De Luis Soares a 2 de Julho de 2013 às 16:39
Bom dia! Estou de acordo com este senhor. O nosso vinho, o fado, e a tourada, (em que claro, o forcado está inserido, e é um dos mais apreciados numa arena), definem sem dúvida alguma o nosso país. Isso e a palavra \"saudade\". Tudo isto é um misto de magia, arte e emoção que está inserido na nossa gente. Quererem negar isso, como a Isabel tanto quer, é querer tirar a identidade deste país. Com isto, e conhecendo os posts e capacidade (ou falta dela), de argumentar acredito que irá fazer uma qualquer analogia ao bebedo e à violência... Blá blá blá. Olhe para a imagem do \"zé povinho\". Somos um país em crise, na banca rota. Mas somos ricos em tradição e cultura. E não podemos perder isso. Pois então não teremos nada. O que vale é que nenhum de nós, e os políticos (no meio de tantas asneiras, fazem uma coisa acertada), não vos damos ouvidos. Embora às vezes fique perplexo com alguns dos vossos argumentos. Parece me que esta vossa \"luta\" é uma coisa de moda.
Com os melhores cumprimentos,
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.