De ICE a 21 de Fevereiro de 2015 às 03:23
Tantos deveres e obrigações, quando aparecemos neste planeta não sabemos porquê nem como, nem com que objectivo. Não sejamos demasiado duros connosco próprios. Somos apenas umas criaturas surgidas neste universo, cuja origem e propósito não se sabe quais são. Não seja você também tão condenatória da sua própria espécie. Qualquer espécie que domine um habitat (neste caso, o planeta Terra) cometerá os mesmos erros apontados repetidamente aos humanos. Veja-se o caso dos coelhos na Austrália. Temos tanto de irracional como eles. Assim é a natureza insondável da biologia.
De Isabel A. Ferreira a 21 de Fevereiro de 2015 às 14:58
Não concordo com absolutamente nada do que escreveu.

Não somos apenas umas criaturas surgidas neste universo.

Não somos.

Não condeno a “minha espécie”, porque pertenço à espécie Homo Sapiens, como, felizmente todos os que evoluíram e têm atitudes construtivas perante o Planeta e a Vida.

Os erros de que fala, não são cometidos pelo Homo Sapiens, mas por um “homo” pouco ou nada evoluído que é preciso colocar no caminho da evolução.

Não considero os coelhos da Austrália “irracionais”. Aliás não considero nenhum animal não humano irracional. O único animal irracional que existe é o homo predador.

Se o ICE se considera irracional, isso não me diz respeito. Terá de evoluir para Homo Sapiens.

E a Biologia não é assim tão insondável. Só é insondável para os que não evoluíram.

A Biologia explica muitíssimo bem a diferença entre o Homo Sapiens e o homo predador que não evoluiu, e entre este e os animais não humanos, muito mais racionais, do que esse tal homo predador, que opta pela estagnação.

Condeno veementemente e sempre condenarei o homo predador, única e simplesmente por este se RECUSAR a evoluir num tempo em que a INFORMAÇÃO é total e global.

Hoje em dia, só não evolui quem opta voluntariamente por não ascender ao “sapiens”.

Sinto muito.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.