Quinta-feira, 21 de Março de 2019

JOVEM DE 16 ANOS EM ESTADO GRAVE APÓS COLHIDA DE TOURO EM SANTARÉM

 

Em plenas festas de São José. E nem São José valeu a este jovem, que ficou gravemente ferido, quando um Touro, em legítima defesa, o colheu, no recinto da picaria, provocando-lhe um traumatismo crânio-encefálico.

Mas isto não faz parte da tão apregoada ARTE e CULTURA tauromáquicas? Que importa que morram, que fiquem feridos ou estropiados! O que interessa é a ARTE e a CULTURA que “isto” representa, e soma e segue… sempre...

Lamento pelo rapaz, que foi OBRIGADO à força (e ao bofetão, na maioria das vezes) a expor-se a estes perigos, com a conivência dos progenitores, da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens, da igreja católica, e, consequentemente, com o apoio explícito do ESTADO PORTUGUÊS, que nada faz para acabar com estas tragédias. E ninguém aprende nada com elas.

 

Este é o Portugal pequenino, medíocre, troglodita, que existe dentro do outro Portugal: do Portugal para “inglês ver”.

 

picaria-santarem.jpg

 

«O jovem foi transportado para o Hospital Distrital de Santarém tendo sido depois transferido para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde está internado e a realizar exames.

 

A vítima foi socorrida pelos Bombeiros Municipais de Santarém que estiveram de prevenção nas festas. Os bombeiros assistiram ainda outras duas pessoas no local também devido a colhidas».

 

E nós todos a pagarmos para isto.

Os tauricidas não estão propriamente a trabalhar em prol da Humanidade e do Planeta, quando estas tragédias acontecem.

Então porquê os contribuintes portugueses têm de pagar estas contas? Além da REVOLTA que tudo isto provoca a quem é dotado de EMPATIA, e sofre com o sofrimento dos Touros, e lamenta o que acontece a quem adora torturar seres vivos.

 

Quanta miséria moral, social e cultural vai em Santarém!

 

Isabel A. Ferreira

 

Fonte:

https://correiodoribatejo.pt/jovem-de-16-anos-em-estado-grave-apos-colhida-nas-festas-de-s-jose/?fbclid=IwAR1dRN2KERwSmpO34ySQvz1J0Tz3DgiK9Ca_jckr04Z16dail2LeszEDjdw

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:54

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Comentários:
De Vasco André a 22 de Março de 2019 às 15:29
Minha Senhora, quem se mete lá dentro tem bem noção dos riscos que corre. Touradas sim é cultura, Festas Tradicionais da nossa região sim são manifestações de cultura! Vi um pouco do seu blog e digo-lhe: para quem escreve nesta plataforma à tanto tempo (desde 2008?), sobre um tema que faz parte da Cultura Portuguesa e não tem surtido efeito em nada, peço que pense seriamente em arranjar outro Hobbie...
Tauromaquia é uma manifestação de arte e de cultura! Cumprimentos de um aficionado! Somos Aficionados, Somos Portugal!
De Isabel A. Ferreira a 22 de Março de 2019 às 18:11
Vasco André,

Vai desculpar-me, mas nada sabe de Cultura, nem de festas, nem de festas tradicionais.

Tudo o que lhe disseram acerca disto é MENTIRA. Daquelas mentiras que repetidas muitas vezes parecem verdades, mas são MENTIRAS. Grandes MENTIRAS.

As touradas jamais foram cultura, ou arte, ou festa, ou tradição. As touradas não passam de cum costume bárbaro protagonizado por gente BRONCA.

A vossa região é uma região que NÃO EVOLUIU, ficou parada na IDADE MÉDIA, caracterizada por uma IGNORÂNCIA descomunal, desde a nobreza ao povo. Uma autêntica desgraça.

Apenas os muito ignorantes acham que TORTURAR TOUROS é festa, é arte, é cultura é tradição. Nada disso. Torturar touros é coisa de gente BRONCA, IGNORANTE, ATRASADA. Torturar Touros é um costume bárbaro, herdado de gente bárbara, que veio de Espanha, e que apesar de toda a informação, Se RECUSA a EVOLUIR.

As touradas não fazem parte da Cultura Portuguesa. Nem pouco mais ou menos. Eu estudei CULTURA PORTUGUESA na Universidade e não me ensinaram que esta coisa de torturar Touros, fazia parte da CULTURA PORTUGUESA, porque da Cultura Portuguesa fazem parte os poetas, os escritores, os músicos, os dançarinos, os cineastas, os escultores, os pintores.

Da Cultura Portuguesa POPULAR fazem parte os Ranchos Folclóricos, o Artesanato, a música chamada pimba, os jogos tradicionais, os Caretos de Podence, e uma infinidade de outras tradições, onde não cabe a TORTURA de TOUROS, porque a tortura de touros não é uma tradição, mas sim um costume bárbaro.

Como vê, na Cultura Portuguesa não entram os trogloditas que se divertem a estraçalhar Touros. Nunca lhe disseram isto? Estão muito, muito, enganadinhos.

Vou deixar-lhe aqui um link, e peço-lhe encarecidamente que leia o texto, para APRENDER, de uma vez por todas o que é CULTURA e CIVILIZAÇÃO, onde TORTURAR TOUROS não se encaixa.

http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/22410.html

Há bastante tempo venho escrevendo e lutando para que Portugal se livre desta PRAGA chamada tourada, e sabe o que está a acontecer? Está a acontecer que a tourada está a caminhar para o FIM. Está quase morta. Vai acabar, mais dia, menos dia.

Está em decadência. Cada vez há menos touradas. Cada ano que passa mais antros de tortura ficam às moscas. Os tauricidas representam 10% da população portuguesa. A maioria dos tauricidas é VELHA. Está com os pés para a cova. Os novos não querem saber disto para nada. Quem vai assistir às poucas touradas que se realizam em Portugal, são sempre os mesmos, que vão em excursão daqui para ali, e dali para aqui. Sempre os mesmos.

E não se vanglorie a ser aficionado, porque ser aficionado, não é ser Portugal, porque 90% dos Portugueses não se revêem nestas práticas medievalescas.

Ser aficionado é pura e simplesmente ser BRONCO, no mundo CIVILIZADO.

Quanta pobreza moral, cultural e social! Não faz a mínima ideia da figura ridícula que fez ao fazer este comentário, que, aliás, muito agradeço, porque nele está escarrapachado o pobre mundinho bronco dos tauricidas.
De Vasco André a 22 de Março de 2019 às 23:29
Praças as moscas? Ridículo são os seus comentários são fundamento algum. Essa é apenas a sua opinião sem qualquer fundamento... Veja-se o que aconteceu no último domingo. 10 MIL PESSOAS NA PRAÇA DE SANTARÉM VINDAS DE MUITOS PONTOS DO PAÍS! E sim, 20 pobres coitados do outro lado da rua a precisarem de microfones e colunas para se fazerem ouvir. Pobres coitados.. Não é 90% que não se revêem na tauromaquia! Milhões gostam como foi a audiência na temporada passada com 2 milhões e 200 mil pessoas que assistiram. Milhares são contra e os restantes apenas não ligam ao assunto. Pare de inventar factos que de fundamento têm 0! Um abraço
De Isabel A. Ferreira a 23 de Março de 2019 às 16:51
Haja paciência para aturar os cegos mentais e os ignorantes optativos.

Vasco André:

FACTO: as arenas de tortura de Touros estão cada vez mais às moscas, aliás, nem as moscas lá querem pôr os pés. Há FOTOS que o provam. Não dá para as publicar nos comentários.

E isto NÃO É UMA OPINIÃO, é um FACTO. Aliás, o meu trabalho NÃO assenta em opiniões, mas em FACTOS COMPROVÁVEIS.

É só dar uma voltinha pela Internet.

Mas para lhe poupar trabalho deixo-lhe aqui alguns links (mas há muitos mais), para se INFORMAR (se bem que já vi que a sua CEGUEIRA MENTAL é demasiado elevada, para lhe permitir ter uma noção da REALIDADE.

https://protouro.wordpress.com/2019/01/24/a-falacia-dos-numeros-de-espectadores-em-touradas/

http://basta.pt/touradas-atingem-minimos-historicos-em-portugal/

http://basta.pt/dia-da-tauromaquia-tenta-encobrir-decadencia-das-touradas/

https://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/estatisticas-oficiais-animadoras-767251

https://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/touradas-nao-dao-mais-audiencia-a-rtp-729725


10 mil pessoas no antro de Santarém? Nem contas sabem fazer. Os que foram a Santarém, são exactamente os mesmos que vão aos outros antros, em EXCURSÕES, pagas pelos autarcas das respectivas localidades trogloditas.

Os aficionados desta prática de broncos são 10% da população portuguesa, senão menos. Isto é um FACTO. Não é a minha opinião. LEIA MAIS. Procure INFORMAR-SE, se é que quer saber a verdade, mas a verdade e tão negra que os tauricidas NÃO a querem saber. Será o seu caso.

O que diz sobre os “pobres coitados” é MENTIRA. Estiveram lá CENTENAS.

Contudo, as grandes lutas não se fazem à porta dos antros. As grandes lutas fazem-se nos BASTIDORES, onde milhares de pessoas, por todo o mundo, estão empenhadíssimas na DESTRUIÇÃO desta prática de BRONCOS para salvar os TOUROS das mãos de cruéis CARRASCOS.

FACTO: 90% dos portugueses ABOMINAM as touradas. Todas as sondagens o dizem.

Veja aqui:

http://basta.pt/wp-content/uploads/sondagem-touradas-universidade-catolica.pdf

https://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/a-mentira-da-protoiro-e-a-verdade-377229

Vá procurando que encontra a VERDADE em muitas outras publicações. As MENTIRAS da prótoiro estão GASTAS.

EU NÃO INVENTO NADA. Baseio-me em FACTOS.
E os FACTOS são estes:

90% dos portugueses ODEIAM TOURADAS.
As touradas estão em franca DECADÊNCIA.

E se depois disto continuar a insistir nas MENTIRAS que lhe dizem, lamento muito, mas a sua CEGUEIRA MENTAL é pior do que eu imaginava.
De Anónimo a 23 de Março de 2019 às 12:18
gratidão D. Isabel Ferreira pela explicação que deu , espero que sirva para acordar o povo de tanta ignorância
De Isabel A. Ferreira a 23 de Março de 2019 às 16:05
A ignorância deste povo troglodita está tão entranhada na pele, que nada o fará ver a realidade dos tempos modernos.

O cérebro desta gente troglodita está mirrado desde a nascença. Ali não entra nem o mais fino grão de poeira, muito menos todas as explicações e informações, provadas cientificamente, que lhes damos.

Portanto, o remédio é esperar que esta geração de trogloditas, cada vez mais minguada e a envelhecer, se vá finando, e dar aos jovens divertimentos mais civilizados, e, em breve, estas práticas macabras extinguir-se-ão.

Mas esta circunstância da tacanhice deles não impede que continuemos a tentar ESCLARECÊ-LOS.
De Vasco André a 23 de Março de 2019 às 18:17
A senhora desculpe mas você vive noutro mundo.
Eu PAGUEI PARA VER A CORRIDA NA MONUMENTAL CELESTINO GRAÇA E NÃO NÃO ESTAVAM CENTENAS DE PESSOAS A MANIFESTAR. eram umas 20 no máximo 30.
Deixe ser burra!!!
Mais uma vez a mostrar opiniões em vez de factos.
E um antro deve ser a sua casa para ter um ser desprezível como a senhora... Mentirosa, a tratar mal as pessoas, ofensiva!
Neste comentário tratei como você merece!
Volto a referir, estive em santarem e eram 20 pessoas!
Luta tanto por isto que nem se mexe para ir a manifestações!
Mais uma vez, troglodita é a senhora
Passe bem
De Isabel A. Ferreira a 23 de Março de 2019 às 19:14
Eu não tenho que lhe desculpar nada, porque tudo o que disse é fruto da sua alucinação.

Talvez não fossem centenas. Mas não foram 20. Foram várias DEZENAS como diz a notícia aqui:

https://radioregional.pt/manifestantes-anti-touradas-protestam-em-santarem/

E a manifestação foi um ENORME sucesso. E sabe quem a organizou? Foi uma escalabitana.

Nem todos em Santarém são trogloditas. Há gente evoluída a trabalhar para acabar com o atraso civilizacional de Santarém.

Eos factos foram estes, que acabei de referir.

Quanto ao resto do seu comentário, fique sabendo que a mim só insulta quem eu deixo. O que vem debaixo jamais me atinge.

O pior cego é aquele que não quer ver, e você é um dos piores. Já lhe demonstrei por A mais B que a tourada está em franca decadência, e é uma prática de BRONCOS. E você insiste em meter a cabeça na areia, para não querer ouvir nem ver a realidade.
Esteve em Santarém e só viu 20 manifestantes? Pois não admira: a cegueira mental não dá para ver mais do que isso.

Eu não preciso de ir a manifestações em frente aos ANTROS de tortura (até porque não concordo com essas manifestações). Vocês, dentro das arenas, não estão a cometer nenhuma ilegalidade, apesar de NÃO CUMPRIREM o RET, com a conivência da IGAC. As touradas, infelizmente, e por enquanto, POR ENQUANTO, ainda são legais. As manifestações devem ser feitas no lugar próprio: em frente às Câmara Municipais nos dias de reunião de Câmara.
Mas como estava a dizer, eu não preciso de ir a essas manifestações, porque o que estou a fazer nos bastidores, vale por MIL manifestações, com milhares de pessoas. Sabia?

E chamar-me de troglodita é da ignorância, porque troglodita é aquele que vive e age como no tempo das cavernas e porque vive e age como no tempo das cavernas DIVERTE-SE A TORTURAR SERES VIVOS e a babar-se com o sangue derramado por eles.

E eu não faço nada disso. Eu simplesmente DEFENDO OS ANIMAIS. Consegue ver a diferença?


De Vasco André a 24 de Março de 2019 às 04:39
Tenho um cão e trato-o muitíssimo bem! Sou aficionado e não deixo de tratar bem os animais. Amo o meu cão, amo os cavalos e amo os toiros como ribatejano que sou! Você sim é uma troglodita! Está na reforma, ocupe melhor o tempo que tem. Parasita da sociedade!
De Isabel A. Ferreira a 24 de Março de 2019 às 12:18
Vasco André, agradeço novamente muitíssimo este seu comentário, para que eu tenha a oportunidade de tentar, uma vez mais, ELUCIDÁ-LO.

Primeiro: porque não captou nada do que eu lhe transmiti nas respostas aos seus anteriores comentários, o que significa que nesse seu cérebro mirrado, não entra nem um grão de poeira. Mas ainda assim vou tentar novamente. Não vá haver um milagre.

Segundo: tem um cão? E trata-o muitíssimo bem? É aficionado de TORTURA DE TOUROS, mas trata bem os animais? Ama o seu cão? Os Cavalos? E os TOUROS? Mas ADORA VÊ-LOS TORTURAR? Esta sua “conversa” é de alguém dotado de uma MENTE TOTALMENTE DEFORMADA.

Não faz a mínima ideia do que é um Cão, um Cavalo ou um Touro. Para si são COISAS que pode USAR e ABUSAR conforme lhe dá na veneta.

Amar os animais IMPLICA NÃO TORTURÁ-LOS. O seu Cão, coitado, deve dormir ao relento ou acorrentado a uma casota, que é o normal de quem diz AMAR os animais e depois AMA também vê-los TORTURAR. E acha que amar um cão é dar-lhe água e comida.

A sua deformação mental é notória, e não tem capacidade para entender o que se escreve. Não admira que ainda não tenha entendido que o TROGLODITA aqui é você, porque AMA VER Touros e Cavalos a serem torturados BARBARAMENTE. Não sou eu. EU DEFENDO-OS e quem defende os Aimais NÃO É TROGLODITA. Veja se põe isto na sua cabeça. Um troglodita é uma criatura que NÃO EVOLUIU e DIVERTE-SE com a TORTURA ANIMAL.

No Ribatejo há boa gente e gente que já evoluiu. Mas a maioria do povo ribatejano sofre de um atraso civilizacional de séculos. E a prova disso são estes seus comentários absolutamente ANORMAIS.

Felizmente, não estou na reforma, e jamais estarei, porque sou daquelas que AMA trabalhar. O trabalho é o pão do cérebro, e uma pessoa com o cérebro bem alimentado jamais se reforma.

E parasitas da sociedade são os GANADEIROS, que vivem à tripa forra, à custa dos impostos dos Portugueses, e enchem os bolsos à custa da TORTURA DE SERES VIVOS.

Como vê a sua noção de troglodita, de parasita e de amor pelos animais está muito muito, muito DEFORMADA.

Deixo-lhe aqui outro texto (se tiver capacidade de o entender, obviamente, o que duvido) onde você e todos os aficionados, ganadeiros e carrascos de Touros e Cavalos se encaixam em tudo o que aqui se diz, porque a VIOLÊNCIA é o pão do vosso cada dia:

https://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/ligacao-entre-abuso-animal-maus-tratos-532055

Comentar post

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
16
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

«DIZEM QUE O TOURO É BRAV...

GARRAIADA DA ESCOLA SUPER...

BROCHURAS FOMENTANDO SELV...

VITÓRIA PAN LISBOA – CÂMA...

LI NO JORNAL QUE AO TODO ...

EM ESPANHA, TOUREIRO LIMP...

CARTAZ FALACIOSO INSULTA ...

NO MÉXICO COMO EM PORTUGA...

«HERÓIS SALVAM VIDAS NÃO ...

PLANETA TERRA EM ALERTA V...

Arquivos

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

DIREITOS

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

ACORDO ORTOGRÁFICO

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

COMENTÁRIOS

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

CONTACTO

isabelferreira@net.sapo.pt