Quarta-feira, 13 de Julho de 2016

CONTRA A VERGONHOSA TOURADA DA RTP NORTE NA PÓVOA DE VARZIM E ESBANJAMENTO DE DINHEIROS PÚBLICOS

 

ANTI-TOURADA.jpg

 

A tourada não passa da exibição pública do sofrimento e maltrato de Touros e Cavalos, não tendo mais lugar nas sociedades modernas.

 

A tourada é um confronto brutal e desigual entre um animal indefeso (o Touro) e um animal protegido (o cobarde toureiro).

 

É muito grave ser transmitida pela televisão pública, que banaliza e promove a violência, valendo-se de dinheiros públicos.

 

A RTP não devia transmitir esta barbárie até porque a maioria da população portuguesa a rejeita veementemente, como se sabe: a transmissão de touradas é a 2ª razão mais frequente de queixas do público.

 

Se os trabalhadores da RTP se recusam a filmar touradas, a empresa contrata outros de fora.

 

Os Portugueses têm feito ouvir a sua opinião, dentro e fora da RTP. Por que insistir nesta barbárie quando largas centenas de municípios e regiões estão a abolir a tourada e outras actividades tauromáquicas também bastante cruéis, nos poucos países (oito) onde ainda existem?

 

Viana do Castelo foi o primeiro e até agora o único município em Portugal a declarar-se publicamente anti-tourada.

 

Ao que parece a Póvoa de Varzim ainda não se decidiu a evoluir.

 

A Póvoa de Varzim não se situaria melhor perante o mundo sem esta selvajaria tauromáquica que a RTP vem “plantar” nesta cidade no próximo dia 22 de Julho?

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:45

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 2 de Janeiro de 2016

Enquanto o mundo evolui, Portugal continua parado no passado

 

Por aquilo que o governo português não faz, avalia-se o atraso civilizacional em que Portugal está mergulhado.

E se Portugal tem coisas muito boas, tem também coisas muito, muito más, feias, cruéis, primitivas e obscuras.

Não existe meio-termo em Portugal.

Em Portugal ou é oito ou é oitenta.

 

VELHOS CAMINHOS.jpeg

Fonte da imagem: http://www.frasesnofacebook.com.br/frases-sobre-o-tempo/page/4/

 

Vejamos o que aconteceu no mundo, mas não em Portugal:

 

Não às touradas vence referendo em Valência (Espanha)

 

Ler notícia aqui:

http://www.olharanimal.org/touradas-e-farra-do-boi/9508-espanha-nao-as-touradas-vence-referendo-em-valencia)

 

***

O Alcaide de Valência erradica o Touro embolado…

Ferrol proíbe os circos com animais e as corridas de Touros

 

Ler a notícia aqui:

https://www.facebook.com/Basta.pt/photos/a.472890756075069.108951.143034799060668/1071798589517613/?type=3&theater

 

***

Mais uma grande vitória! Xeraco não autorizará o “bous al carrer”, nem o touro embolado (Valência - Espanha)

 

Ler a notícia aqui:

https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2015/12/01/mais-uma-grande-vitoria-xeraco-no-autorizara-bous-al-carrer-ni-embolats/

***

Marca de molho de soja Kikkoman anuncia fim de testes em animais.

 

Fonte: ANDA

Ler a notícia aqui:

https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2015/11/22/conteudo-anda-marca-de-molho-de-soja-kikkoman-anuncia-fim-de-testes-em-animais/

 

***

EUA não usará chimpanzés em pesquisas médicas, e animais serão libertados

 

Fonte: ANDA

Ler a notícia aqui:

https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2015/11/22/boas-noticias-eua-nao-usara-chimpanzes-em-pesquisas-medicas-e-animais-serao-libertados/

 

***

Vitória, o Concelho Municipal de San Cristóbal, na Venezuela, reformulou a lei e proíbe circos com animais.

 

Fonte: ANIMANATURALIS

Ler a notícia aqui:

https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2015/11/18/san-cristobal-reforma-ordenanza-y-prohibe-circos-con-animales-silvestres/

 

***

O Zoo de Barcelona elimina espectáculo com golfinhos.

 

Fonte: ANIMANATURALIS

Ler notícia aqui:

https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2015/11/16/el-zoo-de-barcelona-elimina-el-espectaculo-con-delfines/

 

***

VITÓRIA! Golpe na indústria de peles: Holanda proíbe a criação de visons!

 

Fonte: ANIMANATURALIS

Ler notícia aqui:

https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2015/11/13/vitoria-golpe-a-la-industria-peletera-holanda-prohibe-la-cria-de-visones/

 

***

Mais uma grande vitória, rumo à abolição da tauromaquia! O Concelho de Maiorca se declara anti-tourada!

 

Fonte: ANIMANATURALIS

Ler notícia aqui:

https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2015/11/12/mais-uma-grande-vitoria-rumo-a-abolicao-da-tauromaquia-avanzando-el-consell-de-mallorca-declara-la-institucion-antitaurina/

 

***

Avança o projecto de lei que penaliza o maltrato animal na Colômbia.

 

Fonte: ANIMANATURALIS

Ler notícia aqui:

https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2015/11/12/avanza-proyecto-de-ley-que-penaliza-el-maltrato-animal-en-colombia/

 

***

Vitória! Holandeses proíbem produção de peles e salvam seis milhões de martas por ano

 

Fonte: ANDA

Ler notícia aqui:

https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2015/11/12/vitoria-holandeses-proibem-producao-de-peles-e-salvam-seis-milhoes-de-martas-por-ano/

 

***

Projecto GAP lança campanha: “Grandes Primatas como Património Vivo da Humanidade”

Fonte: ANDA

 

Ler notícia aqui:

https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2015/11/12/preservacao-projeto-gap-lanca-campanha-grandes-primatas-como-patrimonios-vivos-da-humanidade/

 

***

As arenas de Rieumes (França) não servirão mais para a tortura de Touros a partir de 2016

 

Fonte:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10208687228804653&set=a.2947271727386.2153881.1429098968&type=3&theater

 

***

Acabaram-se as corridas de Touros em Duitama (Colômbia).

A praça de Touros Cécar Rincón, não terá mais corridas de Touros. Depois de ter sido, durante 25 anos a feira taurina n«mais importante da parte oriental do país, esta arena converter-se-á num cenário de actividades culturais.

 

Fonte:

https://www.facebook.com/175255462653871/photos/a.188790541300363.1073741826.175255462653871/492502877595793/?type=3&comment_id=493407997505281&notif_t=photo_comment

 

Prova de que o fim das touradas está cada vez mais próximo.

 

***

O município maiorquino de Santanyí eleva para 31 os municípios anti-touradas em Maiorca (Espanha) e pedem ao Parlamento a abolição da tauromaquia nas Baleares.

Fonte:

https://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2015/12/18/victoria-santanyi-vota-a-favor-de-abolir-la-tauromaquia-en-mallorca/

***

Esperamos que o novo Governo de Portugal, que se diz de esquerda, tenha políticas diferentes, mais avançadas e civilizadas do que as dos governos anteriores (que se diziam de direita), e acompanhe a EVOLUÇÃO DO MUNDO, porque como diz Charles Chaplin, «cada segundo é tempo para mudar tudo para sempre».

 

Portugal merece ser um país evoluído, civilizado e plantado no futuro.

Chega de um passado a cheirar ao mofo e mergulhado nas trevas da ignorância.

 

Abram-se as janelas e deixe-se entrar a Luz, e que essa Luz ilumine a alma dos que ainda não evoluíram…

 

Porque:

ALMA.png

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:53

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 31 de Julho de 2015

AGORA SIM, PALMA DE MAIORCA É ANTI-TOURADA

 

(Enquanto o mundo evolui, Portugal permanece mergulhado nas trevas)

 

ANIMA NATURALIS1.gif

ANIMA NATURALIS2.jpg

 Guillermo Amengual Cantallops liderando uma manifestação

 

É impressionante o que se sente nestes momentos. Acabámos de sair da Câmara Municipal de Palma de Maiorca, com uma vitória incrível nas nossas mãos: a declaração de Palma como cidade anti-tourada!

 

Nós conseguimos!

 

Palma de Maiorca une-se aos 19 (dezanove) municípios da ilha, que se declararam anti-tourada.

 

Palma disse sim à vida, ao respeito, ao progresso… mas este não é o fim do caminho. Ainda é necessário que toda a região se declare contra a corrida de touros e que esta prática selvagem seja abolida para sempre.

 

Vamos continuar a celebrar mais vitórias em nome dos animais!

 

Contigo, conseguiremos que sejam muitas mais cidades a declararem-se livres do maltrato animal.

 

Com o apoio de gente como tu, que acredita num mundo onde os animais têm direitos e são respeitados, conseguiremos acabar com a tauromaquia nas Ilhas Baleares e na Espanha inteira.

 

Ajuda-nos a tornar realidade esse mundo.

 

Ajuda-nos a continuar a fazer história em nome dos animais.

Une-te a nós!

 

Contigo conseguiremos a vitória definitiva.

 

Obrigada, por estares com os animais.

 

Guillermo Amengual Cantallops

Coordenador da Campanha | AnimaNaturalis Internacional

www.AnimaNaturalis.org

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:31

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2015

Atribuição de “Estrelas de Ouro” às autarquias anti-tourada, e “Estrelas de Ferro” às autarquias pró-tourada

  

Este ano, como forma de premiar simbolicamente os municípios que resistem às investidas do mafioso lobby tauromáquico, e se mantêm limpos da selvajaria tauromáquica, ser-lhes-á atribuída a “Estrela de Ouro” (metal considerado nobre).

 

estrela_1[1].jpg

 

E aos municípios que permitirem a tortura de bovinos dentro da sua área territorial será atribuída a “Estrela de Ferro” (metal considerado vil).

 

pequena-estrela-negra_318-25426[1].jpg

 

 

Entretanto, irão ser aqui distinguidos todos os municípios que actualmente não estão manchados com esse costume bárbaro, que, a todo o custo, inclusive à custa da má e triste figura, os que o promovem querem fazer passar por “arte”, por “cultura”, por “tradição” e por “identidade cultural”.

 

A selvajaria tauromáquica será tudo isso, sim, mas é a pequena arte dos broncos, a cultura inculta dos broncos, a tosca tradição dos broncos e a identidade cultural dos broncos.

 

Não é de modo algum a Arte, a Cultura, a Tradição e muito menos a Identidade Cultural do Povo Português.

 

Sejamos francos!

 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 17:39

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

SÓ PARA DIZER A TODOS OS ANTI-TAURINOS QUE PRATICAM, APLAUDEM, PROMOVEM E ACEITAM PACIFICAMENTE A SELVAJARIA TAUROMÁQUICA…

 
publicado por Isabel A. Ferreira às 10:18

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

A "maravilhosa arte de tourear"!

  

Isto é o futuro próximo...brevemente numa qualquer arena… perto  dos maluquinhos tauromaníacos

 

Governantes, invistam os 16 milhões de Euros do erário público, que anualmente dilapidam na selvajaria tauromáquica, na compra destas engenhocas CIVILIZADAS. E poupem os SERES VIVOS da vossa incivilidade!

 

 

 

Qualquer cidadão anti-tourada adoraria ir a esta festa brava, onde os torcionários de meias cor-de-rosa e fatinho de ballet poderiam exibir a sua delicadinha arte de tourear…

 

E dizer que se sujeita um país a ser alvo do escárnio dos que já evoluíram, ao ponto de “fabricarem” um touro mecânico!!!!!!

 

Será que os marialvas que estão no poder não têm um mínimo de brio pessoal (já não digo profissional, porque ser Governante (dos verdadeiros) não é uma profissão: É UM DEVER)?

 

O instinto bárbaro dos tauricidas talvez só morra quando o último tauricida morrer. Até lá podem picar latas de sumo de tomate para matarem a sua sede vampiresca de sangue…

 

Isabel A. Ferreira

Fonte:

http://blogcontraatauromaquia.wordpress.com/2014/08/26/pois-e-e-pensam-eles-que-nao-existem-alternativas-ao-touro-sensivel/comment-page-1/#comment-76

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 09:24

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 9 de Junho de 2014

«ESTE É O ROSTO DO SADISMO E DA PSICOPATIA» TAUROMÁQUICOS EM OLIVEIRA DO BAIRRO

  

E o que tem a dizer o povo de Oliveira do Bairro que há sete anos consecutivos elege quem assim tão maltrata seres sencientes?

 

Serão cúmplices da barbárie?

 

Porque há os que não são (IF)

 

 

 

«Este é o rosto do sadismo e psicopatia!

 

Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Mário João Oliveira, desde há 7 anos consecutivos, apoiou e financiou com dinheiro do erário público e foi o responsável por a humilhação, massacre, tortura e chacina de 43 touros inocentes, em praça pública!

 

Quando aqui na zona, as crianças não têm condições escolares, idosos não tem dinheiro para medicamentos, nem transporte de doentes... e numa zona onde já existe muita fome e pessoas a passar mal, e sobretudo numa época de acentuada crise!

 

Este presidente é uma vergonha para os Portugueses e para Portugal, perante os países civilizados e evoluídos. Peço a todos os meus amigos e activistas, que mostrem o vosso repúdio contra este presidente que apoia e financia espectáculos sanguinários, violentos, macabros, hediondos e demoníacos

Fonte

https://www.facebook.com/vitor.loureiro.587/posts/729546613772540?comment_id=729586683768533&notif_t=comment_mention

 

***

Então Senhor Presidente?  Oliveira do Bairro precisa de evoluir.

 

Não pode ficar parado num passado primitivo a cheirar ao mofo.

 

E de certeza que o Senhor não quererá ficar para a História como o mau da fita.

 

Tenha a hombridade de elevar Oliveira do Bairro a cidade anti-tourada e trazê-la para o século XXI depois de Cristo, que é, não sei se já reparou, o tempo em que nós vivemos.

 

Um tempo de modernidades, e não de bárbaros medievalismos.

 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 19:18

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sábado, 7 de Setembro de 2013

«Sou defensora dos Direitos dos Animais mas não sou anti-tourada», palavras da terceirense Francisca Lopes

 

(Texto recebido via-email)

 

 

Repare-se como o Touro tem o aspecto de estar muito “bem tratado”…

 

(As partes a negrito são a resposta da autora do Blogue, á Francisca Lopes)

 

Cara Isabel A. Ferreira (tirei o Sra D. porque não é digna de tal tratamento),

 

E eu nem me vou dar ao trabalho de escrever o seu nome ao dirigir-me a si. Além disso não sou sua CARA. E apenas vou responder a este texto, por um único motivo: confirmar por que chamo bronco a um bronco.

 

1º Quero “agradecer-lhe” pelos insultos que fez à gente da “minha terra”/terceirenses, é sempre bom saber com quem estou a lidar. Depois de chamar aos terceirenses e consequentemente a mim de e, passo a citar: “acéfalos embriagados”, ”bando de bebados” atrasados mentais” “bárbaros” e à Terceira de “atraso de vida” decidi mandar-lhe este mail para faze-la repensar o modo como defende os seus ideais.

 

DESAFIO-A a enviar uma FRASE MINHA onde adjectivo os TERCEIRENSES com esses “mimos” que a ofenderam tanto. Desafio-a.

 

Ao dirigir-se ao povo da Mui Nobre, Leal e Sempre Constante Angra do Heroísmo e da Praia da Vitória devia “dobrar a língua” porque estes títulos foram MERECIDOS (ao contrario do que acontece, pelos vistos, com o seu “mui duvidoso currículo”) e concedidos aos terceirenses pelos serviços prestados à pátria portuguesa. Como deve saber “Portugal já foi só na Terceira”.

 

MUI DUVIDOSAS são a sua falsa afeição pela sua terra, e essa sua falsa moralidade que nada sabendo da minha pessoa põe-se a fazer conjecturas parvas (e depois não querem que eu chame os bois pelo nome). O mundo conhece os terceirenses e o costume bárbaro, primitivo e grosseiro que caracteriza a Ilha Terceira. A Francisca Lopes não me conhece, nada sabe de mim, a não ser o que é público (e comprovado). Por isso não venha com a costumeira estultícia dos que, não tendo argumentos para defender o indefensável, começam a conjecturar.

 

Além disso a mui nobre e leal e constante…blá, blá, blá FOI… já não é mais. A TORTURA permitida, nos tempos que correm, transformou a terra num acampamento terceiro-mundista.

 

Bem, voltando ao assunto deste e-mail propriamente dito, antes de mais queria dizer-lhe que nunca na vida tive de recorrer ao insulto para defender uma posição acerca de um determinado assunto mas, nem toda a gente tem a mesma capacidade de argumentação e educação infelizmente e, a “Sra”, é um exemplo disso. Diz respeitar os animais o que acaba por ser irónico, uma vez que não tem sequer a capacidade de respeitar os Seres Humanos… Como é possivel?

 

Como é possível, não é? E quem pratica, aplaude e apoia a TORTURA de seres vivos para se divertir imbecilmente lá é um ser humano? Por acaso sabe o que é SER-SE humano? Não sabe. E eu não tenho obrigação alguma de respeitar os DESUMANOS (uma outra espécie, menor, insignificante, abdicável) que me provoca alergias e náuseas.

 

Respeito o animal-humano, respeito o animal não-humano, mas ABOMINO o animal desumano (que é aquele que não respeita os animais: humanos e não humanos). Será um raciocínio demasiado complexo para si?

 

2º RESPEITO QUE SEJA ANTI-TOURADA, alias tenho grandes amigos que o são. Tenho a certeza que se lhes mostrar este medíocre blog vão condenar a forma como a “Sra” os representa.

 

O que os outros pensam de mim, NÃO ME DIZ RESPEITO. Sei o que sou, e o que ando aqui a fazer. E isso basta-me. E as suas considerações valem o que valem, ou seja, nada, vinda de quem vem.

 

3º SOU DEFENSORA DOS DIREITOS DOS ANIMAIS MAS NÃO SOU ANTI-TOURADA (se não consegue separar as coisas o problema de compreensão é seu e lamento profundamente).

 

Defende os direitos dos animais mas não é anti-tourada, e ainda pergunta se CONSIGO SEPARAR AS COISAS? Esta é de Almanaque. Quer dizer, os Touros para si NÃO SÃO ANIMAIS? Mais uma, além dos legisladores, que  não sabe nada de Biologia. A esta nem respondo … É de uma estultícia imensurável. Não há outro modo de designar isto. Quanta estupidez numa tão diminuta frase.

 

4º As tradições, costumes, moral, inteligencia racional, sofrimento (diferente de dor) fazem parte da nossa condição Humana. É no mínimo caricato que uma “Sra” com o seu currículo,  licenciada em Filosofia, não saiba fazer esta distinção… aprendi-a no 10ºano.

 

Primeiro: Sabe tanto do meu currículo, como eu de Física Quântica. NÃO SOU LICENCIADA EM FILOSOFIA. Não é isso que consta no meu público Short Curriculum Vitae. Se é que o leu. É que anda para aí um Popeye a difamar-me (e isso é crime) e há uns papalvos que vão atrás dele.

 

Segundo: o que diz sobre a condição humana é que é muito caricato. Conheço muitos animais não-humanos com inteligência mais racional do que os broncos que se dizem humanos e se acham muito racionais.

 

Terceiro: quanto ao SOFRIMENTO, que, ao contrário do que afirma, TAMBÉM É DOR (o que demonstra desconhecer o significado das palavras) não é uma exclusividade da condição humana, mas É COMUM à CONDIÇÃO ANIMAL. Agora é preciso saber se a Francisca Lopes sabe o que é um ANIMAL. E como já ficou demonstrado, a Francisca Lopes NÃO SABE o que é um ANIMAL. Daí dizer tanto disparate numa frase só.

 

5º Respeite as tradições , não peço que concorde ou goste delas!! Apenas RESPEITE o espectaculo que é a tourada à corda e, acima de tudo o povo terceirense!!

 

Também não sabe o que é TRADIÇÃO, se soubesse não incluiria a TORTURA DE SERES VIVOS PARA DIVERTIR SÁDICOS PACÓVIOS nessa designação. A tourada à corda não passa de um COSTUME BÁRBARO que nunca foi tradição em parte alguma do Universo. É apenas um costume bárbaro, que devia ter ficado no passado e não ficou, porque o povo terceirense que pratica, aplaude e apoia tal idiotice, AINDA NÃO EVOLUIU.

 

E eu NÃO TENHO DE RESPEITAR uma conduta absolutamente ESTÚPIDA, BRONCA, PRIMITIVA, IMBECIL. Não tenho. E sabe porquê? Porque EVOLUÍ. O que me dá o DIREITO de CONDENAR, de ABOMINAR, de CRITICAR a TORTURA DE SERES VIVOS PARA DIVERTIR SÁDICOS BRONCOS.

 

O Maestro Vitorino d’Almeida usa o termo PAROLOS para designar o que eu chamo de BRONCOS. E ele, assim como eu e tantos outros, temos o DIREITO de CONDENAR as práticas tauromáquicas, porque simplesmente evoluímos. E sabe o que disse Albert Einstein (sabe quem é? ) sobre tradições indignas da Humanidade, como a tortura de seres vivos - porque as há DIGNAS da Humanidade? Disse o seguinte: «As tradições são a personalidade dos imbecis».

 

6º Queria, ainda, chamar-lhe a atenção para várias questões:

 

A) Como o “Sra” deve saber as touradas à corda são uma tradição enraizada na ilha Terceira, fazem parte de uma cultura que NUNCA vai morrer e pk? passo a explicar:

 

Já expliquei que as touradas à corda não fazem parte de tradição alguma, mas de um costume bárbaro, praticado por bárbaros, num passado longínquo, e que gente que NÃO EVOLUIU mantém com um VERGONHOSO ORGULHO. Tradição é um acto de cultura que passa de geração em geração.  O que não é o caso da tauromaquia que nunca foi CULTURA.

 

Não sei se a “Sra” alguma vez foi a uma tourada a corda, tenho a certeza que não, pois os seus comentários demonstram, para além de uma falta de educação tremenda, uma total ignorância acerca deste assunto… Vou tentar explicar-lhe brevemente o que acontece neste evento:

 

NÃO! Nunca assisti a nenhuma tourada à corda, ao vivo, e jamais o faria,  apenas vi vídeos, e pelos vídeos, digo-lhe já, que nem que me pagassem MILHARES DE EUROS eu iria ver tal ESTUPIDEZ (não existe outro modo de designar “aquilo”). Aquilo não é espectáculo, não é arte, não é cultura, não é festa, não é evento, não é nada que se veja, é simplesmente ALGO MUIIIIIITO, MAS MUIIIIITO ESTÚPIDO. E a sua descrição do que é uma tourada à corda, desde o momento em que «vão de buscar os toiros ao “mato”» só me vem dar razão. É preciosa.

 

Os responsáveis pela festa na freguesia vao de buscar os toiros ao "mato" onde são lancados foguetes, é oferecida comida a todos os presentes, e tocada música, onde existe convivio e o toiro é "o rei da festa" depois, as pessoas seguem em cortejo atrás das gaiolas dos toiros até ao local onde se ira realizar a tourada. Posteriormente os toiros sao embolados para minimizar possiveis danos (respeitando-se a vida humana) e é colocada uma corda ao pescoço com alguns metros de comprimento e largura suficiente do ultimo nó ao pescoço do toiro para que este nao seja estrangulado (ups..afinal respeitamos os toiros).

 

Começa logo com os Touros no “mato”. Então não estão nos verdes prados das belas paisagens açorianas? Depois os foguetes (abomináveis foguetes, que só servem para fazer barulho e perturbar os animais). Depois come-se e bebe-se, bebendo-se mais,obviamente. E viva o “toiro” que é o BOMBO DA FESTA (é aquele que vai ser torturado). E, veja bem, o povo segue atrás das «GAIOLAS dos toiros» (só isto já é TORTURA que baste). Imagine-se a Francisca dentro de uma gaiola e muito povo atrás a fazer barulho, aos berros, aos gritos… Isto seria LINDO DE VER! LINDO!!!!!

 

Depois os “toiros” são EMBOLADOS (outra tortura, nem sequer dão oportunidade aos animais de se defenderem dos seus COBARDES CARRASCOS DESUMANOS) … E isto para respeitar a vida humana? Que vida “humana” é essa?

 

Depois colocam uma corda ao pescoço (outra tortura). Ponha-se a Francisca no lugar do Touro. E ainda tem o desplante de dizer «ups..afinal respeitamos os toiros»… Que grande respeito! Se isto é RESPEITAR… desconhece por completo o significado do termo.

 

Agora vem o melhor: as comparações PARVAS com atletas… Como é costume… Nunca li tanta parvoíce de uma vez só. Isto só de uma mente completamente DEFORMADA.

 

Note bem isto que lhe vou dizer….Tal como acontece com os atletas que se magoam nos mais variados desportos por vezes os toiros também se magoam. Tal como vemos na televisao atletas de maratona exaustos depois de uma corrida os toiros tambem o podem ficam (mto raramente, mas já aconteceu).Os acidentes acontecem mas nunca sao provocados por ninguem com o intuito de ferir o animal (toiro, neste caso) ou prejudicar a sua integridade..

 

NOTEI MUITO BEM. Esquece-se a Francisca de que os atletas estão lá por livre vontade. Não são FORÇADOS a nada. Ao contrário do Touro que vai ser sacrificado CONTRA A SUA PRÓPRIA VONTADE, e nem sequer lhe dão a oportunidade de fugir. Está AMARRADO. Ponha-se a Francisca no lugar do Touro sem o seu consentimento, e imagine… que BOM SERIA!!!! À incapacidade de se pôr no lugar do Touro, chama-se falta de EMPATIA, o mais nobre sentimento humano, que nenhum aficionado da barbárie tauromáquica tem.  

 

Aqui as pessoas amam os toiros!!

 

Esta pequena frase é HORRIPILANTE. Se isso é AMAR os “TOIROS” o que não lhes fariam se se os ODIASSEM…

 

As fotos apresentadas neste blog são, no mínimo, maldosas... E passo a explicar: uma demonstra um toiro que desmaiou num dia de calor no porto de S.Mateus (nunca desmaiou? eu ja..), a do toiro a sangrar também é “interessante” (peço desculpa pela expressão) pk digo-lhe, foi a primeira vez que vi tal situação acontecer e acredito que provavelmente se deveu a uma tapada mal construída ou “coisa do género” estou certa que o touro em questão foi IMEDIATAMENTE recolhido sendo-lhe prestada a devida assistência. Outras ainda mostram toiros caidos que apenas estao caidos pk se desequilibraram enquanto corriam (NUNCA CAIU NA VIDA?, sorte a sua...).

 

Nunca ouviu dizer que UMA IMAGEM VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS? Não tente justificar o injustificável. As imagens DIZEM TUDO. DIZEM A VERDADE. Apenas os cegos mentais e as mentes deformadas as interpretam de uma modo "suave"...

 

Eu já caí muito na vida. Mas NINGUÉM ME EMPURROU, NEM PUXOU. Caí, simplesmente. E o Touro aqui, não caiu, porque caiu. E depois não querem ser chamados de BRONCOS!

 

E o 5º toiro? sabe o que é? convido-a a ir comigo a uma tourada e ver as casas de portas abertas para receber toda a gente e, de forma igual (já viu isto em mais algum lado?.. eu não), oferecendo comida e bebida no dia da festa (e não, não somos a zona com maior indíce de alcoolismo do país…informe-se!!).

 

Já referi mais atrás que nem que me dessem MILHARES DE EUROS eu iria assistir a tal ESTUPIDEZ. E sim, já vi dar de comer e de beber aos passantes numa festa de São Pedro. Em tantos lados. Não saem da Ilha, não sabem do que se passa nos outros lugares. Mas dar de beber e comer ao povo não DIMINUI O SOFRIMENTO DO ANIMAL TORTURADO.

 

Ainda lhe digo mais, na minha ilha existem os chamados "partidos de toiros"… as pessoas defendem o seu toiro e ganadaria predilecta mais do que o seu proprio partido poltítco!!!

 

Isso é que é! Até passam fome se for preciso. Mas o principal é ENCHER OS BOLSOS DOS GANADEIROS. Abra os olhos! Ou será filhinha mimada de algum ganadeiro, e está aqui a TENTAR (porque não consegue mais) defender o dinheirinho do papá?

 

Para terminar só tenho uma coisa a acrescentar, é pena que as pessoas tomem posições extremistas acerca destes assuntos ainda mais quando não os conhecem. Eu NUNCA vi nenhum TERCEIRENSE a desrespeitar um toiro.

 

Nunca viu porque não sabe VER com os olhos da alma, se soubesse veria que os terceirenses que praticam, aplaudem e apoiam a TORTURA dos Touros, DESRESPEITAM o DIREITO DELES À VIDA, e insultam a inteligência dos que já EVOLUÍRAM.

 

Aguardo a sua vinda à Terceira e tenho todo o gosto em mostrar-lhe este espectaculo.

 

Pois pode esperar SENTADA, para não se cansar. Eu à Ilha Terceira irei no dia em que ABOLIREM A ESTUPIDEZ DA TOURADA À CORDA, que não é espectáculo civilizado. Nesse dia, irei à Ilha Terceira, com todo o gosto, COMEMORAR O FIM de algo que só DESPRESTIGIA a terra e o seu povo.

 

Com os melhores cumprimentos,

Francisca de Castro Horta Lopes, 23 anos, A.H, Ilha Terceira-Açores

 

(não preciso de por “.” no meu nome)

 

Menina Francisca (sem aspas), do alto dos seus 23 aninhos ainda tem muito que aprender.

 

P.S: como pode ver respeitei a sua opiniao e defendi a minha sem contudo lhe chamar qualquer nome (É Possivel!!). Aliás …ate me dei ao trabalho de escrever este texto para uma pessoa que me faltou ao respeito em vez de ignorá-la (era o que merecia).

 

Mas nem de perto, nem de longe respeitou a MINHA opinião, até porque a TORTURA de um ser vivo NÃO É uma questão de opinião. É uma questão de ÉTICA, de CIVILIZAÇÃO, de EVOLUÇÃO. E se se deu ao trabalho de escrever este texto é porque a sua consciência está inquietada, NÃO com o facto de eu chamar os bois pelos nomes, mas porque bem lá no fundo SABE QUE A RAZÃO ESTÁ DO MEU LADO, e que mais dia, menos dia, a tauromaquia será ENTERRADA, até porque já está morta há algum tempo e já cheira muito mal.

 

Se aceitar este texto agradeço que o publique na integra de forma a não deturpar o que aqui escrevi. Se a “Sra” realmente é jornalista deixe que lhe diga uma coisa…não age como tal!!  

 

Deturpar o que aqui escreveu, menina Francisca? Até os erros de Português vão intactos…

 

Quanto ao ser Jornalista, até sou, mas não estou ao serviço de nenhum órgão de comunicação social, vendido ao lobby tauromáquico. Prefiro comer pão e água, do que o maior manjar, pago com dinheiro sujo do sangue da tortura dos meus irmãos Touros.  Ao escrever o que escreveu não insultou ninguém em particular, correcto. Insultou a inteligência de toda a Humanidade que já evoluiu.



Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:50

link do post | Comentar | Ver comentários (8) | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 5 de Julho de 2013

A vergonhosa "festa" do colete encarnado na primitiva Vila Franca de Xira

 
 
 

 

«Somos um grupo de cidadãos que considera uma afronta a cobertura que a RTP (sábado dia 6) e a SIC (domingo dia 7) pretendem dar às festas do colete encarnado.

 

A referida festa é paradigmática de como o poder autárquico se empenha - em todos os sentidos do termo - para satisfazer as suas clientelas em detrimento das acções verdadeiramente benéficas para as populações que servem. Nalgumas autarquias, como Vila Franca de Xira, é a sua íntima relação com os agentes tauromáquicos que define a agenda e o investimento públicos. É vergonhoso que a grande maioria dos portugueses suporte cortes brutais, sofra despedimentos em massa e ainda tenha de assistir à transmissão despudorada de como essas verbas são aplicadas em regabofes tauromáquicos, para sustentar uma indústria decadente.

 

No caso específico da RTP, ainda temos um acréscimo de desperdício do dinheiro que devia ser de todos nós para cobrir esta festa que nos devia envergonhar a todos.

 

E poupem-nos à conversa sobre o retorno económico das touradas, pois a única coisa que se consome em profusão é cerveja.

 

As televisões a participarem no velho princípio romano do pão e circo, para distrair as populações dos seus maus governantes.»

 

(Vilafranquenses Anti-touradas)  

 

***

 

Que vergonha RTP e SIC.

Não são meios de comunicação social.

 

São meios de divulgação do que de pior se faz em Portugal.

 

São os meios da decadência.

 

Isabel A. Ferreira

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:13

link do post | Comentar | Ver comentários (21) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 30 de Outubro de 2012

Correbous (Touro Jubilo) – o mais desumano, sádico e cruel “divertimento” que el pleno século XXI continua a existir em Espanha, em nome de uma “tradição” bárbara e estúpida

 

 

Uma imagem inconcebível, empleno século XXI depois de Cristo, numa Espanha que se diz "civilizada"... Como???? Ouvimos bem?  

 

Este é o chamado “Toro Jubilo/de Fuego”, também conhecido por Correbous ... algo inconcebível, na que se diz “moderna” Espanha...

 

O que é isto?

 

É um “divertimento” com base numa tradição das mais bárbaras, sádicas e cruéis que em pleno século XXI continuamos a assistir, com o apoio das AUTORIDADES LOCAIS e da IGREJA que se diz CATÓLICA.

 

Manda esta “tradição” que todos os anos, no segundo Sábado de Novembro, em Medinacelli, Espanha, um touro seja levada para a praça, bolas com material inflamável sejam colocadas nos seus chifres e depois incendiadas. O touro é depois largado na praça tentando, desorientado, apagar as chamas que queimam os chifres e muitas vezes causam queimaduras nos olhos e no corpo do animal

 

Vídeo com imagens violentas aqui:

 

 

Porque os touros não conhecem fronteiras nem nacionalidade, é chegada a hora de nos unirmos num movimento solidário mundial contra aquilo que determinadas culturas ainda insistem em proclamar como "arte" ou "tradição".

 

Temos o DEVER de REPUDIAR esta “diversão” e chamar a atenção das autoridades para tal barbaridade.

 

Medinacelli deve ser uma localidade a BANIR DOS ROTEIROS TURÍSTICOS.

 

A crueldade para com os animais é um atributo de carcaças humanas cheias de matéria putrefacta, não de HOMENS.

 

Fonte:

https://www.facebook.com/?ref=tn_tnmn#!/photo.php?fbid=10150358967361993&set=a.10150358967306993.344874.248592866992&type=1&theater

 

***

 

Manifestação/ frente ao consulado de Espanha-Porto:  NÃO AO “TOURO DE FOGO”!

 

Este protesto é global, vai ser realizado noutras cidades do Mundo. Todos sabemos que a tourada é Cruel, mas na cidade de Medinaceli, em Espanha existe uma maneira muito pior de matar um animal inocente em nome do entretenimento primitivo - o "Touro de Fogo" (TORO JUBILO).
 
Todos os anos, na segunda semana de Novembro, um "espectáculo" horrível realiza-se nas ruas desta cidade. Os touros são levados para a praça cercada pelos "bravos" participantes (PSICOPATAS) onde ateiam fogo aos seus chifres para vê-lo morrer em AGONIA!
 
Depois de morto, se é que esperam de facto até que o pobre animal morra depois de intensa agonia, a carcaça do touro é cortada e dividida pelos participantes do evento.... O HORROR mundial da TAUROMARQUIA precisa ter FIM.
 
É chegada a hora de nos unirmos num movimento solidário mundial contra aquilo que a Unesco e determinadas culturas ainda insistem em proclamar como "arte" ou "tradição". Existem duas petições internacionais para os quais estamos pedindo ENCARECIDAMENTE a assinatura de todos e a sua ajuda na divulgação:
 
 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:39

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Maio 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
17
18
19
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

«Músico dos Átoa foi forc...

«Beja: Protesto Anti-tour...

BROCHURAS FOMENTANDO SELV...

ABOLIÇÃO DAS TOURADAS FO...

MENSAGENS NOBRES A TODOS ...

PARA TODOS OS QUE CRITICA...

SE O PRESIDENTE DA CÂMARA...

TOUROS OU ÁRVORES? – UMA ...

ESTE ANO NÃO HAVERÁ TOURA...

Um comentário desprezível...

Arquivos

Maio 2024

Abril 2024

Março 2024

Fevereiro 2024

Janeiro 2024

Dezembro 2023

Novembro 2023

Outubro 2023

Setembro 2023

Agosto 2023

Julho 2023

Junho 2023

Maio 2023

Abril 2023

Março 2023

Fevereiro 2023

Janeiro 2023

Dezembro 2022

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Junho 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

AO90

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, nem publica textos acordizados, devido a este ser ilegal e inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais. Caso os textos a publicar estejam escritos em Português híbrido, «O Lugar da Língua Portuguesa» acciona a correcção automática.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. 1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome. 2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas". 3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt