promove.

 

campo pequeno.png

Ver mais fotos aqui:

https://www.facebook.com/abolicao.tauromaquia/photos/pcb.1951019978263771/1951019218263847/?type=3&theater

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:09

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 20 de Junho de 2018

«Escória humana em Pamplona arrasa a dignidade de Espanha»

 

«Infelizmente os bovinos não mordem em quem lhes quer mal, nem em quem os encaminha para a tortura. Nesta situação podiam ter corneado e ter enchido os hospitais, mas não o fizeram.

Os touros deste vídeo foram todos mortos nessa mesma arena de Pamplona, em "honra" de São Firmino (San Fermín), assassinados por carrascos a quem pagaram para actuar.

Aberração da escória humana.»

(Abolición Tauromaquia D.F.)

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 19:28

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

ALGO QUE OS FILHOS DOS TAURICIDAS DEVIAM APRENDER NUM CONSERVATÓRIO PARA SEREM HOMENS A SÉRIO

 

Em vez de andarem em antros de toureio a aprender a ser monstrinhos… e a atacar com fúria desumana indefesos bezerros

Senhores Governantes, Ministro da Cultura, promovam e apoiem as Escolas de Música, ao invés de subsidiarem “escolas" de toureio, mais antros do que escolas, que transformam as crianças em carrascos, sádicos e cobardes.

As crianças, filhas dos aficionados de selvajaria tauromáquica, merecem melhor sorte do que aquela que o Estado Português lhes proporciona.

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:26

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 26 de Outubro de 2017

DEPOIS NÃO GOSTAM QUE LHES CHAMEM CARRASCOS

 

Estas são farpas usadas na tauromaquia para castigar o Touro, quando ele é demasiado manso e não investe.

 

É isto e/ou o enforcamento nos curros…

 

Diz quem sabe: «Por isso os "artistas" da tortura detestam as corridas de velcro (USA e Canadá), porque os touros, sem a dor provocada pelas bandarilhas, mantêm-se "mansos". Assim, tentam meter picos entre o velcro e o dorso dos touros, os quais picam quando os toureiros carregam com as "bandarilhas" de ventosas. Então, os touros reagem com alguma fúria. Se forem descobertos são multados» (Dr. Vasco Reis, Médico Veterinário)

 

FARPAS 2489726_1714696645207301_857660524727413753

Fonte da imagem: 

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1714696645207301&set=a.847852941891680.1073741839.100000009460864&type=3&theater

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:36

link do post | Comentar | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos

VEJA-SE NESTE VÍDEO A COBARDIA DOS FORCADOS AO ATACAR UM TOURO MORIBUNDO

 

Praça do campo pequeno - 31/08/ 2012.

Crueldade em directo na RTP 1

Aproveitando o facto de o Touro estar imobilizado, o forcado resolveu arrancar, cobardemente, uma farpa (a insígnia), a sangue-frio, por pura maldade e sem justificação alguma.

 

É esse o espírito dos carrascos.

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:18

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Sábado, 16 de Setembro de 2017

MAIS UM FORCADO ATIRADO À MORTE POR AFICIONADOS

 

Atirado à morte por aficionados e aplaudido por sádicos, numa arena quase vazia, na Moita, mais um forcado morre de uma morte insana, inútil e inglória.

E é isto que querem elevar a património cultural

Não estava lá por obrigação, mas por devoção à barbárie.

A Lei do Retorno anda por aí, infalível e implacável…

É que Deus suporta os maus, mas não eternamente, já dizia Miguel de Cervantes, autor de «Dom Quixote de la Mancha», o qual viu os seus carrascos serem mortos, um a um.

Mais uma morte, carimbada pelo governo português.

Quantos mais precisarão de morrer, para que se acabe com esta estupidez?

 

FORCADO.jpg

 

Morreu esta manhã, o forcado Fernando Quintela, que não resistiu às fortes hemorragias internas, que sofreu, ontem, quando o Touro que torturava, também ele com hemorragias internas, sofridas ao lhe serem espetadas bandarilhas, o colheu, em legítima defesa, em mais uma sessão de selvajaria na Moita.

 

Os tauricidas aproveitaram-se logo desta morte, para fazer propaganda à ganadaria que “forneceu” o Touro, para ser sacrificado em nome do vil metal e do sadismo, e ao grupo de forcados a que pertencia o falecido, que tinha apenas 26 anos.

 

Os aficionados atiraram mais um jovem para a morte, e estavam a aplaudi-lo quando foi colhido pelo Touro moribundo.

 

E do que é capaz um animal, seja humano ou não humano, quando está moribundo, e reúne as suas derradeiras forças para se defender!

 

Quantos mais terão de morrer?

Até quando?

 

E pensar que esta barbárie acaba de receber, por vias obscuras, 200 mil euros do Orçamento Participativo Portugal (OPP), para que continuem a morrer, insanamente, jovens forcados e toureiros e Touros e Cavalos… Se esta selvajaria vier a ser património, será o património da morte nas arenas.

 

Isabel A. Ferreira

 

Fonte da notícia e da imagem:

http://touroeouro.com/article/view/14915/faleceu-o-forcado-fernando-quintela

 

***

E NA MOITA É ASSIM…

 

Duas pessoas baleadas nas “festas” da Moita, no distrito de Setúbal.

Como se a morte do forcado Fernando Quintela já não bastasse, hoje, nas “festas” da Moita, duas pessoas foram baleadas, tendo sido transportadas para o hospital, informou fonte da GNR, sem adiantar mais pormenores.

O caso foi entregue à Polícia Judiciária.

 

Fonte da notícia:

https://www.noticiasaominuto.com/pais/865255/duas-pessoas-baleadas-nas-festas-da-moita

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:58

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 13 de Setembro de 2017

É POR ESTAS E POR OUTRAS QUE NINGUÉM LAMENTA A MORTE DOS CARRASCOS DE SERES VIVOS

 

Será sempre menos um a fazer MAL aos outros: aos animais, vítimas desta descomunal crueldade, e a nós, que somos sensíveis e racionais, e odiamos estas práticas selváticas perpetradas por abomináveis monstros.

 

E dizem que os Touros são bem tratados!!!! A vida deles começa assim, em bebés, com as hediondas e cruéis picarias.

 

Tudo na tauromaquia é repugnante.

 

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:36

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Fevereiro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
14
15
18
20
25
26
28

Posts recentes

As palavras são uma arma,...

TAUROMAQUIA: RESPONDENDO ...

ESTA É A IMAGEM DE COBARD...

21 DE JUNHO DE 2018 - A C...

«Escória humana em Pamplo...

ALGO QUE OS FILHOS DOS TA...

DEPOIS NÃO GOSTAM QUE LHE...

VEJA-SE NESTE VÍDEO A COB...

MAIS UM FORCADO ATIRADO À...

É POR ESTAS E POR OUTRAS ...

Arquivos

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt