Domingo, 7 de Julho de 2013

VILA FRANCA DE XIRA, A CAPITAL DA VILANAGEM

 
Isto é lindo de se ver! É cultural. É arte. É tudo o que há de melhor no mundo. É mais sublime do que uma Sinfonia de Beethoven.
 
 
 
(Foto retirada do Facebook)
 

 

 
A marrada no Fernando Rocha (foto retirada do Facebook)
 

E até eles gostam. Gostam de ver torturar os Touros e Cavalos (que chegam a morrer), mas também gostam de ver o Touro marrar nos doidos, e aleijá-los e estropiá-los para o resto da vida E até matá-los, porque para o ano, HÁ MAIS…

 

E quem se importa com as consequências que pode trazer esta “coisa” chamada festa do colete encarnado, onde o álcool jorra a rodos?

 

Até o comediante Fernando Rocha, que ali estava ao serviço da SIC, foi ontem colhido por um Touro, e gostaram tanto, mas tanto, que hoje a SIC lá estará a dar cobertura a esta estupidez, transformada na estação televisiva dos broncos. Sim, porque só os broncos, que felizmente são a minoria, vão estar sintonizados.

 
  

Este, o Fernando Rocha, foi parar ao hospital…

 

Ler mais sobre este assunto aqui:

 

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=594721587224855&set=a.469874876376194.107042.466818870015128&type=1&theater

 

http://videos.sapo.pt/jcOcEodMjWkQBhrI3Mdg#share

 

http://www.youtube.com/watch?v=iZexSAYj53I

 

http://www.youtube.com/watch?v=HOSZ78nz5fM

 

 

***

Quem são os responsáveis, pelos mortos e feridos num “evento" de tão baixo nível cultural, numa terra que parou na Idade Média, e pior do que isso, RECUSA-SE A EVOLUIR?

 

Quem poderia ser?

 

Os autarcas vilafranquenses, obviamente, os quais deveriam ir a tribunal responder por incentivar, apoiar e ser cúmplice de festejos, onde pessoas e animais são gravemente feridos e outros morrem, sem o mínimo constrangimento, numa orgia de álcool, marradas e morte…

 

E viva a festa do colete encarnado, onde se bebe, mata e esfola com o aval das autoridades locais!

 

 

 
publicado por Isabel A. Ferreira às 15:36

link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Comentários:
De Filipe Prazeres a 8 de Julho de 2013 às 09:40
Peço desculpa antes de mais se a ofender mas explique-me a sua necessidade de comentar de forma tão "raivosa", diga mos assim, tudo o que tenha a ver com a tauromaquia ? A meu ver a senhora chega até a ser mal educada em certezas coisas que escreve. Concordo com o facto de não gostar e afins mas parece que a sua necessidade de comentar vai além disso, parece até que gosta de enxovalhar os amantes desta arte. Acho que deve moderar-se e ter mais humildade quando fala de uma arte tipicamente Portuguesa.
De Isabel A. Ferreira a 8 de Julho de 2013 às 10:00
Primeiro: a mim ninguém ofende. Só se eu deixar.

Segundo: o que vocês denominam RAIVA é pura e simplesmente INDIGNAÇÃO. A raiva é para os que espumam veneno. Nem sequer sabem distinguir emoções.

Terceiro: tenho o direito à minha indignação porque ABOMINO A TORTURA DE QUALQUER SER VIVO. E a tauromaquia é uma doença mental em que os psicopatas e sádicos torturam e aplaudem a TORTURA.

Não, não sou mal-educada. Como posso ser mal-educada com quem não merece o mínimo respeito e consideração.

Isto não se trata de GOSTAR da ESTUPIDEZ QUE É A TOURADA, seja em que modalidade for.

Aqui trata-se de DEFENDER A VIDA E O BEM-ESTAR DE UM ANIMAL COMO EU.

Amantes desta “ARTE”? Qual “arte”? A “arte da ESTUPIDEZ? Da BRONQUICE? Da TORTURA?

O que faço não é ENXOVALHAR uma “arte”. É CRITICAR A IMBECILIDADE de quem chama a TORTURA de “arte”.

“Arte” tipicamente portuguesa?

NADA na tauromaquia é português. NADA. Absolutamente NADA. Só a CRUELDADE na tauromaquia é portuguesa, porque os protagonistas são portugueses.

A vossa ignorância é ASSUSTADORA.

Mas que culpa têm os aficionados, se as AUTORIDADES ainda são MAIS IGNORANTES do que o povo?
De jose a 11 de Julho de 2013 às 16:40
cara senhora
Sou Vilaframquense,aficionado,trabalhador e pai e avo,mereço da sua parte o mesmo respeito que a senhora merece de mim.
Tal como á senhora tambem a mim só me ofende quem eu quero e não são seus escritos absolutamente demag´gicos,mal educados(A univercidade pode dar cultura o que não foi o seu caso mas não dá ednte igtameem de tudo absolul eucação) senão vejamos:
1-A senhora em todos os escritos somente se refere a VFXira esquecendo-se ou desconhecendo que já existem em Portugal 33 municipios que consderaram a Tauromaquia como patrimonio Cultural e imaterial,são 33 municipios de broncos que pararam na idade Média ,tal como Madrid,sevillha,Pamplona eNimes,Nantes e já agora desconhece que o parlamento Frances decretou a Tauromaquia como Património Cultural? pobres Franceses uns ignorantes.
2- Já agora sabia que São milhares as cidades,vilas e pueblos que desda a Europa á america do Norte e America latina apoiam e vivem os festejos Taurinos?
3 - Existem é verdade outros que proibiram as Corruidas de Touros como seja Barcelona ,mas já agora sabia que os BAUS de RUE(AS nossas esperas se touros) foram consideradas património da Catalunha? pior ainda os touros em chamas fazem parte deste património,como vê 2 pesos duas medidas.
4 Por fim quando chama broncos aos aficionados deverá perceber que estes se sentem lisonjeados é que ter como parceiros os broncos,Picasso,Salvador Dal,Heminguei ou Fedrerico Garcia lorca é um autentico previlégio.
Não pense que o que lhe escrevo e algo de pessoal ,não a conheço mas gostaria sinceramente de um dia a poder conhecer e discutir estes assuntos de uma forma elevada e principalmente educada.
Nunca um debate de ideias deve ser um debate de ofenças.
Não sou licenciado nem doutorado a não ser na Univercidade da vida e assim como não gosto que me ofenda só porque tenho uma ideia diferente da sua tambem não vou usar a ofensa para defender os meus pontos de vista.
Acredito que toda esta animosidade por Vila Franca de Xira provirá de alguma indisposição que tem pela vida ,mas nós Vilafranquenses não somos culpados por estar de mal com a vida.
Nunca se esqueça se quer ser respeitada começe por respeitar os outros.
Com todo o prazer
José rangel
De Isabel A. Ferreira a 11 de Julho de 2013 às 17:28
Senhor José:

Não venha para aqui dar sermões se desconhece o meu trabalho neste Blog.

Limitou-se a ler este texto, e por ele fez raciocínios absolutamente sem pés nem cabeça.

Não estou a insultá-lo.
Estou apenas a dizer uma verdade.

E quem está de mal com a VIDA é quem TORTURA BOVINOS PARA SE DIVERTIR, não é quem os DEFENDE. Sabia?
De Tiago a 11 de Julho de 2013 às 23:05
Queria só realçar que os forcados e a arte de pegar o touro é algo apenas feito em Portugal. Antes de dizer que não há nada de português na tauromaquia e de insultar tudo e todos, informe-se pois que está a fazer o papel de broncos aqui não são os aficionados!
De Isabel A. Ferreira a 12 de Julho de 2013 às 10:43
LEIA O QUE ESTÁ NESTE LINK:

http://arcodealmedina.blogs.sapo.pt/300690.html

Tanto a tourada em si, como a covardia dos forcados de pegar os bovinos moribundos (não lhe chame arte porque está a INSULTAR a ARTE) vieram de ESPANHA, só que em Espanha os forcados não pegavam um touro moribundo nem com os cornos cerrados.

NADA É PORTUGUÊS, a não ser a ESTUPIDEZ dos ACTOS de quem anda metido neste mundinho psicopata.
De Inês Lima a 8 de Julho de 2013 às 11:16
Opa fazia um favor à sociedade e suicidava-se! É que da sua boca só diz é merda! E para já a culpa é do Fernando Rocha, pois foi ele que quis ir lá para dentro e foi ele próprio que disse que não conhecia aquilo e então pq é que foi lá para dentro? Agora que se cuide e que aprenda com os erros. E você cale essa boca!
De Isabel A. Ferreira a 8 de Julho de 2013 às 11:36
O comentário típico de uma aficionada ignorante.

EU, CALAR-ME?
A que propósito?

Nem o Presidente da República tem esse poder. Quanto mais uma aficionada de Vilafranca de Xira, uma localidade que SE RECUSA A EVOLUIR, porque tem uns autarcas mais ignorantes do que o povo.

E por que haveria eu de de suicidar-me?

Vocês é que têm essa tendência, quando saem à rua para torturar um bovino que nada mais faz do que DEFENDER-SE dos DOIDOS e dos BÊBADOS.



De Jorge a 8 de Julho de 2013 às 13:55
Ó COME ALFACE, ÉS UMA VACA ENRAIVECIDA QUE GOSTAVAS DE SER PEGADA PELOS CORNOS, TOMA JUIZO E NÃO FUMES MAIS DESSA MERDA ISSO MATA.
VEM A VILA FRANCA PROTESTAR A VER A CORRIDA QUE LEVAS, TENS TANTA CORAGEM MAS É SÓ NAS TECLAS.
De Isabel A. Ferreira a 8 de Julho de 2013 às 14:02
Eis um comentário à maneira dos vilafranquenses broncos.

Vilafranca de Xira tem gente culta, como em todo o lado.

Mas essa gente culta nem está no PODER, nem vai para as ruas torturar bovinos.

E também não utiliza esta linguagem ordinária, de baixo nível cultural.
De Pedro Canadinhas a 11 de Julho de 2013 às 23:38
senhora isabel

eu tambem sou contra as touradas
acho horrivel ver pessoas a aleijar o touro
mas a senhora nao pode disser q a cidade se recusa a evoluir pois esta cidade, esta a evoluir imenso ao nível da literatura e imensas outras coisas
também nao pode disser q toda a gente q veja as touradas ou as alargadas sao doidas ou bêbadas pois existe imensos conhecidos portugueses e nao só, q assiste as touradas e largadas e canais televisivos q fazem a cobertura desta festa ( como por exemplo SIC, TVI , RTP2 ) portanto nao pode estar toda a gente doida ou bêbada

Com os meus melhores cumprimentos
Pedro Canadinhas
De Isabel A. Ferreira a 12 de Julho de 2013 às 11:45
Senhor Pedro Canadinhas:

Primeiro, as pessoas não “aleijam” o bovino (a que chamam “touro” por conveniência); as pessoas TORTURAM o bovino, o que é algo abominável e condenável em todo o mundo civilizado (estou sempre a repetir-me).

Vila Franca de Xira não é nem nunca será uma cidade culta e civilizada enquanto apoiar um COSTUME BÁRBARO como o da tauromaquia.
Acontece que 0,1% da população vila-franquense é culta, sim, mas não chega.

A começar pela presidente de Câmara que é absolutamente INCULTA e que trava com a sua incultura a evolução de Vila Franca. E quem vota nela? Naturalmente o povo inculto vila-franquense.

As pessoas CULTAS não votam na Maria de Luz Rosinha. Não é verdade?

Quanto aos doidos e bêbados, tenha paciência, mas mantenho o que disse: só doidos e bêbados andam a correr atrás de um bovino, a torturá-lo psicologicamente e fisicamente, para se divertir. Não há outro modo de dizê-lo.

E por fim, quem disse que os responsáveis pela TVI, RTP e SIC são pessoas civilizadas e cultas?

Mesmo nos cargos mais altos há gente com mentalidade muito, muito tacanha, que não sabe distinguir uma barraca de um palácio.

É por isso, que Portugal está no fundo. Está de rastos, e ainda mantem costumes bárbaros que só oito países terceiromundistas no mundo mantém.

De Nuno Silva a 8 de Julho de 2013 às 11:39
Os animais estão fechados dentro de tronqueiras por alguma coisa .. quem não quer correr riscos fica do lado de fora ..
De Isabel A. Ferreira a 8 de Julho de 2013 às 12:02
Quem devia estar fechado dentro de tronqueiras era o povo bronco de Vilafranca de Xira.

Os Touros deviam estar nos campos, a pastar tranquilamente, que é o lugar deles, e NÃO nas ruas sujas e poeirentas de uma localidade que SE RECUSA A EVOLUIR (repito).
De anonimo a 8 de Julho de 2013 às 21:46
Depois de já ter visto a senhora a falar tanto e tanto já consigo perceber que simplesmente se evade às questões que não lhe agradam, mas como a esperança é a última a morrer pergunto: por acaso sabe que no dia em que se extinguir a tauromaquia se extingue o toiro bravo? deve saber certamente, já que ser culta é condição sine qua non para acusar os outros de ignorantes (nome esse que tanto insiste em atirar aos aficionados). Então, se sabe disto, porque é que insiste em dizer que os toiros pertencem ao campo, como se fosse óbvio que extinguidas as corridas de toiros, tal acontecerá? pondera por acaso a senhora comprar uns hectares e fazer criação, embarcando num prejuízo incalculável? Sim, porque apenas os ganaderos é que dão aos toiraos essa vida que a senhora tanto apregoa.

Provavelmente não terei resposta à minha pergunta ou o meu comentário será apagado, enfim...
De Isabel A. Ferreira a 9 de Julho de 2013 às 10:03
LAMENTO MUITO, MAS TENHO DE CONTINUAR A CHAMÁ-LO DE IGNORANTE.

SIMPLESMENTE PORQUE O TOURO BRAVO NÃO EXISTE NA NATUREZA.

APENAS O BOVINO, QUE É "FABRICADO" NAS GANADARIAS, PARA ENERGÚMENOS GANHAREM DINHEIRO SANGRENTO.

MAIS DEPRESSA SE EXTINGUIRÃO OS DITOS HOMENS, DO QUE OS BOVINOS.

LEIA. VEJA SE APRENDE ALGUMA COISA.
De Filipe Reis a 8 de Julho de 2013 às 12:37
Creio que a senhora anda claramente a passar algumas marcas...
É preciso acautelar-se, não vá insultar a pessoa errada.
Já agora fica o convite feito, porque não passa um destes dias em Vila Franca para bebermos um café e trocarmos ideias? Que lhe parece?
Cumprimentos
De Isabel A. Ferreira a 8 de Julho de 2013 às 14:19
Ando a passar das marcas. Quais marcas? Faça-me o favor de dizer.

Eu, acautelar-me? Porquê? Quem estou a insultar?
Quem enfiou carapuças?

Aposto que um vilafranquense CULTO não se sente insultado. Os outros não contam. São torturadores de bovinos. Criaturas que não merecem qualquer consideração.

É preciso ter muita lata para fazer um convite desses.

Acha que eu, algum dia, iria a Vila Franca de Xira, um lugar conspurcado com práticas primitivas, e ainda por cima tomar café com um aficionado que não diz uma de jeito?

Por quem me toma?

Não sujo o meus pés na lama de terras que não evoluíram.

Quando Vila Franca de Xira for uma localidade CIVILIZADA, então sim, com muito gosto irei aí tomar café com alguém que também seja civilizado.
De Leonardo Vale a 8 de Julho de 2013 às 17:51
Minha senhora, deixe-me desde já expressar o meu valente contentamento por saber que este atos primitivos chegam aos ouvidos de outros que não os ignorantes Vila-franquenses (sei do que falo, pois sou um Vila-franquense).

Admito, ouve uma altura em que eu simplesmente ignorava a tortura que se passava bem à minha frente, não indiferente, mas demasiado cego pela pressão social.

Apoio a sua opinião, e admiro a sua nunca falta de argumentos, eu próprio fico maluco com a capacidade que os tais defensores da "arte" têm de se desviar do assunto em questão:
Tortura publica para o divertimento das massas.

Cumprimentos.
De Isabel A. Ferreira a 8 de Julho de 2013 às 17:57
Nem todos os Vila-franquenses são incultos.

Congratulo-me por encontrar alguém que sobreviveu ao caos.
De Rui Bico a 10 de Julho de 2013 às 00:23
Aconselho que tome o dito café, na cafetaria existente no Museu do Neo-Realismo, onde se poderá deliciar numa viagem cultural sobre a vida e obra de Alves Redol (um inculto Vilafranquense, segundo o seu ponto de vista), ou talvez no histórico Café Central, estabelecimento cujo ambiente levou Álvaro Guerra (mais um inculto Vilafranquense... e diplomata Português!) a escrever as obras "Café Central" e "Café Republica" , isto só sem sair da rua principal!
Mas existe uma condição: Deixe o PRECONCEITO em casa.
Difícil, difícil é não voltar.
De Isabel A. Ferreira a 10 de Julho de 2013 às 09:53
Essas personalidades pertencem ao 0,1% dos vila-franquenses cultos.

Os restantes 99,9% são incultos. Se fossem CULTOS saberiam que a TORTURA DE BOVINOS não faz parte da civilização.

E não irei sujar os meus sapatos numa terra que SE RECUSA A EVOLUIR.
De Maria Pereira a 12 de Julho de 2013 às 13:15
Álvaro Guerra escreveu “Esboços para Uma Tauromaquia” e Alves Redol era familiar e mentor de 1 matador de touros. Era vê-los nas esperas. Vão deixar de ser cultos para si?

Sou uma pessoa culta, que não sendo Vilafranquense nem aficionada, respeita tanto animais como as convicções de pessoas que gostam de torturar (a seu ver) os ditos animais. E sempre com educação. Ao contrário do que a Srª aqui já disse, até o mais inculto e bronco merece educação. Só com educação é que se aprende.
E é com respeito que me oponho às touradas. Nunca no seu tom.

E deveria ir a Vila Franca pois é lá que faz sentido manifestar-se!
De Isabel A. Ferreira a 12 de Julho de 2013 às 14:49
Maria Pereira, vamos lá a ver…

Uma pessoa culta é uma pessoa instruída e civilizada. Sensível e lúcida.

Um ignorante é aquele que não sabe. Eu, por exemplo, sou ignorante em Física Quântica. Não sei nada sobre essa matéria. Todos somos, de um modo ou de outro, um pouco ignorantes.

Um bronco é um inculto.

Um aficionado é um maníaco, abeirando o sadismo e a psicopatia (está estudado, e não por mim).

Para mim, e para todos quantos amam a CULTURA e a CIVILIZAÇÃO todos aqueles que apoiam a INCULTURA são incultos. Falta-lhes a SENSIBILIDADE. Há muitos escritores, famosos e bons, que eram (e são) aficionados, mas isso não faz deles boa gente. Se formos a esmiuçar a vida deles, são cruéis, têm pancas, são cismáticos, não têm a noção da realidade. E são insensíveis.

E então se foram educados na afición estão perdidos para o mundo civilizado.

E vai desculpar-me: é impossível a uma pessoa CULTA respeitar a TORTURA seja em que circunstância for. São duas coisas inconciliáveis: ou se é culto ou se é a favor da tortura.

Todos os incultos, os broncos, os analfabetos que não tiveram OPORTUNIDADE de se instruir, merecem-me todo o RESPEITO, EDUCAÇÃO e CONSIDERAÇÃO. E com eles sou tão educada quanto sou com todos os SERES HUMANOS. Mas têm de ser SERES HUMANOS.

Mas existe um outro tipo de broncos, de incultos e de ignorantes: os que depois de lhes terem sido dadas TODAS AS OPORTUNIDADES para deixarem de o ser, OPTAM por continuar broncos, incultos e ignorantes, e desumanizam-se. E este é o caso dos vila-franquenses… incultos.

Esses não me merecem qualquer respeito. E sabe porquê? Porque esses não se RESPEITAM A SI PRÓPRIOS NEM OS OUTROS (estando incluídos nesses outros os bovinos e os cavalos, aos quais dou voz e que defendo com todas as minhas garras afiadas).

E, por fim, nunca irei sujar os meus sapatos a Vila Franca de Xira, enquanto teimarem em manter um costume bárbaro e ultrapassado, que já não tem razão de ser nos tempos modernos.

Eu não sou uma múmia.

E mais um detalhe: eu não sou mal-educada com ninguém. Eu apenas transmito a realidade tal como ela é. Sem rodeios, nem paninhos quentes. E isso não tem nada a ver com falta de educação. Tem a ver com SINCERIDADE.

Eu não sou hipócrita.
De Inês Lima a 8 de Julho de 2013 às 12:51
Enfim, és triste! Podias perfeitamente dar a tua opinião mas de uma forma diferente, mas pronto. Quem não é do Ribatejo não sabe do que fala
De Isabel A. Ferreira a 8 de Julho de 2013 às 14:10
Quem é do Ribatejo e nunca saiu da toca não conhece o mundo civilizado.

Não sabe que há jardins com flores e muita luz.

Vivem nas trevas da Idade Média, a julgar que o mundo se reduz a torturar bovinos na rua e nas arenas.

Não conhecem mais nada.

Isso é que é triste.

Vilafranca de Xira não QUER EVOLUIR.

Temos pena.
De Bruno Antunes a 8 de Julho de 2013 às 13:11
Concordo plenamente consigo, contudo não tem qualquer direito em enxovalhar o povo vilafranquense dessa maneira.

Procure informar-se um pouco antes de fazer tais afirmações.

Parece-me que a senhora seja inteligente ao ponto de saber que é errado generalizar pois nem todos os cidadãos vilafranquenses são adeptos dessa tortura que fazem com os animais.
De Isabel A. Ferreira a 8 de Julho de 2013 às 14:06
Diga-me o que é que o BRUNO ANTUNES tem feito para erradicar de Vilafranca de Xira essa pestilência que só enxovalha a terra?

Gostaria de saber.

Que Vilafranca de Xira tem GENTE CULTA, eu sei.

Mas essa não anda na rua a torturar bovinos, nem está no PODER.

(Tenho de me repetir, porque vocês também se repetem).
De Anónimo a 8 de Julho de 2013 às 14:29
Comentário apagado.
De Isabel A. Ferreira a 8 de Julho de 2013 às 18:59
VILA FRANCA DE XIRA.

Está bem assim?

Eu sei dar o meu braço a torcer quando não faço bem as coisas.

Tem razão. Eu escrevia mal o nome da terra.
De Ruth Sylva a 8 de Julho de 2013 às 15:07
Estamos todos a ver que a senhora é uma pessoa que adora os animais mas esta a esquecer de uma grande coisa é que todos nós neste planeta somos um animal e que cada um faz o que quer e o que a consciência lhe diz para fazer ninguém disse a si ou até mesmo ao humorista Fernando Rocha para se pôr há frente do touro, e que ninguém é um burro o um idiota para não ter a consciência de saber o que pode acontecer, mas com todos nós já podemos ver não deve de ser de vila franca de xira que não sabe o significado de tradição, então acho melhor ter com animal de estimação um touro para ter a certeza do que é ser animal.
De Isabel A. Ferreira a 8 de Julho de 2013 às 18:54
ALTO LÁ!

Vivemos numa SOCIEDADE (se é que sabe o que isto é), e NINGUÉM PODE FAZER O QUE QUER.

Ora se eu agora me desse para querer espetar-lhe umas farpas nos costados (e vontade não me falta) para lhe mostrar como NÃO DÓI NADA, ou se me apetecesse andar a correr atrás de si, e a encurralá-la nos becos e nas ruas, para lhe mostrar que não se SOFRE NADA.

Podia?

Diga-me se podia. Porque se me diz que cada um faz o que quer, apanho um avião e vou já para aí fazer de si o "meu touro".

Isto há cada uma!
De Ruth Sylva a 9 de Julho de 2013 às 14:49
Olá mais uma vez, para que diz que não se ofende com o que dizemos não é bem isso que parece, digo-lhe que já foi marrada por um touro e não foi porque estive dentro de um praça ou até mesmo em largadas, estava de passam num localidade onde o touro saltou a vedação e veio na minha direção e dos meus amigos que estávamos bem afastados e sim quando um touro faz tal coisas e considerado um touro bravo e em relação ao que disse em querer ver-me cravar farpas ou até mesmo correr atras de mim com se eu fosse um animal ou poder ate pode depois o que lhe pode acontecer já não posso dizer que a senhora fique bem tratada, mas também eu não disse que não podia dizer o que queria mas se gosta de dizer o que quer também tem que estar a espera de ouvir o que não deseja, há e com não sabe o significado de ironia, mas é com pessoas com a senhora é que da pica para continuar a questionarmos ainda mais este assunto porque as opiniões se dividem e as vezes as pessoas não sabem ouvir nem respeitar a opinião de quem gosta e de quem é contra, mas quando quiser vir a Vila Franca de Xira diga que teria o maior prazer de a conhecer e perceber as suas razões de ser contra.
De Isabel A. Ferreira a 9 de Julho de 2013 às 15:17
Ruth Sylva:

Não sei se percebe o que quero dizer quando digo que só ME OFENDEM, SE EU DEIXAR, ou seja, podem chamar-me TODOS OS NOMES, que sendo eu superior a todas as baixezas, nenhuma delas me atingirá, só se eu deixar que elas me atinjam. Como não deixo...

O que descreveu foi uma cena medieval, ultrapassada. Antiga. Desadequada aos tempos modernos.

Quanto ao ir a Vila Franca de Xira, só porei os pés nessa terra quando deixar de ter práticas bárbaras.

Nunca me dei bem com a barbárie.

Mas não precisa conhecer-me nem preciso de estar consigo para lhe dizer das minhas razões para abominar a tauromaquia, em TODAS as suas vertentes carniceiras:

Simplesmente porque a tauromaquia é fruto de uma psicopatia grave e de uma ignorância hereditária.

E porque não é da Ética, da Moral, do Bom Senso, da Sensibilidade, e da Essência Humana TORTURAR seres vivos indefesos para diversão e ganhar dinheiro.

Isso é AMORAL , é DESUMANO e do mais baixo que existe, no carácter do animal homem predador.

De Nuno a 8 de Julho de 2013 às 15:56
É interessante o que leio aqui, mas a senhora Isabel A. Ferreira já agora é de onde, se não é indiscrição minha a pergunta? Sou de Vila Franca, e sinto que me passa qualquer coisa ao lado, não consigo perceber tamanha indignação, tamanha falta de respeito entre pessoas com princípios diferentes! Ninguém é perfeito, não temos que ter todos os mesmos gostos, não temos que ser iguais, mas há uma coisa que eu chamo respeito e a Senhora, não respeitou quem gosta de se divertir, quem gosta do Colete Encarnado, de quem gosta do convívio e de quem gosto de beber uns copos com os amigos, que é disso que se trata a festa que aconteceu nos últimos 3 dias em Vila Franca, que festejo com todo o gosto e com todos os meus amigos! Infelizmente este ano não o consegui fazer e muito triste e desanimado fiquei!Ah!Os Touros!É mais uma das 1001 coisas que acontece no Colete Encarnado!
De Isabel A. Ferreira a 8 de Julho de 2013 às 16:19
POIS, OS BOVINOS.

OS BOVINOS NÃO NASCERAM PARA DIVERTIR PAROLOS.

FESTA DE COLETES, DE CALÇAS, DE MEIAS ENCARNADAS? NINGUÉM É CONTRA.

AGORA TORTURAR BOVINOS, O MUNDO CIVILIZADO É CONTRA. NÃO SOU SÓ EU.

E ISTO NÃO É UMA QUESTÃO DE GOSTO.
(VOU REPETIR-ME) É UMA QUESTÃO DE ÉTICA E DE EVOLUÇÃO DE MENTALIDADES. DE RESPEITO PELA VIDA DOS SERES QUE CONNOSCO PARTILHAM O PLANETA.

OS VILA-FRANQUENSES INCULTOS VIVEM NA IDADE MÉDIA.

RECUSAM-SE A EVOLUIR.

AH! JÁ AGORA: SOU UMA CIDADÃ DO MUNDO. QUALQUER ATROCIDADE QUE SE PASSE ATÉ NA COCHINCHINA ME DIZ RESPEITO.

NÃO POSSO SER CÚMPLICE DAS BARBARIDADES QUE SE COMETEM EM NOME DA IGNORÂNCIA, NO PLANETA ONDE VIVO.

EU SOU UMA CIDADÃ DO SÉCULO XXI DEPOIS DE CRISTO.

E NÃO VIVO RODEADA DE TREVAS.
De Sofia a 8 de Julho de 2013 às 16:18
Boa tarde!
Só tenho uma pergunta para lhe fazer: por acaso a senhora é vegetariana?
De Isabel A. Ferreira a 8 de Julho de 2013 às 16:30
Boa tarde, Sofia.

Já estou farta de responder a esta pergunta que não tem razão de ser. Desculpe, mas é uma pergunta absolutamente PARVA.

Só os psicopatas aplaudem a tortura de animais que vão comer. Nem os animais não humanos carnívoros o fazem.

Apenas o animal homem predador.

E pela enésima vez: NÃO COMO ANIMAIS DE ESPÉCIE ALGUMA.

Ficou desiludida?

(Isto, francamente... é de uma pobreza de espírito alucinante).

Comentar post

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Setembro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
15
16
24
25
26
27
28
29
30

Posts recentes

PAN quer que se assegure ...

Carta aberta a D. Manuel ...

«Pergunta do Dia: onde e ...

A minha ligação ao “kósmo...

Uma breve aula sobre comp...

Aeroporto do Montijo: cie...

O mundo civilizado está c...

Ideologia de Género nas E...

Abraçando as árvores, um ...

Há alguma coisa errada no...

Arquivos

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Direitos

© Todos os direitos reservados Os textos publicados neste blogue têm © A autora agradece a todos os que os divulgarem que indiquem, por favor, a fonte e os links dos mesmos. Obrigada.
RSS

Acordo Ortográfico

Em defesa da Língua Portuguesa, a autora deste Blogue não adopta o Acordo Ortográfico de 1990, devido a este ser inconstitucional, linguisticamente inconsistente, estruturalmente incongruente, para além de, comprovadamente, ser causa de uma crescente e perniciosa iliteracia em publicações oficiais e privadas, nas escolas, nos órgãos de comunicação social, na população em geral, e por estar a criar uma geração de analfabetos escolarizados e funcionais.

Comentários

Este Blogue aceita comentários de todas as pessoas, e os comentários serão publicados desde que seja claro que a pessoa que comentou interpretou correctamente o conteúdo da publicação. Serão eliminados os comentários que contenham linguagem ordinária e insultos, ou de conteúdo racista e xenófobo. Em resumo: comente com educação, atendendo ao conteúdo da publicação, para que o seu comentário seja mantido.

Contacto

isabelferreira@net.sapo.pt