Sábado, 8 de Outubro de 2016

ESTE É UM VÍDEO QUE TODOS DEVEM VER...

 

… quando estiverem a comer um pedaço de carne, para terem consciência do HORROR que a gula dos humanos carnívoros provoca…

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:02

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 28 de Outubro de 2015

VINTE E UM MOTIVOS PARA SER VEGETARIANO

 

Em nome dos animais que são brutalmente abatidos

 

(Além de serem brutalmente abatidos, são, na sua maior parte, criados em condições de más a péssimas e são transportados sofrendo de ansiedade, pânico, claustrofobia e sujeitos a má climatização e a acidentes, que podem ser mortais - Dr. Vasco Reis, Médico Veterinário)

 

Em nome da saúde humana

 

Em nome do Planeta

 

VEGETARIANISMO.jpg

 

O vegetarianismo é a tendência que mais cresce no mundo desenvolvido.

 

Eis 21 motivos para se reflectir sobre uma possível mudança de hábitos alimentares mais saudáveis, mais solidários com os animais e com o Planeta:

 

1 - Evitar carne é um dos melhores e mais simples caminhos para cortar a ingestão de gorduras. A criação moderna de animais provoca artificialmente a engorda para obter mais lucros. Ingerir gordura animal aumenta a possibilidade de vir a ter um ataque cardíaco ou desenvolver cancro.

 

2 - A cada minuto, todos os dias da semana, milhares de animais são barbaramente assassinados nos matadouros. Muitos sangram vivos até morrer. A dor e o sofrimento são atrozes. Só nos EUA, 500.000 (meio milhão) de animais são exterminados a cada hora!

 

3 - Há milhões de casos de envenenamento por comida relatados a cada ano. A vasta maioria é causada pela ingestão de carne.

 

4 - A carne não contém absolutamente nada de proteínas, vitaminas ou minerais que o corpo humano não possa obter perfeitamente numa dieta vegetariana.

 

5 - Os países africanos - onde milhões de seres humanos morrem de fome - exportam grãos para o primeiro mundo para engordar animais que vão parar à mesa das nações mais ricas.

 

6 – A "carne" pode incluir rabo, cabeça, pés, recto e a coluna vertebral de um animal.

 

7 - Uma salsicha pode conter pedaços de intestino. Como é que alguém pode estar certo de que os intestinos estavam vazios quando utilizados? Será estimulante comer o conteúdo do intestino de um porco?

 

8 - Se comêssemos as plantas que cultivamos ao invés de alimentar animais para abate, o deficit mundial de alimentos desapareceria da noite para o dia. Lembrem-se de que 40 hectares de terra produz carne suficiente para 20 pessoas, mas produz grãos suficientes para alimentar 240 pessoas!

 

9 - Todos os dias dezenas de milhões de pintainhos de apenas 1 dia de vida são trucidados apenas por que não podem pôr ovos. Não há regras para determinar como ocorre esta matança. Alguns são moídos vivos ou sufocados até à morte. Muitos são utilizados como fertilizantes ou como ração para alimentar outros animais.

 

10 - Os animais, que morrem para serem servidos à mesa do animal homem, morrem sozinhos, em pânico, em grande depressão e profunda dor. A matança é impiedosa e desumana.

 

11 - É muito mais fácil ser e manter-se elegante quando se é vegetariano.

 

12 - Metade das florestas tropicais do mundo foram destruídas para dar lugar a pastagens para criação de gado para confecção de hambúrgueres. Cerca de 1000 espécies são extintas por ano devido à destruição das florestas tropicais.

 

13 - Todos os anos 400 toneladas de grãos alimentam animais de abate – deste modo, os mais ricos do mundo podem comer carne. Ao mesmo tempo, 500 milhões de pessoas, nos países pobres, morrem de fome. A cada seis segundos alguém morre de fome por que pessoas no Ocidente comem carne. Cerca de 60 milhões de pessoas morrem de fome por ano. Todas essas vidas poderiam ser salvas, porque estas pessoas poderiam estar a comer os grãos usados para alimentar animais de abate se os norte-americanos comessem 10% a menos de carne.

 

14 - As reservas de água fresca do mundo estão a ser contaminadas pela criação de gado de abate. E os produtores de carne são os maiores poluidores das águas. Se a indústria de carne, nos EUA, não fosse subsidiada pelo governo no seu colossal consumo de água, alguns gramas de hambúrguer custariam 35 dólares.

 

15 – Quem come carne, está a consumir hormonas que foram administradas aos animais. Ninguém sabe os efeitos que estas hormonas causam à saúde. Em alguns testes, um, em cada quatro hambúrgueres, contem hormonas de crescimento originalmente administradas ao gado.

 

16 - As seguintes doenças são comuns em quem come carne: anemias, apendicite, artrite, cancros da mama, do cólon, da próstata, prisão de ventre, diabetes, pedras na vesícula, gota, tensão alta, indigestão, obesidade, varizes. Os vegetarianos há longo tempo precisam de 22% menos de cuidados médicos do que os carnívoros, e têm 20% menos colesterol, o que reduz consideravelmente os ataques cardíacos e o cancro.

 

17 - Alguns produtores usam calmantes para manter os animais calmos. Usam antibióticos para evitar ou combater infecções. Quando se come, ingere-se também estas drogas. Na América do Norte 55% de todos os antibióticos são dados a animais de abate, e a percentagem de infecções por bactérias resistentes a penicilina avançou de 13% em 1960 para 91% em 1998.

 

18 - Num período de vida médio quem come carne terá consumido 36 porcos, 36 ovelhas e 750 galinhas e perus. Desejam assim tanta carnificina na vossa consciência!?

 

19 - Os animais sofrem dor e sentem medo como todos nós. Passam as últimas horas da sua vida trancados num camião, encerrados com centenas de outros animais, igualmente apavorados, e depois são empurrados para um corredor da morte alagado em sangue. Quem come carne é responsável pelo modo brutal como os animais são tratados.

 

20 - Animais com um ano de vida são frequentemente muito mais racionais e capazes de pensamento lógico do que bebés humanos de seis semanas. Porcos e ovelhas são muito mais inteligentes do que crianças de tenra idade. Comer esses animais é um acto bárbaro.

 

21 – Os vegetarianos são mais aptos fisicamente do que quem come carne. Muitos dos mais bem-sucedidos atletas do mundo são vegetarianos.

 

(Texto extraído do livro "Food For Thought" do Dr. Vernon Coleman)

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 12:20

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 14 de Junho de 2014

«A ARTE DE MALTRATAR»

 

(Texto escrito a 14 de Junho de 2013)

 

Hoje, 14 de Junho de 2014, infelizmente ainda está actual

 

 

Texto da autoria de PorFalarNoutraCoisa

 

«Estive a ver um programa que me impressionou. Era um programa sobre tortura animal, onde homens e mulheres se exibiam sangrando feras inocentes. O mais estranho é que naquele país é uma tradição antiga que continua a atrair muitos espectadores ao recinto onde tais actos de brutalidade se executam. Bilhetes pagos a peso de ouro mas sem peso na consciência.

 

O país era o nosso, e a tradição parece que se chama Tourada. Tudo isto num canal de nome saído de uma capa de filme pornográfico, Festa Brava. A julgar pela quantidade de palhaços nas bancadas pode-se considerar um circo, e eu a pensar que circos com animais já não eram permitidos.

 

Isto a propósito da notícia que ficou viral esta semana em que várias imagens de cães a atirarem-se a um toiro, que foram explicadas da seguinte forma por parte do agente do toureiro "amante de animais" (só se for os da raça dele, digo eu): "Os cães estão a ladrar para assustar a vaca. Não estão a morder porque se trata de gado manso que se assusta com o ladrar dos cães" - explicou o inteligente.

 

Já o imagino a ser apanhado pela mãe a ver porno e dizer "Não mãe, ele foi mordido ali por uma aranha, aquilo inchou e ela está a chupar-lhe o veneno como se não houvesse amanhã, repara como já está meio roxo da gangrena e não tarda sai pus!" E a mãe, que para ter dado à luz um animal destes, também não deve primar pela inteligência, lá acredita na explicação.

 

A tourada é um assunto já tão debatido que me choca ainda não ser proibido.

 

É sinal que depois de debatermos e debatermos uma coisa que é clara como a água, continuamos na mesma. E isso diz muito da nossa sociedade.

 

Já o Gandhi dizia "A grandeza de uma nação e do seu progresso moral pode ser julgada pela forma como trata os animais"

 

"Mas tu não comes carne?" é o argumento mais comum entre os aficionados da tauromaquia. Ao que eu respondo que sim mas que não pago 50€ para ir ao matadouro regozijar-me com a morte do bicho e antes disso andar a fazê-lo sofrer.

 

"Ah se não a fosse a tourada o toiro bravo podia já estar extinto" é outro argumento bem esperto. Mais valia estar extinto! 99% das espécies que já existiram até hoje estão extintas... e não fomos nós que as matámos todas, pois não? Então pronto, é deixar a natureza correr o seu rumo, já que impedir extinções para fazer sofrer os animais para gáudio de uma plateia chique, não me parece muito boa política.

 

Estou-me a cagar se é tradição, estou-me a cagar se dá postos de trabalho e estou ainda mais a cagar-me se a maioria gosta ou deixa de gostar. Se mantivéssemos todas as tradições só por respeito por elas, ainda queimávamos bruxas, fazíamos apedrejamentos na praça pública, entre outras que agora são consideradas bárbaras, e que a meu ver eram muito mais giras de se ver!

 

"Aí temos que ter respeito por quem gosta da tourada e não sei quê!" Então com todo o meu respeito, ide todos à merda, com respeito, mas ide se faz favor.

Fonte:

http://porfalarnoutracoisa.blogspot.pt/2013/06/a-arte-de-mal-tratar.html

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:37

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2014

OLHEM BEM PARA ESTA IMAGEM

 

É UM BOVINO, HERBÍVORO E MANSO…

 

A ferida aberta no seu dorso não dói, dizem os alucinados tauricidas.

 

Podemos então rasgar as vossas carnes à vontade?

 

Um bovino é feito de carne e osso, vísceras, alma e coração. É um animal como qualquer um de nós. Sente. Sofre.

 

Mas os torcionários acham (porque pensar não pensam) que isto não dói.

 

Então vamos experimentar nos vossos costados!

 

Quero ver até onde vai a “valentia” que dizem possuir…

 

COBARDES!

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:56

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 26 de Agosto de 2013

O FLORIBERTO LUZ É UM AFICIONADO DA TOURADA À CORDA DOS AÇORES QUE DEIXOU ESTES COMENTÁRIOS NO MEU BLOG

 

Transcrevo-os aqui, porque os achei muito interessantes e dizem do modo de pensar de quem considera a tortura de bovinos “cultura” e “cartaz turístico” da Ilha…

 

Foram escritos já de madrugada.

 

 

Isto é a chamada “cultura” terceirense… Ouçam as gargalhadas boçais e uma mulher que diz: «Coitadinho do bichinho…»

 

***

Floriberto Luz, deixou um comentário ao comentário O LIXO DA TOURADA À CORDA NA ILHA TERCEIRA às 01:27, 2013-08-26.

Comentário:

«A minha mulher não é uma puta como voces vaca de merda. nem o meu 1º comentário foi publicado! medo da verdade pelos vistos! va comer merda já que não come carne

 

***

E logo a seguir escreve esta PÉROLA:

 

Floriberto Luz, deixou um comentário ao post O LIXO DA TOURADA À CORDA NA ILHA TERCEIRA às 01:47, 2013-08-26.

Comentário:

«Já agora, meu advogado já esta a tratar de si e do seu bloguezinho. Só uma aviso antes de avançar. voce tem 3 dias para apagar QUALQUER conteudo onde fala mal dos açorianos, terceirenses ou da propria ilha por vários actos. um deles é por andar a MENTIR as pessoas para se aliarem a si. segundo, mais grave, Difamação! e desse, voce vai ter umas multinhas para pagar. E isso é só o inicio, por isso se fosse a si, seguia meu conselho e apagava o blogue. Difamação é um crime grave visto que neste momento tenho os seu dados, e-mail, morada e contacto telefonico. Está tudo a postos para ser presente ao tribunal, incluindo todos os comentários e blogues que voce tem atraves de suporte informático enviado mesmo pela SAPO! O tempo começou a contar. 72 horas a partir da 1 hora dos açores. Obrigado pelo tempo e atenção

 

***

O QUE DIZER DESTE REPRESENTANTE DA ILHA TERCEIRA?

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:42

link do post | Comentar | Ver comentários (17) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 17 de Julho de 2012

CAMPANHAS DESESPERADAS INDICIAM O INÍCIO DO FIM DAS TOURADAS EM PORTUGAL

 

 

 

Adquira "100 euros" em carne e em troca é-lhe oferecido um bilhete no valor de "25 euros" para uma corrida de touros... O desespero é gritante! Mas nem assim enchem as arenas... Isto é o início do fim das touradas...

 

 

Os tauricidas andam tão desesperados com a falta de público para assistir à TORTURA DE TOUROS E CAVALOS que entraram no jogo do VALE TUDO.


Como há pessoas que são capazes de fazer figuras de parvo por um tostão que seja, podem até embarcar nestas “campanhas desesperadas” dos empresários tauromáquicos.

 

Mas isto é um precioso indício de que as touradas estão a agonizar lentamente.

 

E não se pense que é a crise que está a acabar com as touradas. Não! É a consciência que vai despertando nas pessoas.

 

E quem tem 100 Euros para comprar só carne?

 

Se isto está neste pé, é porque os do talho também não estão a vender carne. Então há que aproveitar.

E esta é uma BOA NOTÍCIA:

 

 «Tauromaquia: Empresas combatem crise com promoções e protocolos com cadeias de talhos para oferta de bilhetes

 

Segunda feira, 16 de Julho de 2012

 

Lisboa, 16 jul (Lusa) - A crise está a levar os empresários       tauromáquicos a desenvolver campanhas promocionais para atrair público,  estratégias que passam pela redução do preço dos bilhetes e oferta de  entradas na compra de carne em cadeias de talhos.

 

A empresa Toiros e Tauromaquia lançou recentemente uma promoção, em conjunto com uma cadeia de talhos, que desafia os consumidores a adquirir "100 euros" em carne e em troca é oferecido ao cliente um bilhete no valor de "25 euros" para uma corrida de toiros.

 

António Manuel Cardoso, da empresa Toiros e Tauromaquia, explicou hoje à agência Lusa que a campanha arrancou nos últimos dias e "já colheu frutos" na corrida de sábado passado, em Évora, levando o empresário a afirmar que a parceria com a cadeia de talhos é para "continuar".»

 

http://visao.sapo.pt/tauromaquia-empresas-combatem-crise-com-promocoes-e-protocolos-com-cadeias-de-talhos-para-oferta-de-bilhetes=f675512

 

***

Podem continuar à vontade...

 

Quem irá comprar 100 Euros de carne? Só um aficionado.

 

E como os aficionados são poucos, isto não durará muito.

 

CEM EUROS de carne é muita carne, para pouco apetite de gastar dinheiro num divertimento SÁDICO.

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:55

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Julho 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

ESTE É UM VÍDEO QUE TODOS...

VINTE E UM MOTIVOS PARA S...

«A ARTE DE MALTRATAR»

OLHEM BEM PARA ESTA IMAGE...

O FLORIBERTO LUZ É UM AFI...

CAMPANHAS DESESPERADAS IN...

Arquivos

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt