Comentários:
De manuel figueiredo a 21 de Setembro de 2016 às 12:49
A vergonha do Poder Local!
Este caso, e pelo que foi descrito, deveria ser denunciado à IGAL(Inspecção Geral da Administração Local), que investigará se a despesa foi autorizada pelo Executivo, e com que justificação.
A denúncia desta gestão danosa (para além do triste "espectáculo") merece o nosso aplauso.
De Isabel A. Ferreira a 21 de Setembro de 2016 às 15:21
Obrigada, pela dica e pelo apoio.
Farei chegar a denúncia à IGAL.

Comentar post