Comentários:
De Maria a 24 de Dezembro de 2009 às 17:00
Muito obrigado pelo seu comentario.
Faco minhas as suas palavras e continue!!
Alias vi esse filme aquando estava no estrangeiro com os meus amigos usa e fiquei mortificada e irritada e ao mesmo tempo so me apeteceu rir daquela parvoice toda...enfim 3 horas a defender os portugueses e a explicar que nos nao somos assim...

De Isabel A. Ferreira a 24 de Dezembro de 2009 às 18:56
Obrigada, Maria. Ainda bem que mais alguém pensou como eu ao ver o ridículo a que foram expostos os portugueses, naquele filme.
Um abraço amigo.
De Pablito a 12 de Dezembro de 2010 às 21:07
Foi uma VERGONHA!!!!
Essa parte mete nojo!!!! Então quer dizer ... passamos por IGNORANTES (A Lúcia não sabia falar Inglês nem Francês e foi trabalhar para França uma temporada?? ), ALCOVITEIROS, ANTIPÁTICOS (a maneira como o empregado do restaurante fala, quando o pai pergunta pela Aurélia, coisa que é mentira visto que os estrangeiros são muito bem tratados cá), GENTE SEM EDUCAÇÃO (tanto palavrão que se disse), BEIJOQUEIROS (É costume o Pai beijar o noivo na BOCA?????e a irmã????).

e quanta indignação houve??? Nenhuma! Houve mais polémica pelo vídeo da Maité Proença do que por isto que passou por TODO O MUNDO!!!

Gostaria de saber qual foi a posição dos actores portugueses que participaram, o que eles pensaram das cenas...
se tivessem recusado fazer ... outros teriam essa oportunidade...
enfim

VERGONHA!!!!!!!!!!!!!!!!!!
De Isabel A. Ferreira a 13 de Dezembro de 2010 às 09:44
Pablito, obrigada pela visita e pelas suas palavras.

Até que enfim encontro alguém que se indignou com o que viu neste filme.

Mas os portugueses são assim. Podem dizer mal deles, ridicularizá-los que eles ainda aplaudem.

E se o Richard Curtis viesse a Portugal seria recebido como um Rei.

Já aconteceu. Um escritor que escreveu um livro a pôr-nos de rastos, foi recebido pela TV e Jornais portugueses com todas as pompas e circunstâncias.

Não há mesmo VERGONHA, nem BRIO...

Comentar post