Comentários:
De Anónimo a 19 de Janeiro de 2014 às 21:29
Tenho a dizer-lhe que o que não evoluiu foi o seu cérebro, cada vez mais me convenço disso!! A Sra pode não concordar mas não pode negar que isto fomenta o negócio local, são centenas de participantes!! Informe-se antes de falar!
De Isabel A. Ferreira a 20 de Janeiro de 2014 às 12:18
PRIMEIRO: TENHO A DIZER QUE O QUE UM AFICIONADO ANÓNIMO (?) PENSA A MEU RESPEITO, NÃO ME DIZ RESPEITO.

SEGUNDO: AQUI NÃO HÁ QUE CONCORDAR OU NÃO CONCORDAR. HÁ FACTOS. HÁ ATITUDES CONDENÁVEIS NO MUNDO INTEIRO.

TERCEIRO: A TORTURA NUNCA FOMENTA NEGÓCIOS LOCAIS. SÃO CENTENAS DE BACOCOS QUE SE DESLOCAM PARA SE EMBORRACHAREM E VER COMO A IMBECILIDADE FUNCIONA. E ISSO NÃO TRAZ TURISTAS CULTOS. PELO CONTRÁRIO: AFUGENTA-OS.

QUANDO É QUE VÃO METER ISSO NA CABEÇA?

NUNCA?????
De José Dores a 21 de Janeiro de 2014 às 12:51
Quer dizer que por mais imoral que seja uma atividade cultural, se ela promover a economia local é para manter e apoiar com dinheiros públicos???? Não me parece que tenhamos uma sociedade equilibrada dessa forma, aliás como está à vista de todos os portugueses. A construção dessa sociedade equilibrada começa com a instituição de valores morais coletivos inabaláveis, existe sempre o certo e o errado, mesmo quendo o errado parece certo a alguém ele não é.
De Isabel A. Ferreira a 21 de Janeiro de 2014 às 14:11
Exactamente José Dores.

Comentar post