Comentários:
De Maria Pereira a 12 de Julho de 2013 às 13:15
Álvaro Guerra escreveu “Esboços para Uma Tauromaquia” e Alves Redol era familiar e mentor de 1 matador de touros. Era vê-los nas esperas. Vão deixar de ser cultos para si?

Sou uma pessoa culta, que não sendo Vilafranquense nem aficionada, respeita tanto animais como as convicções de pessoas que gostam de torturar (a seu ver) os ditos animais. E sempre com educação. Ao contrário do que a Srª aqui já disse, até o mais inculto e bronco merece educação. Só com educação é que se aprende.
E é com respeito que me oponho às touradas. Nunca no seu tom.

E deveria ir a Vila Franca pois é lá que faz sentido manifestar-se!
De Isabel A. Ferreira a 12 de Julho de 2013 às 14:49
Maria Pereira, vamos lá a ver…

Uma pessoa culta é uma pessoa instruída e civilizada. Sensível e lúcida.

Um ignorante é aquele que não sabe. Eu, por exemplo, sou ignorante em Física Quântica. Não sei nada sobre essa matéria. Todos somos, de um modo ou de outro, um pouco ignorantes.

Um bronco é um inculto.

Um aficionado é um maníaco, abeirando o sadismo e a psicopatia (está estudado, e não por mim).

Para mim, e para todos quantos amam a CULTURA e a CIVILIZAÇÃO todos aqueles que apoiam a INCULTURA são incultos. Falta-lhes a SENSIBILIDADE. Há muitos escritores, famosos e bons, que eram (e são) aficionados, mas isso não faz deles boa gente. Se formos a esmiuçar a vida deles, são cruéis, têm pancas, são cismáticos, não têm a noção da realidade. E são insensíveis.

E então se foram educados na afición estão perdidos para o mundo civilizado.

E vai desculpar-me: é impossível a uma pessoa CULTA respeitar a TORTURA seja em que circunstância for. São duas coisas inconciliáveis: ou se é culto ou se é a favor da tortura.

Todos os incultos, os broncos, os analfabetos que não tiveram OPORTUNIDADE de se instruir, merecem-me todo o RESPEITO, EDUCAÇÃO e CONSIDERAÇÃO. E com eles sou tão educada quanto sou com todos os SERES HUMANOS. Mas têm de ser SERES HUMANOS.

Mas existe um outro tipo de broncos, de incultos e de ignorantes: os que depois de lhes terem sido dadas TODAS AS OPORTUNIDADES para deixarem de o ser, OPTAM por continuar broncos, incultos e ignorantes, e desumanizam-se. E este é o caso dos vila-franquenses… incultos.

Esses não me merecem qualquer respeito. E sabe porquê? Porque esses não se RESPEITAM A SI PRÓPRIOS NEM OS OUTROS (estando incluídos nesses outros os bovinos e os cavalos, aos quais dou voz e que defendo com todas as minhas garras afiadas).

E, por fim, nunca irei sujar os meus sapatos a Vila Franca de Xira, enquanto teimarem em manter um costume bárbaro e ultrapassado, que já não tem razão de ser nos tempos modernos.

Eu não sou uma múmia.

E mais um detalhe: eu não sou mal-educada com ninguém. Eu apenas transmito a realidade tal como ela é. Sem rodeios, nem paninhos quentes. E isso não tem nada a ver com falta de educação. Tem a ver com SINCERIDADE.

Eu não sou hipócrita.

Comentar post