Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

QUE VERGONHA IGAC! DEPOIS DO QUE ME RESPONDERAM A PROPÓSITO DA ILEGALIDADE DOS TOUROS DE FOGO? QUE FALTA DE AUTORIDADE!

 

Quem fiscaliza em Portugal a actuação de “autoridades” como o IGAC? Alguém me sabe dizer?

 

Origem da imagem:

https://www.facebook.com/CampanhaAbolicionistaTauromaquiaPortugal/photos/a.310865805675430.67435.305023079593036/656784497750224/?type=1&theater

 

Em Portugal nenhuma tourada funciona na legalidade, mas o IGAC dá autorização.

 

Quem fiscaliza o cumprimento integral do regulamento tauromáquico quando se realiza selvajarias tauromáquicas em arenas fixas ou amovíveis?

(VAMOS VER EM VIANA DO CASTELO, O QUE ACONTECE…)

 

Abram estes links e vejam o que é o IGAC:

 

AQUI O IGAC DESEMBARAÇA-SE:

http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/a-proposito-dos-touros-de-fogo-em-452984

 

E AQUI A SELVAJARIA E A ILEGALIDADE REPETEM-SE E NINGUÉM FAZ NADA

https://www.facebook.com/photo.php?v=656786157750058~

 

O IGAC DORME… OU É CÚMPLICE?

 

EM PORTUGAL BRINCA-SE ÀS AUTORIDADEZINHAS

 

Depois admiram-se de os estrangeiros (cerca de 3mil) virem para Portugal fazer uma “Festa Rave” ilegal!

 

Depois admiram-se de os estrangeiros virem para Portugal fazer apostas para agredir polícias.

 

Em Portugal é que é! Pensam eles. É a terra de ninguém. Podem vir para aqui abandalhar tudo.

 

Portugal é o paraíso da ilegalidade.

 

É o paraíso da desautoridade.

 

É URGENTE REPOR A AUTORIDADE DAS AUTORIDADES PORTUGUESAS.

 

É URGENTE QUE AS AUTORIDADES PORTUGUESAS SE RESPEITEM A SI PRÓPRIAS, PARA PODEREM SER RESPEITADAS.

 

É URGENTE DEMITIR TODA ESTA GENTE QUE OCUPA ESTES CARGOS SÓ PELO SALÁRIO.

 

O PROFISSIONALISMO EM PORTUGAL?


ESTÁ DEBAIXO DO TAPETE.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 19:32

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 16 de Maio de 2014

O GRUPO PESTANA/POUSADAS É CÚMPLICE DA TORTURA DE BOVINOS

 

O Grupo Pestana/Pousadas de Portugal está a oferecer descontos a quem adquirir bilhetes (Abonos) para as touradas realizadas em 2014 na praça de touros do campo pequeno.

 

Será verdade que este grupo desconhece a crueldade das touradas?  

 

Naturalmente, da minha parte e da dos meus amigos, as pousadas deste grupo serão banidas das nossas rotas turísticas, até que esta cumplicidade termine.

 

 

http://goo.gl/IQfS5A

 

É muito importante mostrar ao Grupo Pestana, que a crueldade não tem desconto, e que a maioria dos cidadãos portugueses não aprova a realização de touradas.

 

As touradas não reúnem consenso na nossa sociedade e são contestadas internacionalmente pela violência e crueldade praticada contra os animais.

Ajude a difundir esta campanha e faça chegar a sua mensagem ao Grupo Pestana/Pousadas de Portugal.

 

 Assinem a petição, por favor:

http://www.change.org/pt-BR/peti%C3%A7%C3%B5es/grupo-pestana-parem-de-apoiar-as-touradas-em-portugal?share_id=RrRqZDzqvi&utm_campaign=friend_inviter_chat&utm_medium=facebook&utm_source=share_petition&utm_term=permissions_dialog_false

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:48

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 3 de Janeiro de 2014

ISTO TAMBÉM ACONTECE EM PORTUGAL, COM A CONIVÊNCIA DAS AUTORIDADES PORTUGUESAS

 

«Que menino tão valente! Está a tourear, com espada na mão, um bezerro sem cornos e feito num esqueleto. Quanto valor!»

 

 

Esta triste imagem temo-las aos montes nas escolas de toureio em Portugal.

 

A tourada é um ritual violento capaz de influir negativamente na formação da personalidade de crianças e adolescentes (conclusão da 12.ª Vara Cível de Lisboa – 1.ª Secção) 

 

Isto é um crime, tendo em conta que crime é tudo aquilo que transgride as regras sociais e morais que regem uma sociedade e que poderá levar a uma deformação de comportamentos futuros.

 

Incutir às crianças a ideia de violência e de tortura contra animais indefesos não será uma transgressão social e moral? Por conseguinte, um crime?

 

O que aqui está em causa é o desenvolvimento psíquico, a saúde mental das crianças.

 

A violência exercida sobre seres vivos pode influir negativamente na formação da personalidade de crianças e adolescentes. E estas escolas taurinas têm esse efeito deseducativo e obsceno.

 

A mensagem que se passa nessas escolas de tortura é a aceitação da violência contra animais como algo normal e admissível.

 

Que tipo de cidadãos querem as autoridades portuguesas formar?

 

Futuros monstros, sádicos e psicopatas?

 

Quem defenderá as crianças de “pais” que as atiram aos carrascos?

 

EU RECUSO-ME A SER CÚMPLICE DE TAL CRIME.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:35

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 28 de Outubro de 2013

IMAGENS DAS NOVILHAS CAJAF NO DIA 19 DE OUTUBRO DE 2013 NAS DOZE RIBEIRAS (AÇORES) NO CICLO DE TENTAS COMENTADAS

 

GANADARIA CASA AGRÍCOLA JOSÉ ALBINO FERNANDES – O 

TRANSGRESSOR

 

 

OUÇAM OS GRITOS DO POBRE ANIMAL INDEFESO A SER TORTURADO

 

E ISTO É PROIBIDO

 

MAS ISTO ACONTECEU

 

NAS DOZE RIBEIRAS NÃO HÁ AUTORIDADES, NEM LEIS, NEM HOMENS INTEIROS

 

E O GOVERNO PORTUGUÊS É CÚMPLICE DESTES ACTOS FORA-DA-LEI

TEMOS DE AGIR…

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:24

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 15 de Março de 2013

«A CUMPLICIDADE DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO (NUNO CRATO) COM A TAUROMAQUIA»

 

 

Nesta escola pública ensina-se às crianças a tortura, a violência, a maldade, enfim, os rituais macabros ligados à tauromaquia… Depois admiram-se das más notas às disciplinas-chave, nomeadamente a Língua Portuguesa, uma autêntica tragédia ao nível dos novos “senhores doutores”…

 

 

«De acordo com um blogue tauromáquico, a empresa tauromáquica “Toiros +” percorreu diversas escolas, (Portalegre, Monforte, Alter do Chão, Arronches, Cabeço de Vide e Fronteira), para promocionar a tauromaquia. Exemplos perfeitos de terriolas onde a evolução não chegou e provavelmente nunca chegará.

 

Nessa digressão foram oferecidos 500 convites às crianças para marcarem presença no festival taurino promovido pela empresa, em Cabeço de Vide, dia 23 de Março.

 

É escandaloso e totalmente inaceitável, que neste país esta gente se movimente livremente em espaços de ensino público para disseminar um espectáculo bárbaro.

 

São escolas públicas, dependentes do Ministério da Educação e onde todos os funcionários são pagos com o dinheiro dos contribuintes.

 

Sr. Ministro da Educação, desde quando é que é permitido que este tipo de gente deambule em recintos onde a palavra de ordem é educar para inculcarem em crianças de tenra idade que tortura é cultura?

 

Em qualquer país civilizado, a escola é um lugar onde se privilegia a educação, o saber e a cultura. Franquear as portas a este tipo de gente num santuário que deve e deveria ser o da educação, é permitir o total abandalhamento do sistema educativo, é permitir que futuramente estas crianças sejam futuros adultos insensíveis para os quais a vida nada vale seja ela a de um animal humano, ou de um animal não humano.

 

Sr. Ministro ao permitir estas investidas do sector tauromáquico nas escolas do nosso país não só V. Exa., está a permitir que se cometa um crime contra crianças inocentes, como em última instância está a ser cúmplice desse mesmo crime.

 

Prótouro

Pelos touros em liberdade»

 

(Tenham também em conta os comentários ao texto).

 

http://protouro.wordpress.com/2013/03/14/a-cumplicidade-do-ministro-da-educacao-com-a-tauromaquia/#comments

 

***

Pois é, PRÓTOURO.

 

O actual ministro da educação (assim, com letra minúscula, pois não merece mais), Nuno Crato, está-se completamente nas tintas para a cultura, para a educação ou para a instrução das crianças portuguesas, aliás como todos os que já passaram por aquele ministério.

 

Várias vezes foi interpelado a este respeito, e outras tantas recebemos respostas evasivas, o que nos dá a certeza de que  o ministério da educação do Governo de Portugal é cúmplice de crimes contra as crianças.

 

Não é só a pedofilia ou violência doméstica ou as violações sexuais ou maus tratos que são crimes contra crianças.

 

Este tipo de "educação" que lhes querem impor é também um crime maior, porque em vez de FORMAR CIDADÃOS RESPONSÁVEIS PARA A VIDA, estão a criar os futuros MONSTROS da sociedade, iguais àqueles que deambulam por aí, com o CADÁVER DA TAUROMAQUIA ÀS COSTAS.

 

Isto é extremamente lamentável, senhor ministro Nuno Crato, que ficará no Livro Negro da Tauromaquia, como o ministro da educação que, em 2013, teve oportunidade de sair das Trevas e nada fez.

 

(Texto enviado a Nuno Crato)

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:36

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 1 de Março de 2013

«Direitos, Deveres e Obrigações»

 

 

A estupidez de uma tourada à corda…que, ao contrário do que dizem, FERE o Touro, como pode ver-se na foto… Quanto sofrimento vemos no semblante do animal, e tudo para divertir uns INÚTEIS COBARDES!

 

«Quem cala consente, e quem é indiferente é cúmplice»

 

Os indiferentes, são uma larga maioria neste país, quando toca a touradas.

 

O lema é: não gosto, não vejo, não quero saber, mas respeito quem gosta.

 

A verdade é que com este tipo de atitudes estão a ser cúmplices de um espectáculo que não deveria continuar a ser legal neste país ou em qualquer outro país.

 

Senhores indiferentes, não se pode respeitar quem gosta. Quem gosta de assistir a um espectáculo deste tipo, que ao contrário do que dizem os aficionados, não é nenhum enfrentamento entre o homem e o touro e não é nenhum acto de coragem, não pode ser respeitado.

 

E por falar em coragem, que coragem?
 

Entre 1771 e 1987 morreram em praças de touros 55 toureiros (de acordo com dados da website ganaderos de lidia). Se tivermos em conta o número de touros mortos anualmente em todos os países com touradas, facilmente se verificará que as touradas mais não são que um extermínio de touros e não uma luta corajosa entre um homem e um touro.

 

Uma coisa é dizer não gosto de ópera, não vejo mas respeito quem gosta, porquanto na ópera não se torturam animais em nome do entretenimento.

 

Enterrar a cabeça na areia, tal como a avestruz é não ter a coragem de reagir contra aquilo que a maioria sabe que está errado, mas aceita porque é a liberdade dos outros. Meus senhores não é a liberdade dos outros, não é a liberdade de ninguém, porque a liberdade dos outros, quando toca ao sofrimento de um animal não é um direito.

 

Todos temos direitos e deveres, mas enquanto que torturar um animal não é um direito, mesmo que a lei o permita, proteger esse mesmo animal de não ser torturado, é um dever, uma obrigação de todos, mesmo dos indiferentes.

 

Prótouro

Pelos touros em liberdade»

 

Fonte: http://protouro.wordpress.com/2012/10/03/direitos-deveres-e-obrigacoes/

 

***

 

Os indiferentes nunca contribuíram para a evolução do mundo. 

São como sonâmbulos a vaguar na escuridão. 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:56

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 10 de Dezembro de 2011

IMAGEM DE DOR E SOFRIMENTO

 

 


OLHEM BEM PARA ESTA IMAGEM. OLHEM COM OLHOS DE VER.

 

ESTA IMAGEM DIZ TUDO O QUE AS PALAVRAS NÃO CONSEGUEM DIZER.

 

Se não houvesse tudo o resto a desfavor do Massacre de Touros (vulgo tourada), esta imagem bastaria para que se abolisse IMEDIATAMENTE esta tortura ignominiosa perpetrada por PSICOPATAS. 

  

 E QUEM PERMITE QUE TÃO INFAME ACTO CONTINUE A EXISTIR EM PORTUGAL É TÃO PSICOPATA QUANTO OS TORTURADORES.

 

SER CÚMPLICE IMPLICA TER CULPA TAMBÉM.

publicado por Isabel A. Ferreira às 12:08

link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Agosto 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

QUE VERGONHA IGAC! DEPOIS...

O GRUPO PESTANA/POUSADAS ...

ISTO TAMBÉM ACONTECE EM P...

IMAGENS DAS NOVILHAS CAJA...

«A CUMPLICIDADE DO MINIST...

«Direitos, Deveres e Obri...

IMAGEM DE DOR E SOFRIMENT...

Arquivos

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. 1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome. 2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas". 3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt