Domingo, 15 de Junho de 2014

Os desvarios e fiascos da tauromaquia nos últimos dias

 

Cada vez mais o povo se distancia destas manifestações de broncos.

Apenas os governantes portugueses não querem ver o óbvio, e expõem-se ao ridículo, ao apoiarem por decreto, esta barbárie.

 

***

 

LARGADA DE TOUROS EM PORTO DA ESPADA (MARVÃO) FAZ UM MORTO E A FESTA CONTINUA

 

 
 
Fonte:

http://www.publico.pt/portugal/noticia/um-morto-em-largada-de-touros-em-marvao-1639862

 

Um homem cometeu suicídio, consentido por decreto, ao ir a esta largada de Touros.

Quem é o responsável por esta morte? Naturalmente são aqueles que permitem que esta estupidez, a que chamam "tradição" esteja legislada, sabendo-se que pode haver mortos e feridos.

O homem estava lá de livre e espontânea vontade. Sim. Mas morreu.

E a festa tem de continuar. Porque sim.

A VIDA dos animais humanos e não-humanos, nesta terrinha atrasada (assim como noutras) não vale nada.

Mas nada vale também a vida de quem consente estas mortes.

***

 

BANCADAS VAZIAS EM REGUENGOS DE MONSARAZ

Bancadas vazias: um sinal dos tempos

 

Seis bovinos não tiveram hoje outra opção e foram humilhados e torturados em Reguengos de Monsaraz sob uma temperatura de 40 graus. Quem vive rodeado de touros deve saber como é difícil para eles suportarem temperaturas tão elevadas... quanto mais o resto! Quem costumava andar de praça em praça a assistir a touradas, começa, cada vez mais, a escolher outras opções, e os resultados estão à vista:

bancadas vazias.

 

 

Fonte:

https://www.facebook.com/antitouradas/photos/a.215152191851685.58389.215151238518447/775756705791228/?type=1&theater

 

Touradas? Só para gente que ainda não evoluiu.

 

***

LARGADA DE TOUROS EM SÃO VICENTE (ELVAS) LEVOU “MILHARES” DE AFICIONADOS À RUA

 

Milhares de grãos de poeira… Isso sim!

Todas as fotos foram tiradas à distância, para que se não visse a falta de público.

Um grande fiasco, aliás, como sempre.

E assim se torturam bovinos em vão…

 

E o pior cego é aquele que não quer ver…

 

 

Mas para quem quer ver, há mais fotos nestes links:

 

Fontes:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10202318862399744&set=pcb.1443312245921384&type=1&theater

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.737572426288685.1073741879.263414557037810&type=1

 

***

MOMENTOS DA TOURADA DECORRIDA ONTEM EM PORTALEGRE

 

 

Bovino muito ferido, com SETE ferros espetados no corpo, sofre em silêncio, no meio de aplausos - antes de entrar na calha para o abate, que acontecerá amanhã…

 

Forcado ligeiramente ferido, com um ferro espetado no braço, grita desalmadamente (SE NÃO DÓI NO TOURO, TAMBÉM NÃO DÓI NO TORCIONÁRIO), provocando a aflição do público - antes de ser ajudado por colegas, bombeiros e médico, conduzido ao hospital, suturado e tratado, e já estar em casa a recuperar, para daqui a alguns dias poder voltar a fazer parte de espectáculos em que se maltratam e desrespeitam animais.

 

Não aprendem nada…

 

Fonte: gritos e aflição:

http://diariotaurino.blogspot.pt/2014/06/portalegreacidente-bandarilhas-voltam.html

 

Fonte:

https://www.facebook.com/antitouradas/photos/a.215152191851685.58389.215151238518447/773616569338575/?type=1&theater

 

***

«A SEMANA DE TODAS AS BRONCAS: SE OS OUTROS NÃO CONTAM CONTAMOS NÓS...» 

 

Vejam quem conta e o que se conta, neste link

http://farpasblogue.blogspot.pt/2014/06/a-semana-de-todas-as-broncas-se-os.html

 

 
E é nesta pobreza moral e indignidade que Portugal está mergulhado.
 
 
Isabel A. Ferreira
 
 
 
 
publicado por Isabel A. Ferreira às 14:41

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 9 de Junho de 2013

Em Portalegre tauricidas insultam as crianças, apoiados por "pais" e "professores"

 

 

Toiros + e JM Branco estiveram na escola a promover uma tortura de Touros em Portalegre, oferecendo bilhetes aos alunos para comemorarem o Dia Internacional da Criança. 

 

Promovida pela Toiros+, no passado dia 1 de Junho, teve lugar em Portalegre uma corrida de touros à portuguesa, isto é, um dos "espectáculos" legalmente permitidos, mais cruéis em todo o mundo civilizado, tendo em conta os processos a que são sujeitos os touros antes, durante e depois da corrida.

 

Até aqui a estupidez não surpreende. 

 

O que nos tira do sério é o facto de, para promoverem tal idiotice, os empresários Lúcia Loureiro e Henrique Gil, e os torcionários Luís Rouxinol, Marcos Tenório João Maria Branco deslocaram-se às escolas de Portalegre para distribuir convites às crianças, com o INACREDITÁVEL apoio dos "pais" (progenitores) e dos "professores" (deseducadores).

 

Que "pais" serão estes? Que "professores" serão estes? Que EDUCAÇÃO será esta?

Naquele dia comemorou-se o Dia Internacional da Criança em Portalegre, com VIOLÊNCIA, CRUELDADE e ESTUPIDEZ.

 

Quem teremos nós em Portugal com autoridade para pôr fim a tal descalabro?

 

Como se isso não bastasse, as coisas não correram bem nessa corrida violenta, e um forcado ficou esticado no chão, inconsciente.

 

 

Realmente algo que, para as crianças, foi bastante EDUCATIVO.

 

Até onde vai a IRRESPONSABILIDADE dos apoiantes desta prática bárbara?

 

E as autoridades? Para que servem?

PARA NADA. Evidentemente.

 

Fontes:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=587490464617854&set=a.587490424617858.1073741829.215151238518447&type=1&theater

 http://diariotaurino.blogspot.pt/2013/06/portalegre-sustos-em-noite-anti-nhoc.html

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:55

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 15 de Março de 2013

«A CUMPLICIDADE DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO (NUNO CRATO) COM A TAUROMAQUIA»

 

 

Nesta escola pública ensina-se às crianças a tortura, a violência, a maldade, enfim, os rituais macabros ligados à tauromaquia… Depois admiram-se das más notas às disciplinas-chave, nomeadamente a Língua Portuguesa, uma autêntica tragédia ao nível dos novos “senhores doutores”…

 

 

«De acordo com um blogue tauromáquico, a empresa tauromáquica “Toiros +” percorreu diversas escolas, (Portalegre, Monforte, Alter do Chão, Arronches, Cabeço de Vide e Fronteira), para promocionar a tauromaquia. Exemplos perfeitos de terriolas onde a evolução não chegou e provavelmente nunca chegará.

 

Nessa digressão foram oferecidos 500 convites às crianças para marcarem presença no festival taurino promovido pela empresa, em Cabeço de Vide, dia 23 de Março.

 

É escandaloso e totalmente inaceitável, que neste país esta gente se movimente livremente em espaços de ensino público para disseminar um espectáculo bárbaro.

 

São escolas públicas, dependentes do Ministério da Educação e onde todos os funcionários são pagos com o dinheiro dos contribuintes.

 

Sr. Ministro da Educação, desde quando é que é permitido que este tipo de gente deambule em recintos onde a palavra de ordem é educar para inculcarem em crianças de tenra idade que tortura é cultura?

 

Em qualquer país civilizado, a escola é um lugar onde se privilegia a educação, o saber e a cultura. Franquear as portas a este tipo de gente num santuário que deve e deveria ser o da educação, é permitir o total abandalhamento do sistema educativo, é permitir que futuramente estas crianças sejam futuros adultos insensíveis para os quais a vida nada vale seja ela a de um animal humano, ou de um animal não humano.

 

Sr. Ministro ao permitir estas investidas do sector tauromáquico nas escolas do nosso país não só V. Exa., está a permitir que se cometa um crime contra crianças inocentes, como em última instância está a ser cúmplice desse mesmo crime.

 

Prótouro

Pelos touros em liberdade»

 

(Tenham também em conta os comentários ao texto).

 

http://protouro.wordpress.com/2013/03/14/a-cumplicidade-do-ministro-da-educacao-com-a-tauromaquia/#comments

 

***

Pois é, PRÓTOURO.

 

O actual ministro da educação (assim, com letra minúscula, pois não merece mais), Nuno Crato, está-se completamente nas tintas para a cultura, para a educação ou para a instrução das crianças portuguesas, aliás como todos os que já passaram por aquele ministério.

 

Várias vezes foi interpelado a este respeito, e outras tantas recebemos respostas evasivas, o que nos dá a certeza de que  o ministério da educação do Governo de Portugal é cúmplice de crimes contra as crianças.

 

Não é só a pedofilia ou violência doméstica ou as violações sexuais ou maus tratos que são crimes contra crianças.

 

Este tipo de "educação" que lhes querem impor é também um crime maior, porque em vez de FORMAR CIDADÃOS RESPONSÁVEIS PARA A VIDA, estão a criar os futuros MONSTROS da sociedade, iguais àqueles que deambulam por aí, com o CADÁVER DA TAUROMAQUIA ÀS COSTAS.

 

Isto é extremamente lamentável, senhor ministro Nuno Crato, que ficará no Livro Negro da Tauromaquia, como o ministro da educação que, em 2013, teve oportunidade de sair das Trevas e nada fez.

 

(Texto enviado a Nuno Crato)

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:36

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Março 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

«A guerra ibero-holandesa...

«Cavaleiro tauromáquico J...

DEVOLVA-SE A PORTUGAL A L...

Matança de Porco em Vale ...

EM PORTALEGRE NÃO HÁ VERB...

OS JOVENS TROCAM TOURADAS...

CORTA-SE NO ENSINO ARTÍST...

MORREU A “FESTA” EM PORTA...

No distrito de Portalegre...

Morreu a escritora Luísa ...

Arquivos

Março 2024

Fevereiro 2024

Janeiro 2024

Dezembro 2023

Novembro 2023

Outubro 2023

Setembro 2023

Agosto 2023

Julho 2023

Junho 2023

Maio 2023

Abril 2023

Março 2023

Fevereiro 2023

Janeiro 2023

Dezembro 2022

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Junho 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

AO90

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, nem publica textos acordizados, devido a este ser ilegal e inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais. Caso os textos a publicar estejam escritos em Português híbrido, «O Lugar da Língua Portuguesa» acciona a correcção automática.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. 1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome. 2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas". 3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt