De Lápis Roído a 21 de Novembro de 2016 às 16:18
Um chinês neoliberal? Viveu em França e aprendeu bem pela bula de Sarkozy e Merkel. O próprio Passos Coelho não desdenharia a sua ajuda na propaganda de combate aos piegas. Fartinho desta conversa de que não produzimos, de que não fazemos, de que não somos. Isto não é a China, onde não existem direitos e se tira a pele dos trabalhadores que se vendem por uma taça de arroz por dia. É à conta desses que crescem grupos económicos como a Fossum, que entra por aqui adentro e tudo compra. À conta de quem? Dos explorados do costume, claro, daqueles que são oprimidos, mas são eficientes colaboradores, daqueles que são miseráveis, mas são o orgulho do patrão, daqueles que nada têm, mas cujo empenho é louvado. Lições de moral por quem vem de um país onde os direitos humanos e laborais estão pouco acima de zero. Preocupo-me, sim, que estejam a tomar conta do nosso país e queiram implementar tais ideias por aqui.
De Isabel A. Ferreira a 21 de Novembro de 2016 às 17:45
Eu concordo com este chinês, até porque eles (os chineses) estão a introduzir-se, por exemplo, em Portugal, e os nossos pacóvios permitem.

A Europa está mal. É mal conduzida e conduz mal os seus interesses.

E os chineses aproveitam-se.
Então não é?
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.