Comentários:
De Elisabete a 9 de Setembro de 2013 às 20:39
Em Novembro de 2011 participei da manifestação contra o touro de fogo em frente à embaixada de Espanha. Éramos por volta de 80 ou 90 pessoas na Av. da Liberdade em Lisboa, poucos mas o ambiente era de luto. Houve jornalistas e reportagem. Quando participo sinto-me mais útil, mais perto deles, dos touros, falo por eles, como a Isabel aqui no blog e fá-lo muito bem! Ainda bem que a vontade popular começa a falar mais alto e em França, mas tudo isto tem de acabar e o mais depressa possível.
Abraço
De Isabel A. Ferreira a 9 de Setembro de 2013 às 21:17
Há um meio democrático para enterrar de vez esta peste negra, o mais depressa possível.

Vamos tentar pôr em prática esse plano.
Um abraço para si também.

Comentar post