Terça-feira, 20 de Agosto de 2013

«A TAUROMAQUIA É UM PEDAÇO DE EXCREMENTO A BOIAR NUM RIO» - DIZ QUEM SABE

 
 
 

Porque o comentário do Ricardo diz tudo o que me apetece também dizer … aqui fica uma bela narrativa da tauromaquia e dos seus dejectos…

 

Ricardo, deixou um comentário ao comentário DEPOIS DA VERGONHOSA INTERVENÇÃO DA POLÍCIA DE CHOQUE EM VIANA DO CASTELO, O GOVERNO PORTUGUÊS SÓ TEM UMA SAÍDA: ABOLIR AS TOURADAS JÁ! às 19:04, 2013-08-19.

Comentário:

«Mais um maluquinho aficionado que confunde liberdade com prepotência. Viana tem tantos aficionados e desejava tanto essa tourada que esta nem constou do plano das festas...outra vez.

 

Com a vossa fraca ou mesmo ausência de inteligência, acreditam que tiveram algum momento cívico ou algo que vos valha. Na realidade provaram a escumalha prejudicial a Portugal que são.

 

Precisaram de recorrer a tribunais, em processos que tresandam a corrupção, para montarem a praça. Para quê? Para proteger os 12 aficionados que existem em Viana? E os outros 30000 que, como o resto do país, quer as touradas mortas e enterradas?

 

Tão valentões que são que precisaram de contratar segurança privada e a PSP, armados ainda por cima, para vos proteger. Mas afinal a manifestação não eram só 50 pessoas? E vocês não são milhões?

 

Havia lugar para todos ou tiveste que levar uma cadeirinha? Cada vez que aparece uma foto do interior do Campo Pequeno, só falta aparecer uma bolinha de palha a rolar no horizonte, tal é a desolação.

 

Mas porque mais uma vez as câmaras do costume gastaram o meu dinheiro para levar autocarros cheios de porcaria para encher a praça, de repente a tauromaquia já vive...

 

Ser ignorante não é vergonha nenhuma, mas gostar de o ser é. A tauromaquia é um pedaço de excremento a boiar num rio. Só não é levado pela corrente porque os interesses instalados (deputados aficionados, tribunais corruptos, câmaras interesseiras, subsídios ilícitos, etc..) a protegem e seguram pela mão.

 

Mas a corrente engrossa e os interesses são cada vez mais difíceis de se manterem. Quanto tempo é que aguentam manter o cocó a flutuar, pergunto eu?»

 

publicado por Isabel A. Ferreira às 12:05

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Comentários:
De Anónimo a 20 de Agosto de 2013 às 15:24
Ainda deviam era de ter levado mais nesses cornos cambada de escória da sociedade ,agora é que a polícia já viu o tipo de merda de pessoas que os antis são e apartir de agora éque vocês vão começar a ser tratados da forma que merecem
De Isabel A. Ferreira a 20 de Agosto de 2013 às 17:16
Bom comentário.

A começar pela linguagem típica de aficionados.

Só vem dar-nos razão em relação à VOSSA VIOLÊNCIA LATENTE.

Sois um monte de carne que jorra VIOLÊNCIA por todos os poros.

Não admira que gostem da TORTURA.

Sois uns INÚTEIS. Uns PARASITAS DA SOCIEDADE.
Absolutamente DESPREZÍVEIS.
De Alfredo Barnabé a 20 de Agosto de 2013 às 20:12
Camarada, a confusão que vai aí nessa cabecinha aficionada. Larga lá o tintol por umas horas e tenta olhar para esta situação como uma pessoa normal, isto é, não aficionada, olha: de um lado tens um bando de gaiatos parvos que, só para mostrarem os conhecimentos que têm, arranjam uma ordem de um tribunal (que é sempre o mesmo BTW) e organizam uma tourada mesmo no meio de uma povoação que explicitamente a rejeitou. Do outro tens, obviamente, a mesma população a manifestar-se contra um verdadeiro atentado à vontade popular, a lembrar os dias da velha monarquia, em que os barões e demais nobres faziam o que queriam, quer o povo gostasse ou não.
Mas como a valentia aficionada só vale se tiverem um touro moribundo, uma mulher ou crianças indefesas à frente, cheios de medo, os aficionados lá foram contratar a PSP. Esta veio, com coletes à prova de bala e armas automáticas, para uma manifestação PACÍFICA!
Afinal quem é que tem medo de levar porrada de quem?
A maioria dos antis são pacíficos e nem ligam nenhuma às bacoradas dos analfabetos dos aficionados. Mas há sempre um ou dois que não são tão pacíficos e esses é que fazem os aficionados borrarem-se de medo... daí a PSP!. É que os aficionados não só não se metem com homens adultos como só o fazem se estiverem em maioria. Ora todos nós sabemos que, mesmo com os autocarros carregados de labregos do centro e sul de Portugal, se os aficionados se metessem num confronto mano a mano com os manifestantes, sairiam de lá muito maltratados. Essa tua atitude revela apenas o pavor que vai ai por essa cabecinha. Antes podias falar de tourada em todo o lado mas agora já tens de ter cuidado não é? Pois habitua-te!
De Isabel A. Ferreira a 21 de Agosto de 2013 às 14:44
Boa, Alfredo Barnabé!
Gostei!
De Daniel Rocha a 20 de Agosto de 2013 às 15:25
lindo blog...realmente é muito nobre da vossa parte chamar os nomes que chamam ao pessoal que gosta de toiros...afinal quem é que não tem orgulho nem carácter ?...os aficionados só ripostam quando são atacados por gente inferior como vocês.
De Isabel A. Ferreira a 20 de Agosto de 2013 às 17:12
O "pessoal" que gosta de TORTURA (não de Touros, se gostassem de Touros não os torturavam), não vale um tostão furado.

Não são gente. São da raça DESUMANA.

Gente inferior é quem pratica, aplaude e apoia a TORTURA DE SERES INOFENSIVOS E INDEFESOS.

COVARDES é o que vocês são.
E tudo o resto que se disse neste texto.

Não prestam para nada.

Querem guerra, vão tê-la.

Acabou-se a BRINCADEIRA.
De antonio a 20 de Agosto de 2013 às 19:54
Guerras não por favor já basta a guerra do dia a dia , Belinha a menina tem de ter mais calma qualquer dia ainda lhe dá um enfarte com tantos nervos , tenha calma leve isto com mais seriedade , é que a menina só perde com as suas abordagens tão radicais , vá não é a menina que quer paz e amor para todos .... ( e agora declara guerra ) assim ninguém a entende né ...
De Isabel A. Ferreira a 21 de Agosto de 2013 às 14:51
Querem guerra? Vão tê-la.

Dou um boi para não me meter numa guerra, mas doi uma boiada para não sair dela, até ganhar a última batalha, ou seja, enterrar a tourada, muyito bem enterrada, com fanfarra, banda de música, e uma orquestra a tocar o Requiem de Mozart.

É isso que terão.

De Joana a 20 de Agosto de 2013 às 22:12
Daniel Rocha... a sério? Quem gosta de touros????? POR FAVOR! Vocês têm uma maneira muito peculiar de gostar têm... Acho que nem vale a pena dizer mais nada...
De Isabel A. Ferreira a 21 de Agosto de 2013 às 14:26
É Joana...
Gostam de touros e perfuram-nos até aos ossos.

Imagine se não gostassem...
De Alf a 20 de Agosto de 2013 às 20:30
Piada da semana: "os aficionados só ripostam quando são atacados". É isso que dizes a ti mesmo quando dás porrada na tua mulher ou nos miúdos? O jantar tinha falta de sal e os gaiatos estavam a ver a televisão muito alto. Isso constitui um ataque não há dúvida!
Depois dos confrontos de Viana, realmente as urgências ficaram atulhadas de aficionados maltratados, não haja dúvida. Eles até são pessoas muito pacíficas, que gostam de se organizar em grupos de entre ajuda chamados forcados. Se tivermos atenção, cada vez que eles se forçam a pegar o touro, ficam com uma lágrima ao canto do olho, de tão pacifistas que são.
Nos confrontos da última feira de Alcácer, na realidade os forcados estavam a discutir a construção de uma nova ala do hospital pediátrico quando, por acidente, um deles tropeçou e aterrou mesmo em cima da faca que outro usava para cortar as redes de pesca que prendiam os golfinhos no estuário de Alcácer. Foi tudo um grande mal entendido não haja dúvida.
Jovem, o próprio facto de vocês só conseguirem ter uma erecção quando espetam uma bandarilha no touro, invalida tudo o que acabaste de dizer. O aficionado não é humano. Nem sequer pertence ao reino animal! Nenhum animal, humano ou não, tortura outro pelo simples prazer de torturar. PONTO! Vocês são uma aberração da natureza e, se houvesse um mínimo de coerência na nossa sociedade, à muito que tinham sido exilados para uma ilha deserta ou castrados para ter a certeza que não se reproduziam!
Onde quer que haja aficionados há miséria e violência. Será coincidência que os municípios aficionados são também os que têm maiores dívidas públicas, taxas de analfabetismo, desemprego e violência doméstica?
O próprio facto de obrigarem o resto da sociedade a partilhar o mesmo espaço que vocês já é violência suficiente. Qualquer reacção após isto é sempre justificada.
De Isabel A. Ferreira a 21 de Agosto de 2013 às 14:41
É uma violência e das grandes Alf.

Gostei da sua prosa.
De Joana a 20 de Agosto de 2013 às 21:57
Isabel A. Ferreira, muitos parabéns pelo seu blogue e pelo óptimo trabalho que desenvolve aqui! Venho aqui todos os dias... os seus posts são todos bastante interessantes! E vamos lá continuar a lutar para acabar com esta atrocidade que infelizmente AINDA tem palco em Portugal. No entanto, sente-se que o fim está para breve... este meio cada vez mais decadente!!! Que a luta continue!
De Isabel A. Ferreira a 21 de Agosto de 2013 às 14:31
A degradação deles é tal, que nem se apercebem de que estão a "trabalhar" para o fim.

A luta continuará.
Quer eles queiram, quer não.

De Maria Silva a 23 de Agosto de 2013 às 03:54
Os não aficionados são de outra estirpe, como os homofóbicos, os racistas, os xenófobos e outros que tais. Moralmente superiores. Psicologicamente desequilibrados.
De Isabel A. Ferreira a 23 de Agosto de 2013 às 10:53
Este seu comentário é precioso, Maria Silva.

Todos os que têm um cérebro a funcionar sabem que os aficionados que praticam, aplaudem e apoiam a TORTURA são psicopatas e sádicos, algo cientificamente comprovado. Vivem na esfera do delírio, do absurdo, do irreal.

A Maria Silva encaixa perfeitamente nesta descrição.
Aquilo que é, transpõe para os outros. É típico de quem sofre de perturbação mental.

ACORDE!!!! Não são os NÃO AFICIONADOS que praticam, aplaudem e apoiam a TORTURA DE BOVINOS E CAVALOS PARA SE DIVERTIREM.

EI! MARIA SILVA! Caia na realidade!
De Maria João de P. e Sousa B. a 25 de Agosto de 2013 às 00:29
Maria Silva, antes de mais, deixe-me dar-lhe os parabéns por ter conseguido escrever um comentários sem dar erros de ortografia. Não costuma ser assim. Relativamente à pontuação é que a coisa já não correu tão bem.
Eu nem vou comentar o que disse ...é com cada asneira que sai daí ...que até dá dó. Burgessa (Aficionada)!

Comentar post

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Posts recentes

Em Vila Franca de Xira: «...

Como os mortos não falam,...

Testes de toxicidade em a...

Enquanto o Povo dorme... ...

Março/09/2021: um dia ne...

«O último adeus» - "Enqua...

Estão a aparecer cordeiro...

Este monstro marinho, cha...

«Morreu [o Touro] Marism...

O Planeta Terra e os seus...

Arquivos

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt