De Vasco Oliveira a 4 de Julho de 2018 às 00:02
Acho graça quando a senhora refere que ""As gentes de Benavente,não conhecerão os divertimentos civilizados modernos?",uma festa que tem 50 anos , na qual se cumpre a tradição,mesmo assim não sei a que divertimentos se estava a referir. Enfim, a senhora falou daquilo que não sabe,quando tiver oportunidade venha cá no último fim de semana de junho comer uma sardinha e verá o que é a amizade,pois com essas opiniões e maneiras de pensar, acho que a senhora a desconhece.
De Isabel A. Ferreira a 4 de Julho de 2018 às 11:11
Ó Vasco Oliveira, achou graça ao que eu disse de as gentes de Benavente não conhecerem divertimentos civilizados modernos?

Não sabe o que são divertimentos civilizados modernos?

Eu digo-lhe: são CINEMA, TEATRO, FESTIVAIS DE MÚSICA, CONCERTOS, ARRAIAIS DE DANÇA E MÚSICA POPULAR PORTUGUESA…

Tudo menos largada de Touros, que é um “divertimento” dos TROGLODITAS do tempo das trevas e da ignorância.

E largada de Touros NÃO É TRADIÇÃO, é um COSTUME BÁRBARO praticado por BRONCOS.

Daí que se em Benavente ainda se pratica este costume bárbaro, Benavente é uma terra atrasada civilizacionalmente.

E não sou eu que o digo. É o MUNDO CIVILIZADO que o diz.

E não, não irei a Benavente, enquanto mantiverem esta prática troglodita. É que sou alérgica à ESTUPIDEZ.

Mas a culpa é dos políticos que ainda são mais trogloditas do que o povo de Benavente.
De Vasco Oliveira a 4 de Julho de 2018 às 11:14
Com certeza a senhora não viu o cartaz desta festa, no qual existem cantores de todos os estilos, aqui a festa agrada a todos, seja de que maneira for, há de tudo para todos os gostos, se a tradição é assim não há motivo para a a quebrar
De Isabel A. Ferreira a 4 de Julho de 2018 às 11:24
Vou repetir:

A largada de Touros NÃO É uma tradição. É um COSTUME BÁRBARO.

Divirtam-se com os cantores, não com os TOUROS, que não nasceram para divertir BRONCOS.

O que é que ainda não percebeu?
De Vasco Oliveira a 4 de Julho de 2018 às 11:27
Não sei se já reparou, mas quem não está a querer entender é a senhora. Já percebi que deve ser anti taurina ou algo do género, e não a condeno, eu mesmo acho que os toiros não deviam de ser humilhados em praça pública desta maneira, mas comparar 3 dias de uma festa humilde às grandes touradas que há tanto em Portugal como no país vizinho, tal como em samora é Salvaterra, etc (terras junto à nossa), as festas são realizadas da mesma maneira, com largadas de toiros.
De Isabel A. Ferreira a 4 de Julho de 2018 às 11:55
Não sei se já reparou, mas quem NÃO ESTÁ a querer entender é o senhor, desculpe.

Eu sou ANTI-TUDO o que diga respeito a maus tratos a animais humanos e a animais não-humanos.

Sou pelo RESPEITO à dignidade de todos os seres humanos e não-humanos, daí que CONDENE e me REPUGNE a vossa prática troglodita da largada de touros.

Penso que o senhor não entendeu: NÃO FAÇO COMPARAÇÃO NENHUMA da largada de Touros às touradas em praça.

Ambas as práticas são trogloditas, abomináveis e condenáveis.

E não venha para aqui dizer que as outras terras fazem o mesmo.

As outras terras que fazem o mesmo são ATRASADAS CIVILIZACIONALMENTE TAMBÉM.

Não justifique uma estupidez com estupidez. Por favor.

Gostaria de ver Benavente fora rol das terras incivilizadas. Só isso.
De Vasco Oliveira a 4 de Julho de 2018 às 11:57
Mas é o que lhe estou a tentar dizer, todas as terras ribatejanas têm esta tradição, grande parte do povo gosta portanto deixam na andar.
De Isabel A. Ferreira a 4 de Julho de 2018 às 12:06
Sim, o senhor está a insistir no erro.

Diga antes: todas as terras ribatejanas têm esse COSTUME BÁRBARO, portanto todas as terras ribatejanas são atrasadas civilizacionalmente. Aliás, o Ribatejo é uma região bastante atrasada.

Grande parte do povo GOSTA deste costume bárbaro? Pois está na hora de mudar o paradigma.

Está na hora de dizer a esse povo, que isso não é tradição, e não faz parte dos GOSTOS de gente civilizada, porque tudo o que implica maus tratos a animais não tem a ver com GOSTO, mas com ÉTICA.

Podemos dizer que GOSTAMOS mais de música clássica do que de música metálica. Aqui sim, é uma questão de GOSTO.

Mas quando se trata de VIDA, já não há gosto. Há ÉTICA.

Os políticos que consentem esta barbárie são mais trogloditas do que o povo, porque nem sequer lhe dão oportunidade de evoluir.
De Vasco Oliveira a 4 de Julho de 2018 às 12:11
Eu há não sei se hei de rir ou de chorar, não o considero um costume bárbaro, mas OK a senhora é que sabe da sua opinião.

De Isabel A. Ferreira a 4 de Julho de 2018 às 12:25
O senhor não precisa nem de rir, nem de chorar. Basta ficar lúcido.

Vamos lá a ver: não sou eu que considero COSTUME BÁRBARO a todas as actividades onde se torturam animais, para divertimento de trogloditas.

É o SENSO COMUM.

Além de que as tradições DIGNIFICAM o Homem. Os costumes bárbaros NÃO.

E a tortura de TOUROS não dignifica a HUMANIDADE, logo, não é tradição, nem aqui, nem na Cochinchina.

É que essa mentira da "tradição" de tão repetida, quase que virou verdade. Mas continua a ser uma grande mentira.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.