Quarta-feira, 18 de Março de 2015

NISA SEM TOURADAS

 

NISA.jpg

 

Nisa não precisa de touradas para ser feliz. Nenhuma localidade precisa de touradas, seja para o que for. Poucos são os que podem estar contentes com esses actos de tortura de animais.

 

O que aconteceu no último fim-de-semana, demonstrou bem o que temos dito. E enquanto os "especialistas" tentam arranjar justificações para a falha, para a falta de concorrência do público, para a falta de condições... só se enterram mais e ainda mais.

 

Nisa não quer tauromaquia, mesmo que alguns ainda vão dizendo que sim.

 

A decrépita "praça de toiros" de Nisa já nem está conforme com o novo regulamento. Para ser restaurada e adaptada para o mesmo fim seriam necessários avultados investimentos e isso para manter uma actividade que em nada dignifica, que está em falência, que é dispensável, que é maldita por todos. A fazer-se tal obra, quem a pagará e porquê?

 

Esperemos que tenha sido a última ou uma das últimas vezes que tal barbaridade aconteceu na nossa terra. As touradas não fazem falta nem a Nisa nem ao Alentejo.

 

Os animais são inocentes, queremos Nisa sem Touradas 

Imagem: farpas.blog — em Nisa Portugal.

 

Fonte

https://www.facebook.com/409858919059930/photos/a.413248665387622.88366.409858919059930/843473165698501/?type=1&theater

***

«A selvajaria tauromáquica (vulgo tourada) já foi abolida oficiosamente em 2013. De que estão á espera os governantes portugueses para a abolirem oficialmente?

 

É que esta actividade macabra já se decompôs, e só eles (os governantes) é que ainda não se aperceberam disso» (IAF)

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 14:31

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 11 de Fevereiro de 2014

LISBOA É A PREFERIDA PARA MORAR, VISITAR E INVESTIR

 

Braga surge na terceira posição como uma das cidades preferidas dos investidores estrangeiros. O Algarve e a Madeira conquistam posições com o turismo e o centro é o preferido para morar.

 

Na cauda deste ranking estão os Açores e o Alentejo. ***

 

 

O campo pequeno é a nódoa negra que caiu no melhor pano: a cidade de Lisboa… onde ainda se mantém a actividade bárbara tauromáquica… Neste campo pequeno pratica-se tortura gratuita, para divertir sádicos. Lisboa não será a cidade perfeita… Sabemos que os turistas não põem os pés neste antro… Mas não será chegado o momento de expurgar esta nódoa da cidade, Senhor Presidente da Câmara, Dr. António Costa, elevando Lisboa a cidade anti-taurina, e acabando com esta vergonha, num recinto que poderia ser limpo, e não é? Lisboa merece.(I.A.F.)

 

Lisboa é a cidade portuguesa preferida dos turistas, investidores e residentes. É a conclusão do primeiro ranking da marca cidade, feito pela Bloom Consulting, que analisa os 308 municípios portugueses.

 

O Porto lidera a região norte, que coloca no topo da lista mais seis municípios, entre eles Braga e o “cluster” ou rede de cidades composta por Guimarães, Viana do Castelo, Maia e Matosinhos.

 

A Madeira demarca-se do Algarve ao apresentar o Funchal como a segunda melhor cidade do país para visitar.

 

No entanto, a região algarvia coloca cinco municípios no top 10, na categoria turismo: Faro é o mais bem posicionado, na combinação viver, visitar e investir. Albufeira lidera nas estadias.

 

No que diz respeito ao investimento, Braga surge em terceiro lugar e Oeiras em quarto, como as cidades preferidas dos investidores, logo atrás de Lisboa e Porto, explica Filipe Roquette, director geral da Bloom Consulting em Portugal, a consultora responsável por este ranking.

 

O estudo mede a eficácia dos 308 municípios portugueses em três vertentes: atracção de investidores, turistas e residentes. Trata-se de uma análise que tem por base dados reais e não estudos de opinião.

 

A consultora chega assim à marca país ou região, que representa um activo, que pode mudar de ano para ano. Informação para todo o tipo de públicos, desde governo a empresas, passando por académicos e profissionais. Este foi apenas o primeiro ranking dos 308 municípios, Filipe Roquette garante que haverá mais.

 

Este estudo avalia o impacto das estratégias políticas, de urbanismo e de promoção de cada município e identifica ainda as potencialidades e fragilidades de cada um. Cabe agora aos municípios usarem da melhor forma esta informação para melhorarem as respectivas posições.

 

Bloom Consulting analisa anualmente 220 países e lança agora em Portugal aquele que diz ser o ranking mais completo e detalhado já feito no país, com todos os 308 municípios.

Fonte:

http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=25&did=138632

 

***

*** Na cauda deste ranking estão os Açores e o Alentejo.

Açorianos, alentejanos…conseguem aperceber-se porquê estão na cauda?

 

Muito atraso de vida. Nenhuma cultura. Demasiadas actividades tauromáquicas. Recusa de evolução.

 

Duas belas regiões no que respeita a paisagem, e no entanto rejeitadas por turistas e investidores…

 

Governo Regional dos Açores… isto não vos diz nada?

Terrinhas atrasadas do Alentejo… isto não vos diz nada?

EVOLUAM!

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:54

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 7 de Novembro de 2013

ESPANHA - O TRISTE DESTINO DOS GALGOS...AS OUTRAS VÍTIMAS DA CAÇA…

 

Estes são cães espanhóis, mas em Portugal também os há assim, nomeadamente no Alentejo.

 

 

Estes desventurados galgos não tiveram a sorte de ser abandonados no bosque para poderem caçar e beber água.

 

Foram abandonados por uns carrascos primitivos e desalmados, numa jaula para morrerem de fome e de sede.

 

Os caçadores são mesmo assim. O que esperar de cobardes portadores de genes assassinos? 

 

A caça é uma reminiscência da época pré-histórica, mas o povo pré-histórico caçava por necessidade de sobrevivência.

 

Os caçadores do século XXI depois de Cristo caçam por instintos sanguinários.  

 

Estes animais já estão a ser tratados por almas caridosas numa instituição.

Fonte:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=620389561344586&set=a.471997986183745.121652.470749836308560&type=1&theater

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 19:19

link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Domingo, 8 de Setembro de 2013

«EM MONSARAZ VIOLA-SE A LEI COM A CUMPLICIDADE DAS AUTORIDADES»

 

Isto só acontece num país onde as autoridades não valem nada, e as leis são letra morta (IF)

 

 

A degradação moral, a estupidez e a falta de humanidade num só gesto covarde…

 

 

Por Prótouro

 

«No próximo dia 8 de Setembro, terá lugar um “grande acontecimento taurino” em Monsaraz. Este acontecimento, consiste em matar um touro previamente amarrado à muralha do castelo. Esta carnificina é feita debaixo de um toldo para que os autores não sejam identificados.

 

Esta prática ilegal, repete-se ano após ano, sem que ninguém a impeça porque as autoridades fecham os olhos.

 

A G.N.R., quando isso acontece, nem sequer está presente mas convenientemente aparece depois do facto consumado para proceder ao levantamento do auto e apreender o animal.

 

O “grande acontecimento taurino” é como o segredo de polichinelo, todos sabem de antemão o que vai acontecer mas ninguém faz nada para o impedir.

 

Como consequência, os processos em tribunal são mais que muitos, arrastam-se e custam os olhos da cara ao erário público, tudo porque quem tem a obrigação de fazer respeitar a lei não o faz.

 

Em Monsaraz reina a bandalheira total. Nem os eleitos municipais são punidos, nem as forças de autoridade que deveriam fazer cumprir a lei o são.

 

Este é o retrato de Portugal que a todo o custo pretende impor-se aos olhos do mundo como um país civilizado, mas que na verdade é um país onde as autoridades são incapazes de fazer cumprir a lei.

 

Como é que um país pode exigir aos cidadãos o cumprimento da lei quando permite que autoridades camarárias e forças policiais o não façam?

 

Prótouro

 

Pelos touros em liberdade»

 

Fonte:

http://protouro.wordpress.com/2013/09/03/em-monsaraz-viola-se-a-lei-com-a-cumplicidade-das-autoridades/

 

***

COMENTÁRIOS:

 

É lamentável que uma região tão bonita não explore as suas potenciais qualidades e seja falada por esta barbárie e total desrespeito pela lei. Igualmente lamentável a falta de vontade e firmeza de quem as devia obrigas a cumpri-las. Portugal um doa países mais atrasados da UE nas mãos de uns tantos políticos que para manterem o lugar se vergam aos interesses de uma tauromaquia doente, arcaica que subsiste de dinheiros públicos. Portugal dos pequeninos! (Teresa Lopes)

 

***

São uma cambada de anormais isso sim, psicopatas e a GNR outra merda. (domingos raul forte)

 

***

Monsaraz é uma das aldeias mais pitorescas e interessantes do nosso país. A aldeia, isto é, o espaço físico, merece todo o nosso respeito e admiração. Já as pessoas nem por isso.

 

Tal como um sinal cheio de pêlos na cara de uma rapariga muito bonita, as pessoas de Monsaraz estragam todo o misticismo e atracção do lugar ao insistirem em propagar pseudo tradições por imposição da escumalha tauromáquica que mantém todo o Alentejo sob o seu pulso de ignorância e estupidez.

 

Se Portugal fosse um país coerente, não se esperaria menos do que outra intervenção policial do género, mas desta vez a proteger os justos para variar. É a prova que no nosso país o dinheiro e a corrupção ainda se sobrepõem facilmente perante os mais básicos princípios morais.

 

A culpa desta vergonha é de todos os intervenientes como é óbvio. A tradição dos touros de morte em Monsaraz é tão antiga como o mandado do Jorge Sampaio. Esperar-se-ia alguma inteligência e integridade, quer do presidente da junta de freguesia, quer do presidente da câmara de Reguengos de Monsaraz, mas, em nome do voto fácil e da perpetuação do nível de inteligência inferior da terra, não só viram a cara à questão como a abraçam, apesar de todas as contradições que tal acarreta. (Ricardo)

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:23

link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Sábado, 23 de Março de 2013

E O QUE ESPERÁVAMOS ACONTECEU: OS COVARDES AFICIONADOS DESCOBRIRAM A MARIA ENGRÁCIA E VANDALIZARAM-LHE O CARRO

 

(Este texto, assinado pela "engrácia" foi publicado no âmbito de uma estratégia para desmascarar a prótoiro que, utilizando o nome da Ganadaria Palha, entregou-me pistas preciosas para chegar ao mundo imundo da tauromaquia)

 

*** 

 

MEUS AMIGOS ABOLICIONISTAS: TODOS PELA MARIA ENGRÁCIA!

 

 

 

Colocaram este letreiro, que diz do MEDO DESSES COVARDES, no pára-brisas do carro da Maria Engrácia – Também tenho fotos do automóvel com os pneus cortados, que não posso divulgar, para maior segurança desta BRAVA MULHER, que apesar de tudo, quer continuar a sua denúncia, e só acedi a este pedido porque a Engrácia já está em lugar seguro.

 

 

(Mensagem da Maria Engrácia recebida hoje, dia 23 de Março de 2013, pelas 12h17m)

 

«Bom dia Isabel.

 

Os seus piores receios e também os meus vieram a verificar-se.

 

Nunca pensei que levasse tão pouco tempo mas hoje quando abri o Facebook tinha a caixa de mensagens inundadas por insultos e ameaças dos aficionados.

 

Eu já sei muito bem de onde elas poderão ter partido pois tenho aqui um vizinho que é forcado e como me conhece deve ter-me denunciado. Esta noite também tive o meu carro vandalizado e deixaram uma mensagem no vidro e cortaram-me os pneus todos.

 

Mas vou continuar a denunciar tudo o que sei se a Isabel me ajudar.  

 

Já fiz a denúncia às autoridades e por isso não revelarei os nomes dos que me as enviaram. Mas dou-lhe exemplos:

 

"Ordinária! Devias era ter levado mais do teu marido! Foram poucas ainda." - JB

 

" Sua vaca merdosa. Como é possível cuspir no prato onde comeste?" - AV

 

"O teu marido era um grande homem minha estúpida!!!" - RTM

 

"Já sabemos quem tu és minha grande ordinária!" - JMF

 

Estes são apenas exemplos Isabel, mas há mais muito mais.

Peço-lhe que divulgue pois assim todos saberão que se me acontecer algo já saberemos de onde veio.

 

Para o caso de me acontecer alguma coisa, deixo-lhe aqui um tema que tinha guardado para divulgar mais á frente e que é gravíssimo. É por aqui que temos de atacar também.

 

Eu sei que a associação de ganadeiros tem uma sociedade com a associação de empresários taurinos para compra de lares de idosos. Tenho correspondência do meu marido relativa a este assunto.

 

Nunca entendi muito bem porque é que os empresários taurinos e os ganadeiros investem tanto dinheiro em lares de terceira idade. Mas conhecendo-os como conheço boa coisa não será de certeza.

 

Há 3 anos atrás eles tinham qualquer coisa como 11 lares de idosos espalhados pelo Alentejo e Algarve. Julgo que têm um também no Ribatejo.

 

Já dei ordem para arrombarem os armários do escritório que estão fechados á chave para depois me enviarem toda a documentação que inclui estas cartas.  

 

Muito obrigada mais uma vez por tudo. Iniciarei uns textos para que a Isabel possa ficar com a minha história toda. Espero que se me acontecer alguma coisa a divulgue para bem da nossa causa e dos animais por eles explorados.»

 

***

 

Já ambas estávamos a contar com esta COVARDIA, porque de aficionados MEDROSOS, que têm muitos PODRES a esconder, não se esperava outra coisa.

 

Adverti a Maria Engrácia. Mas ela é uma mulher decidida. E não se intimida com as ameaças covardes destes energúmenos.

A linguagem utilizada nas mensagens é típica dos aficionados. Também estou habituada a este tipo de “mimos”.

 

A queixa às autoridades já foi feita. Os nomes que ela não pôde divulgar aqui, são do conhecimento da Polícia.

NÃO VAI ACONTECER NADA À MARIA ENGRÁCIA, porque se ACONTECER esses COVARDES irão todos parar à CADEIA, que é onde deviam estar neste momento.

 

Não nos admira que façam ameaças, que deixem recadinhos MEDROSOS, que furem pneus, porque a VIOLÊNCIA faz parte do ADN desses rebotalhos taurinos.

 

Ora a Maria Engrácia, fez questão de nos deixar mais esta denúncia dos Lares de Idosos, que nascem como cogumelos pelo Alentejo e Algarve. Já temos visto nos telejornais. Só que, os jornalistas não vão a fundo nestas questões. Os empresários taurinos bem como os empresários da comunicação social também têm as suas ligações.

 

Por isso, é que Portugal ainda chafurda nesta lama da tauromaquia.

 

Não é por acaso que a grande maioria dos municípios taurinos se situam na região mais atrasada e com mais analfabetos e ignorantes de Portugal, cuja “economia” assenta na vergonhosa tortura de seres vivos para diversão.

 

***

 

Maria Engrácia, ambas caminhamos (mais a Engrácia do que eu, neste momento) numa corda bamba, tendo por baixo um bando de energúmenos com bandarilhas afiadas prontas para nos cravar nas costas.

 

Mas ambas também sabemos que esses COVARDES CAIRÃO a qualquer minuto, SE NÓS QUISERMOS.

 

E caros abolicionistas, TODOS PELA MARIA ENGRÁCIA!  

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:56

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

«EXISTE UMA CLARA CORRELAÇÃO ENTRE A FREQUÊNCIA DE TOURADAS E COMPORTAMENTO VIOLENTO PARA COM OS MAIS FRACOS»

 

(Este texto foi publicado no âmbito de uma estratégia para desmascarar a prótoiro que, utilizando o nome da Ganadaria Palha, entregou-me pistas preciosas para chegar ao mundo imundo da tauromaquia)

 

 

***

 

A propósito do testemunho da corajosa Maria Engrácia, sobre os horrores por que passam os Touros antes de irem para a arena

 

 

 

 
A covardia da marcação de bezerros

 

 

Miguel Pereira, deixou um comentário ao comentário A ENGORDA DOS TOUROS NAS GANADARIAS VIOLA AS NORMAS SANITÁRIAS DA DIRECÇÃO-GERAL DE VETERINÁRIA E NÃO EXISTE FISCALIZAÇÃO às 23:51, 2013-03-22.

Comentário:

 

«Boa Noite

 

Se a Maria Engrácia não é fruto da imaginação da Isabel Ferreira porque é que não é dito o nome do ganadero? E o nome do tal toureiro e matador tio da outra senhora? Se elas já se identificaram há da parte da Isabel A. Ferreira a obrigação de dar a conhecer o nome dos dois intervenientes

 

***

 

Eu a este Miguel já respondi, esta manhã, com a cabeça a mil:

 

Sabe, Miguel Pereira, nem todos se chamam Miguel Pereira, ou seja, parvo.

 

Se tivesse um pouco de massa cinzenta no cérebro, entenderia por que estas senhoras não dizem (E FAZEM MUITO BEM) o nome dos carrascos ganadeiros e matadores.

 

Sabe o que lhes acontecia? O que o Miguel Pereira está com vontade de fazer: ESGANÁ-LAS.

 

O que interessa é que TUDO O QUE DISSERAM É VERDADE, porque todos nós sabemos que é.

 

Mas estas coisas ditas na primeira pessoa, por quem VIVEU os acontecimentos, têm mais IMPACTO.

 

E é isso que vos incomoda.

 

Vão plantar batatas, e deixem os animais em PAZ.

 

***

 

Isto foi o que me ocorreu escrever logo pela manhã.

 

Agora, que já almocei, vou apenas acrescentar um pormenor que me escapou: engana-se Miguel Pereira. A Isabel A. Ferreira NÃO TEM OBRIGAÇÃO de dar a conhecer o nome dos dois carrascos denunciados, pelos motivos que o Ricardo explica, e muito bem.

 

***

 

Ricardo, deixou um comentário ao comentário A ENGORDA DOS TOUROS NAS GANADARIAS VIOLA AS NORMAS SANITÁRIAS DA DIRECÇÃO-GERAL DE VETERINÁRIA E NÃO EXISTE FISCALIZAÇÃO às 14:56, 2013-03-23.

Comentário:

«Ok Miguel, e não quer mais nada?

 

Não quer também que se publique uma morada e o número de telemóvel da senhora? E já agora uma fotografia também dava jeito, ou não?

 

Tal como ela, eu também vivi bastantes anos no Alentejo. Felizmente nem todo o alentejano é aficionado e a minha família escapa com apenas algumas ovelhas negras nesse aspecto. Mas compreendo perfeitamente o que a Maria Engrácia passou pois vi-o acontecer a vizinhas e outras conterrâneas (no feminino, porque os aficionados são tão bravos que só atacam mulheres e crianças).

 

Existe uma clara correlação entre a frequência de touradas e comportamento violento para com os mais fracos. Não é preciso ser um génio para chegar a esta conclusão.

 

Aposto que se cruzássemos uma lista de agressores domésticos com os frequentadores do campo pequeno encontraríamos correspondências suficientes para provar esta afirmação.

 

Se Portugal fosse um país onde a lei fosse cumprida, onde as vítimas fossem a prioridade das forças da lei, onde não existisse um claro lobby tauromáquico que tem raízes fundas no poder instalado, talvez aí fizesse sentido dar a cara neste caso.

 

Mas não é assim que Portugal funciona pois não? Miguel, a Maria Engrácia é apenas uma dos milhares de vítimas (humanas) da tauromaquia. Ela conseguiu libertar-se minimamente da influência da corja aficionada, mas muitas há que ainda vivem em medo, subjugadas por um bando de cobardes que acha que atormentar mulheres, crianças e animais indefesos prova algo da sua masculinidade.

 

Sendo a Maria alguém que presumo se encontrar a viver perto de aficionados, se ela decidisse revelar o nome dos seus agressores, quem acha que lhe chegava primeiro?

 

Todos nós sabemos como o aficionado funciona: agem em grupo (pois só assim é que se atrevem) e detêm uma solução universal para todos os seus problemas: a violência.

 

Insinuar que este testemunho é fruto da imaginação de quem quer que seja prova mais uma vez a fraca inteligência e falta de argumentos aficionada. Dá me ideia que nem se dão ao trabalho de pensar sequer!

 

A minha esperança é que este testemunho sirva como ponto de viragem para que mais e mais mulheres ganhem coragem e saiam da sombra para mostrar ao mundo quão cobarde e desumana a tauromaquia é.»

 

***

 

Nem mais, Ricardo. Não é preciso acrescentar mais nada.

 

Estes aficionados/ganadeiros/tauricidas/torcionários/forcados etc., pensam com o cérebro da cabeça do dedo mindinho do pé, e é nisto que dá.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 15:31

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 1 de Março de 2013

O LIVRO NEGRO DA TAUROMAQUIA

 

Para memória futura

 

 

Um destes dias, fui confrontada com: «o que é isso do livro negro da tauromaquia?»

 

Nada de surpreendente.

 

Trata-se de uma obra que está a ser escrita (e já tem muitas páginas) sobre a tauromaquia, em todas as suas vertentes, tanto em Portugal como nos sete países terceiro-mundistas, onde essa prática sanguinária ainda é permitida pelos governos vigentes no ano de 2013, ano/limite para que esta prática de brutos desapareça do mundo.

 

Por isso, um pouco por esses países, está a dar-se oportunidade a todos os governantes, a nível central e a nível local, para que não se verguem aos grupos de pressão tauricidas, e contribuam para limpar o mundo deste lixo medieval. Ou seja, que legislem no sentido da abolição definitiva destes “espectáculos” degradantes, onde se cultiva a crueldade e a tortura, condenáveis à luz da moral e da ética humanas, e que só desprestigiam esses países.

 

O livro contém todos os textos que estão a ser publicados neste Blog (por isso as ameaças dos hackers contra o Arco de Almedina valem zero, pois ergueria milhares de outros Arcos, com os mesmos textos (e muitos outros), que estão gravados e fechados a sete chaves, incluindo as fotos e respectivas fontes), nos quais estão registados, os nomes, as fotos, os locais, de todos os que em 2013 estão a recusar-se a abolir uma das grandes nódoas negras da civilização do século XXI d.C., ou seja, a tortura e a crueldade perpetrada contra seres vivos, para divertir sádicos bêbados, covardes, gente de maus instintos, ignorantes e sobretudo gente sem senso e sensibilidade, dois atributos indispensáveis a quem nasceu Ser Humano.

 

Nesta lista já constam em definitivo, Mourão e Granja (Alentejo); Lisboa, e os seus actuais autarcas; a Escola Profissional do Montijo; e respectivos nomes e fotos dos responsáveis e intervenientes nos eventos sanguinários, que já realizaram; o ex-forcado Nuno Marta-Carvalho, e todo o rebotalho ligado ao campo pequeno; a federação prótoiro, com a respectiva lista e fotos dos responsáveis pelos tauricídios; a Igreja Católica Portuguesa, e os nomes dos cúmplices da barbárie cometida em nome de Santos e do próprio Deus (não nos esqueçamos da celebração do Corpo de Deus em Ponte de Lima, com a estúpida “festa da Vaca das Cordas”; e obviamente os ganadeiros, e os deputados aficionados que estão na Assembleia da República com o único fito de servir a tauromaquia e não o País, e ainda todos os autarcas das localidades taurinas, e muitos, muitos mais…

 

A lista já vai longa… e no entanto são uma minoria.

 

Há muitos Livros Negros publicados, tais como o da Revolução Francesa, o do Comunismo, o da Descolonização, o do Empreendedor, o dos Segredos, o do Cristianismo, enfim, livros que tornam públicos crimes, corrupção, terror, repressão, falta de ética, enfim, as barbaridades cometidas contra a Humanidade.

 

O Livro Negro da Tauromaquia perpetuará os nomes e as caras e os feitos imperfeitos daqueles que praticaram, aplaudiram, apoiaram e foram cúmplices da tortura e crueldade para com Touros e Cavalos, seres sencientes e animais que sofrem a dor, e todas as emoções tal como nós, também animais, e que todos esses bárbaros, por simples ignorância ou interesses económicos, martirizaram.

 

Este é um livro que não cala a irracionalidade daqueles que tinham obrigação de ser racionais, só pelo facto de estarem a ocupar cargos públicos, os quais necessitam de muito saber e discernimento.

Este é um livro que ficará para memória futura.

 

Quando todos os animais forem livres, os vindouros saberão quem foram os seus carrascos, no ano em que tiveram a oportunidade de deixar de o ser.

 

Hoje é o dia1 de Março de 2013.

 

Os verdugos dos Touros e dos Cavalos ainda não se aperceberam de que ficarão para a História como os grandes covardes do tempo deles.

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 16:01

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2013

A TEMPORADA DA TORTURA TAURINA COMEÇOU COM COLOSSAIS FIASCOS E ASSIM CONTINUARÁ

 

 

 

 Monótona e fria sessão de tortura

 

 

Foi na Granja (Alentejo)

 

 Uma triste e pobre visão do fim…

 

 

E foi a garraiada da Escola Profissional do Montijo

  

 

Veja-se a covardia da cena executada para as moscas que estão nas bancadas

 

 

http://protouro.wordpress.com/2013/02/11/um-fiasco-monumental/ 

 

***

 

Estes já estão todos identificados no “Livro Negro da Tauromaquia”, como os que tiveram oportunidade de deixar a ignorância e optaram por continuar metidos nela, até ao pescoço.

 

***

 

Pois os fiascos continuarão ao longo deste ano

 

Eis o desafortunado Nuno, rodeado dos seus verdugos

 

 

No próximo Domingo, dia 17 de Fevereiro, no campo pequeno, será a vez da homenagem envenenada que pretendem fazer ao Nuno Carvalho-Mata. Nesta, veremos apenas uns tantos INIMIGOS do ex-forcado, a enterrá-lo mais do que ele já está. Pois brevemente será colocado a um canto, e ficará no «Livro Negro da Tauromaquia” como o “covarde que rejeitou ser herói”.

 

***

 

A tauromaquia está a dar os últimos suspiros, e entre os tauricidas ainda há quem insista.

 

A ignorância é como a pastilha elástica: onde pega não larga, a não ser com grande esforço.

 

Nós continuaremos a fazer o nosso trabalho de bastidores.

 

Nenhuma corrida, nenhuma homenagem envenenada, nada correrá bem este ano.

 

Será o FIM, por muito que andem por aí a tentar erguer tendas, a aliciar autarcas, a espalhar a baba repelente que sai das bocarras disformes dos tauricidas, dos aficionados, dos sádicos, dos ganadeiros, dos governantes, que teimam em manter leis parvas, que serão depostas pela razão, e eles, os governantes em funções no ano 2013, entrarão também para o «Livro Negro da Tauromaquia» como governantes dominados pela tirania de ganadeiros mercenários.

 

O fiasco será mesmo monumental.

  

 

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 19:06

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 23 de Setembro de 2012

DEMITAM-SE SENHORES VEREADORES DO PSD DA CÂMARA MUNICIPAL DE ABRANTES! NÃO SABEM NADA DE NADA...

 

 

 

 

«... a vida do toiro, livre, selvagem, inteiro...  (PSD de Abrandes)... »

 

 

 

Li esta notícia, e nem acreditei, tal como a PRÓTOURO.

 

É que é de tal modo inconcebível, inacreditável, inadmissível, de tão impregnada de ignorância, que não dá para acreditar.

 

Mas pelo que se vê É VERDADE! SOCORRO! A IGNORÂNCIA ESTÁ A SUFOCAR O PAÍS!

 

DEMITAM-SE, SENHORES VEREADORES DO PSD DA CÂMARA MUNICIPAL DE ABRANTES! DEMITAM-SE JÁ, POR FAVOR!

LIBERTEM PORTUGAL DA VOSSA INSIPIÊNCIA!

 

E o Prémio Nobel da Idiotia vai para os Vereadores do PSD da C. M. de Abrantes

 

 

by protouro

 

Se nos contassem, não acreditaríamos tal a desfaçatez de certas pessoas. Os vereadores eleitos pelo PSD na Câmara Municipal de Abrantes, apresentaram a sua proposta de declaração da tauromaquia como património cultural e imaterial, não do ponto de vista do aficionado mas do ponto de vista da defesa dos direitos dos animais!!!

 

Leram bem do ponto de vista da defesa dos animais uma vez que o direito à perpetuação da espécie é o direito mais elementar de qualquer ser vivo.

 

Já lemos muitas e muitas obscenidades provenientes das mentalidades retorcidas dos abusadores de animais, mas esta merece sem dúvida o prémio Nobel da idiotia.

 

Portanto, os verdadeiros defensores dos direitos dos animais não são aqueles que lutam para que estes tenham o direito a viver sem serem torturados e mortos numa qualquer praça de touros, não, os verdadeiros defensores dos direitos dos animais são afinal os seus algozes.

 

É preciso ter descaramento.

 

Prótouro

Pelos touros em liberdade

 

***

 

EIS A DECLARAÇÃO SOLENE DA MAIS PURA IGNORÂNCIA:

 

 

10 de Setembro de 2012 REUNIÃO DA CÂMARA DE 10/9/12

EM DEFESA DOS TOIROS Declaração dos vereadores eleitos pelo PSD

 

Os vereadores eleitos pelo PSD querem deixar claro que a sua proposta para que a câmara declare a Tauromaquia como Património Cultural e Imaterial de Abrantes não é apresentada do ponto de vista do aficionado mas do ponto de vista da defesa dos direitos dos animais.

 

O direito à perpetuação da espécie é o direito mais elementar de qualquer ser vivo.

 

Além disso, não aceitamos que a qualidade de vida do toiro seja sacrificada para satisfazer a sensibilidade hipócrita e os caprichos puritanos e pseudo-moralistas dos fundamentalistas pós-modernos.

 

Como todos sabemos, a Tauromaquia é o único garante da perpetuação da raça dos toiros e da sua qualidade de vida pelo que cabe aos verdadeiros defensores dos direitos dos animais defendê-la contra os grupos fundamentalistas que, disfarçados de defensores dos direitos dos animais, pretendem, apenas, acabar com os toiros e com a sua qualidade de vida.

 

Nós até podemos compreender que, num país de gente domesticada, castrada e habituada a viver amarrada à manjedoura do Orçamento de Estado, a vida do toiro, livre, selvagem, inteiro, ofenda a sua sensibilidade e a sua vocação.

 

É óbvio que a vida curta e triste do boi se identifica muito mais com o modelo de vida desta gente.

 

Mas os alentejanos e ribatejanos nunca se identificaram com este tipo de gente pelo que têm a obrigação moral de defender intransigentemente aquilo que garante a perpetuação da raça dos toiros e da sua qualidade de vida, independentemente de gostarem ou não de touradas.

 

Por esta razão, muitas câmaras do Alentejo e do Ribatejo já deliberaram reconhecer a tauromaquia como património cultural imaterial dos seus municípios e as câmaras do Alto Alentejo já deliberaram, por unanimidade, reconhecer a tauromaquia como património cultural imaterial do Alto Alentejo, independentemente de terem ou não praça de touros e tradição tauromáquica.

 

http://amar-abrantes.blogs.sapo.pt/524153.html

 

O QUE ACRESCENTAR A ISTO?

 

Ó SANTA IGNORÂNCIA REUNIDA NUM SÓ LUGAR...!

 

TENHAM VERGONHA NESSA CARA!

 

COMO PODE UM CONCELHO ESTAR NAS MÃOS DE GENTE QUE NÃO TEM UM PINGO DE SENSATEZ E DE CONHECIMENTOS?

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 11:58

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Posts recentes

Alerta no Dia da Árvore e...

«A MORTE NATURAL DA TAURO...

Nunca as touradas levaram...

NUMA ÉPOCA EM QUE AS TOUR...

A história do Zé da Burra...

ÉPOCA DA SELVAJARIA TAURO...

Ó ALENTEJANOS DE CUBA, AI...

NO DIA EM QUE A TAUROMAQU...

CUBENSES ALENTEJANOS, NÃO...

ATRASO CIVILIZACIONAL DE ...

Arquivos

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt