Terça-feira, 22 de Outubro de 2013

PAPA FRANCISCO TORNA-SE ACTIVISTA DOS DIREITOS DOS ANIMAIS - UM EXEMPLO DE COERÊNCIA COM OS DITAMES BÍBLICOS E ACÇÃO DO SEU REFERENCIAL SÃO FRANCISCO

 

CARTÃO VERMELHO não só às touradas, como aos deputados da Assembleia da República Portuguesa, como também à Igreja Católica no mundo

 

 

Touradas: uma barbárie a ser combatida pela Igreja

 

Por José Andrade Melo

 

No passado dia 25 de Setembro o Papa Francisco tornou-se um activista dos direitos dos animais, recebendo, numa cerimónia oficial, uma placa de sócio honorário da poderosa e influente Feder F.I.D.A. (Federação Italiana dos Direitos dos Animais).

 

Para além da adesão a membro da F.I.D.A. a Presidente desta associação, Loredana Proni, anunciou também a concordância do Papa com a proposta da criação de uma Jornada dedicada aos Direitos dos Animais, tendo já dado conselhos sobre acções para o projecto.

 

 

Papa Francisco na cerimónia da adesão à F.I.D.A.

 

 

Para todos os cristãos, a decisão de Bergoglio, escolher o nome de “Francisco” não foi um mero acaso. São Francisco é conhecido como o exemplo mundial de simplicidade, mas igualmente pelo do amor e protecção dos animais, sendo também que, em coerência, o Papa actual, como “seu seguidor”, já se tem destacado pela simpatia sobre o mundo animal, vincando-a agora na adesão a este importante movimento italiano de activistas pelos direitos dos animais.

 

Sem dúvida que respeitar e lutar pelo bem-estar dos animais é um dever de obrigação cristã, na essência do preceituado bíblico, e um valor/dever universal generalizado da ética humana, independentemente de qualquer credo ou religião.

 

 

Diploma do Papa como sócio honorário da F.I.D.A.

 

Reitero que “a compaixão pelos animais é das mais nobres virtudes da natureza humana, sendo nosso dever ético respeitá-los e agir pelo seu bem-estar, na consideração de que são seres sencientes que sofrem e sentem como gente, e não se podem defender por si próprios.”

 

Expressou, ainda, Loredana Proni, que a adesão a sócio e aceitação da proposta, pelo Papa Francisco, “foi para nós uma grande honra e alegria, mas também a oportunidade de trazer o tema da protecção dos animais para a Igreja”.

 

Fico também na esperança de que, esta postura assumida do Papa, de activismo, na defesa dos animais, à semelhança do seu referencial “Francisco de Assis”, irradie exemplo junto das igrejas, de católicos e cristãos em geral, em todo o mundo, provocando as mudanças atitudinais necessárias, no respeito pela vida de todos os seres, conforme preceitua a Bíblia.

 

Por exemplo, está na hora de algumas igrejas dos Açores (e também do Continente) passarem a ser “justas”, coerentes e obedientes, tendo em conta estes referenciais do Papa Francisco e os ditames bíblicos, renegando a realização de touradas associadas a festas paroquiais, pelo mal-estar e sofrimento que cria aos animais, e contradição bíblica, conforme Provérbios 12:10 : “Os justos importam-se com o bem-estar dos seus animais” e “Todos os animais pertencem a Deus” (Salmo 24:1), entre outras passagens que mostram o cuidado de Deus com os animais.

 

Outra situação vergonhosa e anticristã que não poderá repetir-se, foi a cruel matança de cães que pernoitavam junto do Santuário de Fátima e que foram mandados abater pelas chefias, sob a desculpa de que “os animais famintos incomodavam os turistas”. Isto não é cristianismo, mas sim fingimento hipócrita, privilegiando-se o “negócio” em detrimento do respeito pela vida!

 

O que dizer destas vis e repudiantes acções versus as palavras de João Paulo II: “Os animais possuem uma alma e os homens devem amar e sentirem-se solidários com os nossos irmãos menores”. Ele chegou a dizer que “todos os animais são fruto da acção criativa do Espírito Santo e merecem respeito” e que eles estão “tão próximos de Deus como estão os homens”.

 

* José Andrade Melo

CADEP-CN e Amigos dos Açores Santa Maria

Fonte:

http://natur-mariense.blogspot.pt/2013/10/papa-francisco-torna-se-ativista-dos.html?spref=fb

  

publicado por Isabel A. Ferreira às 10:42

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Comentários:
De Elisabete a 22 de Outubro de 2013 às 17:26
Um passo importantíssimo. Até que enfim. Este Papa Francisco é um prenúncio dos novos tempos que já estamos a atravessar e é um enviado de S. Francisco de Assis. Não sou católica, mas ouço o que o Papa tem a dizer e este é excepção à regra, João Paulo II também o foi.

Ainda há muito para fazer mas que se acautelem todos os malfeitores dos animais porque os tempos são chegados e justiça será feita!!! E que atentem nos 3 últimos parágrafos deste texto, especialmente os padres dos Açores e das várias regiões de Portugal continental onde se realizam touradas (que nunca combateram como o deviam ter feito!)
De Isabel A. Ferreira a 22 de Outubro de 2013 às 17:48
Aconteça o que acontecer no próximo dia 25 de Outubro, NADA FICARÁ IGUAL, Elisabete.

Nada.
De Marina pinto a 27 de Outubro de 2013 às 17:12
Nao sou catolica,mas este HOMEM e uma pessoa muito especial,e tenho-lhe um grande respeito,ele e o primeiro papa a criticar a riqueza da propria igreija,quando se morre de fome pelo mundo fora
De Wania Esteves a 29 de Outubro de 2013 às 21:02
Atitude é necessário sempre. Touradas, toro de Vega, Toro Jubilo dentre outras "festas" q são apoiadas pela igreja devem ser abolidas imediatamente, como tb toda e qualquer crueldade com os animais devem ser repreendidas e eliminadas.
Que a Igreja Católica comece a dar exemplo parando definitivamente com a compra de marfim para usos religiosos
De Isabel A. Ferreira a 29 de Outubro de 2013 às 21:05
E não só marfim, mas também peles de animais torturados até à morte.

Há tanta coisa para MUDAR na igreja católica!
De marina a 31 de Outubro de 2013 às 01:17
Maravilhoso!uma lição a tantos q se dizem crístãos!
De maria josé gil conde a 13 de Março de 2017 às 18:29
Tendo iniciado novo livro sobre temas d Medjugorje, Bósnia-Herzegovina, conteúdo jornalístico, só tenho a manifestar todo o me respeito e carinho pelo tema. Já lembrei ao PAN, o favor de se organizarem acções de formação, quer nas igrejas, quer nas escolas. O que se tem verificado é de arrepiar e o que li sobre a crueldade que se praticou em Fátima, com as autoridades, quer religiosas, quer oficiais, era de punir quem praticou tal acto, porque foi denegrir a imagem do país.
De Isabel A. Ferreira a 14 de Março de 2017 às 12:21
Penso que a ideia de acções de formação é boa.

Quanto ao denegrir a imagem do país, uma parte dele ainda é do tempo da Idade Pré-histórica.

Uma vergonha para Portugal, que não se integra propriamente entre os países civilizados, da civilizada Europa.

Comentar post

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
19
21
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

ESTUDANTES DE ÉVORA RECUS...

«DA VIOLÊNCIA DAS TOURADA...

O ANACRONISMO DAS TOURADA...

«PSICOLOGIA DA “AFICIÓN” ...

O QUE OS PORTUGUESES MAIS...

AGENDADO PARA HOJE NA ASS...

ANTÓNIO BARRETO ESCREVEU ...

DE PEQUENINO SE COMEÇA A...

O FESTIVAL DA EUROVISÃO, ...

MAIS DE QUATRO MIL ASSINA...

Arquivos

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados
RSS

ACORDO ORTOGRÁFICO

EM DEFESA DA LÍNGUA PORTUGUESA, A AUTORA DESTE BLOGUE NÃO ADOPTA O “ACORDO ORTOGRÁFICO” DE 1990, DEVIDO A ESTE SER INCONSTITUCIONAL, LINGUISTICAMENTE INCONSISTENTE, ESTRUTURALMENTE INCONGRUENTE, PARA ALÉM DE, COMPROVADAMENTE, SER CAUSA DE UMA CRESCENTE E PERNICIOSA ILITERACIA EM PUBLICAÇÕES OFICIAIS E PRIVADAS, NAS ESCOLAS, NOS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL, NA POPULAÇÃO EM GERAL E ESTAR A CRIAR UMA GERAÇÃO DE ANALFABETOS.

CONTACTO

isabelferreira@net.sapo.pt