De João Macías a 3 de Julho de 2012 às 16:01
Porque é essa intolerância misturada de ressabiada agressividade? Quem não concorda com a vossa paranóia toca a insultar. Quem se julgam vocês afinal?
De Isabel A. Ferreira a 3 de Julho de 2012 às 18:07
João Macías:

Vou responder às suas questões como deve ser.

«Porque é essa intolerância misturada de ressabiada agressividade?»

Vem falar-me de intolerância e agressividade? Não somos nós que não TOLERAMOS OS TOUROS E OS CAVALOS E SOMOS AGRESSIVOS COM ELES. São vocês, os tauricidas e os que os aplaudem.

«Quem não concorda com a vossa paranóia toca a insultar».

Nossa PARANÓIA? Quando são vocês que são os paranóicos, psicopatas, que aplaudem a tortura de seres vivos com o maior desplante, e tiram PRAZER NISSO, abeirando-se ao deleite dos necrófilos?
Insultar? Sabe o que significa INSULTAR? Significa ofender alguém que se deveria RESPEITAR. Ora não havendo o que respeitar nesse alguém (ninguém pode respeitar quem aplaude a tortura de seres vivos), logo não existe INSULTO.

«Quem se julgam vocês afinal?»

Bem, vou falar APENAS por mim. Eu sou uma pessoa hipersensível, apelidada de HSP do termo no inglês Highly Sensitive Person. Possuo uma percepção elevada, podendo reconhecer pormenores e detalhes que passam despercebidos a pessoas comuns. Tal acontece, porque o meu sistema nervoso processa a informação de uma forma mais profunda e intensa. Esta diferença genética também pode explicar a forte intuição, a criatividade e mesmo a capacidade empática na facilidade em reconhecer emoções e estados de espírito noutras pessoas. E amo os animais humanos e não humanos como a mim mesma.

Eis o que sou.

E para terminar, quero dizer-lhe que o seu outro comentário vai para outro lugar, mais destacado. Aqui perder-se-ia na “multidão de palavras.
De João Macías a 3 de Julho de 2012 às 20:36
Sim, profunda Isabel. Os seus hiper-reactivos nervos. Devia tratá-los.
Nem me atrevo a fazê-la constatar que já tinha visitado o seu blog várias vezes e não me parece que alguém lhe ligue alguma coisa.


Adeus, boa sorte.
De Isabel A. Ferreira a 4 de Julho de 2012 às 09:11
Ora aqui está um comentário de quem anda muito distraído.

Profunda, serei.

Nervos hiper-reactivos? Não está a confundir com PROVOCADORA, que é isso que sou? Nervos? Não sei o que isso é.

Estou-me nas tintas se pessoas como você visitem ou não visitem o meu Blog.

Mas os números não enganam. E pelas centenas de e-mails e comentários que recebo (nem todos são publicáveis devido aos palavrões próprios dos que não tendo argumentos racionais explodem utilizando a vulgaridade dos imbecis) desmentem a sua observação despeitada.

Adeus, João Macías.
Veja se se acalma. Não se enerve você. Passe bem.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.