Terça-feira, 12 de Junho de 2018

QUAL A DIFERENÇA ENTRE O ANIMAL QUE ESTÁ PRESO E O ANIMAL QUE O MANTÉM PRESO?

 

Ambos são animais.

Com uma diferença:

O animal que está preso é um animal racional. O outro, o que o mantém preso, é um animal irracional. Uma besta humana.

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:33

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 24 de Outubro de 2012

Animal racional? Tem certeza, Miguel Pereira?

 

 

Recebi de alguém que dá pelo nome de Miguel Pereira o seguinte comentário, que passo a transcrever tal e qual me chegou:

 

Miguel Pereira disse sobre "prótoiro", basta de tanta estupidez! Façam as malas e desandem para uma ilha deserta! na Quarta-feira, 24 de Outubro de 2012 às 09:50:

 

 

«Isabel após leitura deste seu texto fiquei com a seguinte duvida a Isabel tem mesmo um filho deficiente mental? 

 

É que se é verdade que tem um filho deficiente mental a senhora por aquilo que escreveu demonstra que não tem capacidades mentais e morais para sêr mãe. 
 

A Rita Silva dizer as anormalidades que diz é normal pois a Rita Silva além de sêr uma pessoa completamente básica não é mãe portanto há certos sentimentos que a Rita Silva desconhece mas a Isabel como pessoa que se diz tão cheia de compaixão e sensibilidade e ainda por ser mãe de um deficiente mental achar seja em que contexto for que um touro e uma criança com qualquer deficiência sejam a mesma coisa das duas uma a Isabel é mentirosa e não tem nenhum filho deficiente ou a Isabel é uma pessoa má e trata o seu filho como um animal irracional».
 

************************************************************************************** 

 

Este comentário, pelo modo como foi “elaborado”, não me merece nenhuma consideração, portanto não irei responder.

 

Gostaria apenas de aqui deixar um texto muito interessante (tirando o raciocínio que está no último ponto: «é racional a crença em um ser que...» com o qual absolutamente discordo), que talvez explique os motivos do irracional miguel pereira, para escrever o que escreveu, 


Só lamento que o Miguel Pereira NÃO VÁ ENTENDER o raciocínio do autor.

 

«Animal racional? Tem certeza?»

 

Por Daniel Bohn Donada

 

«Aristóteles disse, no século 4 a.C., que o ser humano é um animal racional. Será mesmo? Particularmente eu discordo, eu considero que o ser humano é um animal igual a qualquer outro.

 

Sim, o homem é um animal! O Homo Sapiens (nome científico da espécie humana) é um animal, pertencente ao grupo dos mamíferos e à família dos primatas. O que diferencia o homo sapiens dos outros animais é que o seu raciocínio não se baseia exclusivamente os seus instintos. Isso possibilitou que a espécie evoluísse e prosperasse, desenvolvendo as diversas áreas do conhecimento, ciência, filosofia, agricultura, geografia, matemática e etc…

 

Mas isso não faz do homem racional? Não! Pelo menos não automaticamente. Afinal, se o homem é tão racional assim, por que então vemos tanta gente, a esmagadora maioria da população, diria eu, agindo contra a razão? Discordam? Então respondam-me:

  • É racional destruir o meio ambiente?
  • Excepto para os fins de sobrevivência, protecção do seu território e dos seus filhotes, é racional matar?
  • É racional discriminar os seus semelhantes, por qualquer motivo que seja?
  • É racional promover guerras por ambição, religião, nacionalidade e política?
  • É racional dirigir bêbado?
  • É racional espezinhar os seus semelhantes, apenas para dar a si mesmo a impressão de ser superior a eles?
  • É racional fomentar o ódio?
  • Quando se está doente, é racional esperar por curas milagrosas em vez de fazer um tratamento médico?
  • É racional atribuir a causa daquilo que não compreendemos a coisas sobrenaturais, igualmente desconhecidas e não compreendidas?
  • É racional a crença num ser que provavelmente não existe, mas que vai mandar-te para o inferno por que te ama?

Acredito que a maioria das pessoas vai responder não, à maioria destas perguntas. Mas a pergunta mais importante é: algum animal que não seja o animal humano faz alguma destas coisas? Posso estar errado, mas o homem é o único animal que faz este tipo de coisa.

 

Reparem que os animais “irracionais” não perdem tempo com este tipo de coisa, eles apenas se preocupam em fazer a sua moradia (toca, ninho ou seja lá o que for), conseguir alimento, reproduzir, cuidar dos seus filhotes até que estejam crescidos, enfim… viver em harmonia com a natureza e com o seu ambiente.

 

Por que motivo, então, o Homo Sapiens se considera melhor ou mais racional do que os outros animais? Se alguém souber a resposta, por favor diga-me.

 

Como disse anteriormente, eu discordo da definição de ser humano proposta por Aristóteles… prefiro a definição de ser humano de Fernando Pessoa:

 

O ser humano é um cadáver adiado”.

 

 Fonte: http://livrespensadores.net/artigos/animal-racional-tem-certeza/

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:53

link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos
Domingo, 24 de Junho de 2012

Numa tourada, o Touro enfrente corajosamente um irracional e cobarde animal

 
 
 
publicado por Isabel A. Ferreira às 14:08

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Dezembro 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

QUAL A DIFERENÇA ENTRE O ...

Animal racional? Tem cert...

Numa tourada, o Touro enf...

Arquivos

Dezembro 2022

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Junho 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. 1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome. 2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas". 3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt