Comentários:
De Vasco Oliveira a 4 de Julho de 2018 às 12:11
Eu há não sei se hei de rir ou de chorar, não o considero um costume bárbaro, mas OK a senhora é que sabe da sua opinião.

De Isabel A. Ferreira a 4 de Julho de 2018 às 12:25
O senhor não precisa nem de rir, nem de chorar. Basta ficar lúcido.

Vamos lá a ver: não sou eu que considero COSTUME BÁRBARO a todas as actividades onde se torturam animais, para divertimento de trogloditas.

É o SENSO COMUM.

Além de que as tradições DIGNIFICAM o Homem. Os costumes bárbaros NÃO.

E a tortura de TOUROS não dignifica a HUMANIDADE, logo, não é tradição, nem aqui, nem na Cochinchina.

É que essa mentira da "tradição" de tão repetida, quase que virou verdade. Mas continua a ser uma grande mentira.

Comentar post