De Paulo Ricardo Teixeira a 1 de Abril de 2011 às 10:31
Enquanto português, fico agradecido por este pequeno texto que publica. Percebo que queira ser reforçada a ideia do quão bom é o nosso país dentro da crítica atroz a que constantemente está a ser submetido.
Ainda assim, em todo o progresso que é transmitido vemos o nome de uma série de empresas que pagam 500/600 euros a operários que também tem uma função muito importante nesse progresso. (falo da Sonae, Renova, PT, Jerónimo Martins) Isto num país onde compro num café uma coca-cola a 1,20€, onde para ir ao cinema pago 6 euros, onde para alugar um campo de futebol entre amigo se pagam 4/5 euros por pessoa. É bom progredir, mas em todos os sentidos. Na exclusão também deveremos ser topo hierárquico.
Mais uma vez parabéns pelo texto que vou partilhar no facebook de imediato.
De Isabel A. Ferreira a 1 de Abril de 2011 às 11:53
Paulo Ricardo Teixeira, a ideia foi do Nicolau. Eu concordo com o Nicolau. Por isso, transcrevi o texto dele no meu blog.

Temos de puxar pelos nossos galões e dizer alto o que temos de positivo.

Aproveitar esse positivismo para progredir, é a obrigação de qualquer Português.

O Nicolau Santos é Brasileiro, e no entanto, ao escrever este texto, fez muito mais por Portugal, do que aqueles que andam sempre a criticar tudo e todos, e ficam-se por aí...

Obrigada, pela partilha.

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.