Comentários:
De Arsénio Sousa Pires a 16 de Setembro de 2016 às 14:47
É a situação dalguns habitantes das ilhas separados, por mar, da evolução do género Humano.
É claro que nem todos eles são adeptos desta barbaridade psicopata. Mas, com a classe de politiqueiros sem o mínimo de ética que eles elegem, vai chegar o século XXII e estes bárbaros ainda se divertirão com o sofrimento dos nossos semelhantes na dor!
De Isabel A. Ferreira a 16 de Setembro de 2016 às 16:17
Esperemos que os que ainda não evoluíram nos Açores, possam evoluir rapidamente, ou então melhor será atirarem-se ao mar...
Não contribuem em nada para a boa imagem do Arquipélago.

Comentar post