Quarta-feira, 15 de Agosto de 2012

CARTA DE UM ANIMAL TOURO AO PRESIDENTE DA CÂMARA DA FIGUEIRA DA FOZ!

 

 

O Touro é uma animal herbívoro, por conseguinte, é um animal manso... Quem o tortura é que o torna "enraivecido", e essa raiva é puro instinto de defesa...

 

 

Por Manuel Salgado Alves

 

Olá caro Ataíde!

 

Olha nos meus olhos, quando falo contigo, pois esta conversa é muito séria: é a minha vida que está em jogo!

 

Tu como presidente da Câmara da Figueira da Foz, tens demonstrado não ter coragem para declarares a proibição dos degradantes espectáculos da tourada, as quais fazem incidir tortura sangrenta , sobre o meu corpo e sobre a minha dignidade animal: é-me imposto estar na arena, onde me são espetados ferros atrás de ferros no meu dorso ensanguentado, até eu cair de exaustão psico-física total!

 

Será que és algum aficionado das práticas da tortura da GESTAPO no tempo do nazismo? Será que és algum saudosista das práticas de tortura levadas a cabo pela Igreja Católica, nos tempos pré-históricos da inquisição? Mas que confissão queres afinal obter de mim?

 

Como tu e os teus amigos sádicos de sangue bem sabem, eu sou um animal (nem percebo ainda como fui excluído da lei 92/95, mas tu como és magistrado podes ajudar-me a esclarecer-me) !

 

Como tu, tenho cérebro, sistema nervoso e órgãos sensoriais, por isso sou um ser senciente, sofro quando me fazem sofrer, e sou feliz quando me deixam em paz no meu habitat natural dos campos, na companhia das fêmeas touras! Não cometi nenhum crime que eu saiba, além de ter nascido animal touro: não roubei, não matei, e apenas me limito a comer erva e a saborear os prazeres da intimidade com as minhas namoradas tourinhas!

 

Afinal explica-me lá oh Ataíde, qual a razão por que pactuas com os promotores das touradas para liquidares irreversivelmente a minha integridade psico-física? Achas que isso para mim é alguma festa? Eles perseguem o lucro, os patrocínios das câmaras municipais e os subsídios estatais e europeus, apostados no incentivo da cultura da violência! Mas tu Ataíde que ganhas em permitires essa cultura da violência?

 

Queres aumentar os índices de violência doméstica e de crimes de "bullying" na Figueira da Foz? Sabes bem que estás a prestar um mau serviço ao turismo de qualidade da Figueira da Foz: eu não sou da Figueira da Foz, nem da Figueira da Foz são os aficionados sádicos que querem gozar com o meu sofrimento atroz e com a destruição total do meu ser!

 

Fica sabendo Ataíde que tenho bons amigos cidadãos da Figueira da Foz, que prezam o respeito pela minha dignidade animal, como de todos os outros animais, e que ficam profundamente ofendidos na sua dignidade humana, por tu permitires touradas na Figueira da Foz, que repito são espectáculos bárbaros e degradantes, que se baseiam na violência gratuita cometida contra a minha dignidade de animal senciente, e me provocam lesões graves que levam ao extermínio da minha vida!

 

Por tudo isso Ataíde, peço-te na minha humildade de animal touro, que não te deixes envolver pelos Moitas Flores, e Miguéis Tavares, arvorados em criminosos sádicos do animal touro deste país. Revela a tua dignidade de magistrado, mostra a tua coragem para defender a dignidade humana de todos os cidadãos da Figueira da Foz, a qual é ofendida sempre que alguém pretende infligir-me maus tratos continuados, até à minha morte cruel, e tudo isso só por "trinta dinheiros"!

 

Ao invés de seres cúmplice, decreta pois a proibição na cidade da Figueira da Foz desses espectáculos bárbaros, que arrastam turistas sádicos de sangue para a tua cidade, e que incentivam a cultura da violência sangrenta quer sobre mim animal touro, quer sobre os outros animais, e promovem a violência doméstica e o crime de bullying nas escolas! Do funda da minha dignidade de animal touro, peço-te que não laves as mãos como Pilatos, e saibas respeitar a minha senciência animal em pleno!

 

http://alves-revisoroficialdecontas.blogspot.pt/2012/08/carta-de-um-animal-touro-ao-presidente.html

publicado por Isabel A. Ferreira às 18:55

link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 10 de Maio de 2012

CARTA ENVIADA À COMBOIOS DE PORTUGAL: MUDA PEDE ESCLARECIMENTOS À CP PELA GRATUITIDADE DOS SERVIÇOS PARA A GARRAIADA

 

 

ISTO É ESCANDALOSO.

ISTO É UM INSULTO A QUEM TEM DE USAR O COMBOIO PARA IR TRABALHAR.

EIS A CARTA.

 

***

«Ex.mos/as Senhores/as,

Soubemos hoje através do vosso site, que no dia 10 de Maio (quinta-feira), a propósito da Garraiada Académica que se vai realizar na Figueira da Foz, os estudantes vão poder deslocar-se para a mesma, usufruindo dos vossos serviços de forma totalmente gratuita, e em “comboios especiais” e “carruagens reservadas”.

 

Num ano em que os estudantes viram o desconto de 50% do passe sub23 ser reduzido para 25%, e, consequentemente os seus custos de vida aumentados, tendo como agravante a redução substancial dos serviços disponibilizados, é inadmissível que a Comboios de Portugal (CP) patrocine eventos que violam os direitos dos animais, como as garraiadas académicas.

 

Aproveitamos também para manifestar a nossa solidariedade com todas as pessoas que, por dificuldades financeiras, se viram privados do acesso aos transportes, e esperamos da vossa parte que retirem todo o apoio a estas práticas.

 

Os recursos canalizados para este evento seriam melhor aplicados em iniciativas culturais que promovam o espírito crítico, ao invés de espaços de alienação.

 

Assim, o Movimento Universitário pelos Direitos dos Animais (MUDA) vem por este meio expressar o seu total repúdio perante esta posição da CP e apelar a que, de modo exemplar, retirem o vosso apoio a práticas que inflijam sofrimento e humilhação a animais.

 

P'lo MUDA, Mariana Pinho e Miguel »

 

Sacramentomudapelosanimais@gmail.com

 

MUITO BEM, JOVENS!

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 19:30

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Maio 2024

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
17
18
19
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Previsto um protesto a re...

Dizem que amanhã, na Figu...

Garraiada dos "prótoiros"...

GARRAIADA DOS TROGLODITAS...

Queima das Fitas de Coimb...

«TOURADAS E OUTRAS VIOLÊN...

NÃO TEREMOS GOVERNANTES ...

FIGUEIRA DA FOZ FICOU PAR...

PARA OS GOVERNANTES PORTU...

AS GARRAIADAS SÃO A PROVA...

Arquivos

Maio 2024

Abril 2024

Março 2024

Fevereiro 2024

Janeiro 2024

Dezembro 2023

Novembro 2023

Outubro 2023

Setembro 2023

Agosto 2023

Julho 2023

Junho 2023

Maio 2023

Abril 2023

Março 2023

Fevereiro 2023

Janeiro 2023

Dezembro 2022

Novembro 2022

Outubro 2022

Setembro 2022

Agosto 2022

Junho 2022

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

AO90

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, nem publica textos acordizados, devido a este ser ilegal e inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais. Caso os textos a publicar estejam escritos em Português híbrido, «O Lugar da Língua Portuguesa» acciona a correcção automática.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. 1) Identifique-se com o seu verdadeiro nome. 2) Seja respeitoso e cordial, ainda que crítico. Argumente e pense com profundidade e seriedade e não como quem "manda bocas". 3) São bem-vindas objecções, correcções factuais, contra-exemplos e discordâncias. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt