Domingo, 9 de Março de 2014

DEFENDER A TOURADA À CORDA É DEFENDER A INCULTURA, A TORTURA E A BOÇALIDADE

 

A Associação Regional de Criadores de Touros da Tourada à Corda em Angra do Heroísmo é liderada desde o início do ano por uma nova geração, composta apenas por filhas de ganadeiros

 

 TRÊS PRECIOSAS CANDIDATAS AO PRÉMIO NOBEL DA INTELIGÊNCIA

ooo

 

Aqui estão as três preciosas meninas, filhas de ganadeiros açorianos, a defender a tourada à corda, pois claro, que é a única coisa que conhecem desde que nasceram.

 

Então a Marianinha, que apela à união entre os aficionados para combater os ataques anti-taurinos, diz que «cada um tem a liberdade de gostar ou não, mas a ideia que eles (os anti) transmitem é que não querem que o outro tenha a liberdade de gostar de touradas

 

Mas sabe, Marianinha, é que a tourada não tem nada a ver com liberdade, até porque amarram o bovino com cordas e este não fica com liberdade de se movimentar à vontade dele, ficando à mercê dos carrascos.

 

Não era esta liberdade?

 

Ah! Sim, a outra. Mas a outra também não entra aqui. Sabe porquê, Marianinha? Porque torturar um ser vivo não é do âmbito nem da liberdade, nem dos gostos, Mas da Ética, da Evolução, da Cultura Culta, da Civilização...


E sabe que o outro, de que fala, é também o bovino que torturam?

 

Não ensinaram à menina Marianinha os conceitos de liberdade, de gosto e de respeito? Pois não! Apenas ensinaram que a tortura é uma “tradição religiosa” e pronto. Tem de se fazer para agradar aos santinhos da igreja católica, por ocasião das festas a eles dedicadas.


E sabe, os santinhos devem adorar essa tortura! Quando os torcionários morrerem serão recebidos no céu com muitas palmas e flores, por terem tratado com compaixão os animais não humanos. Vai ser uma festa!

 

E a Marianinha acrescenta: «Isso é que está mal. Em primeiro lugar, somos humanos, temos de ter respeito pelo próximo e o que acontece é que essas pessoas não respeitam o próximo».


Por acaso a Marianinha sabe o que é ser humano? Também não sabe. Ser humano é ser compassivo, bondoso, caritativo, piedoso, misericordioso, clemente, benevolente, generoso, compreensivo, tudo o que quem tortura bovinos mansos não é.

 

O senhor padre não ensinou à Marianinha este conceito cristão? Se não ensinou, devia ter ensinado.

 

E se querem merecer respeito, têm de respeitar o próximo, e o próximo inclui os bovinos, que também são criaturas de Deus.

 

O senhor padre também não ensinou isto à Marianinha?

 

Pois… há muito falhanço nos ensinamentos que a igreja devia transmitir aos seus fiéis, e não transmite. E isso é um grande pecado!

 

Para finalizar, a Marianinha espera esta coisa espantosa: a isenção de taxas para as touradas à corda, já anunciada pela autarquia de Angra de Heroísmo, porque isto é uma mais-valia para os ganadeiros.

 

Pois claro! Para os ganadeiros. A menina puxa a brasa para a sua sardinha.

 

E a isenção de taxas para os comerciantes? Para o arroz, o pão e os restantes géneros alimentícios, por exemplo? Não seria mais adequado e não beneficiaria mais gente, gente que passa fome, para que os ganadeiros vivam na fartura?

 

O que vale é que os ganadeiros não levam para a cova os dinheiros que recebem, mas serão penalizados pela Lei do Retorno, pelo mal que fizeram às criaturas de Deus.

 

Esta é que é a grande e infalível verdade!

 

Fonte:

https://www.facebook.com/451257841614428/photos/a.451275978279281.101438.451257841614428/645146072225603/?type=1&theater

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:55

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Comentários:
De Elisabete a 18 de Março de 2014 às 16:37
Muito bom o seu texto, Isabel.
Esta Marianinha é uma rapariga... medieval, para não dizer Neandertal , mas quem sai aos seus não degenera e esta moçoila faz jus à sua ascendência grosseira, daí a cabecinha dela não conseguir discernir o conceito de liberdade. Temos pena de tanto atavismo mental, falta de leituras sadias e reflexão compassiva. Vão à missa ao domingo, daí este resultado lamentável...
Mas a verdade é que até lá vão enchendo os bolsos com dinheiro sujo e sofrimento dos animais que torturam!
De Isabel A. Ferreira a 18 de Março de 2014 às 18:14
Não me admira nada o que diz, Elisabete.

Quem sai aos seus... Já se sabe no que dá...

Esta moçoila nunca saiu da toca e com o historial que tem, juntando os ensinamentos dos padres, que são cúmplices da barbárie... dá no que dá...

Isto só poderá acabar por decreto.

Comentar post

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Março 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

É dos piores casos de mau...

Raiva, muita raiva e repu...

Poucos saberão quem são a...

Chicken a la Carte

Ministério da Cultura (?)...

«Aquilo que uma minoria d...

«Os arrasadores de Portug...

Demolição do Padrão dos D...

«Mais Dinheiros Públicos ...

O regresso às trevas

Arquivos

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt